Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Não fostes vós que me escolhestes; fui Eu que vos escolhi a vós e vos destinei a ir e a dar fruto, e fruto que permaneça; e assim, tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome Ele vo-lo concederá. É isto o que vos mando: que vos ameis uns aos outros. Se o mundo vos odeia, reparai que, antes que a vós, me odiou a mim. Se viésseis do mundo, o mundo amaria o que é seu; mas, como não vindes do mundo, pois fui Eu que vos escolhi do meio do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: o servo não é mais que o seu senhor. Se me perseguiram a mim, também vos hão-de perseguir a vós. Se cumpriram a minha palavra, também hão-de cumprir a vossa. Mas tudo isto vos farão por causa de mim, porque não reconhecem aquele que me enviou.

A Ásia Menor (também chamada Anatólia), correspondente à actual parte asiática da Turquia, é, do ponto de vista histórico, uma região riquíssima na variedade e qualidade das civilizações que por lá passaram. Não será pois de admirar que, há 2000 anos, quando uma nova religião surgiu em Jerusalém, a sua rota de expansão territorial teve de passar necessariamente por esta região. E, claro, os vestígios desta fase da história foi um tema incontornável nas nossas andanças por terras turcas.

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Túmulo de S. João

Após Cristo ter sido crucificado em Jerusalém, as notícias da sua ressurreição propagaram-se rapidamente, assim como a sua doutrina, ambas veiculadas pelos seus seguidores mais próximos. Entre estes, distinguiram-se os Apóstolos que, tendo presenciado os últimos dias de Cristo e aprendido da sua boca, partiram em todas as direcções com o objectivo de propagar a boa-nova e, nos anos seguintes, se (des)multiplicaram em viagens missionárias, desde a península ibérica até à Índia. Claro que os primeiros tempos do cristianismo não foram fáceis… Todo o império que se prezasse zelava pelos seus próprios deuses, não vendo com bons olhos a intromissão de divindades vindas de terras distantes. Passados 15 a 20 anos, todos os Apóstolos (com a excepção de um) tinham sido mortos, martirizados pela sua fé.

Túmulo de S. João

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Basílica de S. João

Na Ásia Menor, o Apóstolo que sobreviveu a um caldeirão de azeite a ferver deixou uma marca que ainda hoje sobrevive. João era um dos mais próximos de Cristo e a quem Ele confiou a sua mãe aquando da crucificação. A tradição da igreja, e algumas fontes históricas, atestam que João e Maria viajaram para Éfeso, tendo aí vivido durante anos e onde se diz que ambos terão morrido. Nesta cidade, podem visitar-se alguns dos vestígios históricos relacionados com estas figuras. No entanto, o turismo é um enorme negócio na actual Turquia, levando a que, por vezes, o interesse turístico em encontrar locais supostamente relacionados com a génese do cristianismo se sobreponha à credibilidade arqueológica e histórica. Um desses é a chamada “Casa de Maria”, uma atracção turística que atrai magotes de visitantes e cuja veracidade deixa muitas dúvidas em qualquer pessoa. Resolvemos passar ao lado desta atracção mas decidimos que não podíamos deixar de visitar a chamada basílica de S. João, suposto local de repouso do apóstolo.

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Selçuk – Basílica de S. João

Terá sido para Éfeso que João se dirigiu pouco tempo depois da crucificação de Cristo. Manteve-se ao lado de Maria até à sua morte e foi também aqui onde terá escrito o seu evangelho. Claro que, tal como todos os outros apóstolos, foi perseguido, preso e torturado. No entanto, inexplicavelmente, terá escapado sempre à morte às mãos dos seus persecutores e foi exilado para a a ilha de Patmos, onde terá escrito o Livro do Apocalipse. Finalmente, após a morte do imperador Domiciano, pôde regressar a Éfeso, onde terá falecido em 103 d.C. Na colina Ayasoluk, encontram-se actualmente as ruínas de uma igreja mandada construir no século IV d.C., no auge do império bizantino, pelo imperador Justiniano, no local onde se encontrava um santuário anterior que a tradição contava que continha o túmulo de João. No entanto, já naquela época se dizia que o túmulo estava vazio…

Local do martírio de S. Filipe – Hierapólis

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Local do martírio de S. Filipe – Hierapólis

“Pedro voltou-se e viu que o seguia o discípulo que Jesus amava, o mesmo que na ceia se tinha apoiado sobre o seu peito e lhe tinha perguntado: ‘Senhor, quem é que te vai entregar?’ Ao vê-lo, Pedro perguntou a Jesus: «Senhor, e que vai ser deste?» Jesus respondeu-lhe: «E se Eu quiser que ele fique até Eu voltar, que tens tu com isso? Tu, segue-me!» Foi assim que, entre os irmãos, correu este rumor de que aquele discípulo não morreria. Jesus, porém, não disse que ele não havia de morrer, mas sim: «Se Eu quiser que ele fique até Eu voltar, que tens tu com isso?» Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. Há ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se elas fossem escritas, uma por uma, penso que o mundo não teria espaço para os livros que se deveriam escrever.”

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Local de martírio de Filipe

Outro apóstolo que viajou pela Ásia Menor propagando a boa-nova foi Filipe que terá viajado até à Grécia, terminando os seus dias de evangelização em Hierápolis. No ano 80 d.C., terá sido crucificado e apedrejado numa colina daquela cidade e hoje é possível visitar as ruínas de uma igreja construída no século V no local do seu martírio. A igreja tinha uma forma octogonal, hoje invulgar, e no seu centro encontrava-se uma cripta que se acreditava conter o corpo de Filipe.

Seguindo os passos dos Apóstolos em Hierapólis e Selçuk | Turquia

Local do martírio de S. Filipe – Hierapolis

No dia seguinte, Jesus resolveu sair para a Galileia. Encontrou Filipe, e disse-lhe: «Segue-me!» Filipe era de Betsaida, a cidade de André e de Pedro. Filipe encontrou Natanael e disse-lhe: «Encontrámos aquele sobre quem escreveram Moisés, na Lei, e os Profetas: Jesus, filho de José de Nazaré.» Então disse-lhe Natanael: «De Nazaré pode vir alguma coisa boa?» Filipe respondeu-lhe: «Vem e verás!» Jesus viu Natanael, que vinha ao seu encontro, e disse dele: «Aí vem um verdadeiro israelita, em quem não há fingimento.» Disse-lhe Natanael: «Donde me conheces?» Respondeu-lhe Jesus: «Antes de Filipe te chamar, Eu vi-te quando estavas debaixo da figueira!» Respondeu Natanael: «Rabi, Tu és o Filho de Deus! Tu és o Rei de Israel!» Retorquiu-lhe Jesus: «Tu crês por Eu te ter dito: ‘Vi-te debaixo da figueira’? Hás-de ver coisas maiores do que estas!» E acrescentou: «Em verdade, em verdade vos digo: vereis o Céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo por meio do Filho do Homem.»”

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

1 Comentário

  1. Lusa Pinto diz: Responder

    muito bom!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.