VISITAR COIMBRA – Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Coimbra é a cidade dos estudantes. A cidade que, todos aqueles que por lá passam, a recordam mais com o coração do que com a razão. Visitar Coimbra é indissociável de visitar a Universidade de Coimbra e de compreender a vida académica e a tradição coimbrã. Há muito para ver e fazer em Coimbra. Mas o melhor é conhecer a cidade de Coimbra seguindo a tradição académica, a alma desta cidade, a música que se ouve nas ruas de Coimbra, o bater do coração ou as tabernas e tascas cheias de estudantes desde o final da tarde até de madrugada. Se quiser visitar Coimbra e conhecer a alma estudantil desta cidade, este artigo é para si.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

CONTEÚDOS DO ARTIGO

Se gosta de roteiros e rotas para explorar Portugal, não pode perder estes nossos artigos aqui no blogue

VISITAR COIMBRA

Visitar Coimbra, e sentir um pouco da cidade, implica ficar pelo menos duas noites a dormir na cidade de Coimbra. Este tempo dar-lhe-á hipótese de conhecer as maiores atracções da cidade de Coimbra mas também a energia que envolve a vida académica de Coimbra. Se só quiser visitar os principais monumentos da cidade de Coimbra, um dia poderá ser suficiente para visitar Coimbra. Se quiser sentir Coimbra, ser imbuído do espírito universitário, e conhecer os segredos desta cidade, levado pela mão de uma antiga estudante, então siga o nosso roteiro em Coimbra que lhe deixamos aqui. Não se vai arrepender de visitar e sentir Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Se não quiser visitar Coimbra indo para a cidade pode visitar Coimbra em tour organizado desde várias cidades em Portugal

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

Quem vai visitar Coimbra deve saber um pouco mais sobre o que vai ver num roteiro em Coimbra. A parte mais impressionante da cidade é a Universidade de Coimbra, com vários edifícios centenários. Esta zona universitária é a Alta de Coimbra, rodeada pela parte velha da cidade, com ruas, ruelas, becos e escadarias, cheia de edifícios religiosos, casas antigas, repúblicas de estudantes e muitos estudantes.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

O Código da Praxe e a hierarquia académica em Coimbra

Coimbra, a cidade dos estudantes, vive da tradição académica, baseada num Código da Praxe que determina a preservação das maiores tradições e eventos da academia de Coimbra.

O código da praxe assenta numa hierarquia com base na existência de várias figuras perante a praxe e são estas figuras que preservam as tradições, cada uma delas com as suas funções. Os bichos, paraquedistas e caloiros são considerados “animais”, enquanto todos os outros são “doutores” em Coimbra.

  • BICHO – Os estudantes do ensino secundário, ou equivalente, de Coimbra.
  • PARAQUEDISTA – Estudantes que foram colocados numa das Faculdades da Universidade de Coimbra e ainda não efectuaram a respectiva matrícula.
  • CALOIRO – Os estudantes do 1º ciclo de cursos na Universidade de Coimbra que estejam matriculados pela primeira vez e sem que antes se tenham matriculado em qualquer estabelecimento de ensino superior, português ou estrangeiro.
  • SEMI-PUTO – Estudantes dos cursos com quatro anos, que tenham duas matrículas.
  • PUTO – Estudantes dos cursos com quatro anos, que tenham três matrículas.
  • CANDEEIRO – Estudantes dos cursos com quatro anos, que tenham quatro matrículas.
  • CANDEEIRO GRELADO – Os estudantes que, preenchendo os requisitos da alínea anterior, ou um número superior de matrículas, tenham posto grelo em cerimónia de imposição de insígnias ou cortejo da latada, no início do ano lectivo.
  • CANDEEIRO FITADO – Os estudantes que, preenchendo os requisitos da alínea anterior, tenham posto fitas no dia do cortejo da Queima das Fitas.
  • VETERANO – Estudantes que estando matriculados no 2º ciclo, foram caloiros nacionais, tenham usado grelo durante três dias, seguidos ou não, e tenham um número de matrículas igual ou superior ao número total de anos do seu 1º e 2º ciclo.
  • DUX-VETERANORUM – O que, sendo veterano há mais de um ano, tiver sido eleito como tal em Conselho de Veteranos.
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Eventos da vida académica coimbrã

Há vários eventos que enriquecem a vida académica de Coimbra e que fazem parte da cultura da cidade de Coimbra.

1. O exercício da praxe em Coimbra

O exercício da praxe é a base da tradição académica de Coimbra. Qualquer aluno matriculado na Universidade de Coimbra pode fazer parte da praxe, mas pode também declarar-se anti praxe. Os alunos que se declarem anti praxe devem (mas não é obrigatório) renunciar a todos os eventos académicos, incluindo o uso do traje académico com a colocação das insígnias, o grelo e as fitas e a queima das fitas. Todos os anos há vários alunos que se declaram anti praxe e a academia de Coimbra vive bem com essa liberdade de escolha. Todos aqueles que aceitam a praxe em Coimbra fazem parte dela, consoante a sua hierarquia perante a praxe. Os caloiros em Coimbra são praxados pelos estudantes mais velhos, mas não há mistura de sexos. Homens só podem praxar homens, mulheres só podem praxar mulheres em Coimbra. Para se praxar em Coimbra tem que se estar trajado. Estudantes não trajados não podem exercer a praxe em Coimbra (a não ser que seja Dux-Veterano).

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

2. Trajar de capa e batina em Coimbra

O use do traje académico da Universidade de Coimbra foi obrigatório até 1910, embora as mulheres só o usem desde a década de 50. Desde 1910, o uso do traje em Coimbra é opcional, porém, obedece a algumas regras. Só no final do primeiro ano de Coimbra os alunos podem trajar. O primeiro dia em que os caloiros trajam é na noite da Serenata Monumental, o primeiro evento da Queima das Fitas de Coimbra e que abre as festas dos estudantes de Coimbra. O traje académico de Coimbra obedece a algumas regras que estão explicadas no Código da Praxe, mas são semelhantes para homens e mulheres, impedindo o uso de qualquer adereço nos dois sexos para além do fato, da capa e da batina. O fato é preto, a camisa branca, sapatos e gravata pretos. O único adereço que os estudantes podem usar com o traje de Coimbra é a pasta académica negra.

COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES
COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

3. A imposição das Insígnias, o grelo e as fitas em Coimbra

A imposição das Insígnias é um dos eventos mais tradicionais em Coimbra e representa o progresso académico dos estudantes. Não basta trajar, um estudante de Coimbra vai acrescentando insígnias ao seu traje académico à medida que o seu percurso na universidade vai evoluindo.

3.1. A imposição do grelo

O grelo é uma fita da cor do curso que o estudante coloca na sua pasta académica em Coimbra. É uma fita de malha com dois metros de comprimento e 3,5 cm de largura. Este grelo servia para os estudantes amarrarem os livros numa altura em que não existiam pastas ou não podiam ser usadas por estudantes não finalistas. O grelo ia assim impedir que se perdesse o material de estudo. Este grelo é colocado na pasta aquando da festa da Latada no terceiro ano.

3.2. A queima do grelo e a imposição das fitas

No final do terceiro ano, os estudantes de Coimbra queimam o grelo (daí vem a designação da festa Queima das Fitas). Na realidade, as fitas nunca são queimadas, a única coisa que se queima é o grelo, a fita comprida que se colocou no ano anterior. Com o grelo queimado é hora de colocar as fitas de finalistas que são abençoadas na Sé Nova de Coimbra. As fitas de finalista, oito e largas, são colocadas na pasta académica e devem ser assinadas pelos contactos dos alunos. Há regras também para assinar as fitas em Coimbra e colocá-las na pasta académica, sendo que, entre outras, há fita para o namorado, pais, amigos, professores, etc. Essas fitas nunca são queimadas. Na Serenata Monumental de Coimbra, os alunos fitados ostentam as fitas nas escadas da Sé Velha ao som dos fados e baladas de Coimbra.

3.3. Bênção das pastas e o rasganço do traje académico

As fitas deixam de ser usadas quando o aluno faz a bênção das pastas, na sua ultima Queima da Fitas enquanto estudante de Coimbra. A bênção das pastas marca o final do percurso académico do aluno. Outro evento que marca o final do percurso do estudante é o rasganço do traje, o momento em que o aluno rasga o traje académico em Coimbra. No momento do rasganço, um dos amigos foge com a capa académica do estudante e este corre atrás da capa, nu, pela área da universidade, até o alcançar. Quando o estudante recupera a sua capa, envolve-se nela e a festa começa. O rasganço em Coimbra é feito pelos colegas e amigos e termina nas tascas da cidade, com festa que se prolonga pela noite dentro.

COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

4. A Festa das Latas e o Cortejo da Latada em Coimbra

A festa das Latas em Coimbra é a festa que ocorre, geralmente em Outubro, para receber os caloiros que chegam à Universidade de Coimbra. Estima-se que as festas já ocorram em Coimbra desde o século XIX mas na altura eram feitas no final do ano lectivo. Esta alteração para a recepção ao caloiro datará dos anos 50 do século XX. A Festa das Latas decorre durante uma semana, com concertos de tunas nos jardins, em recintos públicos e muitas festas todas as noites nos bares da cidade de Coimbra.

COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

Na terça-feira da semana da Latada há o cortejo da Latada, quando os caloiros e caloiras são pintados com as cores do seu curso e são levados pelos seus “padrinhos” e “madrinhas” num desfile pela cidade com latas atadas às pernas, chocalhando por toda a cidade de Coimbra. Originalmente, os caloiros levavam tachos, pratos de metal e penicos pendurados ao corpo mas, na actualidade, a dificuldade de encontrar estes utensílios em metal tem levado a que sejam substituídos por latas de refrigerantes e cerveja vazias.

Há centenas de caloiros nas ruas e o barulho é ensurdecedor. É assim desde há décadas e os lojistas da cidade e polícias há muito que não apreciam este evento. Nestes desfiles, durante o Estado Novo, os estudantes envergavam cartazes satíricos e críticos, algo que desagradava à PIDE e a tensão entre estudantes e autoridades intensificavam-se. Desde a Universidade de Coimbra, passando pela Praça da República até ao rio Mondego, os estudantes percorrem a cidade de Coimbra até chegar ao rio, local onde são baptizados pelos padrinhos (ou madrinhas). Aí, o caloiro recebe as águas do Mondego na cabeça, simulando uma situação de baptismo e é considerado integrado como estudante na Universidade de Coimbra.

COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES
COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

5. Colocação do Nabo na Latada de Coimbra

Uma das tradições académicas de Coimbra é colocar o nabo na pasta académica na festa da Latada do segundo ano dos doutores. Contudo, a colocação do nabo em Coimbra está também envolto em tradições. Diz a lenda que os estudantes de Coimbra como não tinham grande folga orçamental roubavam o nabo às mulheres no mercado local, bem cedo pela manhã. Ainda hoje, muitos estudantes de Coimbra continuam a ir roubar o nabo ao mercado local de Coimbra. A situação é bem alternativa, com as lavradoras agarradas aos cestos dos nabos, gritando e injuriando os estudantes. Algumas choram mesmo!

Os estudantes, esses, saltam de lavradora em lavradora, em autênticas estratégias consertadas até conseguirem o seu nabo. Não fique triste pelas lavradoras. Hoje em dia, a Câmara Municipal de Coimbra paga aos produtores agrícolas todos os nabos roubados de forma a que os produtores locais não tenham prejuízo com os estudantes. A continuidade da tradição académica é assim preservada, tentado equilibrar-se os mundos em Coimbra. O nabo que os estudantes levam na pasta é dado a trincar aos caloiros durante o cortejo da Latada em Coimbra.

COIMBRA - A CIDADE DOS ESTUDANTES E AS PRAXES DOS ESTUDANTES

6. As trupes de Coimbra

Uma das “figuras” de Praxe na Universidade de Coimbra são as trupes. As trupes são grupos de estudantes doutores que se reúnem a partir da meia noite com o objectivo de “patrulhar” as ruas da cidade e detectar se existem caloiros. As trupes formam-se, geralmente, na Porta Férrea da Universidade de Coimbra ou na entrada da Associação Académica de Coimbra. O objectivo principal dos caloiros em Coimbra é estudar e, como tal, não deve estar na rua depois da meia-noite. As trupes masculinas e femininas saem em busca dos caloiros e caloiras, respectivamente, correndo os doutores e doutoras atrás dos estudantes incautos. Quando os apanham, estes são sancionados, geralmente com uma martelada nas unhas ou um corte do cabelo. É difícil, na sua visita a Coimbra, ver as trupes já que não saem todos os dias e, quando o fazem, é geralmente de terça a quinta-feira.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

7. Queima das Fitas em Coimbra

A Queima das Fitas de Coimbra é o evento principal da academia e da festa dos estudantes. Nesta altura, geralmente na primeira ou segunda semana de Maio, caloiros tornam-se doutores, vestem o traje, os fados invadem a Sé Velha com a Serenata Monumental, novos e velhos estudantes juntam-se em jantares de curso por toda a cidade.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

São 7 dias de festa, concertos, alegria e muita confraternização da Alta à Baixa de Coimbra. Há festivais de tunas, fados, concertos de música popular e até moderna no parque da Queima das Fitas de Coimbra. Nesta semana, as aulas são suspensas em Coimbra porque os alunos não apareciam nas faculdades. Na terça-feira, os estudantes saem com carros alegóricos de cada curso e desfilam pela cidade de Coimbra.

8. As repúblicas de Coimbra

As repúblicas de Coimbra é outra face visível da sua tradição. São residências de estudantes, masculinas ou femininas, onde os estudantes passam parte da sua vida académica. São locais de tertúlias, conversas e muitas festas.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

9. As Tunas da Universidade de Coimbra

As tunas são outra das faces da vida da academia em Coimbra. O objectivo é criar grupos de cantares, com músicas académicas, em que os jovens que chegam a Coimbra e têm dotes musicais se podem juntar. Há tunas masculinas e femininas em Coimbra, mas não há tunas mistas. As tunas têm um papel fundamental da preservação e divulgação da música académica.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

DICAS PARA VISITAR COIMBRA


COMO CHEGAR A COIMBRA

Chegar a Coimbra é fácil. A melhor forma é usando carro ou comboio. De carro, Coimbra tem ligação directa à A1. De comboio, Coimbra fica também na Linha do Norte e tem ligação directa com o Porto e Lisboa, ficando a cerca de duas horas de comboio das cidades.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

HOTÉIS, HOSTELS E ALOJAMENTOS ONDE DORMIR EM COIMBRA

Dormir em Coimbra pode ser um verdadeiro deleite. Há muitos e bons hotéis, alojamentos, guesthouses e hostels para dormir em Coimbra. Para nós, a melhor zona para se alojar em Coimbra é na Alta de Coimbra, na zona velha da cidade e na parte antiga de Coimbra. Contudo, há outras zonas da cidade de Coimbra com óptimas opções. Para nós estas são as melhores opções de alojamento para dormir em Coimbra.

  • Epic Days Guest House – Esta foi a guesthouse que escolhemos para nos alojar em Coimbra. Fica na zona da universidade de Coimbra, em plena Alta de Coimbra, mesmo ao lado do museu Machado de Castro. Escolhemos um quarto duplo, com casa de banho e varanda sobre a cidade de Coimbra. Pagámos 37€/noite o que foi um ótimo preço. É uma óptima relação preço-qualidade (aliás, provavelmente, a melhor opção em Coimbra).
  • Solar Antigo Luxury Coimbra – Se procura um alojamento cheio de história e carisma em pleno centro histórico da cidade de Coimbra, este solar é para si. Este é provavelmente o hotel mais bonito, romântico e incrível da cidade de Coimbra, com quartos criados com excelente bom gosto dentro de um edifício todo em pedra. Alguns dos quartos até têm pequenas piscinas dentro. Se procura um lugar mesmo especial em Coimbra, já encontrou. É aqui e fica na zona Alta da cidade, a 300 metros da universidade de Coimbra.
  • Hotel Quinta das Lágrimas – Se quer alojar-se com estilo, este é o lugar. Fica na margem oposta do Mondego, em Coimbra, a zona de Santa Clara. Fica a cerca de 700 metros do Portugal dos Pequeninos. Dá para se alojar aqui e explorar a cidade de Coimbra a pé, contudo, terá sempre que caminhar muito mais para alcançar a outra margem da cidade. Porém, não há nada que pague ficar alojado na quinta que viu acontecer o romance de Pedro e Inês, a história de amor mais dramática de Portugal, e todos os dias ver a Fonte dos Amores.
  • Hotel Mondego – Este hotel de Coimbra era uma das nossas opções. O hotel fica na baixa de Coimbra, perto da estação de comboio de Coimbra A, a estação central, e em pleno centro da cidade. O hotel tem um bar no topo com vistas fabulosas sobre a cidade de Coimbra.
  • Coragem – Este é um apartamento em Coimbra, no largo da Sé Velha, com vistas fabulosas para a Sé e para o largo da Sé. Está situado no coração da cidade velha e perto de tudo, da Alta e da Baixa de Coimbra, já que se encontra a meio, mesmo ao lado do Quebra Costas. É uma excelente opção para quem procura um pequeno apartamento na cidade de Coimbra.
  • Hotel Ibis Coimbra Centro – Este é o hotel mais popular de Coimbra. Já ficamos lá muitas vezes alojados porque fica na baixa da cidade e é óptimo para quem faz Coimbra de passagem. Sendo esse o seu caso, é uma excelente opção. Caso contrário, procure um alojamento mais característico porque o hotel já não é novo.

Coimbra tem outros hotéis muito populares, uns para congressos, outros hostels e outros completamente standards. Se aqueles que partilhamos acima estão cheios ou não são do seu gosto, este também são boas opções:

Hotéis de congressos

Hostels em Coimbra

Hotéis standard

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

ROTEIRO PARA VISITAR COIMBRA COM O QUE VER E FAZER EM COIMBRA


De seguida partilhamos consigo um roteiro em Coimbra para explorar a cidade em dois dias. Se tiver mais tempo, pode fazer o roteiro em Coimbra de forma mais tranquila e até dividir os lugares por três dias, o que é melhor. Contudo, se só tiver um fim de semana para visitar Coimbra, este roteiro é perfeitamente execuível, só terá que dar um pouco mais de ritmo nas suas visitas. Contudo, terá tempo de ver e usufruir de tudo.

DICA EXTRA PARA VISITAR COIMBRA – Se visitar Coimbra durante um fim de semana, pode colocar as coisas do final do segundo dia deste roteiro de Coimbra na noite de sexta feira, deixando-o assim mais livre para fazer a viagem de regresso a casa no domingo à noite.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

PRIMEIRA DIA – VISITAR COIMBRA – DA ALTA À BAIXA

1. Visitar a Universidade de Coimbra

A primeira universidade portuguesa foi fundada em 1290 pelo Rei D. Dinis, sendo que as primeiras instalações foram na cidade de Lisboa, mas nos anos seguintes foi sucessivamente transferida entre Lisboa e Coimbra. Transferida definitivamente para Coimbra em 1537, por ordem do rei D. João III, todas as suas faculdades se instalam poucos anos depois no Paço Real da Alcáçova, mais tarde designado Paço das Escolas. É esta Universidade, a mais antiga de Portugal e uma das mais antigas do mundo que vai visitar em Coimbra.

Se quiser uma visita guiada pode marcar aqui. Há visitas privadas a Coimbra, como esta, ou visitas em grupo a Coimbra, como esta.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Comece por subir à Alta de Coimbra, no Paço das Escolas e ali prepare a sua visita à cidade de Coimbra. A Universidade vai estar como pano de fundo da sua viagem durante a manhã toda por isso vá aproveitando para ir espreitando as diferentes faculdades quando passar por elas. Se visitar durante a semana vai encontrar imensos estudantes trajados nas ruas. Ao fim de semana é mais difícil encontrar.

DICA PARA VISITAR COIMBRA – A visita aos monumentos da Universidade de Coimbra, nomeadamente Biblioteca Joanina, Capela de São Miguel, Palácio Real e Laboratório Químico exige a compra de um bilhete. Este bilhete tem um custo de 12,5€. A hora da visita da Biblioteca Joanina é fixa e pode escolher o horário. Recomendamos que o faça no horário mais cedo possível. O resto dos monumentos podem ser vistos quando quiser durante dois dias. Contudo, o nosso conselho é que o faça logo nessa manhã porque é tudo na mesma zona da Universidade de Coimbra. Os bilhetes podem ser comprados próximo do Laboratório Químico.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

2. Visitar a Biblioteca Joanina em Coimbra

Comece por visitar a Biblioteca Joanina, o ex-líbris da Universidade de Coimbra. A visita à biblioteca é fortemente controlada e o tempo que pode permanecer lá dentro também. O total da visita demora cerca de 40 minutos sendo que vai ver três locais distintos aqui, nomeadamente a Prisão Académica, parte baixa da biblioteca e depois a biblioteca Joanina propriamente dia.

  • A Prisão Académica é a primeira coisa que vai ver. Fica na entrada, logo ao lado das Escadas de Minerva (uma escadaria maravilhosa na universidade de Coimbra). Era aqui que os estudantes que eram contra o regime vigente eram presos. Os estudantes eram colocados em celas e a polícia levava-os às aulas e depois voltava a trazê-los para aqui.
  • A parte baixa da Biblioteca Joanina é uma zona onde os livros são colocados para serem consultados, recuperados ou feita a sua manutenção. Esta zona da biblioteca tem vários livros antigos e podem ser fotografados.
  • A Biblioteca Joanina é a jóia da coroa da universidade de Coimbra. A biblioteca foi construída por D. João V e tem o maior acervo de livros antigos em Portugal. É considerada uma das bibliotecas mais bonitas do mundo. A biblioteca está completamente preenchida por livros, distribuídos por dois andares. Não se pode tirar fotografias mas dificilmente se vai esquecer da imponência dos tectos repletos de frescos, dos brasões em talha dourada ou das pinturas nas estantes e madeiras da biblioteca. Já para não falar dos maravilhosos 300 mil livros antigos e do cheiro incrível a livros lá dentro.
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

NOTA SOBRE A BIBLIOTECA JOANINA EM COIMBRA – Não é permitido tirar fotografias dentro da sala principal da Biblioteca Joanina sem autorização expressa da universidade de Coimbra. Esta autorização é possível tirar para trabalhos de divulgação ou científicos. Contudo, parece-nos deveras exagerada esta situação. A justificação para que não se tirem fotografias é para não divulgar os livros que existem e assim evitar roubos. Esta justificação parece-nos um tanto descabida já que o acervo da biblioteca é público e os livros podem, inclusive, ser requisitados para consulta em caso de investigação. O resto da biblioteca pode ser fotografar mas sem flash. Mais uma vez, parece-nos que se se pretende divulgar o património cultural desta universidade, seria do interesse de todos, que as fotografias sem flash fossem permitidas, já que não causam qualquer dano nos livros ou no edifício. Esta é a prática mais comum nos maiores museus e galerias da Europa e do mundo e, como tal, ajudam à divulgação da cultura e do património. Não podemos assim deixar de expressar aqui a nossa tristeza.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

3. Visitar a Capela de São Miguel em Coimbra

A capela de São Miguel é um das poucas capelas reais que existem em Portugal, esta dedicada ao arcanjo São Miguel. Era aqui que os reis assistiam à missa. A capela é pequena mas maravilhosa, com um altar magnífico em talha dourada do século XVII e XVIII. Repleta de azulejos pintados à mão e um órgão gigantesco, com anjos de ouro a trompejar no topo. A porta de entrada da capela é igualmente maravilhosa e em estilo manuelino.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

4. Visitar o Palácio Real de Coimbra

O Palácio Real de D. Afonso é o local onde começou a Universidade de Coimbra. Foi neste edifício que começaram os estudos de teologia, medicina e direito na Universidade de Coimbra. Hoje o palácio alberga a Faculdade de Direito mas a parte mais imponente do palácio, inclusive os aposentos reais foram convertidos em museu. A entrada é feita pela Via Latina, a escadaria frontal. A partir dali, os visitantes têm acesso às exposições reais e inclusive ao museu de arte sacra. Contudo, a jóia do Palácio Real são a Sala dos Capelos e a Sala do Exame Privado.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

5. Visitar a Sala dos Capelos e a Sala do Exame Privado

A Sala dos Capelos ainda hoje é usada para as provas de doutoramento na Universidade de Coimbra. É também conhecida como Sala Grande dos Actos. Esta sala está decorada com as pinturas de todos os Reis de Portugal, com excepção da Dinastia Filipina. No final da monarquia, nas lutas pela república esta sala foi vandalizada e os retratos dos dois últimos Reis foram baleados. Hoje os retratos já foram recuperados mas continuam a exibir as marcas da vandalização.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A Sala do Exame Privado, decorada com retratos dos reitores da Universidade de Coimbra, era originalmente o local onde se faziam as provas académicas de doutoramento mas já no século XX passou a ser um local de reuniões importantes e de recepção de figuras públicas de renome. No tecto desta sala pode-se ver um grande escudo rodeado de pinturas e frescos do século XVIII.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

6. Visitar o Pátio das Escolas de Coimbra

O Pátio das Escolas, conhecido também como Paço das Escolas é a praça em torno da qual se organizou os edifícios originais mais antigos da Universidade de Coimbra. Esta praça tem um estátua de D. João III, rei responsável por trazer a Universidade para Coimbra e, da sua extremidade sul, vistas fabulosas sobre o rio Mondego e a baixa da cidade.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

7. Subir à torre da Cabra em Coimbra

Se visitar Coimbra durante a Primavera e Verão terá oportunidade de subir à torre da Universidade e ver de perto a Velha Cabra, o sino da torre cujas badaladas ecoam pela cidade toda. Esta torre permite ter vistas maravilhosas sobre a Universidade de Coimbra mas também sobre a cidade toda, desde a Alta de Coimbra até à Baixa. É imperdível mas não está aberta o ano todo. Foi a Cabra que ecoou para chamar os estudantes de Coimbra para as manifestações da década de 60 e para as recriações da tomada da Bastilha. E é o bater da Velha Cabra que continua a ser mote para as trupes dos estudantes de Coimbra. A Cabra dá também nome ao jornal da academia de Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

8. Visitar a Porta Férrea e conhecer a história das trupes de Coimbra

A Porta Férrea da Universidade de Coimbra é um local cheio de simbolismo. Este portão de ferro do século XVII dá acesso ao Pátio das Escolas e põe em contacto esse pátio com as restantes faculdades da Alta da Cidade. Ainda hoje é aqui que se formam as trupes de estudantes à noite.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

9. Visitar o Laboratório Químico e Físico

O Laboratório Químico da Universidade de Coimbra é hoje o Museu da Ciência de Coimbra. Ocupa os antigos laboratórios da universidade e tem várias exposições sobre a importância daquele laboratório em eventos que ocorreram em Portugal. Tem uma área interactiva, com várias experiências na área da Física e da Química, mais vocacionada para escolas e jovens, mas super interessante.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

10. Visitar as faculdades de Letras, Direito, Medicina, Física, Química, Farmácia e Matemática

As faculdades da Alta de Coimbra, na zona Universitária são várias e estão espalhadas por vários edifícios. Os edifícios são bastante antigos mas não são propriamente locais de visita turística, são locais de aulas. Contudo, os seus anfiteatros, escadarias, corredores, estão cheios de azulejos e painéis fabulosos, mobiliário de época e muita história. Não terá tempo para os explorar a todos mas ouse entrar num ou dois para descobrir como é estudar numa das universidades mais antigas do mundo.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

11. Visitar o Largo dos Estudantes e a Igreja da Sé Nova

O Largo dos Estudantes, também conhecido com largo da Sé Nova, fica em frente à Sé Nova de Coimbra, quase encaixado entre a Faculdade de Medicina e a Faculdade de Ciências. Este largo é o local onde ocorre o evento oficial da queimar as fitas, com um cadeirão gigante onde os estudantes queimam o grelo no final do terceiro ano de curso.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A Sé Nova de Coimbra não tem nada de nova! Aliás, data do século XVI mas como foi construída depois da Sé Velha, bastante mais antiga, recebeu esta designação. É nesta igreja que se faz a bênção das fitas e das pastas dos estudantes de Coimbra. Outrora uma igreja jesuíta, tinha um colégio jesuíta, hoje ocupado pelo edifício da faculdade de Ciências. Depois do Marquês de Pombal expulsar os jesuítas de Portugal no século XVIII, a igreja tornou-se Sé Episcopal e adquiriu nova importância na cidade. O seu interior é magnífico com quadros fantásticos, um altar maravilhoso e um órgão impressionante.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

12. Almoçar no restaurante do Papa ou no Museu Machado de Castro

Neste dia de roteiro em Coimbra, o melhor é almoçar na alta da cidade. Não há muitas opções, já que a maioria dos edíficios aqui são faculdades. Mas os bares das faculdades, como o de Letras, Direito ou das Matemáticas são óptimas opções para refeições ligeiras e rápidas. Contudo, se pretender almoçar num restaurante há outras duas belas opções. Uma é o Restaurante o Papa, no largo do Papa, bom para comer carnes e tapas. É também um sport bar à tarde e à noite.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Outra opção, talvez a melhor, é o restaurante do Museu Machado de Castro. É todo envidraçado, com uma vista fabulosa sobre a universidade de Coimbra, quer do interior do restaurante, quer da esplanada.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

13. Visitar o Museu Machado de Castro em Coimbra

O Museu Machado de Castro é, literalmente, uma cidade dentro da cidade! O local onde hoje temos a Universidade de Coimbra corresponderia, há cerca de 2000 anos atrás, à cidade de Aeminium. Esta cidade romana está hoje por baixo da cidade de Coimbra e parte do que foi descoberto até à data está por baixo do Museu Machado de Castro em Coimbra e é possível visitar.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

O Museu tem várias alas, com arte sacra, galerias, cerâmica, etc. Contudo, a parte mais interessante e distinta do museu é, sem dúvida a possibilidade de descer ao criptopórtico do Fórum Romano da cidade de Aeminium. Por baixo do museu podemos percorrer os corredores e galerias de uma construção arquitetónica que serviria de base e de alicerce ao fórum romano da cidade. No seu interior a visita leva-nos até à história de Aeminium com estátuas romanas recuperadas e até marcos romanos.

DICA PARA VISITAR COIMBRA – O Museu Machado de Castro está aberto de 3ª feira a domingo mas aos domingos e feriados é gratuito. O preço da visita nos outros dias é de 6€.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

14. Visitar a Praça Dom Dinis

A Praça de D. Dinis é a praça principal da Universidade de Coimbra, fica no cimo das escadas monumentais que dão acesso à universidade vindo da Praça da República e da zona das cantinas universitárias. Tem a estátua de D. Dinis, o fundador da Universidade de Coimbra em 1290, na altura sediada em Lisboa.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

15. Visitar o Aqueduto dos Arcos do Jardim em Coimbra

Depois de visitar a Universidade de Coimbra e toda a zona académica, ainda há mais para explorar na Alta de Coimbra, nomeadamente o aqueduto romano que está visível da Praça D. Dinis até aos Arcos do Jardim, passando pelo Jardim Botânico. Este aqueduto romano de Coimbra é conhecido por Aqueduto de São Sebastião ou Aqueduto dos Arcos do Jardim, já que passa por cima de uma das entradas do Jardim Botânico de Coimbra. Embora as fundações deste aqueduto sejam romanas, para abastecer em água a cidade romana de Aeminium, a construção actual é quase toda do reinado de D. Sebastião, o Desejado, o rei português que desapareceu no norte de África.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

16. Visitar o Jardim Botânico de Coimbra

O Jardim Botânico de Coimbra é um lugar fantástico para visitar em Coimbra e relaxar um pouco durante a sua visita. Este é o maior jardim botânico em Portugal, criado pelo Marquês de Pombal, em 1772. Mas o Jardim Botânico de Coimbra não é apenas um jardim botânico, é uma laboratório universitário já que foi criado para auxiliar a investigação aquando da abertura dos currículos de ciências naturais na universidade. Há mais de 1200 espécies vegetais provenientes dos quatro cantos do mundo e os jardins, ainda hoje, são usados pelos alunos de biologia, botânica e zoologia em aulas práticas na universidade.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

17. Visitar o Penedo da Saudade em Coimbra

O Penedo da Saudade é o miradouro mais famoso da cidade de Coimbra. Não só pela vista, que é sobre a parte nova da cidade e o rio Mondego, mas porque era aqui que os estudantes de Coimbra vinham namorar. Com memórias eternas dos estudantes de Coimbra, era também aqui que os estudantes vinham despedir-se da cidade. Mas a ligação do Penedo da Saudade à Universidade de Coimbra não fica por aí. Os cursos e os alunos da universidade deixam ali placas de despedida à vida académica ou comemorativas do seu reencontro e passagem pela universidade, com textos de emotivos e poéticos. O Penedo Da Saudade tem agora um pequeno parque mas há dois lugares que são de visita obrigatória e onde estão várias placas, a “sala dos cursos” e a “sala dos poetas”.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

18. Subir (ou/e descer) as escadas monumentais de Coimbra

De regresso à zona da Universidade de Coimbra, não perca a oportunidade de subir e descer as Escadas Monumentais de Coimbra e experimentar a adrenalina diária dos estudantes da cidade. São 125 degraus que ligam a Alta de Coimbra à Universidade de Coimbra. Estes degraus são logo apresentados aos estudantes caloiros quando chegam a Coimbra já que é prática comum da praxe colocar os estudantes a contar os degraus ou a medi-los.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

19. Visitar a Associação Académica de Coimbra

“Coimbra é um lição de sonho e tradição” é assim que começa o fado mais famoso de Coimbra eternizado na voz de Amália Rodrigues. E parte dessa tradição é preservada todos os dias na Associação Académica de Coimbra (AAC), a Associação dos estudantes da Universidade de Coimbra e sobre a qual existem diversas secções, desportivas, culturais, recreativas, musicais, etc. O clube de futebol da Académica de Coimbra é um dos mais populares mas a Academia tem muito mais secções, nomeadamente de a secção de Fado de Coimbra, as tunas e folclore ou a regulamentação da praxe. Há ainda secção de jornalismo, rádio, cinema, fotografia, etc.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Esta é a associação de estudantes mais antiga de Portugal, datando do século XIX. Todos os estudantes matriculados na Universidade de Coimbra são automaticamente sócios da AAC e a ligação dos estudantes à academia passa necessariamente por aqui. Quando visitar Coimbra passe pela AAC, sente-se no bar da associação, nos jardins da associação. Verá vários estudantes, com sorte até uma tuna ou um fado de Coimbra, ou um ensaio cultural ou intelectual, tal como recitação de poemas ou pensamentos filosóficos.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

20. Visitar o bar da Casa das Caldeiras

Quase em frente à Associação Académica de Coimbra está o Bar da Casa das Caldeiras. Esta Casa das Caldeiras ainda preserva as máquinas industriais que eram usadas para abastecer em energia os hospitais da Universidade de Coimbra. Este edifício esteve abandonado durante décadas mas recentemente foi recuperado e transformou-se num bar e espetáculos de música ao vivo. O seu interior é um autêntico museu industrial. O bar está aberto desde a hora do almoço até à noite, servindo inclusive refeições (embora se recomende que tenha reserva já que tem muito poucas mesas).

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

21. Visitar a cidade velha de Coimbra

Entre a Universidade de Coimbra e a baixa de Coimbra está a cidade velha, uma zona da cidade com edifícios históricos, muitos património nacional, alguns devolutos mas à espera de recuperação. É uma zona para ser explorada a pé, com calçado confortável já que as ruas são todas empedradas, sem asfalto. Este facto também é importante porque permite a infiltração das águas nos solos, evitando inundações e derrocadas na colina da cidade de Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A cidade velha de Coimbra é um lugar para se perder e encontrar, observar com tranquilidade, testemunhar o modo de vida local, com as populações locais a dividir as casas com os estudantes de Coimbra. Hoje é uma zona com vários pequenos bares, restaurantes e pequenas guesthouses. Foi lá que nos alojamos tal como lhe contamos acima.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

22. Visitar as Repúblicas dos Estudantes

Um pouco por toda a cidade velha e na zona limítrofe da universidade de Coimbra há repúblicas, as residências dos estudantes da Universidade de Coimbra. A particularidade destas repúblicas é que são geridas por estudantes e albergam apenas estudantes. Há repúblicas masculinas e femininas e todos os estudantes podem candidatar-se a viver numa república. Cada república tem os seus símbolos e hino e uma identidade própria, que no conjunto, fazem parte da academia. Não perca a oportunidade de visitar uma ou duas repúblicas, sabendo que dificilmente as conseguirá ver por dentro. Mas veja por fora, sente-se na rua e aprecie um pouco a vida dos estudantes que lá entram e saem.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

23. Visitar a Sé Velha de Coimbra

A Sé Velha de Coimbra é a igreja mais importante da cidade de Coimbra e visitá-la é obrigatório. Esta velha catedral parece uma fortaleza rochosa e é um dos edifícios em estilo românico mais belos de Portugal.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A Sé Velha foi contruída no ano de 1064 para comemorar a vitória de Portugal aos Mouros, e lembra a altura em que D. Afonso Henriques fez de Coimbra a capital de Portugal, tendo o seu filho (D. Sancho I) sido aí coroado. A visita à Sé de Coimbra é paga e permite ver a Sé mas também os claustros da Sé, que são também maravilhosos e valem a pena a visita.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

24. Visitar a casa de Zeca Afonso

Em frente à Sé de Coimbra está a casa onde terá vivido Zeca Afonso. Não é possível visitar a casa porque não é um museu, mas uma placa lembra que foi ali que viveu um dos poetas portugueses que escreveu e lutou pela liberdade durante o Estado Novo. Vale a pena espreitar a casa, a plana e a rua, muito tradicional, recordando as músicas de Zeca Afonso.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

25. Descer o Quebra Costas

As escadas do Quebra-Costas são as escadas mais famosas que ligam a Baixa à Alta de Coimbra. São um autêntico exercício físico, no sentido ascendente, embora no sentido descendente sejam bem tranquilas. Ao longo do quebra costas há várias lojas de recordações, produtos tradicionais, bares e pequenos restaurantes. Há também uma estátua da Tricana de Coimbra, as mulheres da cidade que iam buscar água ao rio ou lavar lá as roupas e que eram cortejadas pelos estudantes de Coimbra. É uma das figuras femininas mais importantes da cidade de Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

26. Ver o pôr do sol no bar Passaporte

Neste dia em Coimbra é imperdível assistir ao pôr-do-sol num dos bares com as melhores vistas da cidade de Coimbra, o Passaporte. O bar tem um terraço e uma varanda, com vistas maravilhosas sobre o rio Mondego, a baixa da cidade e até parte da alta. É o local ideal para beber um copo ao final do dia e relaxar.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

27. Jantar no À Capella e ver uma noite de fados

Depois de relaxar está na hora de pensar em jantar em Coimbra. À Capella- Casa de Fados foi uma das nossas recentes descobertas na cidade de Coimbra, um restaurante criado numa antiga capela, a Capela da Vitória, construída no local da antiga Sinagoga de Coimbra, quando esta zona era o bairro judeu da cidade. O restaurante tem um boa ementa mas a cozinha deixa um pouco a desejar. A comida veio quase fria e com pouca qualidade mas podemos ter tido azar. Contudo, o espetáculo de fados é maravilhoso.

DICA PARA VISITAR COIMBRA – Para ver o espetáculo de fados terá que pagar 10€/pessoa e inclui uma bebida. Pode aparecer só para ver o fado e beber uma bebida, mas se vier mais cedo e jantar, vai garantir um lugar melhor, um ambiente fabuloso para jantar e uma experiência mais completa. Assim, recomendamos que jante mesmo ali, ouvindo fados de Coimbra e bebendo um bom vinho.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

28. Beber um copo no Moelas e usufruir da vida estudantil de Coimbra

Depois de ouvir fado de Coimbra é hora de aproveitar a noite coimbrã. Se aprecia a vida nocturna das cidades, recomendamos-lhe que passe pelo Moelas, o bar mais famoso para os estudantes de Coimbra. Vai sempre encontrar ali estudantes trajados, algumas tunas e muita animação, com bebidas a preços justos.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

SEGUNDO DIA – VISITAR COIMBRA – DO MONDEGO A SANTA CLARA

1. Tomar o pequeno-almoço na Praça da República

Comece o seu segundo dia em Coimbra a tomar o pequeno almoço na Alta de Coimbra, em plena Praça da República. Se ainda não tem o mapa da cidade de Coimbra pode ir buscá-lo ao posto de turismo. Aproveite para comer uma tosta em pão tradicional porque ali nos cafés e esplanadas de Coimbra são deliciosas.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

2. Visitar o Jardim da Sereia em Coimbra

Siga depois para o Jardim da Sereia. O jardim fica situado no Parque Verde de Santa Cruz e tem um belo fontanário num palco usado como cenário para inúmeros eventos académicos. Há aqui uma casa de chá e é um belo lugar para começar o dia.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

3. Visitar o Jardim da Manga em Coimbra

Desça a avenida Sá da Bandeira até chegar ao jardim da Manga, um jardim urbano do século XIX muito icónico na cidade de Coimbra. É um bom local para espreitar.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

4. Visitar o Pátio da Inquisição e as exposições

Quase em frente ao Jardim da Manga, ao lado da PSP de Coimbra, está o acesso para o Pátio da Inquisição, onde se podem ver várias exposições sobre a presença judaica em Coimbra. Já lá vi, há alguns anos, uma exposição fabulosa sobre instrumentos de tortura. É um lugar a visitar porque tem sempre exposições muito interessantes. Este edifício albergou a sede da Inquisição em Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

5. Visitar a Praça 8 de Maio em Coimbra

Siga depois para a Baixa de Coimbra, começando pela Praça 8 de Maio, a praça mais icónica da baixa. Toda a praça foi reabilitada recentemente, coberta por calcário da região e há algumas esplanadas maravilhosas para se sentar e relaxar enquanto contempla a maravilhosa fachada da igreja de Santa Cruz, também ela construída em calcários da região.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

6. Visitar a Rua da Sofia e os colégios teológicos

A Rua da Sofia é a rua da Sabedoria em Coimbra. Era ali que existiam vários colégios teológicos de Coimbra, agora extintos. Contudo, continuam a existir as igrejas e os edifícios dos colégios, nomeadamente a Igreja do Carmo ou a Igreja da Graça, ambos fundados no século XVI.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

7. Visitar o mosteiro e a igreja de Santa Cruz

A Igreja de Santa Cruz tem uma fachada verdadeiramente maravilhosa e encantadora. Estão sepultados nesta igreja dois Reis portugueses, daí a sua importância histórica. A igreja tem também ao lado o Mosteiro de Santa Cruz, cuja entrada já é paga. Este mosteiro albergava os primeiros monges que chegaram a Coimbra para ensinar os estudantes da universidade.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

8. Visitar o Arco de Almedina e a Torre de Anto

Em plena Rua Ferreira Borges, na Baixa de Coimbra, o Arco de Almedina é o que resta da entrada da Cidade Velha. A medina (termo arábe que significa cidade) começava daí para cima. A parte velha da cidade, a medina, já explorou no dia anterior, contudo, não deixe de subir um bocadinho para ver também a Torre de Anto com galerias de arte e lojas de artesanato.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

9. Visitar o largo da portagem e ouvir os estudantes cantar

Se continuar pela rua Ferreira Borges, vai dar ao Largo da Portagem, onde estão frequentemente estudantes das tunas a cantar para os turistas, tentando angariar algum dinheiro para o orçamento das tunas em Coimbra.

Visitar o largo da portagem e ouvir os estudantes cantar

10. Passear no Parque Verde do Mondego

Para terminar a manhã em beleza passeie pelo parque verde do Mondego, uma área renovada da cidade, onde agora há parques infantis, restaurantes e bares. É mais um lugar para os habitantes de Coimbra do que para os visitantes, já que é bom para correr e fazer exercício, contudo vale a visita à hora do almoço pelas magníficas vistas do rio Mondego e da zona de Santa Clara.

Se procura alguma adrenalina pode fazer um passeio de kayak no rio Mondego em Coimbra e pode marcar aqui.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

11. Almoçar nas Docas do Rio Mondego em Coimbra

O parque verde do Mondego é ideal para um almoço num dia soalheiro. Há dois ou três restaurantes que servem refeições com belas esplanadas junto ao rio. É a zona nova das docas de Coimbra. Nós almoçámos no restaurante Itália porque, como sabem, somos verdadeiramente fãs de pizzas tradicionais. Foi uma boa escolha. Escolha o restaurante, a esplanada e desfrute de um almoço com vista sobre o Mondego em Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

12. Contemplar as vistas de Coimbra desde Santa Clara

Se procura as melhores vistas sobre a cidade de Coimbra elas estão no lado oposto da cidade velha e da cidade universitária, estão na zona de Santa Clara. Terá que atravessar a ponte e no parque da Queima das Fitas tem as melhores vistas sobre a cidade de Coimbra. É uma vista memorável, de dia e de noite. É neste parque que acontecem os concertos da Queima das Fitas em Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

13. Visitar o Mosteiro de Santa Clara a Velha em Coimbra

Depois de desfrutar das vistas da cidade de Coimbra, está na hora de rumar ao Mosteiro de Santa Clara, um lugar fantástico para descobrir a história da cidade e da Rainha Santa. O mosteiro de Santa Clara em Coimbra foi criado para albergar as freiras clarissas que queriam viver em clausura total em Coimbra. A sua história foi conturbada mas conseguiu alguma paz e notoriedade com a Rainha Santa Isabel (rainha de Aragão e que casou com o rei D. Dinis), que refundou o mosteiro e criou um hospital para os pobres. A Rainha Santa Isabel foi sepultada aí (embora o seu túmulo já tenha sido trasladado) mas o mosteiro viria a ganhar nova notoriedade como cenário de amor entre Pedro e Inês, que namoravam nos jardins do mosteiro quando Inês e os seus filhos viviam num casa ao lado do mosteiro. Pedro era neto da Rainha Santa Isabel.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Hoje o Mosteiro de Santa Clara a Velha está aberto ao público, com um centro de interpretação e vale a pena ver o pequeno vídeo à entrada sobre a história do mosteiro. É um lugar obrigatório a visitar em Coimbra e vale a pena também perceber a luta que este edifício trava há séculos com as inundações naturais do rio Mondego, levando por fim à mudança do mosteiro para uma cota superior.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

14. Visitar a Quinta das Lágrimas e a Fonte dos Amores

Um pouco mais há frente do Mosteiro de Santa Clara fica a Quinta das Lágrimas. Hoje ali é o Hotel Quinta das Lágrima mas, apesar dos jardins pertencerem ao hotel é possível entrar e visitar. A entrada custa 2,5€/pessoa. A Quinta das Lágrimas alberga a Fonte dos Amores, local onde namoravam às escondidas Pedro e Inês, a história de amor e drama mais conhecida em Portugal. É aqui que está também a Fonte das Lágrimas, o local onde Inês terá sido assassinada e, diz a lenda, que as pedras vermelhas ainda conservam o sangue de Inês. E as pedras vermelhas estão mesmo lá!

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

A história de amor de Pedro e Inês em Coimbra

A história de amor entre Pedro e Inês é a mais famosa de Portugal e lembra a história de Shakespeare de Romeu e Julieta. Pedro casou-se com D. Constança de Castela, um casamento arranjado como era comum na corte. Quando D. Constança veio para Portugal trouxe com ela uma aia, de seu nome Inês. Pedro ter-se-á apaixonado por Inês e sido correspondido. O amor entre os dois cresceu e começou a ser visto na corte. O Rei D. Afonso IV mostrava-se cada vez mais insatisfeito com isso, sendo pressionado para pôr fim ao romance do casal. Com a gravidez de D. Constança, o rei pensou que D. Pedro iria esquecer Inês e a rainha D. Constança até convidou Inês para ser madrinha do filho primogénito dos príncipes. Contudo, a criança viria a acabar por morrer algum tempo depois, ao contrário do amor entre Pedro e Inês. Com a morte de D. Constança, depois de dar à luz um herdeiro ao trono, Pedro terá arranjado uma casa para Inês, ao lado do Mosteiro de Santa Clara e foi lá que constituíram família tendo três filhos dessa união.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

O Rei e os seus conselheiros estavam cada vez mais descontentes com esta situação e terão mandado assassinar Inês, depois de correr o rumor que os dois tinham casado em segredo. Inês viria a ser assassinada em frente aos filhos, na Fonte das Lágrimas e o seu sangue ficaria para sempre preso nas rochas. Conta a lenda que quando Pedro foi coroado rei de Portugal, mandou perseguir e matar os assassinos da sua amada. Terá ainda coroado Inês, no túmulo, como rainha de Portugal. Há inclusive quem diga que D. Pedro terá mandado desenterrar a sua amada, a terá coroado e obrigado os conselheiros a beijar a mão da nova rainha. Ao que parece, a última situação não será verdadeira mas mais uma história que foi passando com o tempo.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

15. Ver um espetáculo de Fado de Coimbra no Fado ao Centro

Depois de se perder de amores pelos jardins da Quinta das Lágrimas está na hora de voltar à Baixa de Coimbra para assistir a um espetáculo de fados de Coimbra no Fado ao Centro. O Fado ao Centro é uma associação com escola de música e fado que preserva as tradições e os fados de Coimbra. Os cantores e tocadores são antigos ou actuais estudantes da Universidade de Coimbra. Há espetáculos de Fado de Coimbra no Fado ao Centro todos os dias, às 18h, mas como os lugares são limitados convém comprar bilhetes com antecedência para garantir o seu lugar. Acreditamos mesmo que este é um espetáculo obrigatório para ver quando visitar Coimbra pelo que não pode mesmo perder.

Pode comprar aqui os bilhetes para o espetáculos de fado de Coimbra no Fado ao Centro, com prova de vinhos no final e oportunidade de conversar com os fadistas. O espetáculo custa 12€ e foi este o bilhete que comprámos.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

16. Jantar no Quim dos Ossos em Coimbra

Depois de um magnífico espectáculo de Fados de Coimbra está na hora de conhecer outro dos lugares icónicos da cidade, o Quim dos Ossos. Há dois restaurantes que preparam ossos em Coimbra, o Quim dos Ossos e o Zé Manel dos Ossos. O Zé Manel dos Ossos está fechado ao fim de semana pelo que, se visitar a cidade, dificilmente o conseguirá visitar. O Zé Manel dos Ossos está aberto apenas na sexta à noite e no sábado ao almoço mas não aceita reservas e as filas na rua são desencorajadoras. Os ossos aqui já foram maravilhosos mas a última vez que visitámos tinham muita gordura e pouca carne e preços inflacionados, o que foi uma desilusão. Para nós, a melhor opção é o Quim dos Ossos, uma tasca ainda tradicional, com ossos verdadeiramente divinais e a preços justos. Para além dos ossos há também outros pratos e entradas, tudo comida tradicional portuguesa. É mesmo um lugar obrigatório para jantar em Coimbra.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

17. Ver um espetáculo no convento de São Francisco em Coimbra

Depois de um bom jantar, nada melhor do que um espectáculo no antigo Convento de São Francisco, em Santa Clara. O Convento de São Francisco foi recuperado, requalificado e transformado num centro de espectáculos, congressos e eventos. É lá que acontece o Festuna, o festival de tunas, ou outros eventos. Nós fomos lá ver um espectáculo do Fábio Porchat, da Porta dos Fundos. Veja o calendário de eventos e, se tiver algum que lhe agrade, aproveite.

Ver um espetáculo no convento de São Francisco em Coimbra
Ver um espetáculo no convento de São Francisco em Coimbra
Ver um espetáculo no convento de São Francisco em Coimbra

18. Beber um copo no Pinto, uma das tascas mais tradicionais dos estudantes de Coimbra

Não pode ir embora de Coimbra sem conhecer uma das tascas ainda abertas mais tradicionais de Coimbra, o Pinto. A tasca do Pinto recebe caloiros e doutores há décadas. Havia duas grandes tascas na cidade velha, o Pinto e o Pratas, esta última já fechou. Estas tascas tinham várias gravatas presas nas paredes, deixadas pelos estudantes no dia do rasganço do traje académico, que é feito no final do curso. Hoje já só o Pinto sobrevive e, embora o Sr. Pinto já não seja vivo, a tradição de beber traçadinho e abafadinho continua por aqui.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

DICA EXTRA PARA VISITAR COIMBRA – O parque do Choupal é o lugar ideal para quem quiser um lugar tranquilo para relaxar ou fazer um piquenique. Fica perto da Estação de comboio de Coimbra-B.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes
VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

DICA EXTRA PARA VISITAR COIMBRA – Se visitar Coimbra com crianças, é incontornável visitar o Portugal dos Pequeninos, um lugar criado no regime do Estado Novo, mas que continua intemporal e uma verdadeira paixão para os mais novos.

VISITAR COIMBRA - Roteiro do que ver e fazer na cidade dos estudantes

Se procura ideias para conhecer belas cidades em Portugal estas são algumas das nossas sugestões

  • Visitar Lamego – Um artigo cheio de dicas para conhecer esta bela cidade na região centro de Portugal.
  • Visitar a Covilhã – Tudo o que precisa de saber para visitar a Covilhã está neste artigo.
  • Visitar a Régua – Um artigo cheio de dicas para visitar o Douro na Régua.
  • Visitar Lagos – Um artigo cheio de Dicas sobre as praias e a zona de Lagos, no Algarve.
  • Visitar Faro – Um artigo cheio de dicas para visitar a capital do Algarve.
  • Visitar Aveiro – Um artigo cheio de dicas para visitar a cidade a veneza portuguesa.
  • Visitar o Porto – O nosso artigo cheio de dicas do Rui (nascido e criado na cidade do Porto) de uma das mais belas cidades da Europa.
  • Visitar Évora – Um artigo cheio de dicas maravilhosas para visitar Évora durante alguns dias.
  • Visitar Chaves – Uma das cidades mais belas do norte de Portugal e que merece uma visita.
  • Visitar o Funchal – Um artigo cheio de dicas maravilhosas para visitar a capital da ilha da Madeira.
  • Visitar Fátima – Um artigo cheio de dicas para os amantes da fé e da tradição cristã em Portugal.
  • Visitar Lisboa – Um artigo criado com base nas inúmeras vezes que fomos a Lisboa e aproveitamos para explorar os diferentes lugares da cidade.
  • Visitar Guimarães – Um artigo cheio de dicas sobre a cidade que escolhemos para viver nos últimos 12 anos.
  • Visitar Viseu – Um artigo cheio de dicas para explorar a cidade de Viseu, no centro de Portugal.
  • Visitar Viana do Castelo – Um artigo com as melhores dicas para explorar a região de Viana do Castelo, no norte de Portugal.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.