Visitar SÃO JORGE – O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Visitar São Jorge é descobrir aquela que é, provavelmente, a ilha mais selvagem dos Açores, exibindo uma cordilheira montanhosa central, com lagoas e dezenas de cones vulcânicos, e uma costa acidentada, onde as falésias escarpadas mergulham vertiginosamente para o mar, ou cedem passagem às fajãs, junto ao mar, onde as populações se refugiavam do frio das terras altas.

O relevo vigoroso não facilitou a vida de quem povoou e de quem ainda hoje vive do que a ilha tem para dar. A população de São Jorge é, à primeira vista, de trato um pouco rude, mas se for além das primeiras sensações, descobrirá gentes com bom coração, que se ajudam uns aos outros e a quem os visita, e cujos valores tradicionais ainda ditam o ritmo do quotidiano.

Procura ideias de lugares para visitar em Portugal? Consulte o nosso artigo com mais de 50 lugares a visitar em Portugal.

Ver esta publicação no Instagram

VIAGEM PELA GEOGRAFIA DE PORTUGAL – DIA 77 – POÇA SIMÃO DIAS, SÃO JORGE, AÇORES . . 🇵🇹 A Poça Simão Dias é uma das mais belas piscinas naturais dos Açores. Rodeada de prismas basálticos é de encanto ímpar. É um local fantástico para dar um mergulho e apreciar a vida marinha. Um encanto deste nosso recanto chamado AÇORES. . . 🇬🇧 Poça Simão Dias is one of the most beautiful natural pools in the Azores. Surrounded by basaltic prisms, it has a unique charm. It is a fantastic place to take a dip and enjoy the marine life. A charm of our corner called AZORES. . . . . . #sataazoresairlines #azoresairlines @azores_airlines_official #visitazores @visitazores #azores #açores #azoresportugal #açoresportugal #sapoviagens #fugasporportugal #forbestravelguide #cntraveller #bbctravel #natgeo #bbcworld #travelphotography #djiportugal #beautifuldestinations #beautifulbeach #portugal #visitportugal #portugal_em_fotos #portugalovers #portugaligers #portugalemclicks #portugaldenorteasul #saojorgeisland

Uma publicação partilhada por Carla Mota & Rui Pinto (@viajar_entre_viagens) a

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Visitar São Jorge, a ilha das fajãs

São Jorge é a quarta maior ilha dos Açores, e um dos vértices do “triângulo” do grupo central (juntamente com o Pico e Faial), separada da ilha do Pico por um estreito de 15 km, o canal de São Jorge.

A ilha de São Jorge

São Jorge é uma ilha que se estende em comprimento (cerca de 55 km, desde a Ponta dos Rosais até ao Ilhéu do Topo), com menos de 10 km de largura, e tem três vilas, Velas, Calheta e Topo. O seu relevo assenta numa cordilheira vulcânica linear (com origem ligada a um vulcanismo fissural) que ocupa o seu interior, como uma espinha dorsal (com o ponto mais elevado a 1053 m de altitude), sendo que a sua costa é acidentada, com falésias abruptas, algumas com centenas de metros de altura, especialmente na costa norte.

Não perca o nosso artigo com todas as dicas e roteiro sobre viajar no grupo central dos Açores, pelas ilhas do Pico, Faial e São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

As fajãs de São Jorge

Mas o que distingue São Jorge das outras ilhas do arquipélago é a presença numerosa de fajãs, faixas de terreno plano, em geral cultivável, de pequena extensão, entaladas entre as arribas e o mar. As fajãs podem ser de dois tipos, as fajãs lávicas, criadas pelo avanço de escoadas lávicas sobre o mar, e as fajãs detríticas, criadas pela acumulação de materiais resultantes do desmoronamento das arribas. Quando visitar São Jorge é obrigatório conhecer algumas delas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Apesar de existirem fajãs em quase todas as ilhas dos Açores (com excepção do Corvo), São Jorge possui dezenas delas, quase todas habitadas, sendo que, por exemplo, as vilas sedes dos seus dois concelhos, Velas e Calheta, se situam em fajãs. A costa sul de São Jorge tem menos fajãs, mas a exposição solar faz com que tenham microclimas, de tal forma que, por exemplo, se produz ali café, como na Fajã dos Vimes. A costa norte exibe as fajãs mais espectaculares, algumas com lagoas, como a Fajã dos Cubres e a Fajã da Caldeira de Santo Cristo.

Se viajar para os Açores, não perca o nosso artigo sobre Lugares obrigatórios para visitar em SÃO MIGUEL.


DICAS PRÁTICAS PARA VISITAR SÃO JORGE


Para visitar São Jorge, maximizando aquilo que quer fazer, e minimizando perdas de tempo, deverá planificar a sua viagem atempadamente e por isso deixamos aqui as nossas dicas práticas para visitar São Jorge, nomeadamente quando visitar, como chegar lá, incluindo os novos procedimentos devido à pandemia Covid-19, como se deslocar no terreno, e onde dormir em São Jorge.

Pode fazer aqui o download do mapa de São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Quando visitar São Jorge, nos Açores

O clima dos Açores é caracterizado por elevados índices de humidade do ar, chuvas regulares, ventos por vezes fortes, temperaturas amenas e baixa taxa de insolação. Os Invernos não são rigorosos, mas são chuvosos, sendo que pode ocorrer queda de neve nas terras altas, enquanto no Verão os dias são mais quentes e ensolarados, sendo que ainda assim são raros os dias de céu completamente limpo.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Sendo assim, a melhor altura do ano para visitar São Jorge é no Verão, entre os meses de Junho e Setembro. Os meses de Verão são também aqueles em que decorrem as festividades mais importantes de Santa Maria, tais como a Semana Cultural das Velas, as festas dos Santos Populares, em particular em honra de São Jorge, as romarias nas fajãs, e as festas do Espírito Santo.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Como chegar a São Jorge, nos Açores

Chegar de avião a São Jorge

Se não tiver um veleiro, para chegar aos Açores precisará de voar. Não há voos directos para São Jorge a partir do continente, mas pode chegar a São Jorge a partir de Ponta Delgada (São Miguel) ou Lajes (Terceira). A única companhia que faz voos internos nos Açores é a SATA Azores Airlines.

NOTA: A SATA disponibiliza um serviço de encaminhamento, de acordo com a disponibilidade de lugares, sem encargos para o passageiro, de passageiros em viagens no interior da Região Autónoma dos Açores, com origem ou destino em Portugal Continental ou no Funchal, que pretendam utilizar nas suas deslocações qualquer das gateways dos Açores (Ponta Delgada [PDL], Santa Maria [SMA], Terceira [TER], Faial [HOR], Pico [PIX]).

Pode pesquisar e reservar o seu voo para São Jorge aqui.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Chegar de barco a São Jorge

Se estiver numa das ilhas do grupo central dos Açores (Faial, Pico, Graciosa, Terceira), também pode chegar a São Jorge por mar, numa ligação de ferry, usando os serviços da Atlântico Line. Nós voámos de Ponta Delgada para São Jorge, mas dali partimos de barco à descoberta das outras ilhas do grupo central. Em circunstâncias normais, durante o Verão, há também ligações com o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e ocidental (Flores e Corvo) mas, devido à pandemia de Covid-19, estas ligações marítimas não estão actualmente a funcionar.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Procedimentos de entrada nos Açores (Covid-19)

No ano de 2020, a pandemia de Covid-19 começou por fechar os espaços aéreos a nível mundial e, agora que os voos começam a normalizar, os procedimentos de entrada e saída de países e lugares alteraram-se. Assim, viajar para os Açores e visitar São Jorge requer que tenha um resultado negativo num teste ao Covid-19.

Pode fazê-lo ainda no continente, até 72 horas antes do voo, ou pode fazê-lo à chegada aos Açores mas, nesse caso, terá de esperar pelos resultados no hotel sem sair (em princípio, o resultado ser-lhe-á comunicado em 24 horas). Em ambas opções, o teste é pago pelo Governo Regional dos Açores, nos laboratórios com os quais tem acordos.

NOTA: A realização do teste é condição obrigatória para viajar para os Açores e visitar São Jorge. Se não fizer o teste antes de viajar, e se recusar a fazer o teste à entrada no arquipélago, terá de regressar ao continente e pagar os custos da viagem de regresso.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Já nos Açores, se a sua estadia for de 7 ou mais dias, terá de repetir o teste de Covid-19, numa unidade de saúde açoreana, ao 6º dia a contar do dia em que fez o 1º teste.

Não deixe de consultar o nosso artigo com todas as dicas sobre viajar para os Açores em 2020.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Seguro de viagem para os Açores (com cobertura de tratamento de Covid-19)

A IATI Seguros tem um seguro que é especialmente indicado para viagens para os Açores. Este novo seguro oferece cobertura em caso de contágio por Covid-19 (exames médicos, transporte sanitário, assistência médica, hospitalização, quarentena obrigatória e repatriação), assim como o Seguro de Cancelamento permite o cancelamento da viagem em caso de resultado positivo para Covid-19 (do próprio segurado, pais ou filhos), se isso impedir a viagem na data prevista. Além disso, tem também coberturas específicas para cicloturistas, autocaravanas, campers e campistas, e ainda para animais de estimação.

Pode fazer o seu seguro IATI ESCAPADINHAS aqui com 5% de desconto.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Como deslocar-se em São Jorge, nos Açores

É verdade que, para se deslocar entre algumas localidades de São Jorge pode usar os serviços de autocarros “Jose Pinto Azevedo & Filhos Lda”, mas as ligações são pouco frequentes e limitadas ao eixo Velas-Calheta-Topo, não cobrindo a maior parte dos locais que quererá visitar na ilha. Sendo assim, a melhor opção para se deslocar quando visitar São Jorge é alugar carro, dando-lhe a autonomia necessária para desfrutar de tudo o que São Jorge lhe tem para oferecer.

Pesquise e reserve aqui o seu carro nos Açores, aos melhores preços.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Onde dormir em São Jorge, nos Açores

São Jorge é uma ilha grande e tem muitas opções de alojamento, e poderá optar por ficar alojado em várias zonas da ilha. No entanto, escolher onde ficará a dormir depende de alguns factores. Por exemplo, se não tiver carro próprio, ou se a sua estadia em São Jorge for de menos de 3 dias, então deve optar por alojar-se em Velas. Outras boas opções perto de Velas são Santo Amaro, Urzelina ou Manadas. Se tiver mais tempo, e para desfrutar melhor da ilha, pode optar por se alojar mais longe dos centros maiores, por exemplo na Calheta ou em alguma das fajãs, tanto da costa sul como da norte.

Onde dormir em Velas, São Jorge

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

Onde dormir em Urzelina, São Jorge

Onde dormir em Manadas, São Jorge

Onde dormir na Calheta, São Jorge

Onde dormir nas fajãs da costa sul de São Jorge

Onde dormir nas fajãs da costa norte de São Jorge

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

O QUE VER E FAZER QUANDO VISITAR SÃO JORGE


São Jorge é uma das maiores ilhas dos Açores, e oferece imenso a quem a visita, por isso recomendamos que dedique pelo menos 3 dias a explorar a ilha, conhecendo lugares fantásticos e percorrendo belos trilhos, com um dia extra para actividades aquáticas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

1. Visitar o Porto de Velas

É muito provável que passe por ali ao chegar ou partir de São Jorge, mas o Porto de Velas é o centro da acção na principal vila da ilha e merece uma visita. É o melhor local para arranjar tours para actividades aquáticas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

2. Visitar os moinhos de Urzelina

Na ilha de São Jorge há vários tipos de moinhos de vento e de água. A Urzelina é uma freguesia onde poderá admirar os moinhos de vento, vermelhos e brancos. Inventados por um habitante local, giram facilmente, para serem direccionados para o vento.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

3. Visitar os arcos vulcânicos da Urzelina

A Urzelina está situada numa escoada lávica que teve origem numa erupção em 1808. Ainda hoje é possível observar as rochas vulcânicas e as formações rochosas características desta paisagem, como os arcos de pedra.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

4. Dar um mergulho nas piscinas naturais na Fajã das Almas

A Fajã das Almas é uma fajã lávica da costa sul de São Jorge e tem acesso por uma estrada vertiginosa que desce serpenteando a falésia. Também conhecida como Fajã do Calhau, tem uma zona balnear muito bonita e popular entre a população, sendo que as piscinas naturais estão encaixadas entre as rochas vulcânicas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

5. Visitar a Fajã Grande

A Fajã Grande pertence ao concelho da Calheta, e é uma das fajãs com mais habitantes permanentes. Tem um porto de pesca e é ali que se encontra a Ermida do Senhor Bom Jesus. De lá, tem-se vistas privilegiadas sobre a ilha do Pico.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

6. Alojar-se num local com vista sobre a montanha do Pico

Pode alojar-se em diferentes locais na ilha, mas quando visitar São Jorge, não deixe de escolher um lugar na costa sul que tenha vista para o Pico. Quando ele se mostra, é um prazer vê-lo à distância!

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

7. Dar um mergulho no porto da Calheta

O porto da Calheta é um óptimo local para um mergulho e muito popular entre os habitantes. É também um local preferido da população para um banho, existindo aí uma pequena “praia” e é também um centro das empresas de actividades aquáticas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

8. Sentir o pulso da população da Calheta

A Calheta é uma das duas sedes de concelho de São Jorge e uma das mais antigas povoações da ilha. A vida na ilha nunca foi fácil, estando a população sujeita a sismos e maus anos de colheitas, além dos ataques de corsários, mas a Calheta soube vingar e hoje é uma das zonas mais activas de São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

9. Contemplar a vista do Miradouro da Calheta

Não deixe de parar no miradouro sobre a vila da Calheta, para ter uma melhor ideia da posição da vila, construída numa fajã lávica.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

10. Experimentar tábua de novilho no “Sabores Sopranos”

Não é só de peixe que vive a gastronomia em São Jorge. A carne de vaca também é muito apreciada e um dos melhores locais para experimentar é o restaurante “Sabores Sopranos”, perto da Calheta. Pode reservar uma mesa através do telefone 96 93 48 476.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

11. Percorrer a estada panorâmica EN2 quando visitar São Jorge

A EN2 liga a Calheta ao Topo. na ponta oriental de São Jorge. Perocrrer esta estrada é um prazer que não deve perder, e é a partir dela que terá acesso às fajãs da costa sul.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

12. Visitar a Fajã dos Vimes

A Fajã dos Vimes é uma das fajãs mais bonitas da costa sul de São Jorge, tendo sido totalmente destruída no grande sismo de Julho de 1757. É conhecida pela tecelagem de colchas e pela plantação de café, possível devido ao microclima da fajã.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

13. Beber café na Fajã dos Vimes

Os Açores são o local no mundo a maior latitude onde se produz café, fruto da humidade e temperaturas amenas. As fajãs são locais privilegiados, com um clima mais ameno do que as terras altas, e na Fajã dos Vimes a produção de café é tradição desde o século XIX. Pode provar este café de aroma intenso no Café Nunes.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

14. Contemplar a simplicidade da vida na Fajã dos Bodes

A Fajã dos Bodes é uma pequena fajã, situada na freguesia da Ribeira Seca, cujo acesso é feito pela Fajã dos Vimes. Ainda hoje é usada como local para onde as pessoas das redondezas se deslocam para invernarem o gado. É um óptimo lugar para sentir o pulso ao lado mais rural de São Jorge e o modo de vida tradicional das suas gentes.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

15. Comer lapas ao pôr-do-sol na Fajã de São João

A Fajã de São João é a maior fajã da costa sul de São Jorge e tem acesso por uma estrada vertiginosa. Mas quem visita descobre uma fajã tradicional, onde a vida decorre a um ritmo próprio, e sente-se que o mundo está todo muito longe. Relaxe, sente-se a olhar o mar e experimente um prato de lapas grelhadas. É, provavelmente, o local para observar um dos pores-do-sol mais bonitos dos Açores.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

16. Visitar o farol do Topo

A Vila do Topo situa-se no extremo sudeste da ilha de São Jorge, numa zona plana e de declive suave, onde se cultivam cereais. Com uma longa tradição de mar e fortes ligações à ilha Terceira, foi o local onde desembarcaram os primeiros povoadores de São Jorge, e é onde se encontra o Farol do Topo, de 1927, na Ponta do Topo.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

17. Dar um mergulho nas piscinas naturais do Topo

No Topo existem algumas das piscinas naturais mais bonitas de São Jorge. Junte-se aos habitantes locais e relaxe nas águas cristalinas do Atlântico. À volta das piscinas, as rochas vulcânicas são um testemunho da história de erupções da zona mais recente da ilha.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

18. Conhecer a história rural do Ilhéu do topo

O ilhéu do Topo é um ilhéu com uma área de cerca de 20 hectares, a uma curta distância da costa da Ponta do Topo. De relevo plano, e sem vegetação, está integrado na Zona de Protecção Especial do Ilhéu do Topo e Costa Adjacente, sendo local de muitas colónias de aves marinhas, mas também de pastoreio de ovinos e bovinos, que se deslocam para o ilhéu a nado (a reboque de um barco)!

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

19. Encantar-se com a Cascata de Cruzal

Perto da Vila do Topo, encontrará a Cascata do Cruzal, uma bela cascata rodeada de floresta luxuriante. Quando estivemos lá a água estava cheia de um musgo verde, mas em redor o cenário é fabuloso.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

20. Fazer o trilho Serra do Topo – Caldeira de Santo Cristo – Fajã dos Cubres (PR01 SJO)

Fazer este trilho é algo que não deve perder quando visitar São Jorge. Com a extensão de 9,5 km (5 horas de duração) e grau de dificuldade médio, este belo percurso vai desde a Serra do Topo até à Fajã dos Cubres, passando pela Fajã da Caldeira de Santo Cristo. Pode dividir este trilho em duas partes e descansar/nadar/almoçar na Fajã da Caldeira de Santo Cristo.

Pode fazer o download aqui do mapa e folheto deste trilho.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

21. Tomar banho na Cascata da Caldeira de Cima

Na primeira parte do trilho PR01 SJO, irá descer pela caminho em direcção a Caldeira de Cima. Ao entrar no terço final da descida, depois de atravessar uma ponte, deverá fazer um desvio para a Cascata da Caldeira de Cima, com duas óptimas lagoas para um banho refrescante.

NOTA: Cuidado que o piso é escorregadio!

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

22. Deslumbrar-se com a Fajã da Caldeira de Santo Cristo

Irá ver a Fajã da Caldeira de Santo Cristo no trilho PR01 SJO mesmo antes de lá chegar e aí começará o deslumbramento. Conhecer a Fajã da Caldeira de Santo Cristo, provavelmente a mais bonita da ilha, é algo obrigatório quando visitar São Jorge. Criada por um desmoronamento causado pelo sismo de 1757, a erosão do mar e as águas pluviais deram origem à sua lagoa, agora frequentada por banhistas. A Ermida de Santo Cristo é local de devoção e de uma procissão no primeiro Domingo de Setembro.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

23. Experimentar as ameijoas da Fajã da Caldeira de Santo Cristo

A Fajã da Caldeira de Santo Cristo é famosa pela sua bela lagoa, e pelo mar propício ao surf, mas as águas da lagoa não são só para banhistas. As famosas ameijoas da Caldeira de Santo Cristo, espécie única nos Açores, são cada vez mais procuradas. São caras, mas vale a pena experimentar!

NOTA: Tal como muitos dos outros restaurantes da ilha de São Jorge, para comer na Caldeira de Santo Cristo é necessário marcar com antecedência, de forma a evitar dissabores.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

24. Dormir na Fajã da Caldeira do Santo Cristo

Antes de 1975, a Fajã da Caldeira do Santo Cristo tinha uma população e infraestruturas apreciáveis, mas a emigração e o sismo de 1980 (e os desmoronamentos que isolaram a fajã do mundo durante três dias), levaram a uma diminuição drástica da sua população. Hoje tem apenas cerca de 10 habitantes permanentes, mas no Verão esses números aumentam pelos visitantes, mas também por aqueles que decidem lá ficar por alguns dias, em busca de bom surf ou de uns momentos de sossego e isolamento.

NOTA: A Fajã da Caldeira de Santo Cristo continua a ser um dos locais de mais difícil acesso na ilha de São Jorge. Pode chegar lá a pé, pelo trilho PR01 SJO, vindo da Serra do Topo ou da Fajã dos Cubres, ou de moto 4, vindo da Fajã dos Cubres.

Veja este documentário sobre a evacuação da Fajã da Caldeira de Santo Cristo aquando do terramoto de 1 de Janeiro de 1980.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

25. Conhecer a Fajã do Belo

Situada entre a Fajã da Caldeira de Santo Cristo e a Fajã dos Cubres, esta é uma pequena fajã sem habitantes permanentes (após o terramoto de 1980), tendo algumas habitações sido adaptadas para casas de Verão.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

26. Visitar a Fajã dos Cubres

A Fajã dos Cubres pode ser visitada a pé, sendo o ponto final do trilho PR01 SJO, ou de carro. De uma forma ou de outra, encontrará uma belíssima fajã, com uma pequena povoação (reconstruída após o terramoto de 9 de Julho de 1757) e uma lagoa, rodeado de pântanos de Junco e com 4 ilhéus.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

27. Contemplar as vistas do miradouro da Fajã dos Cubres

A estrada vertiginosa que serpenteia a falésia para sair da Fajã dos Cubres é suficientemente apertada e sinuosa para exigir muita atenção. Mas não deixe de parar no miradouro de onde tem vistas fabulosas sobre a Fajã dos Cubres e a Fajã da Caldeira de Santo Cristo.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

28. Maravilhar-se com a Fajã da Ribeira da Areia

Esta fajã está localizada entre a Fajã dos Cubres e a Fajã do Ouvidor e tem acesso por estrada (sinuosa e apertada, conduzir com cuidado). Quando chegar ao fundo, irá deslumbrar-se com uma maravilhosa fajã lávica, onde poderá admirar lavas encordoadas, grutas e um magnífico arco de lava.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

29. Contemplar as vistas do miradouro da Fajã do Ouvidor

Na estrada que desce para a Fajã do Ouvidor, não deixe de parar no miradouro com vistas para uma das mais populares fajãs da ilha, provavelmente a mais bonita fajã lávica de São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

30. Encantar-se na Fajã do Ouvidor

Esta é provavelmente a fajã mais procurada da costa Norte de São Jorge, pelos seus encantos naturais e pela sua acessibilidade, por estrada e por mar, pois tem porto de pesca. Os visitantes são atraídos pelas piscinas naturais e pelos restaurantes, assim como pela beleza natural de uma fajã lávica.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

31. Mergulhar nas piscinas naturais da Fajã do Ouvidor

As formações rochosas na costa da Fajã do Ouvidor deram origem a zonas balneares, piscinas naturais onde as pessoas tomam banho e se estendem ao sol na rocha vulcânica. É talvez o local mais popular na ilha de São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

32. Tomar banho na Poça de Simão Dias

A piscina natural mais famosa de São Jorge é a Poça de Simão Dias, uma espectacular piscina natural aninhada entre a falésia e formações rochosas em forma de prismas basálticos. Muito popular entre os jovens locais, mas também entre todos os que visitam São Jorge. A água é cristalina, de um tom azul-turquesa quase hipnótico.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

33. Comer ameijoas n’ “O Amílcar”

Se não conseguir comer ameijoas da Caldeira de Santo Cristo no local, então o restaurante “O Amílcar” é um bom lugar para consegui-lo. Fica na Fajã do Ouvidor e é um dos restaurantes mais populares de São Jorge. Pode reservar uma mesa através do telefone 295 417 448.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

34. Contemplar a simplicidade da vida na Fajã do Além

Se tiver tempo, e quiser visitar um lugar especial, só alcancável a pé, então não deixe de visitar a Fajã d’Além, que se situa perto da Fajã do Ouvidor, especialmente na época das vindimas, quando as pessoas regressam temporariamente às suas casas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

35. Subir ao Pico da Esperança

Subir ao pico mais alto de São Jorge não é uma tarefa muito difícil. A estrada, em terra batida, passa a poucos metros da cratera, sendo que esses metros finais terão de ser feitos a pé. O que é difícil é apanhar o pico sem nebulosidade. Se tiver essa sorte (ou persistência), terá direito a vistas indescritíveis das duas lagoas na cratera e da ilha do Pico no horizonte.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Ver esta publicação no Instagram

VIAGEM PELA GEOGRAFIA DE PORTUGAL – DIA 78 – PICO DA ESPERANÇA, SÃO JORGE, AÇORES . . 🇵🇹 Não podíamos deixar São Jorge sem subir ao ponto mais alto da ilha, o Pico da Esperança. O maior vulcão da ilha tem hoje na sua caldeira duas pequenas lagoas. Chegar lá não é difícil, o difícil foi conseguir que as nuvens se dissipassem para contemplar a paisagem e as lagoas. Subimos duas vezes mas valeu a pena. Este momento foi o ponto alto da nossa visita a São Jorge. O momento foi muito intenso e o espetáculo de natureza visto de lá de cima não tem paralelo. Acompanharam nos stories? Foi inesquecível, parecíamos crianças. . . 🇬🇧 We couldn’t leave São Jorge without going up to the highest point on the island, Pico da Esperança. The largest volcano on the island today has two small lagoons in its caldera. Getting there is not difficult, it was difficult to get the clouds to dissipate to contemplate the landscape and the lagoons. We went up twice but it was worth it. This moment was the highlight of our visit to São Jorge. The moment was very intense and the spectacle of nature seen from above is unparalleled. Do you followed in the stories? It was unforgettable, we looked like children. . . . . . . #sataazoresairlines #azoresairlines @azores_airlines_official #visitazores @visitazores #visitportugal #euficoemportugal #portugalcomefeitos #portugal #portugal_a_gramas #portugal_em_fotos #portugalovers #portugaligers #portugalemclicks #portugaldenorteasul #djiportugal #açores #azoresportugal #açoresportugal #sapoviagens #fugasporportugal #forbestravelguide #cntraveller #bbctravel #natgeo #bbcworld #viajarentreviagens

Uma publicação partilhada por Carla Mota & Rui Pinto (@viajar_entre_viagens) a

36. Contemplar o pôr-do-sol num ponto alto da ilha

Pode ser no Pico da Esperança ou noutro ponto alto da ilha, mas se o estado do tempo assim o permitir, não deixe passar a oportunidade de assistir a um maravilhoso pôr-do-sol, com a ilha do Pico no horizonte.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

37. Fazer o trilho Pico do Pedro – Pico da Esperança – Fajã do Ouvidor (PR4 SJO)

Fazer este trilho é algo que não deve perder quando visitar São Jorge. Com a extensão de 16,9 km (7 horas de duração) e grau de dificuldade médio, este belo percurso vai desde o Pico do Pedro à Fajã do Ouvidor, passando pelo Pico da Esperança. Pode optar por uma versão mais curta se fizer o troço entre picos de carro (o trilho segue pela estrada).

Pode fazer o download aqui do mapa e folheto deste trilho.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

38. Fazer a estrada de terra central da ilha

Quando visitar São Jorge, não pode deixar de fazer a estrada que atravessa a parte central e alta da ilha. É de terra batida, e por vezes com fortes inclinações, mas faz-se bem se conduzir com precaução. A paisagem, se o estado do tempo cooperar, é de tirar a respiração, com uma sucessão de cones vulcânicos e lagoas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

39. Encantar-se com as hortências que povoam a ilha no Verão

Dizem que os Açores são jardins plantados no Atlântico e é verdade! As hortênsias que se alinham pelas estradas das ilhas, e se exibem na cor azul, rosa, lilás, vermelho e branco, é a face mais visível de um panorama que é cuidado pelas autoridades de forma que o impacto visual sobre habitantes e visitantes seja inesquecível.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

40. Juntar-se à ordenha diária das vacas no final do dia

As vacas que fornecem o leite usado para fabricar o queijo de São Jorge são ordenhadas ao início da manhã e ao final da tarde. Quando visitar São Jorge, se puder, junte-se a uma destas actividades e converse com os agricultores.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

41. Comer cataplana de peixe, marisco e lapas no “Fornos de Lava”

Na freguesia de Santo Amaro, perto de Velas, o restaurante “Fornos de Lava” é um óptimo lugar para experimentar a comida regional, ao mesmo tempo que desfruta de vistas fabulosas sobre o Pico e o Faial. Pode reservar uma mesa através do telefone 295 432 415 ou 917 394 977.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

42. Experimentar arroz de polvo à moda de São Jorge

O polvo é uma das figuras principais da gastronomia de São Jorge. Pode experimentá-lo de muitas formas, grelhado, guisado, ou frito, mas o arroz de polvo é uma maravilha que recordará muito tempo depois de sair dos Açores.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

43. Experimentar Queijo de São Jorge

A produção de queijo em São Jorge começou nos primórdios do seu povoamento, talvez potenciado pela presença de numerosos flamengos que ali encontraram condições semelhantes à das suas terras de origem. Os queijos são produzidos com leite de vaca cru e têm dimensões apreciáveis (cerca de 30 cm de diâmetro e 10 cm de altura). Hoje o Queijo de São Jorge é uma Denominação de Origem Protegida (DOP) e uma das imagens de marca do arquipélago.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

44. Fazer compras na Cooperativa Agrícola de São Jorge

A Cooperativa Agrícola de São Jorge é o local mais indicado para fazer as suas compras de queijos quando visitar São Jorge, mas também de outros produtos da ilha como o atum de conserva e as compotas.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

45. Experimentar Espécies, um doce típico maravilhoso da ilha de São Jorge

As Espécies de São Jorge são um dos doces mais tradicionais da ilha, com uma forma semelhante à de um ferradura. Não deixe de experimentar esta iguaria, sendo que pode comprar, por exemplo, no Mercado Municipal de Velas ou nas pastelarias.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

46. Desfrutar da tranquilidade da reserva florestal das Sete Fontes

O Parque Florestal Sete Fontes é uma reserva florestal na freguesia dos Rosais que, dada a sua altitude, exibe uma floresta com espécies endémicas da Macaronésia, além de espécies importadas. É um óptimo local para dar um passeio e fazer um piquenique, quando visitar São Jorge.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

47. Descer a pé até à Fajã do João Dias

A Fajã do João Dias é, provavelmente, o lugar mais isolado de São Jorge. Pertencente à freguesia dos Rosais, o acesso por terra a esta fajã é feito apenas por um trilho estreito e inclinado, que desce (e sobe!) a vertiginosa falésia. Nós não tivemos tempo de fazer este trilho mas deve ser algo especial visitar este lugar.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

48. Conhecer o farol da Ponta dos Rosais

O Farol da Ponta dos Rosais é um complexo constituído pelo farol, residências para os faroleiros e edifícios de apoio, espectacularmente localizado no topo de falésias com mais de 200 m de altura, na ponta noroeste de São Jorge. Abandonado após a crise sísmica de 1964 e o terramoto de 1980, está agora em ruínas. Dali tem vistas fabulosas sobre os Ilhéus dos Rosais, com as ilhas do Pico e Faial no horizonte.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

49. Espreitar o ilhéu do Torrão de Açúcar

A Ponta dos Rosais tem vários ilhéus junto à costa, aninhados junto das falésias que se elevam quase verticalmente. Tenha cuidado com as vertigens e não deixe de espreitar alguns destes ilhéus de cima e tenha a perspectiva que só os pássaros têm.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

50. Subir ao miradouro da Vigia

Quando visitar a Ponta dos Rosais, não deixe de subir ao Miradouro da Vigia, instalado numa antiga vigia da baleia. Ali poderá aprender sobre a história da caça à baleia em São Jorge, e ter vistas magníficas sobre o Farol e a Ponta dos Rosais.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

51. Fazer um passeio de barco até à Ponta dos Rosais

Fazer um passeio de barco é uma das actividades a não perder quando visitar São Jorge. Há passeios que dão a volta à ilha mas são mais caros. Recomendamos fazer um passeio que vá até à Ponta dos Rosais

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

52. Fazer snorkel nos mares dos Açores

Os Açores têmdos melhores locais para fazer snorkel do mundo, por isso não deixe passar a oportunidade de mergulhar nas águs cristalinas do Atlântico. Nós fizemos snorkel na Baía Entre-Morros e recomendamos!

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

53. Fazer um passeio de barco à baía Entre-Morros

Se só tiver tempo para um pequeno passeio de barco, não deixe de fazer um passeio à Baía Entre-Morros e admirar a magnífica paisagem submarina e da baía, marcada pelas escoadas vulcânicas, e cones que se elevam quase verticalmente do mar.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

54. Jantar com as melhores vistas da ilha no restaurante Buganvillas

O restaurante Cantinho das Buganvilias situa-se no Carregadouro, e faz parte de um resort. Não precisa de ser hóspede para poder usar o restaurante, que tem óptima comida regional e uma fabulosa vista sobre o Pico e sobre a Vila de Velas. Pode reservar uma mesa através do telefone 295 432 271.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

55. Encantar-se com a povoação das Velas

Velas é a maior vila de São Jorge, mas mesmo assim é uma pequena povoação com menos de 2.000 habitantes, e com um ambiente muito especial. A zona portuária é o centro da acção, mas vale a pena explorar as suas ruas e sentir o ritmo de vida insular.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

56. Mergulhar nas piscinas naturais de Velas

As piscinas naturais de Velas são um local muito popular entre os seus habitantes, mas também atrai visitantes que não cedem à tentação de se banhar nas águas do Atlântico.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

57. Comer um gelado ao pôr-do-sol, com vista sobre o Pico

Um dos melhores sítios para uma vista sobre o Pico é perto das piscinas naturais, onde pode comer um gelado ao final da tarde e assistir a um maravilhoso pôr-do-sol.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

58. Admirar o arco vulcânico de Velas

Perto das piscinas naturais de Velas, existe um fabuloso arco vulcânico que é melhor apreciado a partir do mar, se fizer um passeio de barco.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

59. Comer as melhores lapas no Açor

É verdade que há pelo menos um funcionário do “Açor” que é mal-educado e ríspido com os clientes (de tal forma que começa a ser uma atracção!), mas vale a pena sentar-se neste restaurante a apreciar comida regional, por exemplo enquanto espera pela chegada do barco que o levará para outras ilhas. Pode reservar uma mesa através do telefone 295 432 463.

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores

60. Juntar-se aos locais e comer um cachorro no centro de Velas

A praça onde está a Igreja Matriz de Velas, junto ao Porto, tem uma atracção para os habitantes locais, a barraquinha de cachorros. É barato e a afluência atesta que é bom. Junte-se à fila e experimente!

Visitar SÃO JORGE - O que ver e fazer na ilha das fajãs nos Açores
Ver esta publicação no Instagram

VIAGEM PELA GEOGRAFIA DE PORTUGAL – DIA 76 – PICO ESPERANÇA, SÃO JORGE, AÇORES . . 🇵🇹 Há dias que parecem magia. Há lugares que parecem irreais. Há paisagens que desafiam os limites da imaginação. E depois há os Açores. . . 🇬🇧 There are days that seem like magic. There are places that seem unreal. There are landscapes that challenge our limits of imagination. And then there are the Azores. . . . . . #sataazoresairlines #azoresairlines @azores_airlines_official #visitazores @visitazores #visitportugal #euficoemportugal #portugalcomefeitos #portugal #portugal_a_gramas #portugal_em_fotos #portugalovers #portugaligers #portugalemclicks #portugaldenorteasul #azores #açores #azoresportugal #açoresportugal #sapoviagens #fugasporportugal #forbestravelguide #cntraveller #bbctravel #natgeo #bbcworld #travelphotography #photography #lonelyplanet

Uma publicação partilhada por Carla Mota & Rui Pinto (@viajar_entre_viagens) a

Se vai viajar para os Açores não perca as nossas dicas aqui no blogue

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

QUE EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO USAMOS

Esta é provavelmente uma das perguntas que mais recebemos. A resposta é simples e está aqui. Desde drone, câmaras fotográficas, computadores, etc. Tudo o que vai na nossa bagagem está aqui.

  DSLR Camera free icon Máquinas fotográficas e drones sinal de símbolo de ícone de computador - Download Vetores Gratis ...Computador e gadgets

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão. . Este blogue contém links de programas de afiliados.

10 Comentários

  1. Eu amo Portugal, e adorei estas dicas de visita a São Jorge. Na próxima vez que for a Terrinha quero ir aos Açores.

    1. Carla Mota diz: Responder

      vem mesmo, Surian. Visitar a ilha de São Jorge é maravilhoso.

  2. Dhebora diz: Responder

    Eu ainda fico boba em como existem tantas belezas para se descobrir em Portugal! A Ilha de São Jorge em Açores é uma delas… eu nunca tinha ouvido falar e adorei! Achei lindas as piscinas naturais do toco e a cascata do cruzal. Para fazer um roteiro bem completo pela região de Açores, quantos dias serão necessários?

    1. Carla Mota diz: Responder

      É Verdade, Dhebora. Incrível como este país pequenino tem lugares tão maravilhosos e a ilha de São Jorge, nos Açores, não é excepção. No mínimo diria que são precisos 4 dias na ilha. É um mundo de lugares lindos para explorar.

  3. marcela diz: Responder

    Estou apaixonada pela Ilha de São Jorge! Que lugar incrível, amei as fotos, as dicas, tudo! Espero conhecer em breve

    1. Carla Mota diz: Responder

      Marcela, vai adorar viajar nos Açores e visitar a ilha de São Jorge. É linda demais.

  4. Uau! Não sabia que São Jorge tinha paisagens tão lindas! Estou sonhando com um mergulho na Poça de Simão Dias!

    1. Carla Mota diz: Responder

      A ilha de São Jorge, nos Açores, é uma pérola no Atlântico.

  5. Com tanta coisa pra fazer, acho que ficaria mais de três dias para aproveitar São Jorge, rs. Lugar muito bonito.

    1. Carla Mota diz: Responder

      A ilha de São Jorge, nos Açores, é um lugar lindo!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.