HALONG BAY – Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname

HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
O lugar onde o dragão entra no oceano, é esse o significado da Baía de Halong. Recentemente eleita pelas New7Wonders uma das 7 Maravilhas da Natureza, a baía corresponde a uma área enorme de 1.500 km2, com cerca de 2.500 ilhas e ilhéus que pontuam o mar e se elevam das águas. Infelizmente, os tradicionais barcos de junco com grandes velas já pouco se vêem. As formações calcárias concedem a esta paisagem uma singularidade que só encontra paralelo na baía de Phang Nga, na Tailândia.
Diz a lenda que um grande dragão que vivia nas montanhas correu em direcção ao golfo de Tonquim e a sua cauda escavou vales enormes, que mais tarde foram preenchidos com água, deixando apenas algumas ilhas à superfície.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
Apesar da lenda ser muito mais encantadora do que a explicação cientifica, para os geomorfólogos a génese desta paisagem resulta da acção erosiva provocada pela água sobre as formações calcárias.
Há cerca de 130 milhões de anos, toda esta área do sudeste asiático estava submersa e existiam recifes coralíferos cuja calcite deu origem a várias camadas calcárias. Face aos movimentos tectónicos, essas camadas foram sujeitas a fortes pressões e soergueram ficando os calcários emersos.  Ao longo dos séculos, a água das chuvas e das ondas actuou sobre o calcário e abriu fissuras, cavidades, grutas e fendas nas rochas. A subida do nível médio das águas do mar, no final da última glaciação (há 18 mil anos), elevou as águas cerca de 4 metros e concedeu à paisagem o aspecto que ela exibe hoje. Esta paisagem é que atraí tantos visitantes, centenas de ilhas com um número infinito de praias, grutas e cavernas.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
Como só tínhamos um dia para visitar a baía optamos por realizar um tour a partir de Hanói. Saímos do hotel já deveriam ser umas 8.30 h e como sabíamos que a viagem demorava cerca de 3 a 4 horas ficamos logo apreensivos. Viríamos a perceber, rapidamente, que tomamos a decisão errada ao visitar a baía num tour. O autocarro só andou uma hora e ao fim desse tempo parou para shopping time durante 30 minutos. Não queríamos acreditar. No fim do período das compras regressamos ao autocarro e ao caminho.
Chegamos a Halong, local onde deveríamos apanhar o barco para a baía, às 13.30 h. Fomos encaminhados para o barco e este começou a navegar, no entanto, também esta navegação foi por pouco tempo. O barco ao fim de 10 minutos parou e os empregados chamaram toda a gente para dentro, iam começar a servir o almoço. Fiquei “fula”! Almoço? Quem é que pensa em comer quando tem a baía de Halong a 40 minutos de barco? Não queria acreditar. Mas, era mesmo verdade. Lá comi, com pouca vontade. O barco recuperou a marcha e passado algum tempo entramos na baía propriamente dita e estávamos rodeados de formações calcárias emersas.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
A nossa primeira paragem foi na ilha Dau Go, onde percorremos um caminho estreito subindo em direcção à entrada da gruta Hang Dau Go. Depois de ter visto a paisagem de Guilin e Yangshou, na China, Halong não impressiona assim tanto. Não se pode dizer que não é bonito porque não seria verdade. No entanto, comparado com o sul da China é mais pobre. Tentamos abstrair-nos do que tenhamos visto na China e desfrutar da beleza do local.
A primeira gruta que visitamos é magnífica. É alta e comprida, cheia de formações cársicas de pormenor. No final da gruta saímos e desfrutamos duma vista fantástica sobre a baía. Descemos alguns metros e visitamos outra gruta. Para tal tive que discutir com o nosso guia que nos dizia que não tínhamos tempo. Lá lhe expliquei, de forma pouco simpática, que tinha pago para visitar a paisagem e não para fazer compras por isso era o que tencionava fazer.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
Eu e o Rui entramos na gruta e dois outros rapazes que viajavam connosco no mesmo grupo aproveitaram e vieram também. Esta gruta, designada Hang Thien Cung, é muito menos turística mas igualmente bela. O seu nome significa palácio celestial. O guia dizia-me “essa gruta é feia, não vale a pena”, prontamente lhe respondi “agradeço-lhe a amabilidade mas ainda sou eu que faço os meus julgamentos”. Ele ficou furioso e eu, confesso, muito satisfeita com a visita.
Regressamos ao barco e ele iniciou a sua navegação pela baía. Andamos cerca de 30 minutos, circulando a ilha onde estávamos pela direita e paramos numa aldeia piscatória flutuante. O guia deu-nos duas opções: podíamos ficar ali à espera uma hora ou então pagar uma viagem, num barco mais pequeno, ao interior da ilha. Optamos pela segunda opção e lá soltamos mais 5USD por pessoa.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
A viagem foi agradável mas muito longe de valer o dinheiro que pagamos. Quando regressamos à aldeia descobrimos que o barco se tinha ido embora buscar outros turistas e voltaria dentro de poucos minutos. Descobrimos, uma hora mais tarde, que esses minutos eram muito mais de 60…
Estamos no Vietname e este tipo de comportamento começa a tornar-se mais ou menos comum. Todos os dias temos experiências deste tipo. No início chateávamo-nos, discutíamos, berrávamos, enervávamo-nos mas rapidamente percebemos que não adiantava nada. Eles não mudam, não respeitam os turistas e continuam a fazer sempre o mesmo. Decidimos ignorar e tentar fazer as coisas à nossa maneira.
HALONG BAY - Visitar a baía de Halong desde Hanói | Vietname
O barco lá regressou, cerca de duas horas depois de nos ter deixado na aldeia. Estava na hora de regressar a Halong e deixar para trás a baía. Ainda confrontei o guia com o facto de ter comprado um tour que incluía 4 horas de navegação. Ele prontamente me respondeu “we are sailling for 4 hours!”, “Great, i’m so happy!”, disse-lhe eu. Só me apetecia apertar-lhe o pescoço mas controlei-me.
Regressamos à cidade e abandonamos a baía enquanto o sol descia. Mais do que estar chateada com o tour, estava chateada com as restantes pessoas que viajavam connosco que pareciam agradadas com o passeio. Para cúmulo ainda fomos visitar uma loja enorme de pedras preciosas. Mais 40 minutos de shopping time! “Carla, respira fundo”, dizia o Rui. Riamos mas só me apetecia partir tudo. O autocarro saiu de Halong às 19 h para o que nós pensávamos serem 3 horas de viagem até Hanói, mas afinal ainda paramos para mais outro shopping time, na mesma loja da manhã, de forma a que os turistas pudessem “pagar” somas exorbitantes de dinheiro por uma boa refeição vietnamita. Quando chegamos a Hanói eram quase 23 h. Estávamos estafados e muito desiludidos. Desiludidos connosco por termos feito o tour, desiludidos com a baía porque aquilo que vimos não nos impressionou grandemente, mas principalmente desiludidos porque sentimos que não vimos a verdadeira baía de Halong.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

4 Comentários

  1. Vítor Vieira diz: Responder

    Obrigado Carla e Rui pela vossa partilha.
    Nós vamos ao Vietname dentre de 3 semanas e já contratamos um tour de 1 dia por Halong Bay. Pela vossa experiência os operadores comportam-se “todos” da mesma forma? Nós contratamos a Halong Bay One Day.
    Obrigado!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Vitor. Não sei se são todos iguais mas sei que há muitos que trabalham mal. Não podemos responder por todos e, certamente, haverão muitos que trabalham bem. Espero que seja o vosso caso. Depois dê-nos o feedback. Obrigada.

  2. Carla trindade diz: Responder

    Olá Carla, tb estou a planear a minha visita a halong bay e ainda não consegui comprar a tour. Tenho lido imenso sobre este passeio mas não é fácil decisão pois sinto que estas empresas só já olham para o lucro, além de tb já ter lido que a baia está bastante polui e que nem aconselham tomar banho lá… Alguma sugestão alternativa que tenha ficado a saber? Super obrigado desde já pela atenção.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Carla. Eu acho mais bonito Tam Coc e Ninh Binh, embora não seja o mesmo. Apesar de Halong Bay me ter desiludido, eu considero que é uma pena ir ao Vietname e não ir lá. Olha, tem que ser! Vai de tour. Até pode não correr muito bem, mas sempre vai ser melhor que não conhecer. Arrisca. Eu arriscava.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.