Dia 48 – O último passeio da Burra ao Lago Baikal, na Rússia 🇷🇺 | Crónicas do Rally Mongol

Dia 48 – O último passeio da Burra ao Lago Baikal, na Rússia 🇷🇺 | Crónicas do Rally Mongol

No dia anterior, tínhamos terminado o Rally Mongol. No entanto, estávamos ainda com o ritmo de estrada e queríamos dar uma última volta na Burra. E, uma vez que Ulan Ude se encontra convenientemente localizada perto do Lago Baikal, estava naturalmente escolhido o destino do dia.

O Lago Baikal é uma imensa reserva de água doce, sendo estimado que contenha cerca de um quinto da água doce do planeta em estado líquido. As suas dimensões falam por si: o seu comprimento máximo ultrapassa 600km, e a sua profundidade máxima ultrapassa 1600m. É um marco geográfico da Ásia e um local de visita obrigatória para nós e para todos aqueles que visitam esta região, por exemplo a bordo do mítico Transiberiano.

A partir de Ulan Ude é possível visitar as margens do Lago Baikal em diferentes zonas. Uma delas seria o delta do rio Selenga, que passa em Ulan Ude. Mas, com base em conversas que tivemos, decidimos visitar uma zona mais a norte, na margem oriental do lago, junto às localidades de Turka e Goryachinsk, estâncias balneares para os russos.

Desde o início do dia que o tempo estava muito nublado e, conforme nos aproximávamos do Lago Naikal, o nevoeiro intensificava-se. A estrada era de boa qualidade e fizemos rapidamente os cerca de 200km que nos separavam do nosso destino. A Burra continuava a portar-se muito bem, e em tom de brincadeira até propusemos a ideia de continuar com a Burra até ao estreito de Bering!

Quando chegámos ao lago, as duas localidades estavam quase desertas. Se houve uma época balnear, já tinha acabado. O tempo frio e húmido também não ajudava. Ainda estivemos junto às águas do lago, onde três miúdos russos se banhavam, mas não nos aventuramos, ainda que a temperatura da água fosse claramente superior à do ar circundante.

A paisagem é muito bonita, com floresta abundante e a ilha de Olkhon visível no horizonte, na margem oposta. Decidimos almoçar por ali mesmo, num dos poucos restaurantes que permaneciam abertos. O serviço era de buffet e acabámos por experimentar um puré de batata com carne estufada. Uma comida que nos soube a casa, agora que falta pouco para regressarmos a Portugal.

Regressámos a Ulan Ude fazendo o mesmo percurso em sentido inverso. Queríamos chegar ainda cedo de tarde, para podermos fazer a lavagem da Burra. Este era uma das condições que a organização do Rally Mongol tinha para a entrega dos veículos. A Burra teria de ser lavada, por dentro e por fora, e teria de ser entregue sem nada lá dentro, excepto peças e acessórios.

À entrada de Ulan Ude, encontrámos um centro de lavagem e foi ali mesmo que a Burra teve o merecido duche. A quantidade de lixo e terra que saiu dela! Mas no final ficou como nova. Até nos custa pensar que no dia seguinte teremos de lhe dizer adeus.

À noite, e como em equipa vencedora não se mexe, jantámos no mesmo restaurante do dia anterior, desta vez experimentando umas deliciosas pizas.

Era tempo de regressar ao hostel, um pouco cabisbaixos pela sensação de estarmos perto do fim de uma grande aventura.

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

      Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

 Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Alugue carro usando o Rent a Car, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar. Tudo na comodidade de sua casa.

      Faça seguro de viagem na World Nomads ao menor preço do mercado.

     Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.