Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Uma viagem ao longo da Rota da Seda pressupõe um trabalho burocrático cansativo, moroso e caro. Uma dessas componentes são os vistos para a Rota da Seda. A maioria dos vistos para a Rota da Seda são difíceis de obter e são caros. Se vai fazer esta viagem comece a tratar dos vistos dos países com pelo menos seis meses de antecedência. Os vistos para a Rota da Seda que nós precisamos foram: Turquia, Irão, Turquemenistão, Uzbequistão, Quirguistão e China. Aqui fica um apanhado sobre os vistos. Para mais informação sobre cada um dos vistos para a Rota da Seda consulte o post correspondente a cada um deles.

SE PRETENDER QUE UMA EMPRESA TRATE DO VISTOS DA ROTA DA SEDA POR SI – Se pretender que uma empresa trate do seu vistos da Rota da Seda, pode recorrer aos serviços da iVisa para o vistos da Rota da Seda.

Turquia

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

O visto da Turquia é possível tirar à chegada ao aeroporto de Istambul e também de Ancara. O visto custa 20€ (2015) e tem validade para 90 dias num período de 180 dias.  Apesar de termos tirado o visto  só nos aeroportos de Istambul e Ancara, é também possível tirá-lo noutros aeroportos internacionais ou entrando por terra, inclusive vindo de comboio, no Expresso do Oriente, da Bulgária. Nós já obtemos o visto por entrada por terra quando fizemos o Expresso do Oriente e nos aeroportos de Istambul e Ancara. Foi um processo simples, rápido e prático.

Irão

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

O visto do Irão pode ser tirado de várias formas. Nós já obtivemos este visto no aeroporto e na embaixada do Irão em Lisboa.  Pode tirar o visto para o Irão usando três opções: no aeroporto de entrada, na Turquia ou na embaixada do Irão em Lisboa. Explicamos-lhe tudinho e ponto por ponto neste post.

 

Turquemenistão

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Para fazer o pedido do visto para o Turquemenistão é necessário possuir no passaporte o visto do país de entrada (no nosso caso o Irão) e o visto do país de saída do Turquemenistão (no nosso caso o Uzbequistão). O visto de trânsito, válido para 5 dias, só é emitido depois do país confirmar que nós só iremos mesmo atravessar o país. Este é o único visto possível de adquirir por viajantes independentes. Explicamos-lhe tudinho e ponto por ponto neste post.

 

Uzbequistão

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Tirar o visto do Uzbequistão consiste em duas fases distintas, uma para tirar o LOI (já não necessita desde dia 10 Fevereiro de 2018), outra para tirar o visto. Este é um visto moroso e o total do processo muito dificilmente é feito em menos de um mês. Não arrisque. Comece bem cedo a tratar deste visto. Explicamos-lhe tudinho e ponto por ponto neste post.

 

Quirguistão

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Desde Junho de 2012 que os cidadãos da União Europeia não necessitam de visto para entrar o Quirguistão. Óptima noticia! Este é provavelmente o único país da Ásia Central isento de visto. Foi uma aposta do governo do Quirguistão para incentivar o turismo no país. Basta só um carimbo no passaporte quando se atravessa a fronteira ou quando se chega ao aeroporto de Bishkek.

 China

Como tratar dos VISTOS para a ROTA DA SEDA (que é a maior dor de cabeça)

Tirar o visto da China é fácil e geralmente rápido, embora na embaixada possam ser um bocadinho chatos como os documentos que nos pedem. Leve tudo o que pensa precisar e mais ainda. Vamos à Embaixada da China  em Lisboa. Explicamos-lhe tudinho e ponto por ponto neste post.

 

Veja aqui o nosso primeiro vídeo na Rota da Seda.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartãoCamera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui..Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.