Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

África foi o nosso destino para o Verão de 2016. Começámos o nosso percurso nas maravilhosas Cataratas de Vitória, na fronteira entre o Zimbabué e a Zâmbia, e dali partimos para a exploração destes dois países, cruzando depois para o Malawi e Tanzânia, e terminando o nosso périplo no arquipélago de Zanzibar. Uma das facetas de África que mais nos fascina é a observação de vida selvagem, e esta viagem não ia ser excepção. Mesmo antes de deixarmos Portugal, sabíamos que a Zâmbia é um paraíso para os amantes da vida selvagem, e que alguns dos seus Parques Nacionais são dos melhores a nível mundial, com uma qualidade e diversidade de fauna e flora comparáveis aos seus congéneres mais famosos nos vizinhos Tanzânia e Quénia, mas com um ambiente muito mais sossegado e exclusivo.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

Dadas as limitações de tempo, tivemos de optar por apenas um Parque, e não nos arrependemos da nossa escolha, pois um dos pontos altos da nossa viagem foi, sem dúvida, os dias que passámos no South Luangwa National Park (Parque Nacional de Luangwa Sul), no leste da Zâmbia.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O rio Luangwa é um dos últimos grandes rios de África que permanece praticamente inalterado pela actividade humana. Nasce perto da fronteira com a Tanzânia e o Malawi, corre para sul, e desagua no grande rio Zambezi, já na fronteira com Moçambique, num local onde se pensa que terá sido construído o primeiro povoamento europeu (leia-se português) na Zâmbia, e que era conhecido como Feira, até 1964, quando se passou a chamar Luangwa. O rio Luangwa é conhecido por ter aquela que é provavelmente a maior população de hipópotamos do mundo, e no seu vale concentram-se alguns Parques Nacionais com excelentes condições para a observação de vida selvagem.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O South Luangwa National Park cobre uma área de cerca de 9000 km2 (ou seja, um décimo da área de Portugal!), mas as planícies aluviais e as margens do rio Luangwa são as zonas mais populares entre os visitantes, já que as águas atraem animais de grande porte e predadores. A época seca dura de Abril até Outubro, e a época mais propícia à observação de vida selvagem é de Junho a Outubro, sendo este último o mês mais quente do ano e com a maior concentração de animais. Em Julho e Agosto, os dias são quentes, mas não demasiado, e as noites são frescas, fazendo com que a estadia seja também agradável do ponto de vista climatérico.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O South Luangwa National Park está também indelevelmente ligado à história de sucesso da conservação da natureza e vida selvagem na Zâmbia e no continente africano, e do turismo a ela associado, sendo que um nome claramente se destaca dos demais: Norman Carr. Carr era ranger na Reserva de Caça instituída no vale do rio Luangwa em 1938 e tinha uma relação privilegiada com as populações locais e um dom para lidar com os animais. À época, um safari era uma experiência de caça, mas, gradualmente, Carr foi tomando consciência do potencial turístico da região e, em 1950, instituiu uma Reserva privada, em conjunto com um chefe local. A empresa foi crescendo, tendo sempre como base a defesa da vida selvagem através do turismo e o retorno de parte dos lucros para as populações locais. Alguns campos foram montados no interior do parque (agora conhecidos como bush camps), os quais podiam ser percorridos a pé pelos visitantes, criando o conceito inovador de safari a pé. Ao mesmo tempo que baseava a sua actividade na proximidade dos visitantes com o mato e com a vida selvagem, Carr apostava simultaneamente no conforto do alojamento, criando outra ideia pioneira e provando que o conforto e a savana africana não são incompatíveis.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

Inicialmente, era Carr que fazia quase tudo, guiando pessoalmente os visitantes, mas com o crescimento do negócio, começou a ser indispensável a ajuda de outros. E também aqui a visão de Norman Carr foi muito além do seu tempo, pois apostou em projectos de educação locais, treinando e formando aqueles que, no futuro, seriam os guias mais experientes do vale de Luangwa e projectariam esta região como um dos destinos mais fascinantes de África.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

Carr morreu em 1997 mas o seu legado continua. A Norman Carr Safaris é uma das empresas do ramo mais conceituadas no mundo, com base de operações na Kapani Lodge, última morada de Carr e ainda hoje pertencente à família, perto da cidade de Mfuwe (que tem aeroporto com ligação às capitais da Zâmbia, Lusaka, e do Malawi, Lilongwe) e o seu pessoal é maioritariamente constituído por aqueles que lá vivem, que melhor conhecem a terra, e que a dão a conhecer aos visitantes com uma qualidade de serviço reconhecida internacionalmente.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

A estrutura base da Norman Carr Safaris continua a ser o conjunto de campos, montados todos os anos no interior do Parque (e desmontados na época das chuvas), permitindo um contacto próximo e exclusivo com a natureza e com os animais, sendo que o visitante pode escolher ficar num dos 5 bushcamps (Chinzombo, Luwi, Nsolo, Kakuli e Mchenja), cada um com meia dúzia de chalets, ou então fazer um percurso passando por vários ou por todos.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

Durante a nossa estadia, optámos por ficar alojados nos campos de Kakuli e Mchenja, ambos na margem do rio Luangwa, e pudemos comprovar in loco por que razão a Norman Carr Safaris tem sido distinguida como um dos melhores destinos de safari em África. Juntando o melhor de dois mundos, fomos agraciados com a experiência de viver na savana africana, mas com o conforto e comodidade de um serviço tudo-incluído que engloba alojamento, refeições, bebidas, lavandaria, transfers entre campos e Mfuwe, e, last but not least, dois safaris por dia, um de manhã cedo, outro ao final da tarde/início da noite, sempre acompanhados por dois guias experientes. Em breve, escreveremos sobre esta nossa magnífica experiência.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

Desde 2012, a Norman Carr Safaris faz parte do grupo Time + Tide Africa, permitindo integrar os seus serviços com outras companhias, fornecendo um leque de destinos e experiências mais alargado, incluindo serviços noutros parques nacionais da Zâmbia, nomeadamente no Lower Zambezi National Park (operado pelo Chongwe Safaris) e no Liuwa Plain National Park (operado pelo Liuwa Plain Private Safaris), mas também fora da Zâmbia, com um novo campo (Miavana Island Sanctuary), a estrear em breve na ilha de Nosy Ankao, ao largo de Madagáscar. O vasto conhecimento e experiência ganhos em largos anos de actividade e integrados neste projecto constituem uma garantia de experiências inesquecíveis para os viajantes que ousem explorar estes que são alguns dos últimos destinos selvagens em África.

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

PROCURE AQUI ALOJAMENTO NA ZÂMBIA

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem
O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

O MELHOR SAFARI DE ÁFRICA | Explorar a Zâmbia e sua vida selvagem

A observação de vida selvagem no seu habitat natural não é o mesmo que uma visita a um jardim zoológico. É por isso que um safari é uma viagem de uma vida. É verdade que, num ambiente selvagem, não há, nem poderia haver, qualquer garantia de avistamento de determinadas espécies, mas quando estamos cara-a-cara perante espécies animais no seu habitat natural, o resultado é imensamente mais gratificante do que observar animais em cativeiro.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

O resultado de um safari depende de vários factores, entre os quais o local escolhido, o tipo de veículo, a qualidade dos guias, a quantidade de tempo disponível e, por fim, pura sorte. Quando escolhemos visitar o Parque Nacional Luangwa Sul, sabíamos que não tínhamos muito tempo disponível, e, para não confiarmos demasiado no factor sorte, apostamos na qualidade dos guias e instalações da Norman Carr Safaris. A localização dos seus campos permite-nos ter acesso ao interior do Parque, e a zonas com maior concentração de vida selvagem, os seus guias experientes conhecem a fauna e flora local como a palma das suas mãos, e os veículos todo-o-terreno permitem-nos ter acesso a todos os trilhos. Estavam assim lançados os dados para a aventura da exploração da vida selvagem num dos Parques mais conceituados da Zâmbia.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

O programa da Norman Carr Safaris de um dia engloba sempre um safari diurno, a iniciar-se de manhã cedo, e um safari ao fim da tarde e início da noite. São as alturas do dia mais indicadas para a observação de vida selvagem, quando os animais se aventuram pelo ar fresco da manhã, ou aproveitam o lusco-fusco para uma caçada. Ficámos instalados em dois bush camps, e foi a partir dessas bases que lançamos a nossa aventura pela savana africana.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Safari do campo Kakuli para o campo Mchenja

Após a nossa chegada ao parque no dia anterior, dormimos no campo Kakuli, e no dia seguinte, depois de nos despedirmos do pessoal incansável do campo Kakuli, estava na hora de nos dirigirmos ao nosso próximo destino e aproveitar para um safari matutino. A partir do campo Kakuli é possível fazer um safari a pé até ao campo Nsolo (a cerca de 10 km de distância), nas margens do rio Luwi, de onde se pode seguir, por sua vez, novamente a pé, até ao campo Luwi. Mas o nosso tempo estava limitado, por isso o nosso destino era o campo Mchenja, mais a montante nas margens do rio Luangwa, e fizemos o percurso de jipe, pois permitiria cobrirmos uma área maior em busca de vida selvagem. Esta zona é uma área privilegiada quanto à observação de vida selvagem, nomeadamente animais de grande porte, quer carnívoros, quer herbívoros, uma vez que a água do rio Luangwa faz com que os animais se congreguem à sua volta.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Continuávamos a ter o prazer da companhia de Adam, o nosso guia, e seu ajudante. Adam tem uma história pessoal fascinante. É originário de Mfuwe, às portas do Parque, e tem quatro filhos. Até há alguns anos ganhava a vida como pescador, mas os perigos da vida selvagem fazem-se sentir. Amigos já tinham sido vítimas de crocodilos, e Adam estava farto daquela vida dura. Resolveu voltar a estudar e aproveitou a oportunidade que a Norman Carr Safaris dá nas suas escolas de formação. Trabalha como guia há três anos, e não está nada arrependido. O seu respeito e admiração pela vida selvagem são bem tangíveis na forma como fala e nos explica o que vemos. Percorrer a savana africana com alguém que a conhece por dentro, alguém que ali nasceu e foi criado, é uma mais-valia a acrescentar a este fabuloso Parque.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

De manhã, conseguimos avistar muitos antílopes, entre os quais gazelas e impalas, mas também búfalos, zebras, girafas e elefantes. Junto à água do rio Luangwa, onde parámos para um café a meio da manhã, a presença dos hipópotamos é por demais evidente. Os seus roncos fazem-se ouvir à distância, as suas formas, semelhantes a rochas no meio do rio, são bem visíveis, perto e longe das margens. Além disso, os rastos e sulcos por eles deixados ao aproximarem-se e afastarem-se da água são utilizadas por outros animais, naquilo a que o Adam designou como “auto-estradas” da selva.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Mas a estrela do nosso safari naquela manhã foram os elefantes. Esta espécie é fabulosa em vários aspectos. Além do seu tamanho imponente, a sua dedicação aos mais novos do grupo, o espírito de grupo e a sintonia que têm uns com os outros, revelado por exemplo na reverência que parecem mostrar pelos ossos de elefantes (algo sem igual no reino animal), fazem da observação destes animais um dos pontos altos de qualquer safari. Pudemos testemunhar de perto o zelo com que as jovens mães defendem as suas crias, chegando ao ponto de nos olharem de frente, avançarem de orelhas abertas e simularem uma carga contra o jipe. Felizmente para a nossa segurança, mas infelizmente para as oportunidades de fotos e vídeos, não chegámos a vias de facto com nenhuma mãe mais nervosa!

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

O calor estava a começar a apertar, e sabíamos que os maiores predadores iriam procurar esconder-se numa sombra, por isso estava na hora de nos dirigirmos para o campo Mchenja.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Safari a partir do campo Mchenja

Quando lá chegamos, fomos recebidos com simpatia e atenção pelo pessoal. Depois de uma bebida fresca, fomos conduzidos ao nosso chalet, um dos apenas seis chalets do campo (um familiar, e os outros para casais). A localização era espectacular, com uma varanda virada para o rio Luangwa, mas o interior não lhe ficava atrás. Um quarto com uma cama enorme e uma banheira, ambas com vista para o rio, e uma casa de banho exterior, a céu aberto. Numa frase: uma simbiose perfeita de conforto e contacto com a natureza.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Depois de almoçarmos uma refeição leve, com pratos frios e saladas, estava na hora da sesta. Aproveitámos para descansar um pouco, e relaxar um pouco num banho de imersão com o rio Luangwa como pano de fundo.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Às 15.30h estava na hora do safari da tarde. Quando saímos, ainda assim, o calor ainda era algum e durante a primeira parte do safari não tivemos sorte. Mas, já ao final da tarde, o Adam encontrou um par de leões, isto é, um jovem leão e leoa, que descansavam à sombra de uma árvore. O Adam informou-nos que nos dias anteriores este par tinha sido avistado a copular, por isso hoje deviam estar a descansar! E, na verdade, tanto um como o outro estavam completamente relaxados, sendo que a leoa nem sequer levantou a cabeça durante todo o tempo que lá estivemos, de muito perto, a observá-los. Quanto ao leão, de vez em quando, rebolava e deitava-se de barriga para cima, fazendo lembrar as brincadeiras de um gato. Deixámos o par amoroso de leões entregue ao seu ócio, e fomos à procura de um bom local para desfrutar do pôr-do-sol. A seguir a esse momento de descontracção, estava na hora de mais um safari nocturno.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

À noite, depois do excelente jantar e da óptima companhia, recolhemos aos nossos aposentos e pudemos adormecer com vista para o rio Luangwa, e com os sons de África como pano-de-fundo. Fabuloso! No dia seguinte, o nosso último dia no Parque Nacional Luangwa Sul, o nosso tempo era mais uma vez muito limitado. Nesse mesmo dia tínhamos de nos deslocar até à entrada do Parque, depois até Chipata e uma curta deslocação até à fronteira com o Malawi, de seguida até à capital, Lilongwe, onde, finalmente, tentaríamos ainda arranjar transporte até Nkhota khota. Era um programa ambicioso, por isso era essencial começarmos a jornada muito cedo. Sendo assim, o safari matinal enquadrava-se perfeitamente no nosso programa, aproveitando o percurso entre o campo Mchenja e a entrada do Parque, junto a Mfuwe.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Do campo Mchenja até Mfuwe

Depois da chamada às 5.30h, esperava-nos um apetitoso e variado pequeno-almoço, com as mesas instaladas mesmo junto às margens do rio, podendo ver-se (e ouvir-se) os hipópotamos a metros de distância. Para completar o cenário idílico, o sol começava a nascer mesmo à nossa frente, e sentimo-nos verdadeiramente privilegiados por poder testemunhar tal cena.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Depois de nos despedirmos do pessoal do Campo Mchenja, estava na hora de subirmos para o nosso jipe e darmos início ao nosso safari matinal, em direcção à saída do Parque. Diga-se, em abono da verdade, que não estávamos muito esperançosos naquele safari, pois dirígiamo-nos à fronteira do Parque, logo a probabilidade de avistamento de animais de grande porte iria diminuir. Mas algo estava reservado para a nossa despedida!

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Os olhos habituados de Adam conseguiram vislumbrar dois leões macho que caminhavam lentamente ao longo da margem do rio. Tentámos a aproximação, com cautela mas firmeza. O jipe seguia por trilhos pouco usados e, em alguns casos, fora de trilho. Conseguimos uma primeira posição privilegiada para observar estes magníficos animais. Nos safaris, podemos admirar a elegância das girafas (das quais veríamos alguns exemplares ainda nessa manhã), a gentileza e a força dos elefantes, os músculos dos búfalos, a beleza dos leopardos, mas os leões têm algo diferente, algo que nenhuma outra espécie tem: o porte. São, definitivamente, os réis da selva.

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

Estes dois animais caminhavam ao longo da margem do rio, como se a patrulhassem, mas ao mesmo tempo com uma atitude “Somos donos de isto tudo”, algo que só verdadeiramente se sente ao vivo e é difícil de transmitir numa fotografia ou vídeo. É preciso estar ali, a alguns metros, e vê-los passar, de passo firme e seguro, esguichando urina para os arbustos circundantes. Uma maravilha da Natureza!

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.

O Adam decidiu que nos iria dar mais uma oportunidade, por isso levou o jipe para um ponto mais à frente e lá esperámos pelos leões. Era uma zona com alguma vegetação, a média altura, seca e de cor amarela. De repente, começámos avistar as jubas dos leões, parecendo misturar-se com a vegetação que os envolvia. Caminhavam para nós de frente, mas nem a nossa presença, nem os cliques das máquinas pareciam incomodá-los. De olhar fixo, impenetrável, prosseguiram o seu caminho, e naquele instante sentimo-nos transportados a uma época passada, quando estes réis caminhavam na Europa e Ásia, e quando os humanos ainda não eram a ameaça que são hoje. Estes belíssimos espécimes são relíquias de um tempo passado, mas temos de saber preservá-los, no presente, e para o futuro. Para o bem deles, para o bem do Planeta e da sua diversidade, mas também para a nossa história colectiva. Para que os nossos descendentes nunca tenham que dizer aos seus filhos “Houve um tempo em que os leões caminhavam em África…”

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

Fazer um SAFARI no Parque Nacional de SOUTH LUANGWA (o melhor de África) | Zâmbia

.


    • Veja como foi o nosso safari nocturno no South Luangwa aqui
    • Vai viajar para a Zâmbia? Espreite aqui as nossas dicas. 
    • Quer conhecer as nossas aventuras na Zâmbia. Ria e sorria com este nosso post
    •  
    • Procura os melhores parques para observar vida selvagem, veja este post

MARQUE AQUI OS SEUS TOURS E PASSEIOS

 

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia
Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Um safari nocturno pode ser uma excelente oportunidade para observar a vida selvagem africana, com características únicas que poderão fazer os deleites dos visitantes. Dizemos “únicas”, porque é sabido que o ocaso e início da noite são momentos preferenciais para os grandes predadores espantarem a preguiça do dia e caçarem, aproveitando a diminuição da luz. Mas também dizemos “poderão” pois a observação de vida selvagem no seu habitat natural não é o mesmo que observar animais num jardim zoológico. Não há, nem pode haver qualquer garantia de avistamento de determinadas espécies, nem muito menos observação de cenas de caça. O resultado de um safari depende de vários factores, entre os quais o local escolhido, o tipo de veículo, a qualidade dos guias, a quantidade de tempo disponível e, por fim, pura sorte. Quando escolhemos visitar o Parque Nacional Luangwa Sul, tínhamos a secreta esperança de que o Parque estivesse à altura da sua reputação, em particular no que respeita à observação de leopardos em acção. Não tínhamos muito tempo disponível, por isso sabíamos que não ia ser fácil ver um leopardo de perto, mas, para não confiarmos apenas no factor sorte, apostamos na qualidade dos guias e instalações da Norman Carr Safaris.O resultado veio provar que estávamos longe de pensar em tudo aquilo que nos estava reservado.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia


Safari nocturno no campo Kakuli


Depois de aventuras e desventuras nas estradas da Zâmbia, tínhamos chegado tarde, mas tínhamos conseguido. Estávamos no Parque Nacional de Luangwa Sul (South Luangwa National Park), na Zâmbia, reconhecido internacionalmente pela qualidade da observação de vida selvagem. Era já noite, e o Adam esperava por nós à entrada do parque. Juntamente com o seu ajudante-aprendiz, Friday, dirigimo-nos para o Campo Kakuli, da Norman Carr Safaris, um bushcamp construído nas margens do rio Luangwa, perto da confluência com o rio Luwi, local escolhido por Norman Carr em 1984. Kakuli, na língua local refere-se a um velho macho búfalo que abandona a sua manada e era o nome que os locais deram afectuosamente a Carr aquando da sua morte. No caminho, o Adam não perdeu a oportunidade de nos agraciar com um safari nocturno.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

A escuridão era completa, apenas entre-cortada pelo holofote com que o Friday iluminava as árvores e arbustos em busca de animais. Conseguimos avistar mais animais naquele percurso do que em todos os safaris nocturnos que já tínhamos feito, entre os quais hienas, hipopótamos, impalas, e alguns exemplares de pequenos predadores nocturnos, tais como a civeta-africana (Civettictis civetta) e a gineta pequena manchada (Genetta genetta) que, embora tenham uma aparência de pequenos felinos, com pêlo listrado ou às manchas, são na realidade mais aparentados aos mangustos. Além do avistamento dos animais, quando olhávamos para cima, o panorama era igualmente espectacular, com o firmamento pontilhado por milhares de estrelas, e a Via Láctea estendendo-se como uma estrada no céu. Tudo se conjugou para fazer daquele safari nocturno um cenário perfeito para o final de um dia que não tinha sido fácil.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Quando chegámos ao acampamento, dirigimo-nos ao nosso quarto, acompanhados pelo segurança armado, pois o acampamento não é vedado e os animais, mesmo os grandes predadores, são livres de cruzar as instalações. E ainda que nessa noite estivesse tudo calmo, fez-nos lembrar o acampamento na Cratera de Ngorongoro, na Tanzânia, onde búfalos e elefantes rondavam as tendas. O nosso alojamento para essa noite foi numa tenda ao estilo africano, mas com toda a comodidade por dentro. Cama de casal, casa de banho, chuveiro, e uma vista directa para o Rio Luangwa, então envolto em escuridão. Os grunhos dos hipopótamos ouviam-se à distância.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia
Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Na área comum do acampamento, tivemos ainda direito a um jantar tardio, juntamente com o Adam, com sopa de creme de nata, carne estufada e onde até experimentamos mousse de chocolate como sobremesa. Luxos! Mas estava na altura de recolher ao quarto, pois a hora de acordar no dia seguinte seria às 5.30h. Tínhamos conseguido o nosso objectivo do dia e estávamos plenamente satisfeitos com a recepção que tínhamos tido. Mas o melhor estava ainda para vir.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

De madrugada, chamaram-nos do exterior da tenda, mas nós já estávamos acordados. A primeira luz da manhã iluminava o rio Luangwa e a vista da nossa janela era absolutamente idílica. Ainda tivemos tempo de nos sentarmos um pouco na nossa varanda em frente da tenda e respirarmos o ar matinal da savana africana. Mas o pequeno-almoço esperava por nós, numa plataforma elevada de frente para o rio. Com vista para a planície aluvial do rio, que é inundada na época das chuvas, e em redor de uma pequena fogueira onde as brasas ainda crepitavam, deliciámo-nos com um pequeno-almoço variado e apetitoso, com tostas, fruta, panquecas e compotas. A seguir, faríamos o caminho para o campo Mchenja, em safari ao longo do dia.


Safari nocturno no campo Mchenja


No campo Mchenja aproveitámos a hora de mais calor do dia para almoçar e descansar um pouco no fabuloso chalet com vista para o rio Luangwa. A partir das 16.00h estava na hora de mais um safari e mais uma oportunidade única de um safari nocturno. Quando a luz do dia começou a enfraquecer, o Adam parou o jipe nas margens do rio, escolhendo uma zona onde a visibilidade era grande, por questões de segurança, e aproveitámos para sair do jipe, esticar as pernas e assistir ao pôr-do-sol. Entretanto, o Adam e o Friday estendiam uma toalha sobre o capô do jipe, e ofereciam-nos uns snacks e um copo de vinho sul-africano. Após estes momentos de descontracção e conversa, sabíamos que até à hora de jantar teríamos provavelmente a última oportunidade de avistar um leopardo. Mas o tempo era curto, e a esperança, apesar de ser a última a morrer, estava a definhar. No entanto, passado pouco tempo, o rádio do jipe trouxe as boas notícias, embora não o soubéssemos logo na altura.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

O Adam dirigiu-se para onde já se encontravam dois jipes estacionados. Era já noite escura e o foco de um dos jipes iluminava uma árvore, onde se podia ver um leopardo! De carácter furtivo, estes animais usam as árvores para fugir ao calor do dia, esconder a sua caça de competidores como leões e hienas, ou escapar aos olhares de turistas. Aquele magnífico animal ainda nos observou durante alguns instantes, mas rapidamente virou-se e deitou-se, mostrando-nos a parte traseira, com a sua longa cauda. Mas, afinal, ele não estava sozinho… Mais acima na árvore, encontrava-se outro leopardo deitado em cima de uma impala recentemente caçada! Para completar este quadro fabuloso, na base da árvore encontravam-se 4 ou 5 hienas que pareciam querer tirar o troféu ao leopardo, mas que não podiam fazer mais nada senão esperar que algum resto da refeição acabasse por cair para o chão.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

A impala ainda estava intacta, mas o leopardo decidiu que estava na hora de começar a refeição. Começou por lamber o pêlo do lombo da impala, como que lhe tomando o gosto, e depois começou a rasgar a sua pele. Rapidamente, começámos a ouvir o som dos dentes do leopardo a quebrar os ossos das costelas da impala, de forma a chegar ao interior e às entranhas mais moles e nutritivas. Uma cena incrível, brutal, mas bela ao mesmo tempo. Em baixo, as hienas exibiam uma paciência considerável e divertiam-se umas com as outras. Num quadro magnífico, a natureza exibia-se na sua forma mais simples, numa cena arrebatadora que nunca mais esqueceremos.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Por esta altura já os outros jipes tinham regressado, mas nós queríamos mais e pedíamos ao Adam para ficar mais um pouco. Por nossa vontade passaríamos ali a noite toda, observando a cena em todo o seu esplendor. Perguntávamo-nos se o outro leopardo também se iria alimentar, se iria sobrar alguma coisa para as hienas, ou se ainda outro animal apareceria nas redondezas. Mas, infelizmente, não era possível continuarmos mais tempo ali. Mesmo assim, o Adam estendeu o tempo de forma a nós podermos apreciar a cena o máximo possível.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia
Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Mas o jantar no campo Mchenja esperava por nós, assim como o resto dos hóspedes do campo. Regressámos, um pouco inconformados, mas certos que tínhamos testemunhado algo que tinha ultrapassado em muito aquilo que alguma vez pensaríamos ser possível, especialmente no pouco tempo que tínhamos no parque.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Já no campo, logo que chegamos fomos directos à mesa do jantar, onde os restantes hóspedes, um casal americano de meia-idade e um casal holandês com três filhas, já se encontravam. A ementa consistia numa sopa deliciosa, seguida de um magnífico churrasco de carnes variadas, acompanhado de legumes e sima (ou ugali, uma papa feita com farinha de milho), tudo regado com um bom vinho sul-africano. A conversa fluiu com os hóspedes, inevitavelmente sobre a vida selvagem e o safari nocturno, mas também com os guias, versando o clima político na actualidade (a Zâmbia teria eleições na semana seguinte).

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

Iniciaríamos o dia seguinte novamente de madrugada, por isso a hora de recolher ao conforto do chalet não podia ser muito tardia. Estávamos plenamente satisfeitos com o safari nocturno. E que outra maneira de acabar uma noite maravilhosa senão adormecendo com vista para um rio selvagem africano e com o som dos hipopótamos como pano de fundo? O encanto de África é assim.

Fazer um SAFARI NOCTURNO no South Luangwa National Park | Zâmbia

  • Procura os melhores parques para observar vida selvagem, veja este post.

Se vai viajar para o Zâmbia, estes são alguns artigos do nosso blogue que lhe podem interessar

  • VISITAR A ZÂMBIA – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar a Zâmbia está neste artigo. Como chegar, Visto, Transportes, Alojamento e o que fazer e visitar no país.
  • VISITAR O PARQUE NACIONAL SOUTH LUANGWA – Tudo o que precisa de saber para visitar o Parque Nacional Luangwa Sul, um dos melhores parque nacionais em África para observação da vida selvagem.
  • AVENTURAS NAS ESTRADAS NA ZÂMBIA – Um artigo em forma de crónica de viagem sobre a nossa viagem na Zâmbia, cheio de aventuras e desventuras na estrada!

Se vai viajar para o Zimbábue, estes são alguns artigos que temos aqui no blogue que lhe podem interessar

  • VIAJAR NO ZIMBÁBUE – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar a Zâmbia está neste artigo. Como chegar, visto, transportes, alojamento e o que fazer e visitar no país.
  • AVENTURAS NAS ESTRADAS DO ZIMBÁBUE – Um artigo em forma de crónica de viagem sobre a nossa aventura nos transportes públicos no Zimbábue a viajar em pleno coração da África Austral.
  • VISITAR O GRANDE ZIMBÁBUE – Tudo o que precisa de saber para visitar o Grande Zimbábue, uma das maravilhas do mundo esquecidas.
  • O COMBOIO MAIS LENTO DO MUNDO – A nossa aventura a bordo de um dos comboios mais fantásticos do mundo, o comboio mais lento de África, entre Vitoria Falls e Bulawayo.
  • HELICÓPTERO NAS CATARATAS DE VITÓRIA – Tudo o que precisa de saber para fazer e marcar o seu passeio de helicóptero sobre as cataratas de Vitória.
  • VISITAR AS CATARATAS DE VITÓRIA – Tudo o que precisa de saber para aproveitar o melhor que pode fazer na povoação de Vitoria Falls, cheia de actividades incríveis para fazer, desde trilhos, actividades radicais, etc.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.