VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila “islâmica” do Guadiana

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Visitar Mértola é deparar-se com uma pequena povoação, construída sobre escarpas na junção da Ribeira de Oeiras com o rio Guadiana, com um castelo altaneiro a dominar o casario caiado de branco, e a Vila Velha ainda protegida por uma imponente muralha. Mas os encantos de Mértola não se ficam pelas primeiras impressões. Quando visitar Mértola, ficará apaixonado pelas suas ruelas com nomes árabes, uma História de séculos espalhada pelos seus museus, uma igreja que já foi mesquita, um castelo que já foi alcáçova, gentes que sabem receber com hospitalidade, e actividades aquáticas no Rio Guadiana.

Procura ideias de lugares para visitar em Portugal? Consulte o nosso artigo com mais de 50 lugares imperdíveis a visitar em Portugal.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Visitar Mértola e a herança islâmica

Encruzilhada de influência históricas e culturais, Mértola foi um importante entreposto comercial e porto fluvial (com ligação ao mar) desde os tempos dos fenícios, ocupada por romanos, visigodos e árabes, e finalmente conquistada pelos cristãos no reinado de Sancho II. Mértola desempenhou um papel fundamental nas rotas comerciais do Mediterrâneo, escoando o cobre e metais preciosos, mas também o trigo e azeite produzidos nas planícies alentejanas.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

De seu nome Myrtilis Iulia na época romana, e conhecida como Mārtulah durante a ocupação islâmica, Mértola teve sempre um papel político e económico que transcendia o seu tamanho, tendo sido uma base dos romanos nas campanhas contra os lusitanos, capital de uma taifa, um principado muçulmano independente após a queda do Califado de Córdova em 1031, e ponto estratégico militar durante a presença dos impérios Almorávida e Almóada do Magrebe na Península Ibérica.

DICA EXTRA – Se gosta da cultura islâmica temos vários artigos para destinos excelentes. Um deles é aqui bem perto. Aproveite para visitar e viajar em Marrocos começando a sua aventura com a leitura deste artigo.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Mértola e a construção de Portugal

Em 1238, Mértola é conquistada pela ordem militar de Santiago para o Rei D. Sancho II de Portugal. A partir dali, a vila muda profundamente, quer em termos sociais, quer urbanísticos. O castelo cristão é construído sobre a fortificação muçulmana e a mesquita é transformada em igreja católica, e a população vai gradualmente alterando os seus costumes e tradições.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Com o descobrimento de novas rotas comerciais, em particular as rotas marítimas para a Índia e Oriente, o comércio no Mediterrâneo perde importância e gradualmente Mértola vê diminuir a sua importância estratégica, e nos séculos seguintes os tempos áureos da vila pareciam votados ao esquecimento.

DICA EXTRA – Se quiser conhecer melhor a época da construção da nacionalidade não pode deixar de percorrer a Rota do Românico no norte de Portugal com as nossas dicas.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Visitar Mértola nos dias de hoje

Nos tempos modernos, as muralhas perderam o seu significado defensivo e o tráfego fluvial de mercadorias com o Mediterrâneo chegou ao fim, mas Mértola soube reinventar-se, transformando-se numa “Vila Museu”, com um centro histórico muito bem preservado e um conjunto notável de núcleos museológicos. Hoje, é o turismo a dar cartas e, mais uma vez, Mértola assume um papel de liderança no desenvolvimento económico da região, sendo um destino turístico para aqueles que procuram um ambiente rural com tranquilidade, mas também actividades como a caça, a pesca e as actividades aquáticas no Rio Guadiana.

DICA EXTRASe quer conhecer melhor o Alentejo, combine uma visita a Mértola com a cidade de Évora. É um excelente programa para conhecer esta região de Portugal.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

O QUE VER E FAZER QUANDO VISITAR MÉRTOLA


Sugerimos que dedique dois dias a visitar Mértola e arredores. Seguem-se as nossas sugestões para o que ver e fazer quando visitar Mértola, sendo que, dentro da vila muralhada, a ordem seguinte é de acordo com a nossa sugestão de roteiro.

1. Admirar a Muralha da Vila Velha de Mértola

É incontornável e inegável que a muralha de Mértola é um dos elementos que a distingue, símbolo maior da sua história e do seu papel relevante ao longo dos séculos. Ainda hoje, a parte mais antiga de Mértola está rodeada de uma muralha com cerca de 1000 m de perímetro, subindo e descendo as escarpas e com torreões de planta quadrada. Das três portas que davam acesso ao seu interior, sobra apenas uma, a Porta da Ribeira, que dava acesso ao porto.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

2. Explorar os museus quando visitar Mértola

Mértola é, basicamente, um museu ao ar livre, e daí não será surpreendente que o Museu de Mértola seja, na realidade, constituído por vários núcleos museológicos dispersos pela vila, a maior parte dos quais de visita obrigatória.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

3. Visitar a Casa Amarela de Mértola

A Casa Amarela é a sede do Campo Arqueológico de Mértola, e um centro de investigação multidisciplinar, integrando o Centro de Estudos Islâmicos e do Mediterrâneo e o Núcleo da Gastronomia Mediterrânica.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

4. Conhecer o Núcleo de Arte Islâmica de Mértola

Mais abaixo, situa-se o núcleo de Arte Islâmica, instalado nos antigos celeiros da Casa de Bragança. Ali encontra-se a mais importante colecção de arte islâmica de Portugal. Infelizmente, quando visitámos Mértola, este núcleo museológico estava fechado para obras.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

5. Visitar a Igreja da Misericórdia (Museu de Arte Sacra) de Mértola

A Igreja da Misericórdia foi construída no século XVI, sobre a porta de acesso ao antigo porto medieval. Hoje, alberga o núcleo museológico de Arte Sacra, que ocupa o corpo da igreja, a sacristia e dois anexos de finais do séc. XX. Ali, poderá admirar uma bela colecção de estátuas e pinturas religiosas dos séculos XV a XVIII, recolhidas de diversas igrejas do concelho de Mértola.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

6. Deslumbrar-se com a Torre do Rio em Mértola

Descendo ao rio Guadiana, pela Porta da Ribeira, irá encontrar uma das ruínas mais impressionantes de Mértola, cuja visão parece um cenário de “Game of Thrones”. Datando provavelmente da Antiguidade Tardia, séculos V a VII d.C., é constituída por seis enormes pilares, que ligavam a muralha ao rio, sendo que o último está já no leito do rio. Pode ainda observar-se parte dos arcos que uniam os pilares, tendo sido provavelmente uma estrutura defensiva que protegia os barcos e o acesso ao rio.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

7. Visitar a Casa Romana de Mértola

Regressando ao espaço intra-muralhas, encontrará a Casa Romana, o núcleo romano do Museu de Mértola, instalado no edifício dos Paços do Concelho, onde pode admirar as ruínas de uma rica casa romana, assim como objectos ali encontrados.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

8. Subir à Torre do Relógio de Mértola

A Torre do Relógio é uma das marcas distintivas da muralha de Mértola e teria uma função de controlo da zona portuária. Data do final do século XVI, e foi edificada num dos torreões da muralha. A escadaria, no entanto, data do início do século XX.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

9. Admirar a Igreja Matriz de Mértola

Num local onde terá existido um templo romano e, posteriormente, um templo paleocristão, encontra-se a Igreja Matriz de Mértola, consagrada como Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, um edifício único no panorama nacional, uma vez que é o único exemplar que exibe elementos históricos de arquitectura religiosa islâmica em Portugal, coexistindo abóbadas seiscentistas com um mihrab.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

O edifício original foi uma mesquita, construída após a invasão muçulmana da Península Ibérica, no século XII, sendo que, após a reconquista cristã foi transformada igreja cristã. No entanto, e fruto de obras no século XX, são hoje visíveis quatro portas em estilo árabe, o mimbar, púlpito do imã, e o mihrab, o nicho de oração muçulmano, na direcção de Meca. O minarete, transformado em torre sineira, não sobreviveu, tendo sido substituído no século XVII pela actual torre do campanário.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

10. Explorar a Acrópole de Mértola

A encosta do Castelo terá sido o local da acrópole romana, do qual resta hoje um criptopórtico, uma galeria subterrânea com cerca de 30 m de comprimento e 6 m de altura, que terá servido de armazém para alimento e cisterna. Quando visitámos, o acesso estava infelizmente vedado.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Posteriormente, terão sido construídas algumas estruturas religiosas, sendo que pode observar-se o que resta de um baptistério do século V/VI, rodeado de belos mosaicos.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

11. Visitar a Alcáçova de Mértola

A zona alta e nobre da vila de Mértola, nos tempos da ocupação islâmica, entre os séculos VIII e XIII, foi o centro militar e religioso muçulmano, sendo que a fortificação árabe, a Alcáçova, dominava a vila. Nos séculos XII e XIII, a área é ocupada por um bairro habitacional, do qual se pode actualmente visitar as ruínas.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
Visitar a Alcáçova de Mértola

12. Explorar o Castelo de Mértola

Passados tantos séculos, o castelo de Mértola continua a vigiar as águas do Guadiana com o mesmo semblante. Construído sobre o alcácer islâmico, foi a primeira sede portuguesa da Ordem de Santiago, e tem como principal característica a sua imponente torre de menagem, que data de 1292. Perdeu a sua função militar no século XVIII, mas no século XX foi recuperado e transformado em espaço museológico.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

13. Subir à Torre de Menagem de Mértola

A torre de menagem, de planta quadrangular e com cerca de 30 m de altura, é o ponto alto de Mértola, literal e metaforicamente, tendo sido residência do alcaide da vila até ao século XVI. De lá, terá vistas fabulosas sobre Mértola e o Guadiana, e também encontrará uma exposição, na sala de armas, sobre a história da fortaleza.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

14. Visitar a Basílica Paleocristã de Mértola

Fora da muralha, encontrava-se uma enorme necrópole nas épocas paleocristã e islâmica. Por volta do século VI, foi construída uma grande basílica funerária, da qual só sobreviveram algumas colunas, e muitas sepulturas e lápides. Hoje, no pequeno núcleo museológico, pode admirar uma colecção de lápides funerárias, destacando-se estelas epigrafadas em grego.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

15. Divertir-se e tomar banho nas Azenhas de Mértola

A poucos quilómetros a norte do centro de Mértola, numa bela área nas margens do Guadiana, ainda se pode observar as antigas azenhas que transformavam o cereal em farinha com a ajuda da energia da água corrente. Hoje é uma zona balnear muito popular.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

16. Visitar a Ermida de Nossa Senhora das Neves

Sobranceira a Mértola, construída no início do século XVII num local onde terá existido uma torre da época islâmica, a Ermida de Nossa Senhora das Neves é um local de peregrinação e de procissão anual, assim como um dos lugares de onde se tem melhor vista sobre a vila de Mértola e suas muralhas. Pode ir de carro até ao cimo onde se encontra a pequena capela.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana
VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

O QUE VER E FAZER FORA DA VILA QUANDO VISITAR MÉRTOLA


A sua posição geográfica junto à fronteira e perto do Algarve faz com que Mértola tenha várias atracções numa área acessível a partir da pequena vila. Ao visitar Mértola, aproveite para conhecer um pouco melhor este cantinho de Portugal e, porque não, também o nosso país vizinho.

1. Explorar o Parque Natural do Vale do Guadiana

Com quase 70.000 hectares, este parque abrange parte dos concelhos de Mértola e Serpa, num troço do vale médio do Guadiana, que se estende desde a montante do Pulo do Lobo até à foz da ribeira de Vascão, na fronteira entre o Alentejo e o Algarve. Para além do seu interesse geomorfológico e histórico-cultural, é lar de inúmeras espécies de aves, peixes e répteis.

Se pretende mais informações sobre o Parque Natural do Vale do Guadiana consulte a página oficial do ICNF.

Pulo do Lobo

2. Visitar o Pulo do Lobo

A cerca de 30 km de Serpa, na fronteira com Serpa, encontrará a espectacular cascata do Pulo do Lobo, uma das paisagens mas singulares do Alentejo. É a maior queda de água do sul de Portugal continental, com mais de 15 m de altura, e resultou da adaptação do curso do rio Guadiana a uma bancada de rocha dura fracturada pela acção tectónica.

Pulo do Lobo

O seu nome deve-se ao facto de que a garganta do rio torna-se, em certos pontos, tão estreita que seria possível os lobos saltarem de uma margem para a outra, para mais à frente abrir-se uma enorme lagoa natural, aos pés da cascata.

Nesta zona, pode fazer um percurso pedestre circular (5,5 km; cerca de 3h). Consulte aqui o folheto do PR9 – Entre o Escalda e o Pulo do Lobo.

Pulo do Lobo

3. Experimentar as emoções da caça e pesca nos arredores de Mértola

Se é adepto da caça e/ou pesca, Mértola é o local para si. Considerada a Capital Nacional da Caça, Mértola oferece um terreno de excelência para a caça de javali, coelhos e perdizes, assim como para a pesca no rio Guadiana. Se puder, deve visitar Mértola aquando do Festival do Peixe do Rio, em Março, ou da Feira da Caça, em Outubro.

4. Visitar Tavira e Cacela Velha

Mértola fica a cerca de 20 km da região do Algarve, por isso quando visitar Mértola não pode deixar passar a oportunidade de conhecer melhor a região mais turística de Portugal. Por exemplo, sugerimos que visite Tavira e Cacela Velha e deixe-se encantar com um dos lugares mais bonitos do Algarve.

Se tiver mais tempo e quiser explorar melhor o Algarve, não deixe de consultar o nosso artigo com um roteiro de 20 dias para visitar o Algarve.

Cacela Velha

5. Visitar Sevilha, em Espanha

Mértola fica a dois passos da fronteira com Espanha, por isso, quando visitar Mértola, não deixe escapar a oportunidade de dar um saltinho ao outro lado da fronteira e descobrir algo de novo acerca do país nosso vizinho. Sevilha é uma das grandes cidades espanholas, combinando na perfeição a cultura com a gastronomia e vida nocturna, e a partir de Mértola são apenas 175 km de estrada e pouco mais de 2 horas de viagem.

Não deixe de consultar o nosso artigo com as melhores dicas para visitar Sevilha.

Sevilha

DICAS PRÁTICAS PARA VISITAR MÉRTOLA


Quando visitar Mértola, convém ter algumas ideias básicas que o ajudarão a ganhar tempo no terreno e facilitar a sua viagem. Ficam então aqui algumas dicas práticas para quando visitar Mértola.

Quando visitar Mértola

Mértola tem um clima mediterrânico, com Verões quentes e secos, e Invernos moderadamente frios e com alguma precipitação. Julho e Agosto são os meses mais quentes, com temperaturas máximas médias superiores a 30 graus, por isso, se visitar Mértola nestes meses, deve tomar algumas precauções, nomeadamente mantendo-se hidratado e colocando protector solar. Sendo assim, a melhor altura para visitar Mértola é nos meses de Maio e Junho, ou Setembro e Outubro, quando o calor não se faz sentir tanto. Em Mértola, o Festival Islâmico realiza-se em anos ímpares, em Maio, com música, teatro, gastronomia e mercados. As Festas da Vila decorrem em Junho.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Como chegar a Mértola

Mértola encontra-se no distrito de Beja, junto à fronteira com Espanha, a cerca de 500 km do Porto (4 horas e meia de viagem), e 230 km de Lisboa (pouco mais de duas horas de viagem). Pode também chegar a Mértola de autocarro, a partir de Porto ou Lisboa (pode consultar horários de autocarro para Mértola aqui).

A vila de Mértola é facilmente explorada a pé, mas se quiser conhecer melhor as redondezas, ou explorar outras regiões perto, terá de ter veículo próprio.

Se não tem carro próprio para visitar Mértola, procure aqui o aluguer de carro em Portugal, aos melhores preços.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Onde dormir quando visitar Mértola

Quando visitar Mértola, tem várias opções de alojamento de qualidade à sua disposição, dentro ou fora das muralhas (estas últimas sempre perto do centro) e ainda do outro lado do rio Guadiana.

Nós ficámos alojados no Mértola Castelo Palace by Eden Lands, uma opção dentro das muralhas, perto de tudo, e com preço razoável, num quarto de uma casa tradicional, em estilo clássico.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Mas há outras excelentes opções de alojamento em Mértola.

VISITAR MÉRTOLA | O que ver e fazer na vila "islâmica" do Guadiana

Se gosta de visitar vilas e pequenas aldeias em Portugal para escapadinhas veja aqui algumas das nossas sugestões:

  • Visitar Dornes – Uma bela aldeia no Zêzere excelente para uma escapadinha.
  • Visitar Mértola – Um artigo cheio de dicas para conhecer a vila islâmica portuguesa.
  • Visitar Sintra – Um das vilas mais encantadoras em Portugal e tudo o que precisa de saber para a visitar desde Lisboa.
  • Visitar o Piódão – A aldeia do Piódão é um dos mais belos locais de Portugal.
  • Visitar o Marvão – Um artigo cheio de dicas para explorar a vila medieval do Marvão.
  • Visitar Drave – Um artigo para lhe explicar tudo sobre como visitar a aldeia abandonada de Drave.
  • Visitar Monsaraz – Um artigo para lhe inspirar a visitar Monsaraz e o Alqueva, cheio de dicas maravilhosas.
  • Aldeias obrigatórias a visitar em Portugal – Uma selecção daquelas que achamos serem as aldeias obrigatórias a visitar em Portugal.
  • Visitar Baião – Um artigo cheio de dicas para visitar a região de Baião, do Marão ao Douro.
  • Visitar o Pinhão – Um artigo cheio de dicas para visitar o Douro Vinhateiro na região do Pinhão.
  • Visitar Foz Côa – Um artigo cheio de dicas para visitar Foz Côa.
  • Visitar a Costa Nova – Um artigo para visitar a povoação da Costa Nova e as suas casas às riscas.
  • Visitar Carrazeda de Ansiães – Um artigo sobre este recanto esquecido no norte de Portugal.
  • Visitar Miranda do Douro – Um artigo sobre uma das vilas mais belas de Portugal, sobre o rio Douro.

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

QUE EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO USAMOS

Esta é provavelmente uma das perguntas que mais recebemos. A resposta é simples e está aqui. Desde drone, câmaras fotográficas, computadores, etc. Tudo o que vai na nossa bagagem está aqui.

  DSLR Camera free icon Máquinas fotográficas e drones sinal de símbolo de ícone de computador - Download Vetores Gratis ...Computador e gadgets

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão. . Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.