CRACÓVIA – POLÓNIA | Visitar Auschwitz, Birkenau e minas de sal

CRACÓVIA - POLÓNIA | Visitar Auschwitz, Birkenau e minas de sal

A cidade de Cracóvia, na Polónia, constitui uma excelente oportunidade para uma escapadinha na Europa, já que em 3 ou 4 dias em Cracóvia é possível conhecer a cidade de Cracóvia e visitar os campos de concentração de Auschwitz e Birkenau. Vamos deixar aqui algumas dicas para preparar a sua viagem a Cracóvia, quer seja para viajantes independentes, quer seja para visitas de estudo a Cracóvia.

Como preparar uma viagem a CRACÓVIA e a AUSCHWITZ e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

COMO CHEGAR A CRACÓVIA


A forma mais económica para chegar a Cracóvia é usando as ligações Low Cost entre Porto e Lisboa a Cracóvia. O ideal é procurar os melhores voos para Cracóvia nos sites da Skyscanner ou Momondo, que compara as tarifas dos voos em empresas Low Cost e outras. Muitas vezes os voos Low Cost podem não ser os mais baratos porque para grupos grandes é difícil arranjar tarifas baixas para todos. Se for este o caso, há que marcar os voos o mais cedo possível para Cracóvia para conseguir as tarifas mais baixas possíveis. O preço das tarifas para Cracóvia aumentam consoante diminui o número de lugares livres no avião para Cracóvia. Se optar pelas empresas Low Cost para Cracóvia, veja qual a mais indicada, e compre os voos depois directamente no site na companhia. Do Porto e Lisboa há voos directos da Ryanair para Cracóvia. De Lisboa, Porto, Faro e Madeira há voos directos da Vueling para Cracóvia.

Pode comprar aqui o tranfer do aeroporto de Cracóvia para o hotel


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA VIAJAR PARA CRACÓVIA


Os cidadãos portugueses para entrarem na Polónia e visitar Cracóvia há que se fazer acompanhar por um documento de identificação, nomeadamente o Bilhete de Identidade ou o Cartão de Cidadão. No caso de ser uma visita de estudo, os alunos menores têm que ter na sua posse uma autorização para sair do país, documento que pode ser passado pelo notário ou por um advogado. Pode fazer download de uma minuta deste documento aqui.


SEGURO DE VIAGEM PARA VIAJAR NA EUROPA E CRACÓVIA (cobre Covid-19 e teste positivo)

A IATI tem um seguro que é especial para viagens na Europa e a Cracóvia. Este novo seguro cobre actividades como cicloturismo, trilhos, roadtrips, autocaravana, campers, etc. O cancelamento da viagem por conta do Covid-19 não está coberto (se fizer apenas o seguro simples) por se tratar de uma pandemia, mas todos os seguros da IATI cobrem tratamento por contágio por coronavírus e essa informação consta no certificado da apólice, já que alguns países pedem um seguro obrigatório com esta cobertura. Porém, se fizer o seguro do pack de seguro de viagem + seguro de cancelamento opcional, este cobre o cancelamento da viagem caso o segurado, seus pais ou filhos testem positivo para COVID-19. E além disso, o seguro IATI Cancelamento também tem esta causa coberta. Sendo assim, este é claramente, o melhor seguro do mercado neste momento.  Pode fazer o teu seguro IATI ESCAPADINHAS aqui com 5% de desconto.


ONDE DORMIR EM CRACÓVIA


Numa viagem a Cracóvia a melhor opção é ficar alojado próximo do centro histórico da cidade de Cracóvia, para poder aproveitar a proximidade dos principais monumentos e locais de interesse, e explorá-los a pé.

Viajantes que procuram alguma comodidade em Cracóvia

Se viajar em casal e/ou preferir hotéis com conforto médio e bom, boas condições de higiene e centrais, experimente estas opções. São as melhores que existem no centro da cidade e com uma boa relação preço/qualidade.

Viajantes que procuram apartamentos em Cracóvia

Cracóvia é uma boa cidade para arranjar apartamento para alguns dias. A opção do apartamento em Cracóvia é boa para quem viaja com crianças e quer tratar das suas próprias refeições, tendo assim mais privacidade e comodidade. Os melhores apartamentos no centro da cidade velha de Cracóvia são estes:

Viajantes que procuram hostels e alojamentos baratos para grupos em Cracóvia

Os viajantes individuais ou em grupos grandes, geralmente, preferem os hostels em Cracóvia, já que pagam apenas uma cama no dormitório, ficando muito mais barato. Estas opções são económicas e cómodas. É importante que sejam hostels centrais e localizados no centro histórico de Cracóvia. Estes hostels aceitam grupos, sendo ideais para visitas de estudo.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

O QUE VISITAR EM CRACÓVIA


Há vários locais incontornáveis e que não pode deixar de visitar numa viagem a Cracóvia. Dentro da cidade de Cracóvia a melhor opção é andar a pé, já que é tudo muito próximo, daí que seja importante alojar-se no centro. Estes são os locais que não pode perder em Cracóvia.

Pode marcar aqui um tour pelas principais atracções de Cracóvia

1. Praça do Mercado de Cracóvia

A Rynek Glowny em Cracóvia é uma das maiores praças da Europa, e certamente também uma das mais bonitas. Há esplanadas, restaurantes, cafés e bares que fazem as delícias dos nacionais e estrangeiros, sendo o ponto nevrálgico da cidade de Cracóvia.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

2. Torre Municipal de Cracóvia

A Torre Municipal de Cracóvia está no interior da Praça do Mercado. É uma torre gótica, com uma cúpula em estilo barroco, com um belo café na sua cave. Espreite! Este é a única parte da antiga Câmara Municipal que sobreviveu. Lá dentro funciona o Museu Histórico da cidade de Cracóvia.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

3. Igreja de Santa Maria

Numa das outras extremidades da Praça do Mercado de Cracóvia está a igreja Santa Maria, uma igreja estilo polaco, com uma rica fachada ornamentada. A igreja, conhecida como Kosciol Mariacki em Cracóvia foi construída pelos cidadãos da cidade de Cracóvia, no século XIV. É uma das igrejas mais ricas de Cracóvia, com belas obras de arte expostas, nomeadamente o Altar da Virgem esculpido por Veil Stoss ou um mega Crucifixo do mesmo autor.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

4. Mercado dos Tecidos de Cracóvia

Na parte central da Praça do Mercado de Cracóvia existe um mercado de tecidos, que funciona num mercado renascentista, o Sukiennice. O mercado é um edifício de estilo romântico do século XIX.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

5. Museu Nacional de Cracóvia

O Museu Nacional de Cracóvia data de 1989 e tem várias exposições, uma primeira dedicada às artes aplicadas, uma segunda, dedicada a peças militares e objectos históricos, e uma terceira, dedicada à pintura e escultura do século XIX.

6. Igreja de Santa Bárbara em Cracóvia

A Igreja de Santa Bárbara, nas traseiras da Igreja de Santa Maria, é uma igreja gótica que conserva vários tesouros, nomeadamente uma escultura de piéta.

7. Igreja Dominicana de Cracóvia

Uma das mais antigas igrejas de Cracóvia, o edifício base data do século XIII, mas foi sofrendo diversas alterações ao longo dos séculos. É um belo exemplo da arquitectura gótica em Cracóvia.

8. Barbacã de Cracóvia

Barbacã é o testemunho arquitectónico das fortificações medievais da cidade de Cracóvia do século XIII. As ruínas da cidade foram destruídas no século XIX. Esta parte da muralha protegia uma das portas da cidade e ligava a uma passagem subterrânea.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

9. Ulika Florianska em Cracóvia

No coração da cidade velha de Cracóvia, esta rua é um ponto de encontro da população local, com cafés, restaurantes e muitas lojas. Esta rua, outrora parte da Rota Real utilizada pelos soberanos polacos, tem vários edifícios de destaque tais como a Casa de Matejko, a Jama Michalika e a Porta de São Floriano.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

10. Museu Czartoryski

Este é um dos mais interessantes museus da cidade, não pelo seu tamanho, mas pela qualidade das obras expostas, nomeadamente os quadros “A Dama com um Arminho”, de Leonardo da Vinci, ou o “Bom Samaritano” de Rembrant.

11. Igreja Piarista

Mais uma bela igreja em Cracóvia, com uma fachada e ricamente decorada em estilo rococó. Vale a pena a visita.

12. Cidadela de Wawel

A antiga cidadela de Wawel em Cracóvia tem actualmente um castelo renascentista, o Castelo Real “Zamek Krolewski” e uma bela catedral gótica, com capelas reais funerárias. Dentro da Catedral existe um museu que vale a pena espreitar. Vale a pena também ver a exposição de “Wawel Perdida”, na Capela da Satíssima Virgem. Aproveite para dar um belo passeio pelas fortificações góticas, passando pela Torre dos Ladrões e outras. O Castelo Real, um dos mais fabulosos da Europa, é local de visita obrigatória com belas vistas.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

13. Gueto de Cracóvia e bairro Judeu

Os judeus de Cracóvia foram dos mais martirizados na II Guerra Mundial, e o bairro judeu de Cracóvia é um dos melhores locais na cidade para sentir isso. No ceio do bairro judeu funcionou como Gueto de Cracóvia, onde ainda existe a Velha Sinagoga, com exposições do Museu Histórico, sobre o martírio dos judeus durante o Holocausto. Logo ao lado fica Remuh, com uma casa de oração, sinagoga e cemitério judeu, relativamente bem preservado. Ao longo da rua Ulika Szeroka podem ver-se vários edifícios históricos judeus, incluindo o Museu da Lembrança Nacional. Foi nesta rua que Steven Spielsberg filmou parte do filme A Lista de Shindler.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

VISITAR AUSCHWITZ E BIRKENAU DESDE CRACÓVIA


A 80 quilómetros de Cracóvia, localiza-se um dos campos de concentração mais marcantes da II Guerra Mundial, na medida em que foi um dos primeiros a ser libertado pelas tropas soviéticas e onde os edifícios e instalações estavam mais preservados. Os nazis, ao contrário de noutros locais, aqui não conseguiram destruir muitas das infraestruturas do complexo antes de fugirem. 

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

Dicas para visitar Auschwitz desde Cracóvia

  • Pode-se ir de autocarro público desde Cracóvia. O autocarro sai da estação de autocarros MDA, ao lado da estação de comboio de Cracóvia.
  • Deve apanhar o autocarro em Cracóvia em direcção a Oswiecim, mas sair na paragem de Oswiecim Museum.
  • Há autocarros de Cracóvia a cada 10-30 minutos, entre as 6h e as 20h. Pode ver os horários aqui. A viagem demora 1h25m.
  • O bilhete de autocarro custa cerca de 5€/pessoa.
  • Entre Auschwitz e Birkenau são 3 km que podem ser percorridos de táxi, autocarro público ou a pé (30 minutos). A cada hora, o autocarro do museu viaja de Auschwitz para Birkenau. As partidas do campo de concentração de Auschwitz, entre Abril e Outubro, ocorrem a cada 10 minutos, entre Novembro e Março, a cada 30 minutos. Este autocarro é gratuito.
  • Horários de visita a Auschwitz: Nos meses de verão pode visitá-lo das 7h30 da manhã até às 7h da tarde; Nos meses da Primavera e de Outono, fecha às 17h (Março e Outubro) ou 18h (Abril e Setembro); No Inverno, o horário é de 7h30 da manhã e fecha às 14h (Dezembro), 15h (Janeiro e Novembro) ou 16h (Fevereiro), consoante os meses.
  • A entrada em Auschwitz é gratuita.
  • Para evitar dissabores, marque a sua visita, individual ou de grupo, pelo site oficial.
  • Pode ir em tour organizado desde Cracóvia. Os tours duram cerca de 7 horas e custam cerca de 30€/pessoa.
  • Pode marcar uma visita guiada a Auschwitz desde Cracóvia através deste site. Vale mesmo a pena.
  • Outra opção é este tour. São semelhantes.
  • A visita guiada ao Campo de Concentração é paga e tem vários horários dependendo da língua. Pode ver mais aqui.
  • Pode comprar apenas bilhete para Auschwitz sem filas e com transfer aqui. Vale mesmo a pena porque os bilhetes esgotam facilmente e as filas são intermináveis e as pessoas passam lá horas.
Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DE AUSCHWITZ

Chama-lhe o Memorial do Campo de Concentração de Auschwitz porque visitar o antigo campo é muito mais do que ver um Campo de Concentração. “Arbeit macht frei“, lê-se na entrada. Significa “O trabalho liberta”, levando os prisioneiros que ali chegavam a pensar que haveria esperança de sobrevivência se trabalhassem muito e bem. Na verdade, não havia. Em Auschwitz há um museu, muito bem elaborado, com exposições fotográficas (chocantes), e objectos pessoais dos prisioneiros, como cabelo (usado para fazer colchões durante o regime nazi), botas e sapatos, malas, próteses, latas de alimentos, etc.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

.

Neste memorial, o verdadeiro campo de concentração (Birkenau era um campo de extermínio), estão os edifícios dos oficiais nazis, dos médicos que faziam experiências nos prisioneiros, alguns casebres, uma forca, paredes de fuzilamento, câmaras de gás e fornos crematórios. Neste campo chegaram a estar quase 20 000 prisioneiros. Uma visita que não deixa ninguém indiferente. Custa, mas vale a pena conhecer a História e aprender com ela.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

CAMPO DE EXTERMÍNIO DE BIRKENAU (AUSCHWITZ II)

Com uma extensão de 200 hectares, o Campo de Birkenau constitui uma ampliação do campo de Auschwitz, destinado ao extermínio em massa dos judeus, minorias e presos políticos. A maioria das imagens que se associam aos campos de concentração nazi são deste campo, especialmente do portão de entrada, por onde passavam os comboios carregados de prisioneiros.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

.

O campo tem ainda vários casebres preservados, com latrinas, compartimentos onde dormiam os prisioneiros, etc. Há várias valas comuns, fornos crematórios e câmaras de gás (a maioria foram dinamitados pelos nazis). O campo está cercado por torres de vigia e fortes paredes de arame farpado. Uma visita obrigatória. Este campo chegou a ter mais de 90 000 prisioneiros.

Como preparar uma viagem a Cracóvia e a Auschwitz e Birkenau (inclusive visitas de estudo) | Polónia

VISITAR AS MINAS DE SAL DE WIELICZKA

Pode ainda juntar na sua viagem a Cracóvia uma visita às minas de sal de Wieliczka. Pode ir em excursão (pode comprar aqui) ou comprar antecipadamente o seu bilhete sem filas aqui.

.

Se gosta de visitar cidades europeias deixamos-lhe aqui algumas sugestões no nosso blogue

  • VISITAR CRACÓVIA – Um artigo cheio de dicas com tudo o que precisa de saber para visitar Cracóvia na Polónia.
  • VISITAR PRAGA – Um artigo cheio de dicas práticas para visitar Praga, a capital da República Checa.
  • VISITAR PARIS – Um artigo com todas as dicas do que ver e fazer quando visitar Paris.
  • VISITAR ISTAMBUL – Um artigo aglutinador de tudo o que precisa de saber para começar a preparar a sua viagem a Istambul para conhecer uma das cidades mais belas do mundo.
  • VISITAR BRUXELAS – O que visitar, o que ver e fazer, que roteiro fazer, como chegar a Bruges e Gante, onde dormir, o que comer e experimentar. Terá tudo explicado aqui neste artigo que será uma bíblia para visitar a Bélgica.
  • VISITAR GANTE – Se pretende visitar Gante a partir de Bruxelas tem aqui tudo o que precisa de saber, nomeadamente transportes, lugares e a visitar em Gante e o que não pode perder na cidade.
  • VISITAR BRUGES – Se pretende visitar Bruges tem aqui tudo o que precisa de saber, nomeadamente transportes, lugares e a visitar em Bruges e o que não pode perder na cidade de Bruges.
  • VISITAR AMESTERDÃO – Se vai visitar Amesterdão não pode perder este artigo. Tem um roteiro pelos lugares mais importantes da cidade, dicas para visitar a Holanda e até um roteiro para visitar os campos de tulipas e os moinhos próximos de Amesterdão.
  • VISITAR DUBLIN – Um artigo com um roteiro de lugares obrigatórios e dicas para para visitar Dublin, a capital da Irlanda.
  • VISITAR LONDRES – Um artigo muito detalhado com inúmeras sugestões do que ver e fazer em Londres, desde atracções gratuitas a monumentos e tours pagos. Um artigo cheio de dicas e sugestões.
  • VISITAR SEVILHA – Tudo o que precisa de saber para visitar Sevilha e aproveitar alguns dias nesta bela cidade espanhola.
  • VISITAR SALAMANCA – Esta é uma das mais belas cidades espanholas e um excelente destino para uma escapadinha. Veja as nossas dicas super completas com o que ver, fazer, comer e dormir em Salamanca.
  • VISITAR MADRID – Madrid, a capital espanhola pode ser um belo destino para uma escapadinha de viagem. Aproveite as nossas dicas.
  • VISITAR BERLIM – Um artigo com o que ver e fazer na capital da Alemanha, Berlim, uma cidade apaixonante para descobrir na Europa.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão

Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui.

. Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

110 Comentários

  1. Graça diz: Responder

    Olá . Qual o montante, em média, que gastam duas pessoas em Cracóvia por 4 di
    as – 3 noites?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Graça, já fomos a Cracóvia há alguns anos. Não sei como estarão agora os preços. Mas isso depende sempre das tuas opções na hora das refeições e alojamento. Nós gastamos pouco porque tínhamos pouco dinheiro. Mas isso depende sempre das escolhas feitas.

  2. Joana diz: Responder

    Olá 🙂
    Vou a Cracóvia no fim do mês e já tive a ver roteiros para fazer.
    A minha questão se me poder ajudar é, se vale a pena comprar os tours pela get your guide ou compramos pessoalmente em cracóvia.
    A minha ideia para os tours era para Auschwitz, as minas de sal e Zakapone.
    Obrigada pela ajuda.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Se quiseres levar a viagem toda programada e não estar a perder tempo lá com filas, o ideal é comprares os tours que vais fazer deste Cracóvia na Get Your Guide. Era o que eu faria.

  3. Sara Costa diz: Responder

    Boa noite,
    Viajar até Cracóvia em Dezembro vale a pena ou é demasiado frio/mau tempo que nem da para aproveitar a viajem?
    Muito obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Vale a pena sim. É frio sim, muito. Mas aproveita-se tudo na mesma e ainda tens os mercados de Natal em Cracóvia que são maravilhosos.

  4. Ângela Gonçalves diz: Responder

    Boa tarde!
    Tenho interesse em ir de Cracóvia para Varsóvia.
    Recomenda alugar um carro, ou os meios de transporte são eficazes ? Mais rápidos?
    Obrigada 🙂

    1. Carla Mota diz: Responder

      O comboio é fantástico para fazer a viagem entre Cracóvia e Varsóvia. Foi o que nós usamos.

  5. Georgina Sebastião diz: Responder

    Já passaram alguns anos desde que estivemos em Cracóvia, ainda não havia internet, nem o uso vulgarizado de telemóvel!!! Nem esta facilidade de roteiros! Estávamos na República Checa e fomos de comboio para Cracóvia!!! Ninguém falava inglês! Uma aventura!
    Mas fizemos estes sítios ! Comer lá foi uma loucura, alguém nos deu uma lista com o básico, sabíamos pedir peixe ou carne, o resto era surpresa !!!
    Bem hajam
    Boas viagens!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Que partilha maravilhosa! Viajar é mesmo isso. É um vicio e quanto mais difícil, acho, melhor!

  6. Henrique R Pohl diz: Responder

    Olá, eu e minha esposa vamos no próximos mês, mas segue algumas dúvidas. As fotos são liberadas? No vamos pousar em Cracóvia, é fácil o acesso do centro da cidade até o Campo?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Podem tirar fotografias sim. Quanto à segunda questão não percebi…

  7. Iza diz: Responder

    Há lugar para deixar bagagem em Aushwitz?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Sim, há.

    2. Olá, por gentileza uma informação, estou planeando ir a Cracóvia, e ir à Auschwitz, mas vou com meu marido e filho…. A dúvida é, é permitido a entrada de crianças em Auschwitz ? meu filho tem nove anos.

      1. Carla Mota diz: Responder

        Não tenho a certeza mas penso que a idade limite era 12 anos. Contudo, deve ter essa informação no site oficial.

  8. Anabela Leal diz: Responder

    Olá Carla
    Estou a adorar a vossa viagem , e admiro-vos pela coragem e prazer com que desfrutam de todos os momentos. Vou estar em Cracóvia 3 dias e estou com muitas dúvidas em visitar as minas de sal , já visitei uma em Salzburg , e como não comentou nada no seu artigo gostaria de saber se não é turístico demais e se vale mesmo o tempo que se usa para isso ou guardá-lo para a cidade em si.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Ola Anabela, não comentei nada porque na altura não fomos. Não tivemos tempo porque estávamos a fazer um interrail. Acabei por me arrepender, por isso, eu iria.

  9. Sofia diz: Responder

    Boa tarde, vou agora com a minha família (4) a Cracóvia e queremos visitar Auschwitz. Contudo, pelo que vejo não há muitos guias em português. Encontrei um num site “Musement” que gostaria saber se é bom e de confiança. Não vamos estar muito tempo e por isso, queríamos dispensar uma manhã para visitar o campo e outra manhã para as minas de sal. Depois as grades, queríamos ver a cidade de Cracóvia.
    Pode ajudar ?
    Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Sofia, não conheço o guia em português do museu de Auschwitz, nem o tour para lhe dar feedback, lamento.

  10. Maria diz: Responder

    Olá Carla 🙂
    Eu e família, somos 3 adultos, estamos a planear ir a Cracóvia a meio de Fevereiro 2020. Será que partindo a 13 de Lisboa e saindo de Cracóvia a 17, dá para ver tudo o que está no seu post?
    Li as perguntas e as suas respostas, acha mesmo que não vale a pena ter guia na visita a Auschwitz? Pensamos alugar um carro de Cracóvia até lá, é fácil? A época do ano é boa?
    Grata pelo seu blogue e por esta experiência que deve ser fabulosa!
    Bjs

    1. Carla Mota diz: Responder

      Penso que dá tempo. Eu acho que vale mesmo a pena ter guia para visitar os campos. É completamente diferente. É frio nessa altura mas vale a pena.

  11. Andreia Costa diz: Responder

    Adorei as dicas! visitaram a fábrica de Schindler? se sim, como é que se deslocaram até lá?
    Obrigada.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Não visitamos.

  12. Paulo Leitão diz: Responder

    Olá Carla, estou a pensar ir a Cracóvia no final de Novembro, o frio e neve nessa altura já é algo que pode comprometer viagem?? Post muito bom.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Acredito que não. Leva roupa para frio mas acho que não terá neve. Vai adorar.

    2. Elsa Figueiredo diz: Responder

      Boa tarde Paulo Leitão
      Que engraçado Carcóvia vai ter mais 4 Portugueses além de vocês. Nós vamos dia 22 de Novembro.
      Boa viagem para si

  13. Sérgio Nogueira diz: Responder

    A entrada em Auschwitz é gratuita?

  14. Ana Rita Gomes diz: Responder

    Olá Carla, o autocarro público de Cracóvia para Oswiecim pode marcar-se online previamente? Haverá problema de vagas se comprarmos na estação no próprio dia?
    Transporte para as Minas de Sal o que aconselha?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Se for no Verão deve marcar tudo antecipadamente.

  15. diogo diz: Responder

    Boa tarde

    Dizeram me que e mais barato comprar os bilhetes quer p campos , minas de sal e p a shindler la…Acontece que vou em agosto… no fds de 15 a 18…Sera melhor mm mais caro comprar por aqui e garantir ou difcilmente ? cump e obrg pelo roteiro e dicas

    1. Carla Mota diz: Responder

      Nos mês de Agosto esgota tudo com semanas de antecedência. Se quer mesmo ir ver, compra já!

    2. Francisco diz: Responder

      Fiquei com uma duvida.
      Em relação ao link do site de auschwitz a reserva dos bilhetes, para os campos, é mesmo grátis para aquele número limitado?
      Como se costuma dizer, quando a esmola é muita o pobre desconfia.

      1. Carla Mota diz: Responder

        Se conseguir este nesse número, sim.

  16. Andreia louro diz: Responder

    Ola carla
    Vou na proxima semana passear a cracovia e estou com uma duvida. Aproveitei a dica do site para comprar a entrada em aushwitz (visita guiada 3h) mas nao fala em bierknau será que podemos tambem ir????
    Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      O bilhete é para os dois campos. É no mesmo complexo. Vá tranquila.

  17. Gabriela diz: Responder

    Tenho viagem marcada para Cracóvia e estou a ficar preocupada pois não consigo reservar 2 entradas nos campos de concentração (entre os dias 2 e 4 de Maio), quer com guia quer sem guia, não há disponibilidade nos dias em que vou lá estar….
    Não é possível a compra nas bilheteiras dos campos?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Se estiver cheio aqui também vai estar cheio lá. Tente comprar um tour, nem que seja mais caro. Caso contrário, não vai conseguir entrar.

      1. Luiza diz: Responder

        Obrigada pela explicação em seu site, eu tenho fascinação pela história da segunda guerra mundial, meu avô paterno 97 anos é polonês e foi lutar na guerra contra os nazistas pelo Brasil, já li muitos livros que mudaram minha vida e agora estou planejando minha viagem até a Polônia ..

        1. Carla Mota diz: Responder

          Luiza, que bonito. Vai adorar. Será uma viagem muito pessoal e especial. Força!

  18. Joana diz: Responder

    Olá Carla
    Gostei muito do seu post.
    Indica que há autocarro para o 2o campo de concentração. Consegue-se visitar os 2 campos no mesmo dia?
    Nós estamos a pensar ir em Junho e vamos com 1 bebé. Reparou se é facil movimentarmo-nos com um carrinho de bebé ou é um.local com pavimento dificil e muitas escadas?
    Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Nós visitamos os dois campos num dia, indo em transporte público desde Cracóvia. Deu tempo para tudo. Penso não ter visto gente de carrinho de bebé mas lembro que não é um local adequado para visitar com crianças pequenas. Se forem bebés não perceberão mas se já tiverem idade para compreender não acho bom para elas. É forte.

  19. Carlos Vieira diz: Responder

    Boa noite! As 18 acabam as entradas ou fecha mesmo tudo? Se, por exemplo, reservar a entrada das 17:40 só fico com 20 minutos para a visita?
    Obrigado

    1. Carla Mota diz: Responder

      Não lhe sei responder…

  20. Excelentes dicas, como sempre! É realmente um lugar que nos temos de preparar!
    Muito bom trabalho.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada. Visitar Cracóvia e Auschwitz é uma lição.

  21. Esta é uma viagem ‘obrigatória’ para deseja compreender um pouco a atual Europa… e um bom alerta para quem anda ‘distraído’ com o passado e os novos populismos…

    1. Carla Mota diz: Responder

      Verdade. Visitar Aushwitz é mesmo obrigatório. Por todos…

  22. Muito top seu post! A Polonia é muito procurada por conta dos campos de concentração, e a maioria das pessoas acaba fazendo apenas um bate e volta para visitar Aushwitz. Achei bem legal você abordar diversas outras coisas que a Cracóvia tem a oferecer. 😉

    1. Carla Mota diz: Responder

      Sim, Cracóvia tem imensos lugares obrigatórios para se visitar. Vale mesmo a pena.

  23. Por tudo o que já li tenho vontade de conhecer a Polônia e ver de perto toda a história que ela preserva e não deve ser esquecida. Imagino o quanto a visita a Auschwitz deve ser pesada e reflexiva. Parabéns pelo post.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Pesada mas obrigatória. Todos devia visitar Cracóvia e Auschwitz.

  24. Todas as pessoas deveria ir a pelo menos um campos de concentração como o de Auschwitz, para saber os horrores que foram realizadas nesses campos, talvez assim as pessoas no futuro seriamos melhores.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Concordo completamente.

  25. Maria diz: Responder

    Do centro da cidade de cracóvia até às Minas de sal quanto tempo é? E o acesso é fácil? Há muitos transportes?

  26. António Anunciação diz: Responder

    Boa noite,
    Obrigado pela sua partilha.
    Eu é a minha esposa sempre desejamos ir a Auschwitz e estamos a pensar organizar tudo para a primeira semana de Junho.
    Obrigado!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Esperamos que o artigo ajude. Boa viagem.

  27. Boa noite,
    Parabéns pelo site.
    No entanto, tenho algumas dúvidas. A visita com guia é com fones ou uma pessoa fisicamente?
    O que aconselha fazer para um grupo de 12 pessoas visitar Auschwitz e as grutas de sal no mesmo dia?
    Obrigada

  28. Corine diz: Responder

    olá, é possível a visita a Aushwitz e as minas de sal no mesmo dia? é que vamos 4 dias mas no primeiro dia chegamos à noite e no último dia temos a viagem à tarde e queria reservar um dia para visitar a cidade de Cracóvia… Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Acho possível em tour. Pode ver nos links. De forma independente não dá tempo.

  29. Viajar entre Viagens,

    Excelentes dicas para preparar uma viagem à Polónia (de um futuro Professor de História).

    Com os melhores cumprimentos,

    OLIRAF

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada. Visitar Cracóvia e viajar na Polónia é maravilhoso, especialmente para quem gosta de História.

  30. Vicente diz: Responder

    Pelo que vi no maps, Katovice (também tem aeroporto) fica a metade da distancia de oswiecim para visitar exclusivamente esta cidade, devo escolher Cracóvia ou katovice, ou no seu caso foi o desejo também de juntar Cracóvia à viagem?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Não lhe sei responder. 🙁

  31. Sandra diz: Responder

    Bom dia, estou a planear ir a Cracóvia durante 3 dias em Outubro.
    Queria visitar Auschwitz, Minas de sal de Wieliczka e a cidade em si. Será que 3 dias é sufeciente? Pelo que entendi e li para Aushwitz é 1 dia, sabe quanto sera para as Minas de Sal?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Eu colocaria mais um dia nesse programinha.

  32. Manuela diz: Responder

    Olá!
    Vou uma semana a Cracóvia, o meu Inglês é pessimo e vou sozinha, acha que vou ter muita dificuldade em me movimentar lá? È uma cidade segura?
    O meu hotel organiza visitas Auschwitz e sal mina , aconselha a ir com eles?
    Obrigada!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Se não fala inglês, é melhor ir com o hotel mesmo. Cracóvia é relativamente seguro.

  33. Carla, boa noite!
    Tudo bem?
    Gostei muito do seu posto.
    Estou cheia de duvidas referente a esse país maravilhoso.
    Sou fascinada capela história da segunda guerra Mundial. E quero muito conhecer Auschwitz.
    Estou fazendo algumas pesquisas mais tudo muito complexo pra primeira vez.
    Pode me dar mais algumas diquinhas?
    Por favor?!

    Abc.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Daniela, as dicas estão aqui no artigo. Tem que ler. Alguma dúvida, diga.

  34. Adelaide diz: Responder

    Boa noite, pode aconselhar-me o hoteis em Viena,vamos de 21 a 30 de agosto e somos uma familia de 4 adultos. Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Está tudo no artigo.

  35. Alexandre Silva diz: Responder

    Olá Carla, bom dia.
    Agosto será um mês com muita gente para visitar Cracóvia e Auschwitz? Em sua opinião qual o melhor mês (com menos gente)?
    Obrigado

    Alexandre Silva

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Alexandre, em Agosto está tudo cheio e com multidões. Se for nesta altura, marque as visitas e alojamento com antecedência. De Abril a Setembro é bom. SE quiser evitar as multidões evite Julho e Agosto, ou as férias escolares da Páscoa.

  36. Fabíola Kuchler diz: Responder

    Tenho muita vontade de visitar Auschwitz, com certeza são dicas essenciais.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada, Fabíola.

      1. Carla Costa diz: Responder

        Olá!! Parabéns pelas viagens e pela partilha! Tenho uma questão: para visitar Auschwitz posso contratar guia local na entrada do museu? Ou convém comprar na net já com transporte incluído? Obg

        1. Carla Mota diz: Responder

          Sim, pode. Estão lá sempre guias locais.

          1. carla costa diz:

            obrigada rápida resposta. Já agora, os guias locais e o ingresso é fácil no próprio dia ou convém adquirir on line com antecedência? obg

          2. Carla Mota diz:

            Se for fim de semana ou época alta recomendo adquirir antes. Em Agosto e nas épocas festivas não consegue bilhetes para vários dias.

  37. Sara Grund Oliveira diz: Responder

    Olá Carla, boa tarde!
    Obrigada por todas as dicas, deste e de outros destinos; são sempre muito úteis para a organização das nossas viagens.
    Estamos de viagem marcada para Cracóvia para a semana entre 2 e 6 de abril de 2018.
    Algumas perguntas:
    Marquei, seguindo o seu conselho, a visita a Auschwitz, sem guia. A Carla acha indispensável um guia? As visitas guiadas em inglês, em espanhol, ou mesmo em italiano, já são, neste momento, uma raridade. Teria então de marcar numa língua que não percebemos. Entre não guiada e guiada sem perceber o que o guia diz, achei que mais valia poupar esse dinheiro.
    A nossa filha tem 13 anos. Acha que vamos ter problemas para ela entrar? Tenho tentado marcar a viagem de autocarro de Cracóvia para Auschwitz, mas não consigo. A Carla acha que há sempre lugar no autocarro?
    Obrigada desde já.
    Cordialmente,
    Sara

    1. Carla Mota diz: Responder

      Eu dispensava o guia, aliás quando fui não usei. Não senti falta. Leva um guia escrito. A filha entra sem problemas. Quanto ao autocarro, para não correr risco, apanhe um bem cedo. Assim não terá problema. No entanto, nessa altura do ano deve ser sem stress.

  38. Ines diz: Responder

    Para visitar o museu e o campo em si, onde se compra o bilhete? Como se faz?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Tem o link no artigo. Basta abrir.

  39. Vou durante uma semana de carro para warshaw, Praga, Viena e Cracóvia. Será muito?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Numa semana parece-me muito. Vai dar menos de dois dias para cada uma cidade, e a esse tempo ainda tem que tirar o tempo de conduzir. Acho que uma semana só dá para Cracóvia e Varsóvia (com os arredores).

  40. Vou warshaw, Cracóvia Praga e Viena. Temos 1 semana e vamos de carro. Será demasiado?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Numa semana parece-me muito. Vai dar menos de dois dias para cada uma cidade, e a esse tempo ainda tem que tirar o tempo de conduzir. Acho que uma semana só dá para Cracóvia e Varsóvia (com os arredores).

  41. Susana Franco diz: Responder

    Olá. Obrigada pelo post. Estamos a pensar ir com alguns membros da nossa família, mais ou menos 20 pessoas. Achei o post muito interessante e completo.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Espero que ajude mesmo. Vão adorar. 😀

  42. Maria Fátima Bernardo diz: Responder

    Tambem mudei de planos. Pretendia ir a Varsóvia mas depois de vos ler vou a Cracovia visitar o que recomendam,Obrigada

    1. Carla Mota diz: Responder

      Ainda bem que gostou. Vai gostar mesmo.

  43. Diana diz: Responder

    Boa noite,
    quantos dias de viagem aconselha para poder cumprir este seu roteiro?

    Adorei as suas dicas

    1. Carla Mota diz: Responder

      Três dias são suficientes.

  44. Juliana Teixeira diz: Responder

    ola boa noite. estou a pensar ir a cracrovia no fim de fevereiro, gostaria de saber se é possivel comprar as entradas diretamente no lugar em vez de ir atraves do site. obrigada.

    1. Carla Mota diz: Responder

      entradas para onde?

  45. Dina diz: Responder

    Que dicas fantásticas! Irei brevemente a Cracóvia e a Varsóvia não podia pedir um melhor resumo! Obrigada!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada

  46. Marlene Janeiro diz: Responder

    Olá Carla! Top o post! Não visitaram Varsovia?

    1. Carla Mota diz: Responder

      Visitamos sim mas ainda não tivemos tempo de escrever. O tempo não dá para tudo.

  47. Gente, que ótimo post. Confesso que nunca tinha pensando em visitar esse canto do mundo, mas adorei como você organizou as dicas. Deu vontade de ir mesmo! Beijos.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada

  48. Post super completo! Adorei!!! A Polônia está nos meus planos e aproveitei para guardar suas dicas.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada

  49. Que post completo! Muito obrigada.
    A Polônia entrou na minha lista agora ❤
    Quando eu for a Portugal, vou dar essa esticada, com certeza.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada

  50. Adoro ler seu blog e encontrar lugares diferentes e novos para conhecer. É sempre uma viagem ler seu post, além de muito inspirador. Muito obrigada pelas dicas.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada

  51. Mariana Bueno diz: Responder

    Quero muito viajar à Polônia. Adoro ler textos sobre os passeios por lá, acho tudo tão lindo! Com certeza uma inspiração para quando eu finalmente for realizar essa trip!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Cracóvia é lindo.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.