VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
Esta viagem de overland pelo Quénia e Tanzânia foi uma primeira vez para nós, em muitos aspectos. E como primeira vez, se por um lado não devemos dar demasiada importância, pois certamente se seguirão novas experiências, por outro lado convém fazer um balanço e tirar algumas conclusões quanto ao futuro.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
No nosso mapa-mundo, havia dois continentes que claramente estão em desvantagem, em termos de visitas: África (subsariana) e Oceânia. Sentíamos que tínhamos de tentar remediar essa situação, por isso quando pesquisamos destinos prováveis para as férias de Natal de 2014, um circuito na África Oriental foi desde logo um dos preferidos. E depois de verificarmos o preço, datas e itinerário de um circuito “overland” no Quénia e Tanzânia, deixamos de ter dúvidas. Optamos por um circuito de overland em 8 dias em camião, num grupo que rondaria as 20 pessoas, e com noites em acampamento, com tenda para 2 pessoas e onde teríamos que ser nós a ajudar a cozinhar, limpar, lavar a louça e arrumar as coisas.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
Foi a primeira incursão do Viajar Entre Viagens num itinerário não delineado por nós, numa viagem guiada de overland, e partilhada com outras pessoas. Esse facto criou em nós algumas expectativas. Por um lado, não tínhamos de nos preocupar com qualquer tipo de planificação da viagem, excepto a marcação dos voos e os dias-extra. E isso é bom, para variar. Mas por outro lado, sabíamos que não íamos ver tudo o que queríamos, mas sim o que nos levariam a ver.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
Em relação à companhia, também estávamos ansiosos, pois normalmente vivemos muito a nossa viagem, não compartilhando muito com outros viajantes. Desta vez, teríamos de conviver 24h/dia com um grupo de (presumivelmente) várias nacionalidades, para além de um guia, o cozinheiro e o motorista do overland. E se há uma coisa que todo os viajantes sabem, é que não é fácil viajar com alguém.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
Finalmente, estávamos também conscientes que o contacto com as populações locais iria ser muito menor do que nas nossas viagens, perdendo-se assim também o contacto com os próprios países. Apesar disto, resolvemos que estava na altura de experimentarmos o overland e uma nova forma de viajar. E a verdade é que, com as limitações de tempo e dinheiro, este overland era realmente a melhor e mais económica forma de fazer um circuito no Quénia e Tanzânia, abarcando dois dos melhores sítios de observação de vida selvagem no mundo: o parque de Serengeti e a cratera de Ngorongoro. Porque, afinal, à parte a incursão pelo bairro de Kibera em Nairobi, a perspectiva cultural da nossa viagem era claramente secundária, face à nossa prioridade, que era a observação de vida animal.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
Passada a viagem, está na altura de fazer um balanço ao overland.

1. Viagem bem organizada

A viagem foi bem organizada, e bem estruturada. No tempo que tivemos, era difícil ver mais, ainda que o camião fosse às vezes lento. O pessoal da empresa era profissional e muito simpático, e foram uma óptima companhia e apoio durante toda a viagem.

2. Grupo

Os nossos companheiros de viagem, maioritariamente de nacionalidade norte-americana e britânica (com a excepção de 2 alemães, um casal japonês e dois australianos), formavam um grupo que, no cômputo geral, conseguiu funcionar muito bem. É natural, por temperamento, idade ou bagagem cultural, que as pessoas se sentissem mais à vontade com umas do que com outras, mas isso nunca pôs em causa a unidade do grupo. Nós, por exemplo, ficamos muito próximos de um dos alemães, de ascendência grega. Porque será? 😉
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

3. Observação de Vida Selvagem 

Em relação à vida selvagem e aos locais que visitamos, a viagem também esteve à altura das expectativas. Os furtivos leopardos e as rápidas chitas não se deixaram avistar, mas sabíamos que a observação de vida selvagem no seu habitat é mesmo assim, não obedecendo a regras fixas. O Serengeti e a cratera de Ngorongoro são as principais atracções da viagem, são locais de fama mundial e, sem dúvida, merecida. Vimos leões, manadas de elefantes, rinocerontes, hipopótamos, girafas, hienas, gnus, zebras, avestruzes, babuínos e centenas de antílopes de espécies distintas.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

4. Contacto com as comunidades locais

No que toca ao contacto com os locais, realmente sabe a pouco. Esse contacto é minimizado, não sendo necessário ao viajante lidar com as pressões inerentes ao contacto com o terreno, como o ter de lidar com o dinheiro local ou ter de se desenrascar em transportes locais. A nosso ver, este é o único ponto negativo do overland, não desta viagem em particular, mas desta forma de viajar.
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping
VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

CONCLUSÃO

Os mais radicais dirão que fazer um circuito organizado deste tipo não é viajar, mas fazer turismo. Poderá ser, mas a verdade é que no tempo que tínhamos, e com as limitações de transporte público nesta parte do mundo, se tivéssemos viajado por nossa conta, nunca teríamos visto tudo o que vimos. Pagamos um preço por isso, talvez, mas fomos recompensados de outras formas. E viajar é isso mesmo, fazer opções e, principalmente, aproveitar e apreciar a viagem.

VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

VIAGEM DE OVERLAND pelo Quénia e Tanzânia | A nossa experiência a bordo de um camião em camping

MARQUE AQUI OS SEUS TOURS E PASSEIOS

 

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

4 Comentários

  1. Eu acho que esta é uma experiência interessante e diferente. No final, para quem tem olhos de ver tudo vira aprendizado e vivências. Curti e quem sabe um dia também não viaje assim para esta parte do mundo?!

    1. Carla Mota diz: Responder

      vai mesmo. é óptimo por é o mais económico para viajar em África.

  2. Olá! Podem dizer-me qual a empresa a quem contrataram o overland? Recomendariam usar a mesma, à época foram os melhores preços disponíveis? Obrigada.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Foi a Intrepid.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.