DIAS 75 a 77 – Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Visitar Dili e Timor-Leste era um ponto importante na primeira parte do itinerário da nossa volta ao mundo, um país muito próximo dos nossos corações, antiga colónia portuguesa, anexada pela Indonésia após a revolução do 25 de Abril em Portugal, e cuja independência foi conquistada a ferro e fogo há apenas 20 anos. A nossa viagem entrava numa nova fase.

Juntando o útil ao agradável, tínhamos estado dois meses na Indonésia, e agora tínhamos de sair do país para poder depois voltar a entrar, de forma a ter direito a usufruir de mais 60 dias do visto de múltiplas entradas que tínhamos obtido ainda em Portugal.

Veja aqui os relatos da nossa viagem da Volta ao Mundo

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Estabelecer um itinerário em Timor-Leste

Timor-Leste era, para nós, uma incógnita, mas tínhamos muitas expectativas. Infelizmente, acabámos por chegar à conclusão que reservámos poucos dias para Timor-Leste. Apesar de as distâncias não serem muito grandes, a verdade é que as estradas fora de Dili continuam a estar em más condições (apesar de haver um esforço recente de construção e renovação), fazendo com que os tempos de deslocação dentro da ilha sejam muito longos.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Como tínhamos voo marcado de Kupang para Sulawesi, os nossos dias em Timor-Leste estavam contados, por isso tínhamos de fazer opções. Se tentássemos visitar outras cidades, como Baucau, ou ir à ilha de Jaco, ficaríamos sem tempo para mais nada, por isso, e para ficarmos com uma ideia mais variada de Timor-Leste, para além de Dili, resolvemos visitar a ilha de Atauro, famosa pelos seus corais e comunidades tradicionais, e o enclave de Oecusse, em Timor Ocidental, ao qual chegaríamos de barco a partir de Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

VISITAR DILI


Estava assim delineado o nosso itinerário em Timor-Leste. Não era perfeito, pois deveríamos ter dedicado muitos mais dias a este país, mas era o possível dentro dos nossos limites. Fica a promessa de regressarmos um dia para explorarmos o resto de Timor-Leste.

No total, passámos três dias em Dili, que deu para conhecer bem a capital de Timor-Leste. Ficam aqui as nossas dicas para visitar Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

COMO CHEGAR A DILI

De avião

O aeroporto internacional Nicolau Lobato é o principal ponto de entrada em Díli, e em Timor-Leste. Há ligações frequentes entre Díli e Denpasar, em Bali, e Darwin, na Austrália. Também há voos entre Kupang, em Timor Ocidental, e Díli, mas não todos os dias.

Pode pesquisar e comprar o seu voo para Dili aqui.

De autocarro

Uma opção mais barata é voar para Kupang, e depois entrar em Timor-Leste por terra, como nós fizemos. Há ligações directas de autocarro Kupang – Díli, com mudança de veículo na fronteira (junto ao mar, perto da cidade indonésia de Atambua).

O transporte foi buscar-nos ao hotel de Kupang cerca das 5.30h da manhã, e depois fomos recolher mais passageiros. Passámos a seguir pelo escritório da empresa (onde tínhamos comprado os bilhetes no dia anterior), onde trocámos de veículo, e saímos de Kupang cerca das 6.30h. A carrinha leva 10 passageiros e faz o percurso entre Kupang e a fronteira com Timor-Leste, perto da cidade de Atambua, demorando cerca de 5 horas.

As formalidades na fronteira foram rápidas (os cidadãos portugueses não precisam de visto para estadias inferiores a 90 dias) e, do outro lado, um novo veículo da empresa leva-nos até Díli, demorando cerca de 4 horas. Demora um dia inteiro a chegar a Díli, mas é uma opção económica; o preço do bilhete da ligação Kupang – Dili é de 225.000 rupias por pessoa (cerca de 15€).

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

De barco

Ainda outra opção, mais alternativa, é entrar no enclave de Timor-Leste de Oecusse, na costa norte de Timor Ocidental, passar uns dias a explorar a primeira capital do território português na ilha, e depois apanhar um barco que o levará até ao porto de Díli. Nós optámos por esta alternativa (no sentido inverso) quando dissemos adeus a Díli.

Viajámos no ferry Success, que parte às três da tarde do porto de Díli, às Terças e Sextas, demorando cerca de 12 horas a chegar ao porto de Pante Macasssar, em Oecusse, de onde volta a partir, à mesma hora, nos dias seguintes. Este ferry foi o mesmo que usámos na ligação entre Díli e a ilha de Atauro, à Quinta-Feira.

Outro ferry, o Nakroma, parte de Díli em direcção a Oecusse às Segundas e Quintas, e faz a ligação entre Díli e Atauro aos Sábados.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

COMO DESLOCAR-SE AO VISITAR DILI

Existem táxis que o podem levar a qualquer lado em Díli e arredores, mas a opção mais económica é usar o sistema de mikrolets, mini-vans que percorrem rotas fixas dentro da cidade. O preço de uma viagem é 25 centavos.

A melhor forma de explorar Díli é, no entanto, a pé. As principais atracções estão localizadas no centro da cidade e as distâncias são adequadas para serem percorridas a pé. Não se esqueça do protector solar e de beber água.

Fora de Díli, pode deslocar-se em carro, ou moto, próprio ou alugado, mas as estradas estão em más condições, fazendo com que as deslocações para qualquer cidade demorem muito mais tempo do que a mera quilometragem poderia indicar. Pode também usar os transportes colectivos, designados biskotas, mas deve ter em atenção que são muito lentos, e com horários muito flexíveis, partindo apenas quando (muito!) cheios.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

ONDE ALOJAR-SE QUANDO VISITAR DILI

Díli é uma cidade em mudança, e isso nota-se nas opções de alojamento. Existem novos estabelecimentos a surgir, mas o melhor lugar para se alojar em Dili continua a ser o clássico Hotel Timor, cheio de carisma e de história (foi ali, por exemplo, onde foram anunciados os resultados do referendo de 30 de Agosto de 1999, que acabaria por decidir a independência de Timor-Leste).

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Localizado centralmente, em frente ao porto, é uma verdadeira instituição na cidade e um verdadeiro ponto de encontro de viajantes e expatriados. Tem um bom restaurante, que serve comida portuguesa e a loja da Timor Telekom é logo ao lado (conveniente para comprar um cartão SIM local), assim como uma boa farmácia. Pode marcar a sua estadia aqui.

Outras opções clássicas são o Plaza Hotel, bem no centro de Dili, ou o Timor Plaza Hotel & Apartments, perto do aeroporto.

Se estiver interessado em alojamentos mais baratos, e onde também poderá encontrar viajantes com quem trocar impressões e até juntar-se para uma viagem em Timor-Leste, experimente o Hostel da Terra ou o Timor Backpackers. Nós ficámos alojados no primeiro e gostámos muito, principalmente das pessoas que conhecemos lá.

Se estiver mais inclinado para a praia e actividades subaquáticas, experimente uma das seguintes opções: o Beach Garden Hotel, ou o Hotel Esplanada, onde pode encontrar uma agência de viagens que organiza tours em Timor-Leste.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

LUGARES A NÃO PERDER QUANDO VISITAR DILI


Capital de um país recém-nascido, e antiga capital do Timor-Leste português, Dili é uma cidade em mudança e o motor da economia timorense. Visitar Dili é uma óptima introdução ao país e à alma dos timorenses.

1. Museu da Resistência

A história recente de Timor-Leste, em particular desde a anexação pela Indonésia em 1975, é o foco deste excelente museu, onde se pode ficar a compreender melhor a luta deste povo tantas vezes negligenciado.

Muito bem organizado, apelativo e informativo, é um dos locais a não perder quando visitar Dili, para se perceber a alma, às vezes um pouco triste, dos timorenses.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

2. Centro Audiovisual Max Stahl

Max Stahl foi o jornalista que filmou o massacre ocorrido no cemitério de Santa Cruz em 1991, e hoje vive em Dili, desenvolvendo o seu trabalho no sentido de organizar um arquivo nacional multimédia.

Quando nós passámos por lá, juntámo-nos a uma visita de estudo de alunos australianos, assistimos ao recente filme “Resistir é vencer” que comemora os 20 anos da consulta popular que decidiu o futuro de Timor-Leste. No fim, tivemos a sorte de conhecer Max Stahl em pessoa.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

3. Exposição “Chega!”

Outro dos locais a não perder quando visitar Dili, é uma exposição patente numa antiga prisão, construída pelos portugueses e utilizada também pelos indonésios. Apesar de Timor-Leste ser um pequeno país, o sistema prisional e repressivo indonésio era muito extenso e cobria too o território, sendo a prisão de Dili a mais emblremática.

Destruída pelos indonésios aquando da sua retirada em 1999, foi reconstruída, mantendo-se as inscrições dos presos nas paredes, e sente-se no peito que se está a visitar um lugar cheio de histórias negras. Para que a história não se repita…

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

4. Cemitério de Santa Cruz

É um pouco estranho um cemitério ser um dos pontos altos de uma cidade, mas, no caso de Dili, é perfeitamente compreensível. Quando em Novembro de 1991, uma marcha de protesto (contra o assassinato de um jovem) acabou no cemitério de Santa Cruz, ninguém sabia que esse evento mudaria a história de Timor-Leste.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

As tropas indonésias avançaram disparando indiscriminadamente, e as imagens gravadas correram mundo, dando voz a quem não a tinha. Veja primeiro as imagens e depois visite o cemitério de Santa Cruz. Uma experiência inesquecível e a não perder quando visitar Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

5. Sala de leitura Xanana Gusmão

Sala de leitura, pequeno museu, biblioteca, é um espaço público comunitário com o objectivo de ser um local seguro onde as pessoas possam aprender e conviver.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

6. Catedral

A Catedral de Dili é um dos locais a não perder quando visitar Dili. Pela sua imponência, mas também pela sua importância para um povo tão devoto como o timorense. Se tiver a sorte de estar a decorrer uma missa, entre e partilhe esse momento com os locais.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

7. Mercado de Tais

Este é o local a visitar se quiser comprar artesanato genuíno ou tecidos fabricados de acordo com técnicas ancestrais. No entanto, tem também já a sua quota parte de artigos made in china.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

8. Hotel Timor

É uma verdadeira instituição na cidade, cheio de história e significado. Pode experimentar a comida no restaurante, ou simplesmente sentar-se no lobby e conversar com outros viajantes.

Nota: Embora agora já existam muitas ATMs em Dili, a do Hotel Timor é convenientemente localizada no seu lobby.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

9. Passeie pela marginal para oeste do centro

Percorrer a marginal para oeste do centro, a Avenida dos Direitos Humanos, é o passeio mais bonito que pode fazer em Dili. Pode fazê-lo nos dois sentidos, mas é um pouco longe por isso aconselhamos fazer num sentido e, no outro, apanhar um mikrolet.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Comece o passeio junto ao Porto de Dili, onde pode comprar bilhetes de barco para a ilha de Atauro ou para o enclave de Oecusse (numa pequena loja em frente, junto ao Burger King).

Não deixe de visitar o El Legendario, um restaurante-bar com óptimas vistas para o mar. Atravesse a recém-inaugurada Ponte Habibie (com o nome do presidente indonésio, entretanto falecido, que concedeu a hipótese do referendo em 1999), e caminhe até à Praia da Areia Branca, a mais bonita de Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Daí, continue até ao Cabo Fatucama, na ponta da imensa baía de Dili, onde deve subir ao promontório onde se encontra a estátua do Cristo-Rei, construída ainda nos tempos da ocupação indonésia. Daí terá vistas privilegiadas sobre a baía de Dili.

Antes de apanhar um mikrolet de volta para o centro de Dili, desça para o outro lado da montanha e apanhe uns banhos de sol na chamada Praia dos Portugueses.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

10. Ajude a comunidade feminina de Timor-Leste quando visitar Dili

Ajude as mulheres de Timor-Leste, em particular as mais desfavorecidas e a viver em contexto rural, participando em acções de divulgação ou angariação de fundos, ou simplesmente visitando um estabelecimento que com elas colabore como o Kafe Aroma.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

11. Visite a Escola Portuguesa em Dili

Apesar de não ser uma atracção por si, é uma experiência interessante visitar a Escola Portuguesa em Dili e testemunhar o trabalho de professores e equipa directiva em formar uma nova geração de timorenses, qualificada e a falar português. Para consultar da disponibilidade para uma visita, pode contactar o Presidente CAP Acácio de Brito.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

12. Passeie pela marginal para leste do centro

Percorrer a marginal para leste do centro, a Avenida de Portugal, é um óptimo passeio e local onde muitos fazem jogging ao final da tarde. Comece o passeio no Jardim 5 de maio, com uma estátua homenageando as vítimas do massacre do cemitério de Santa Cruz.

Não deixe de visitar a Igreja de Motael, uma igreja católica, de onde partiu a procissão em direcção ao Cemitério de Santa Cruz, onde se viria a dar o infame massacre pelas tropas indonésias.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

O Farol é também um marco da marginal, perto do edifício do Ministério do Turismo. Pode também experimentar o restaurante do Hotel Esplanada ou comer um hambúrguer e tomar uma bebida fresca no Cast Away Bar.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

13. Experimente a comida portuguesa quando visitar Dili

Não deixe de experimentar um ou mais dos restaurantes que servem comida portuguesa em Dili. É uma óptima forma de matar saudades de Portugal e também de conhecer pessoas a viajar ou a viver em Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

14. Colina de Tasi Tolu

Este é um dos locais a não perder quando visitar Dili, embora fique fora do centro. Ali poderá admirar a estátua de seis metros do papa João Paulo II, que visitou Dili e aí celebrou missa em 1987. Dali, tem vistas privilegiadas sobre a baía de Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

15. Admire de perto um crocodilo de Timor quando visitar Dili

As praias de Timor, em particular da costa sul, estão cheias de histórias de encontros com crocodilos de água salgada, alguns com desfechos trágicos. São animais impressionantes e considerados sagrados pelos timorenses mais ligados à tradição animista ancestral. Aliás, a lenda conta que a própria ilha de Timor deve a sua criação a um crocodilo gigante.

Embora o número destes animais no estado selvagem possa estar a diminuir, o número de ataques mortíferos continua a ser elevado, e por isso não deve ignorar avisos da população ou das autoridades, se for esse o caso.

Para ter um encontro de perto (mas em segurança) com um destes animais, pode visitar o quartel da Polícia Militar e pedir para os ver. Embora não concordemos com o cativeiro destes magníficos animais, estes foram capturados e mantidos vivos até hoje, sendo alimentados regularmente. É uma experiência que não esquecerá quando visitar Dili.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

DIAS 75 a 77 - Lugares obrigatórios e coisas a fazer quando visitar DILI | Timor Leste

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.