DIA 1 – Welcome to Sudan! Crónicas de Viagem | SUDÃO

DIA 1 - Welcome to Sudan! Crónicas de Viagem | SUDÃO

Vinte horas é o tempo que separa Guimarães, em Portugal, de Cartum, no Sudão, e no entanto, entre os dois há um mundo de diferenças. É esse mundo que percorro, primeiro num voo com escala em Milão, um hino ao capitalismo desenfreado e cheio de falta de significado, e segundo, uma escala no Cairo, para me adaptar ao clima sudanês que vou apanhar. Vinte horas depois de sair de Portugal aterramos em Cartum. Estão 18ºC mas o rapaz que nos espera no aeroporto para tratar do visto on arrival queixa-se do frio. Olhamos um para outro e rimos. Viajávamos com o coração nas mãos pois não tínhamos conseguido tirar o visto do Sudão na Embaixada do Sudão em Paris. Tivemos que comprar uma permissão de entrada num hotel de Cartum, por 130USD/pessoa, e recebemos por email uma cópia. Com ela deveríamos conseguir fazer o check in no voo e aterrar em Cartum. Depois, alguém nos esperaria no aeroporto e trataria do visto on arrival. E assim foi. Felizmente correu bem. Pagamos mais 100USD/pessoa pelo visto à chegada e, passados cerca de 10 minutos estávamos com o passaporte carimbado.

– Welcome to Sudan!

DIA 1 - Welcome to Sudan! Crónicas de Viagem | SUDÃO

O aeroporto de Cartum é um aeroporto africano, como muitos imaginam. Um casebre de cimento, com pouco mais do que tapetes de malas e serviço de check in. A parte exterior nem sequer tem iluminação pública e os carros e táxis estão estacionados num parque de terra batida em frente às portas de saída. Quando olhei para o aeroporto, parecia que estava a ver um edifício no meio do nada. Se não soubesse, nunca teria acreditado que estava em frente ao aeroporto internacional de Cartum. Uma loja de câmbio permitiu-nos trocar 50USD às 3h30 da manhã, à taxa oficial (que na altura é de 1USD = 47.5 SDG). Com dinheiro no bolso, era hora de rumar ao hotel onde tínhamos reserva e que nos tinha tratado do visto. Pelo caminho, tivemos que contornar a linha do comboio por um trilho de terra batida. Um comboio tinha avariado nessa noite na linha, mesmo no meio da cidade, e não se podia passar. As estradas têm militares e jipes nas ruas mas tudo está tranquilo e muito pacífico. O hotel Acrópole é uma pequena instituição em Cartum. Nas escadas que levam à recepção há fotografias de ocidentais que visitam o Sudão. Exótico! Perco-me a imaginar quando é que isto se poderia ter feito na Europa. Talvez apenas no século XIX. Recebeu-nos um sudanês de meia-idade, simpático mas sonolento. O luxo de Milão dá lugar a empregados que dormem nos sofás da recepção do hotel, a uma capital com ruas de terra batida e falta de iluminação pública. Fizemos o check-in e fomos para o nosso quarto. Simples mas limpo e saudável. Eram 4h da manhã quando nos deitámos. Em vinte horas passamos de Portugal para o Sudão e, pelo meio, atravessamos o melhor e o pior deste mundo.  

DIA 1 - Welcome to Sudan! Crónicas de Viagem | SUDÃO

Leia aqui as crónicas diárias da nossa aventura a viajar no Sudão:

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

6 Comentários

  1. Rui Duarte diz: Responder

    Mais uma voltinha no carrossel da aventura! Vão contando, que a malta aqui deste lado está seguindo vocês os dois .

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada pela companhia, Rui. 😀 Desta vez de boleia a viajar no Sudão. 😀

  2. Ora aqui está o post porque tanto ansiava, adoro! Adorava ir ao Sudão mas confesso que o preço do visto foi um choque! Ainda assim estou ansiosa por conhecer o resto da aventura!

    1. Carla Mota diz: Responder

      O preço do visto custa a digerir mas valeu a pena. Teria pago tudo outra vez. 😀

  3. Lusa Pinto diz: Responder

    Bom começo. A estrelinha continua convosco.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada 😀

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.