GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D’ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

A GeoRota do Orvalho – PR3 OLR, vulgarmente conhecida como os Passadiços do Orvalho, é um dos mais belos trilhos da Beira Baixa. No seu percurso pode admirar a cascata da Fraga de Água d’Alta, considerada uma das mais belas das Beiras e o afamado miradouro do Mosqueiro, com vistas deslumbrantes sobre o Centro de Portugal.

  • Distância: 9 km (linear) ou 11 km (circular)
  • Tempo para percorrer o percurso: 5 horas
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

COMO CHEGAR AO TRILHO Da GEOROTA DO ORVALHO E AOS PASSADIÇOS DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA

Para chegar à aldeia do Orvalho, local onde começa o trilho, o melhor é apanhar a IC8 até à Sertã e depois seguir pela estrada N238 em direcção a Oleiros e depois a estrada N112 até à aldeia do Orvalho. Entre as duas, o ideal é ligar as duas estradas pelas estradas municipais que vão até à aldeia de Cambas, nas margens do Zêzere.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

O ideal é começar o trilho da GeoRota do Orvalho na aldeia do Orvalho, próximo da Junta da Freguesia, onde pode estacionar o carro e pode levantar o panfleto da GeoRota na Junta da Freguesia. Contudo, se for durante o fim de semana, o ideal é levar o panfleto imprimido pois a Junta da Freguesia está fechada. O trilho termina depois no miradouro de Mosqueiro, de onde pode descer para regressar à aldeia.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

PERCURSO PELO TRILHO DA GEOROTA DO ORVALHO E AOS PASSADIÇOS DO ORVALHO E FRAGA DA ÁGUA D’ALTA

O percurso da GeoRota do Orvalho é um trilho de dificuldade média com cerca de 9 km de extensão e linear. Contudo, pode ser feito de forma circular (muito mais conveniente) e, durante o seu percurso de 11 km, conhecer os melhores atractivos desta GeoRota do Orvalho e os vários passadiços do Orvalho.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

Durante o percurso pela GeoRota do Orvalho vai poder ver alguns dos ex-líbris da região:

ALDEIA DO ORVALHO – A Aldeia do Orvalho é o local natural para se começar o trilho da GeoRota do Orvalho. O trilho dá pequenas voltas pela aldeia permitindo conhecer a arquitectura urbana do local com a Torre do Relógio, a Igreja Matriz e ainda alguns casarios tradicionais em xisto.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

CAMPOS AGRÍCOLAS DO ORVALHO – O trilho desce depois em direcção aos campos agrícolas do Orvalho, onde as populações locais ainda praticam agricultura de subsistência, muitas em tempo parcial, articulando esta actividade com as reformas (já que se trata essencialmente de população idosa). A ribeira do Orvalho é responsável pela irrigação destes campos e é necessário atravessá-la durante o trilho.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

PANORÂMICA SOBRE A ALDEIA DO ORVALHO – Depois de cruzar os campos agrícolas chega-se a um estradão de terra batida, em que é necessário seguir à esquerda. Segue-se pelo estradão e a estrada começa a subir em direção a uma bifurcação do trilho. Durante a subida há vistas magníficas sobre a aldeia do Orvalho.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

BIFURCAÇÃO DO TRILHO – A determinada altura, na margem da estrada o trilho bifurca. Aqui, o visitante pode optar por ir por qualquer um dos lados pois retornará ao mesmo local. Contudo, o lado que escolher vai determinar se vai subir o passadiço da Fraga da Água d’Alta ou descer. Nós preferimos descer, primeiro porque as vistas são mais avassaladoras, depois porque o esforço é menor (já que a parte de subir é feita de forma mais ténue por trilho). Sendo assim, neste local, deve seguir pela seta da esquerda, aquelas que indicam 1,5 km para a Fraga da Água d’Alta.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

FRAGA DA ÁGUA d’ALTA – Quando chegar à Fraga de Água d’Alta há dois passadiços. Um primeiro permite-lhe descer até ao topo da fraga e a um miradouro. Nesta secção do passadiço, que é curto, com cerca de 100 metros, terá que voltar para trás depois.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

PASSADIÇO DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA – Um pouco à frente está o passadiço que permite descer até à base da cascata da Fraga de Água d’Alta. Esta é a secção mais bonita do passadiço, com o passadiço a serpentear a vertente de forma maravilhosa até chegar à base da cascata.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

CASCATA DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA – A cascata da Fraga de Água d’Alta está na base do passadiço e tem cerca de 10 metros de altura. É uma cascata linda e na base tem uma poça. Com muita gente terá pouco espaço para ir a banhos mas quando nós lá estivemos estávamos sozinhos por isso demos uns mergulhos na poça da cascata. Se fizer o trilho neste sentido não precisa de subir este passadiço.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

TRILHO PELAS PONTES DA RIBEIRA – O trilho desce depois ao longo da ribeira por um conjunto de pontes de madeira que cruzam as diferentes margens da ribeira ao longo de cerca de 1 km. Esta zona é muito fresquinha.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

POÇA DAS LONTRAS – A determinada altura as pontes terminam e vai encontrar um pequeno moinho em ruínas. É aí que está a poça das Lontras. É uma poça pequena mas maravilhosa para refrescar porque está à sombra. É um bom local para fazer o seu piquenique. Foi isso que nós fizemos. Na Poça das Lontras (cerca de 50 metros antes, na realidade) o trilho começa a subir em direcção à mesma bifurcação que encontrou anteriormente. Note que o corte no trilho na área da Poça das Lontras não está muito bem sinalizado. Não deve seguir em frente, mas sim virar à direita.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

APROXIMAÇÃO À RIBEIRA DO ORVALHO – O trilho segue depois em direcção à ribeira do Orvalho e a um conjunto de passadiços que permite atravessar as fragas e cruzar a ribeira. Numa primeira fase o passadiço desce até cruzar a ribeira.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

PASSADIÇOS DO MIRADOURO DO CABEÇO DO MOSQUEIRO – Os passadiços que levam ao Miradouro do Cabeço do Mosqueiro são sempre a subir, não há como contornar, mas é maravilhoso. É cerca de 40 minutos a subir mas vale bem a pena. Pelo caminho vai ver um pouco de calçada romana, azenhas e o Forno das Mouras. Pare muitas vezes para contemplar a paisagem, parar nos miradouros e beber muita água para hidratar o organismo. Esta fase final é especialmente maravilhosa ao final do dia quando os raios solares iluminam as vertentes e o passadiço. O miradouro no topo da fraga com vistas sobre a Capela da Nossa Senhora da Confiança é maravilhoso.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

MIRADOURO DO CABEÇO DO MOSQUEIRO – O Cabeço do Mosqueiro tem um belo parque de merendas e um miradouro com uma das melhores vistas da Região Centro com panorâmicas que se estendem desde a Lousã, Açor e Estrela.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro
GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

REGRESSO À ALDEIA DO ORVALHO – Se fizer o percurso de forma linear este termina no miradouro do Cabeço do Mosqueiro, contudo nós fizemos o percurso circular e por isso tivemos que regressar à aldeia de Orvalho. Para tal, a melhor forma é regressar ao miradouro no topo do passadiço (aquele que tem vistas sobre a Capela da Nossa Senhora da Confiança) e um pouco abaixo sair no trilho de terra batida que leva até à rotunda da entrada na aldeia (perto da estação de serviço. Daí é só seguir por estrada até à Junta da Freguesia na aldeia. Este regresso tem menos de 2 km e o caminho é sempre bem visível desde o momento que começa a descer no miradouro. Outra opção é descer sempre pela estrada mas aí a distância é de cerca de 2,5 km.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

DICAS EXTRA PARA FAZER DE CARRO – Se quer fazer os passadiços do Orvalho sem fazer a GeoRota do Orvalho também o pode fazer. Basta ir até à aldeia do Orvalho e depois descer em direcção à Cascata da Fraga da Água d’Alta, cerca de 2 km à frente. O carro vai até ao passadiço. Aí pode fazer a parte do FRAGA DA ÁGUA d’ALTA, o PASSADIÇO DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA e a CASCATA DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA. Pode fazer o mesmo para visitar o MIRADOURO DO CABEÇO DO MOSQUEIRO e o PASSADIÇOS DO MIRADOURO DO CABEÇO DO MOSQUEIRO. Para isso basta levar o carro até ao miradouro e explorar a partir dali.

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

ONDE DORMIR PARA FAZER O TRILHO DA GEOROTA DO ORVALHO E OS PASSADIÇOS DO ORVALHO E CASCATA DA FRAGA DA ÁGUA D’ALTA

Para fazer os passadiços do Orvalho e a Cascata da Fraga da Água d’Alta pode alojar-se perto dos passadiços ou um pouco mais distante. A nosso ver, a melhor zona será na Sertã, onde pode combinar fazer estes passadiços com outros, como os passadiços das Fragas de São Simão ou até visitar a zona do Zêzere e Vila de Rei. Contudo, se o seu foco principal são os passadiços, pode alojar-se nas aldeia de Janeiro de Cima e Janeiro de Baixo (opção mais perto) ou em Oleiros.

Onde dormir nas Aldeias de Janeiro de Cima e Janeiro de Baixo

Uma das melhores opções para fazer a GeoRota do Orvalho é alojar-se numa casa de férias nas aldeias da Janeiro de Cima e Janeiro de Baixo. As melhores opções são:

Onde dormir em Oleiros para fazer a GeoRota do Orvalho

Em Oleiros não há muitas opções de alojamneto mas as que há são bastante boas:

Onde dormir na Sertã para visitar a GeoRota do Orvalho

Se procura uma boa localização, central, para explorar os locais de interesse na região do Zêzere quando visitar a GeoRota do Orvalho o local ideal para se alojar é a Sertã.

Onde dormir se quiser combinar a GeoRota do Orvalho com as Fragas de São Simão

Quando visitar o passadiço das Fragas de São Simão, pode ficar alojado ali perto, embora não haja, por enquanto, muitas opções. Perto da aldeia de Casal de São Simão, pode ficar na Casa Velha, ou na Casa da Milharica.

Pode também ficar alojado na vila de Figueiró dos Vinhos ou redondezas, onde poderá escolher entre:

GEOROTA DO ORVALHO | Dos passadiços do Orvalho na cascata da FRAGA DA ÁGUA D'ALTA até aos passadiços do Cabeço do Mosqueiro

SEGURO DE VIAGEM IATI PARA ESCAPADINHAS EM PORTUGAL (cobre Covid-19)

A IATI tem um seguro que é especial para viagens dentro de Portugal. Este novo seguro cobre actividades como cicloturismo, trilhos, roadtrips, autocaravana, campers. O cancelamento da viagem por conta do Covid-19 não está coberto por se tratar de uma pandemia, mas todos os seguros da IATI cobrem tratamento por contágio por coronavírus e essa informação consta no certificado da apólice, já que alguns países pedem um seguro obrigatório com esta cobertura.  Podes fazer o teu seguro IATI ESCAPADINHAS aqui!

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

QUE EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO USAMOS

Esta é provavelmente uma das perguntas que mais recebemos. A resposta é simples e está aqui. Desde drone, câmaras fotográficas, computadores, etc. Tudo o que vai na nossa bagagem está aqui.

  DSLR Camera free icon Máquinas fotográficas e drones sinal de símbolo de ícone de computador - Download Vetores Gratis ...Computador e gadgets

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão. . Este blogue contém links de programas de afiliados.

3 Comentários

  1. adorei o artigo!

  2. Rosa diz: Responder

    O artigo está muito bem. Deixo uma recomendação, se o objetivo é dinamizar o turismo do centro era bom que ñ direcionassem para a booking .. pois é internacional e cobra altas taxas aos operadores .direcione antes para os sites dos proprietários. Fica a dica.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Rosa, o nosso objectivo é dinamizar o turismo mas não morrer à fome. 😉 Todos temos que pagar contas e o nosso trabalho é pago pelos programas de afiliados que temos. Se deixamos de direccionar para o Booking, quem paga o nosso trabalho?

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.