Dia 7 – Ao sétimo dia até Deus descansou… em Istambul 🇹🇷 | Crónicas do Rally Mongol

Dia 7 - Ao sétimo dia até Deus descansou... em Istambul 🇹🇷 | Crónicas do Rally Mongol

Do Bósforo ao Corno de Ouro, da Europa à Ásia. Assim é uma cidade que reúne o melhor dos dois mundos, o caos do mundo islâmico asiático, e o glamour da vida europeia. Poucas cidades conseguem casar das realidades tão distintas de forma tão perfeita.

Os cinco carapaus aventuraram-se nas ruas estreitas dos bazares de Istambul a caminho da Mesquita de Suleiman. Em hora de oração, a visita ficou circunscrita aos fiéis, a saber aos rapazes com ar e vontade de conhecer o mundo árabe, ou seja, todos!

Depois da oração, almoçámos magistralmente num esplanada com vista sobre o complexo de Suleiman e sobre o Corno de Ouro e o Bósforo. Uma vista que vale milhões a preços que valem tostões. É a Ásia. E em Istambul, apesar de inflacionada, ainda se consegue fazer destes milagres.

Pelas ruelas e becos fomos descendo até Rusten Pasa, e até Eminomu, onde apanhámos um autocarro para a Igreja de São Salvador de Chora, provavelmente o maior tesouro esquecido de Istambul. A maioria dos turistas não a vem visitar, mas a Igreja de Chora é, desde há muito tempo, um dos nossos lugares preferidos em Istambul. Fazíamos questão de o mostrar aos carapaus, ainda que o Zé já a conhecê-se.

Descemos a muralha em direcção ao Corno de Ouro, onde um autocarro nos levou a Galata, onde nos perdemos no mercado de peixe. Sentamos, comemos peixe frito e calamares e rimos muito. A equipa está animada, mesmo sabendo que a viagem vai ser dura e que teremos imensas provações pela frente.

Era hora de colocar o pé na Ásia, para alguns pela primeira vez. Apanhámos um barco para Uskudar durante a “hora dourada”, contemplado o pôr-do-sol do Bósforo e bebendo um chá turco. Simplesmente fenomenal.

Mas o pôr-do-sol quardou-se ainda mais exuberante para nos brindar com a sua luz do lado asiático, quenato contemplávamos os pescadores entusiastas com as suas canas, bem de frente para o Bósforo.

De regresso a Eminomu, embrenhámo-nos nas ruas da cidade em busca de um boteco para comer a pita de queijo e beber os maravilhosos sumos de laranja. Era hora de regressar ao hostel, preparar os sacos e começarmos a mentalizar-nos para passarmos os próximos dias dentro da “Burra de Carga”. Amanhã seguiríamos em direcção ao Mar Negro e só aí começariam as aventuras mais loucas deste Rally Mongol.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

      Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

 Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Alugue carro usando o Rent a Car, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar. Tudo na comodidade de sua casa.

      Faça seguro de viagem na World Nomads ao menor preço do mercado.

     Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.