Aprender Russo num rótulo de cerveja no transiberiano | Rússia

transiberiano

Este foi o momento alto de uma noite a bordo do comboio 131 de São Petersburgo com destino a Vladimir, a nossa primeira etapa de comboio transiberiano. Esta etapa de comboio veio-se a revelar um dos momentos altos desta viagem.

transiberiano

Saímos de São Petersburgo, da Moskba Vozhal, numa carruagem de segunda classe, em compartimentos separados, em camas laterais. Na nossa carruagem viaja um grupo de jovens bem dispostos. As raparigas metem conversa. Afinal, o mundo e mesmo pequeno! São estudantes de Geografia, da Universidade de Izhevsk. Vieram a um Festival de Geografia. Na prova de futebol ficaram em primeiro lugar (mostram-nos a taça com orgulho) – são os melhores jogadores de futebol das universidades russas; na prova de cultura geral ficaram em sétimo (menos bom mas nos dois últimos anos tinham ficado em primeiro). Felicitamo-los. Ficam contentes. Poucos falam inglês mas a conversa fica animada. O pessoal bebe… há que combater este inverno russo! Decido aprender russo ali mesmo no comboio. Com o rótulo de uma garrafa de cerveja começo aprender a sonoridade destas letras (incompreensíveis) do alfabeto cirílico. Rimos muito. Aprendi alguma coisa. O grupo é constituído por vinte elementos e eles vão rodando para conversar connosco. Falamos de viagens, política, da Rússia e da Europa. O pessoal é muito divertido, simpático e, como russos que se prezem, alcoolicamente alegres. Foi um serão muito bem passado e que marcou em beleza o nosso baptismo nos comboios russos.

transiberiano  

transiberiano

Quando se apagaram as luzes deitamo-nos. Olhei pela janela. Não queria acreditar. Atravessávamos a Rússia coberta de neve e gelo, iluminada pelo luar. Os bosques gelados passavam, na janela, à minha frente e eu lembrava-me, exactamente, porque estávamos aqui: o transiberiano. Era isto. Era isto que eu sempre imaginei. Posso regressar aqui no verão. Posso atravessar a Sibéria, mas foi e será aqui que eu senti o que é a Rússia. Como será a Sibéria? O que me esperara no transiberiano?

Adormeci com aquela paisagem a correr à minha frente. Guardo-a para sempre dentro de mim. De manhã chegávamos a Vladimir e uma nova aventura ia começar.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.