Trilho S. CRISTÓVÃO DO DOURO, um percurso pedestre no Douro vinhateiro | Portugal

Trilho S. CRISTOVÃO DO DOURO, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Uma das actividades mais interessantes para fazer no Douro é o trekking entre Provesende e o Pinhão, o chamado Trilho S. Cristóvão do Douro. Pode-se combinar este pequeno trekking com uma visita à aldeia vinícola de Provesende, o local onde se inicia o trek. O trek tem pouco mais de 4 quilómetros e demora entre uma hora e meia a duas horas. O ideal é fazer o percurso de forma tranquila e descontraída, aproveitando para tirar muitas fotografias e desfrutar da paisagem. O trilho é fácil, praticamente sempre a descer, o que faz dele um excelente passeio para se fazer em família.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

O trilho tem inicio na igreja de Provesende, bem no centro da aldeia vinícola, e desce a estrada que circula a igreja pelo lado direito. Aproveite para conhecer a igreja, o largo e o chafariz da aldeia. O percurso vai descendo pelas ruas empedradas de Provesende, acompanhando belos edifícios senhoriais que lembram o passado nobre deste local.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Basta seguir o caminho, sempre em frente, seguindo as setas indicativas do percurso. Ao fim de meia hora de caminho, há um corte à esquerda. Este corte não está muito bem marcado porque a seta está a cerca de 10 metros do caminho. Vá atento ao seu lado esquerdo. Siga essa seta, já que ela vai ter à aldeia de S. Cristóvão do Douro.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Embora o Trilho S. Cristóvão do Douro não vá mesmo até à aldeia, passa na entrada, abaixo da estrada nacional. O percurso atravessa a estrada nacional por poucos metros e depois volta à mesma vertente para descer até ao Pinhão. Antes de chegar ao Pinhão, o trilho atravessa várias propriedades vinícolas, permitindo um contacto directo com a cultura da vinha, contemplando uma paisagem verdadeiramente avassaladora.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

O Trilho S. Cristóvão do Douro termina na ponte romana do Pinhão mas pode seguir até à beira rio, terminando com uma bebida fresquinha numa esplanada. Nós fizemos este trilho com uma menina de quatro anos, a Leonor, que caminhou o percurso todo e se portou muito bem. Demoramos mais do que o previsto, quase três horas porque íamos mais devagar e parávamos algumas vezes para contemplar as formigas que nos faziam companhia durante o passeio.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

O percurso do Trilho S. Cristóvão do Douro é óptimo para se fazer com crianças porque é realmente pequeno, muito bonito e há muito para aprender. A Leonor aprendeu muito sobre a vinha e o vinho, as oliveiras e as azeitonas, as cerejeiras e as cerejas, assim como o reino mágico das formigas que povoam o vale do Douro.

Trilho S. Cristóvão do Douro, um percurso pedestre para explorar o Douro vinhateiro | Portugal

PROCURE AQUI ALOJAMENTO NO DOURO


Se procura mais dicas para desfrutar do Douro Vinhateiro na região do Pinhão, veja este post.

Deseja conhecer o Douro Vinhateiro? Este post é para si. 

Procura sugestões para dormir no Douro? Veja este nosso post

Procura sugestões para comer no Douro? Veja este nosso post

Procura as melhores Quintas para visitar no Douro? Este post é para si.

Procura sugestões para desfrutar de um roteiro pela Rota do Românico no Vale do Douro? Veja aqui


Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

8 Comentários

  1. carina diz: Responder

    Ola muito obrigada!
    Também dá para iniciar no pinhoa e terminar em provesende certo? esta bem sinalizado? obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Sim, dá, mas fisicamente é mais desgastante para além de não conseguir desfrutar tanto da paisagem. Vai fazer o percurso sempre de costas para o Douro.

  2. João Avelar diz: Responder

    Muitos parabéns pelo blog que nos dá excelentes ideias para escapadelas.

    Estou a pensar fazer este percurso com 2 crianças. Caso se deixe o carro em Provesende como é que se pode voltar do Pinhão para Provesende? Existem autocarros? Taxi? Ou só voltando a caminhar?

    Agradeço desde já o esclarecimento.
    Cumprimentos e votos de continuação de viagens maravilhosas

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá João, pode subir novamente, mas é duro. Só mesmo de táxi. Ou se tiver dois carros, deixar um no Pinhão. Penso que o táxi será a melhor opção.

  3. Carla de Pina diz: Responder

    Parabéns Carla pelo blog! Descobri por acaso e estou a adorar , viajo completamente com as vossas sugestões e publicações. No entanto descobri o vosso roteiro no Douro. Não conheço a região mas descobrimos um hotel que nos dispertou um desejo enorme de ir ao Douro. Queria uma sugestão, o Hotel fica no Riba Douro ( Douro Suites) é o hotel , não se conhece mas ficando hospedado nesse hotel será fazer o percurso douro vinhateiro? Obrigada e muito sucesso com muitas viagens pelo mundo e Portugal a fora.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada, Carla. Não conheço o hotel mas pode ser uma boa opção. Há sempre que experimentar. 😉

  4. Eduardo Oliveira diz: Responder

    Caros Carla Mota e Rui Pinto,

    Mtos parabéns pelo excelente trabalho que têm produzido sobre “descoberta do País interior”, e que me tem deliciado, entusiasta que sou (e praticante, se posso dizê-lo!) dessa mesma descoberta.

    Cumprimentos, e continuem esse excelente trabalho,
    Eduardo Oliveira
    Lisboa

    1. Carla Mota diz: Responder

      Muito obrigada pelas palavras.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.