Visitar o ALTO DOURO VINHATEIRO, paisagens e histórias | Portugal

Visitar o ALTO DOURO VINHATEIRO, paisagens e histórias | Portugal

A paisagem da região do Alto Douro Vinhateiro é determinada pelo curso natural do rio e pelo esforço sobre-humano de gerações passadas. A sua beleza é fruto em iguais porções da generosidade divina e do suor humano, resultante do trabalho árduo e continuado de uma paisagem natural, bela por natureza mas que se tornou única no mundo pela mão do Homem. As encostas que ladeiam o rio foram trabalhadas ao longo de séculos, partindo-se o xisto, construindo-se terraços e muros, e cultivando a vinha em socalcos. O resultado é assombroso, uma paisagem única no mundo. Nas palavras do poeta Miguel Torga: “é um excesso de natureza. […] Um poema geológico. A beleza absoluta.”.

Visitar o ALTO DOURO VINHATEIRO, paisagens e histórias | Portugal

O pintor e escultor Miguel Ângelo passava horas olhando um bloco de mármore, dizendo a lenda que ele conseguia imaginar os mais ínfimos pormenores da sua obra ainda não criada pelas suas mãos, mas já visualizada pelo olho da sua mente. Ao contrário dele, os comuns dos mortais apenas podem admirar a beleza das suas esculturas depois de a pedra em bruto ter sido moldada à vontade do seu criador. Da mesma forma, onde muitos só viam uma terra agreste e selvagem, houve quem tivesse sonhado uma região em Portugal onde a natureza pudesse ser domada para obedecer às necessidades do Homem, e ser dedicada ao fabrico do néctar do Deus Baco.

O Alto Douro Vinhateiro, paisagens e histórias | Portugal

Mas a ligação do vinho ao Douro vem de há quase dois milénios. Numa terra dura e difícil de transpor, o rio foi desde sempre uma via de comunicação de povos e culturas, apesar das dificuldades de navegação. Foram os romanos que introduziram técnicas de plantação da vinha e de produção do vinho, mas foi sobretudo a partir do século XVII que a produção de vinho começou verdadeiramente a crescer, com o objectivo último da exportação. Em 1678, a Alfândega do Porto regista, pela primeira vez, com a designação de Vinho do Porto, os vinhos exportados pela barra do Douro.

O Alto Douro Vinhateiro, paisagens e histórias | Portugal

O Tratado de Methuen (1703) abriu as portas à exportação para Inglaterra, e levou a uma corrida desenfreada a novas plantações. Pouco depois era evidente a necessidade de combate às fraudes, e de regulamentação de preços e da produção. Com visão do futuro, o Marquês de Pombal institui a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, em 1756, e a Região Demarcada do Douro torna-se a primeira região vitivinícola, a nível mundial, a ser demarcada e regulamentada. A área demarcada sofreu algumas alterações ao longo dos anos, nomeadamente a incorporação do Douro Superior, mas a filosofia manteve-se a mesma. Em 1926 foi criado o Entreposto do Douro em Vila Nova de Gaia, destinado ao armazenamento e exportação dos vinhos da Região Demarcada do Douro, e em 1932 foi criada a Federação Sindical dos Viticultores da Região do Douro, hoje Casa do Douro.

O Alto Douro Vinhateiro, paisagens e histórias | Portugal

Actualmente, a região demarcada estende-se por cerca de 250.000 hectares, e a plantação de vinha ocupa cerca de 48.000 hectares, que corresponde a uma área efectiva de cerca de 19 % da área total. Divide-se em três zonas distintas: a oeste, o Baixo Corgo (até à Régua), no centro o Cima Corgo (até ao Cachão da Valeira) e a leste, o Douro Superior (até à fronteira espanhola). Nesta região se produz não só o afamado Vinho do Porto, mas também os vinhos de mesa de designação “Douro”.

O Alto Douro Vinhateiro, paisagens e histórias | Portugal

O Alto Douro Vinhateiro foi inscrito na lista do Património Mundial da UNESCO na categoria de Paisagem Cultural Evolutiva e Viva, a 14 de Dezembro de 2001. A zona classificada tem cerca de 24.000 hectares e inclui área do Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. Os treze concelhos que fazem parte da zona distinguida pela UNESCO são Alijó, Armamar, Carrazeda de Ansiães, Lamego, Mesão Frio, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, São João da Pesqueira, Tabuaço, Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real.

O Alto Douro Vinhateiro, paisagens e histórias | Portugal

PROCURE AQUI ALOJAMENTO NO DOURO


Se procura mais dicas para desfrutar do Douro Vinhateiro na região do Pinhão, veja este post.

Deseja conhecer o Douro Vinhateiro? Este post é para si. 

Procura sugestões para dormir no Douro? Veja este nosso post

Onde comer bem no Douro? Veja aqui.

Procura as melhores Quintas para visitar no Douro? Este post é para si.

Procura sugestões para desfrutar de um roteiro pela Rota do Românico no Vale do Douro? Veja aqui


 

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.