DICAS de viagem na Costa de PENICHE | Portugal

IMG_0348
Portugal está na moda e Lisboa é cada vez mais visitada pelos turistas estrangeiros. Uma vez na capital portuguesa, alguns aproveitam para escapar o bulício da cidade e rumam em busca das afamadas praias portuguesas. Uma dessas escapadelas pode ser para a costa de Peniche, já que em alguns dias se pode aproveitar e conhecer paisagens bastantes diversas e de beleza invulgar.
A costa de Peniche pertence à região do Oeste e integra a cidade de Peniche mas também um conjunto de povoações, praias e ilhas que possuem uma beleza invulgar. A região de Peniche não é muito grande mas tem paisagens muito diversificadas, com muitas actividades distintas e potencial para ocupar vários dias. Uma semana na costa de Peniche é o tempo ideal para se conhecer a região e aproveitar a beleza das suas praias.

Dicas gerais


 

  • Se vai viajar na época alta, em Julho e Agosto, marque o seu alojamento com antecedência.
  • Experimentar um bom prato de peixe grelhado, caldeirada de peixe e/ou açorda de marisco, alguns dos ex-libris gastronómicos da região.
  • Alugar uma bicicleta e explorar a região.
  • Fazer um trek à volta do tômbolo de Peniche.
  • Fazer uma visita às Berlengas.
  • Usufruir das magníficas praias do Baleal.
  • Tirar um curso de surf no Baleal. 

Transportes 


 

Como chegar a Lisboa: O aeroporto de Lisboa é um aeroporto internacional com ligações às principais cidades europeias e americanas e situa-se a 90 km de Peniche. Há um série de Low Costs a operar o que faz de Lisboa um local acessível para a maioria dos visitantes dos países europeus. É também uma porta de entrada para quem vem do Brasil.  Os voos das companhias Low Cost partem do terminal 2. O acesso a este terminal é feito por autocarro público gratuito.


Acesso ao aeroporto: Há várias hipóteses para chegar e sair do aeroporto de Lisboa. O metro é a opção mais rápida, económica e frequente. Basta apanhar a linha rosa e em cerca de 30 minutos estará no centro de Lisboa. O táxi poderá ser também uma opção. Um táxi para o centro da cidade custa cerca de 10 euros.


Como chegar a Peniche: É possível chegar de Lisboa a Peniche rapidamente utilizando o autocarro (bus) quer da Rede Nacional de Expressos, quer da Rodoviária do Tejo. Há vários autocarros por dia (cerca de 15) que operam durante todo o ano e que, na direcção Peniche – Lisboa se iniciam cerca das 5h30 e terminam por volta das 19h30. Já na direcção Lisboa – Peniche iniciam-se por volta das 8h e terminam às 20h30. Aos fins de semana e feriados os autocarros são manifestamente menos, com cerca de 3 a 4 por dia, no entanto, no Verão existem autocarros extra. No site da Rede Expressos e da Rodoviária do Tejo pode ver os horários actualizados.


Do Porto também se pode chegar a Peniche utilizando o autocarro. Há cerca de 10 autocarros por dia, entre as 6h da manhã e as 16h30 da tarde. A viagem demora cerca de 6 horas. 

 
Também pode chegar a Peniche combinando o comboio com o autocarro. Pode apanhar em Lisboa a linha do Oeste até às Caldas da Rainha e daí apanhar um autocarro para Peniche. Para ver o horário deste comboio carregue aqui. Os autocarros que fazem a ligação a Peniche vão pelo Baleal e Ferrel que podem ser uma boa opção, já que são mais ou menos frequentes. 
 
Peniche-Baleal-Ferrel-Óbidos-Caldas           Frequência
 
06:55   –        –     07:30     07:40    Segunda a Sábado (excepto Feriados)
08:00     –      –       08:36     08:46    Diariamente
08:20  08:26  08:30     –       –          Segunda a sexta
09:00  09:06  09:10  09:40  09:50  Segunda a sexta
09:15 09:21   09:25  09:55 10:05   Sábados (excepto Feriados)
10:45     –       –        11:20  11:30     Diariamente
12:15     12:21     12:25     –    –        Segunda a sexta
12:30     –      –         13:05  13:15     Segunda a sexta
13:25 13:31 13:35 14:06 14:16 Segunda a sexta (Periodo escolar)
14:30     –         –        5:05     15:15       Diariamente
17:10  17:16  17:20   17:50  18:00       Diariamente
19:40 19:46   19:50  20:20 20:30  Diariamente (Julho e Agosto) Segunda a sexta (Setembro a Junho)
 
Caldas-Óbidos-Ferrel-Baleal-Peniche                  Frequência
 
–       –      07:33     07:37     07:43       Segunda a sexta
08:00 08:10     –     –  08:46      Segunda a sábado (Excepto Feriados)
09:30     09:40     10:10     10:14     10:20         Diariamente
10:30     10:40     –              –              11:15       Segunda a sexta
12:00     12:10     12:41     12:45     12:51         Diariamente
–     –  13:45     13:49     13:55        Segunda a sexta (Periodo Escolar)
13:30 13:40   –      –   14:17      Segunda a sábado (Excepto Feriados)
15:50     16:00     16:30     16:34     16:40         Diariamente
–     –  16:53  16:57     17:03     Segunda a sexta (Periodos Escolares)
16:30     16:40    17:17        Segunda a sexta(Periodos Escolares)
17:30  17:40     –   –  18:17  Diariamente (Julho e Agosto) e segunda a sexta (Setembro a Junho)
–      –     –    18:29     18:35       Segunda a sexta (Férias Escolares)
–      –   18:55    18:59    19:05   Segunda a sexta (Periodos Escolares)
18:45     18:55     19:27     19:31     19:37        Segunda a sexta
19:30     19:40     –              –            20:15       Diariamente
  
Dentro da cidade: Para chegar de Peniche ao Baleal pode usar os autocarros locais. Os horários encontram-se na tabela abaixo.
 
Baleal – Peniche   Frequência
 
07:37     07:43     Segunda a sexta
10:14     10:20     Diariamente
12:45     12:51     Diariamente
13:49     13:55     Segunda a sexta(Período escolar)
16:34     16:40     Diariamente
16:57     17:03Segunda a sexta(Períodos Escolares)
18:29     18:35   Segunda a sexta(Férias Escolares)
18:59     19:05Segunda a sexta(Períodos Escolares)
19:31     19:37     Segunda a sexta
Peniche-Baleal     Frequência
 
08:20     08:26     Segunda a sexta
09:00     09:06     Segunda a sexta
09:15     09:21     Sábados (excepto Feriados)
12:15     12:21     Segunda a sexta
13:25     13:31 Segunda a sexta(Períodos escolares)
17:10     17:16     Diariamente
19:40     19:46     Diariamente (Julho e Agosto) Segunda a sexta (Setembro a Junho)
 

Alojamento


Para conhecer a região de Peniche há que decidir o local onde permanecer. Em vários ofertas de alojamento em Peniche, no Baleal, em Ferrel e na Atouguia da Baleia, contudo, para nós o Baleal é a melhor aposta. Se optar pelo Baleal ficará perto das mellhores praias da região, perto dos melhores spots de surf e que gozam de um ambiente diurno e nocturno fantástico. Para além disso, o acesso a Peniche é fácil e rápido, especialmente no Verão. 


Guesthouse Pequena Baleia: Nós optamos por nos alojarmos numa unidade familiar, tranquila e muito relaxante. O alojamento tem poucos quartos por isso marque com alguma antecedência. Todos os quartos podem usar a sala comum e a esplanada em frente ao mar, mas há um dos quartos que tem um terraço magnífico. Nós ficamos nesse quarto. É simplesmente fantástico. Os quartos possuem wc, tv e wi-fi e são muito espaçosos. O preço do quarto varia entre os 60€ e os 80€, consoante a época do ano. A tarifa diária inclui pequeno-almoço. Para saber mais sobre a nossa experiência na Pequena Baleia veja o nosso post sobre o Baleal. 

 

Dados práticos:
Nome: Pequena Baleia
Morada:
 Rua dos Pescadores nº8 Ilha do Baleal
2520-006 Ferrel Baleal, Leiria, Portugal
Telefone:  262 769 370
Site:           https://www.pequenabaleia.com
 

O que fazer na Costa de Peniche


Há várias coisas obrigatórias para fazer na Costa de Peniche. Claro que uma visita às magníficas praias é incontornável. Há várias praias na zona que merecem a sua vista, entre elas:

  • – Praia da Cova de Alfarroba (ou praia da Baía)
  • – Praia da Gambôa
  • – Praia de Peniche de Cima
  • – Praia do Baleal campismo
  • – Praia do Baleal Sul
  • – Praia do Lagido (Baleal norte)
  • – Praia de Supertubos (ou praia do Medão)
  • – Praia da Consolação
  • – Praia do Porto da Areia Sul
  • – Praia de Sº Bernardino
  • – Praia do Molhe Leste
O tômbolo do Baleal, outrora uma ilha, é um dos lugares mais extraordinários da costa de Peniche. O Baleal é dotado de uma beleza e mística invulgares que apaixona todos aqueles que por aqui passam. Vale a pena visitar, passar aqui alguns dias relaxados ou até tirar um curso de surf.
O arquipélago das Berlengas é um dos lugares mais extraordinários do mundo. É um lugar inóspito, isolado e por isso bastante preservado e protegido. É uma reserva natural desde 1981 e Reserva Natural da Biosfera da UNESCO desde 2011.
A magnífica praia do Carreiro do Mosteiro tem água límpida e completamente transparente. Parece uma praia tropical. Para além da praia há grutas para explorar, assim como um forte magnífico e um farol. É possível fazer vários actividades na ilha tais como observação de aves, mergulho, canoagem e passeios de lancha.
Para chegar às Berlengas basta dirigir-se ao porto junto ao forte e apanhar o barco do Julius Berlenga para a ilha.  Adquira os bilhetes, que custam cerca de 18€ ida e volta, e preparar-se para explorar a reserva natural. Pode ver a nossa experiência na ilha aqui. 
Para além das praias, Peniche tem património histórico que merece uma visita atenta. Visite o Forte de Peniche e conheça melhor a história da cidade e de uma época negra na história de Portugal, altura em que o forte foi usado como prisão política. Há uma exposição no seu interior sobre esta temática. A exposição é gratuita e vale realmente a pena. Nós visitamos o forte e escrevemos sobre isso num post aqui.
Trek pelo Tômbolo de Peniche: Peniche é um lugar extraordinário para ser explorado a pé ou de bicicleta. Nós fizemos um trek fantástico pelo tômbolo de Peniche, começando no forte e seguindo a linha de costa até chegar ao Cabo Carvoeiro.

Daí continuamos a nossa caminhada pela costa norte e voltamos à muralha de Peniche. O trek tem uma distância de cerca de 8 km e permite passar um dia extraordinário, explorando o património arquitectónico, os lugares dos pescadores pendurados na rocha, mosteiros, baías, cabos, enseadas e praias. Para além disso, vistas fabulosas sobre as Berlengas. É um óptimo passeio.

Há vários lugares pelo caminho que merecem ser explorados. Destacaríamos a magnífica varanda de Pilatos e o Mosteiro da Nossa Senhora dos Remédios.

Não saia da cidade de Peniche sem ver a mostra de rendas de Bilros e as bordadeiras que se encontram logo ao lado do posto de turismo.
Para além da costa de Peniche, é possível visitar alguns lugares próximos, tais como a vila de Óbidos, Lourinhã, Foz do Arelho ou São Martinho do Porto.

PROCURE AQUI ALOJAMENTO NA COSTA DE PENICHE

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

      Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

 Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Alugue carro usando o Rent a Car, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar. Tudo na comodidade de sua casa.

      Faça seguro de viagem na World Nomads ao menor preço do mercado.

     Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

8 Comentários

  1. Adri diz: Responder

    Olá boa tarde ,
    Estava a pensar fazer uma road trip sozinha entre Peniche e Cascais , o q aconselha?

  2. Filipa Oliveira diz: Responder

    Boa tarde, estou a pensar ir às Berlengas em Agosto e gostei muito do vosso post. :) Sabem se é possível pernoitar na ilha? Obrigada. :)

    1. Carla Mota diz: Responder

      Sim, pode fazer campismo ou então ficar no forte são Joao Batista. Nesta última opção, deve marcar através da câmara de Peniche.

  3. Já visitei, e nunca mais me esqueço que passeando por um descampado, fui dar comigo num sítio onde tinha espigas dos dois lados, mas espigas muito altas e secas, sítio maravilhoso.

  4. Olá!
    Estou planejamento uma viagem as regiões de Peniche, Costa Vicentina e Algarve, em busca de praias, surf, boa comida.. O final de outubro seria uma boa época? Ou já muito frio, pouco sol, melhor deixar para os meses mais quentes?

    1. Rui Pinto diz: Responder

      Não é tão quente como no Verão mas para surf é bom. Para fazer praia vai precisar de sorte com o tempo.

  5. cristiana diz: Responder

    Adorei , grande ajuda toda a informação!

    1. Rui Pinto diz: Responder

      Obrigada

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.