Dias 145 e 146 – Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Finda a nossa aventura no rio Sepik, era altura de iniciar uma nova fase do nosso périplo pela Papua Nova Guiné (PNG). Íamos dizer adeus às províncias ocidentais, e voar para a província de Madang, para depois rumar às Terras Altas da PNG, cuja geografia é determinada pela Cordilheira Central e onde as tribos das montanhas são rainhas e senhoras da região.

Veja aqui os relatos da nossa viagem da Volta ao Mundo

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Wewak

Wewak é a maior cidade e capital da província de Sepik Leste, mas o núcleo urbano ocupa uma pequena área que se estende ao longo da costa. Na Segunda Guerra Mundial, Wewak foi a maior base dos Japoneses na ilha da Nova Guiné, e existem alguns locais relacionados com essa parte da história, em particular de homenagem aos soldados mortos, mas nós não os visitámos. Aproveitámos o tempo para descansar, retemperar energias e pôr algum do trabalho do blogue em dia. E também usufruímos de umas excelentes refeições nos restaurantes dos hotéis (as melhores opções na cidade).

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

De Wewak a Madang

A nova fase da nossa viagem na PNG começou com o adeus a Wewak e o primeiro passo rumo às Terras Altas. Podíamos ter voado directamente para lá, mas preferimos voar para Madang, na costa, e de lá seguir por terra para as montanhas. Nós sempre damos prioridade à exploração do terreno e à viagem por terra, mas a PNG é, também nesse aspecto, um destino que levanta desafios.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Por exemplo, apesar de Wewak e Madang serem ambas na costa norte do país, pura e simplesmente não existe estrada a ligar as duas cidades (a North Coast Highway, que vem de Madang, acaba na cidade de Bogia). Voar é, assim, inevitável. Algumas companhias da PNG fazem esta ligação, com aviões bimotor. À chegada, esperava-nos um pequeníssimo aeroporto, num edifício pré-fabricado, onde as pessoas entram e saem da pista por uma porta que dá directamente para o balcão de embarque, que é também o local onde se levanta a bagagem!

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Em Madang

Madang é capital da província homónima e é uma cidade com uma bonita localização costeira, com várias ilhas ao largo onde se podem encontrar locais de mergulho e snorkel de grande qualidade. No entanto, nesta nossa viagem pela PNG, resolvemos dar prioridade à faceta cultural em detrimento das paisagens naturais.

Para quem é adepto do mergulho, a Papua Nova Guiné é um paraíso por descobrir. A modalidade de liveaboard, ou seja, barcos em regime de tudo incluído (dormida, comida e 2-4 mergulhos por dia, é uma excelente forma de explorar e mergulhar neste país.

Se quiser experimentar um liveaboard na Papua Nova Guiné, pode pesquisar e fazer a sua escolha aqui.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Em Madang começámos a entrar em contacto com uma PNG para a qual já estávamos precavidos, onde a segurança (ou falta dela) é uma condicionante que se faz sentir no dia-a-dia da viagem. Logo depois de aterrarmos, alguém nos avisou para não sairmos a pé do aeroporto pois poderia ser perigoso, mas já tínhamos combinado um transporte do aeroporto para o hotel. Mas ficámos quase em estado de choque quando vimos a carrinha… Parecia uma carrinha de transporte de valores, com todos os vidros protegidos por grades e, lá dentro, um motorista e um segurança, com bastão e tudo! Madang prometia…

Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Mas Madang foi para nós apenas um ponto de passagem, na transição da costa para as montanhas centrais da PNG. Ficámos alojados no Madang Star International Hotel, com um óptimo restaurante e boas instalações, e onde o pessoal foi muito simpático, inclusive ajudando-nos a apanhar um PMV, manhã cedo, em direcção a Goroka.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Viajar em PMV (Private Motor Vehicle) na PNG

Tínhamos lido alguns relatos sobre os perigos nas estradas da PNG, em particular na Highlands (Okuk) Highway, que cruza a cordilheira central, nomeadamente o risco de atravessar regiões onde ocasionalmente estala violência tribal (que, no entanto, normalmente não afecta forasteiros) ou até mesmo assaltos à mão armada a carros que passam. No entanto, o nível de segurança na PNG tem melhorado nos últimos anos, e os relatórios mais recentes apontam apenas as províncias mais a ocidente, nomeadamente as de Enga e Hela como sendo as mais problemáticas.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Como fazemos em todos os destinos, demos preferência aos transportes públicos e ao contacto com a população local, e acreditamos sinceramente que é com esta, mesmo em sítios potencialmente perigosos, onde se está mais seguro. E a viagem de Madang a Goroka confirmou as nossas expectativas. As pessoas foram muito simpáticas, sempre muito curiosas e dispostas a ajudar, mostrando-se satisfeitas por estrangeiros partilharem do espaço e dos transportes dos habitantes locais. O único senão foi que entrámos para o PMV às sete da manhã, mas andamos às voltas em Madang até encher e só partimos às nove!

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

De Madang a Goroka

A estrada de Madang até Goroka atravessa uma paisagem deslumbrante de floresta equatorial e montanha. Apesar de o piso ser incerto e, na sua maior parte, não ser asfaltado, a estrada até não é má (pelo menos, nesta época seca; acreditamos que, com muita chuva, o piso se degrade substancialmente). Quando nos dirigimos para o interior, a paisagem que nos rodeia parece um tapete verde a cobrir tudo, tal é a densidade da floresta que cresce na PNG.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

A estrada vai subindo até que nos aproximamos do rio Ramu (e por isso a estrada é conhecida como Ramu Highway), para depois seguir ao longo do seu curso. Aí entramos num imenso vale e começa-se a notar uma mudança radical na paisagem. A floresta, pura e simplesmente, desapareceu, fruto do trabalho das companhias madeireiras, e deu lugar a gigantescas plantações de palma e cana-de-açúcar. Ali, a desflorestação da PNG assume verdadeiramente proporções assustadoras.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Mais à frente, a estrada segue para leste em direcção à cidade de Lae, mas nós virámos para oeste, em direcção às províncias montanhosas do centro da PNG. Dissemos adeus ao rio Ramu, e entramos na província das Terras Altas Orientais (Eastern Highlands), cuja capital é a cidade de Goroka, o nosso destino. Pelo caminho parámos algumas vezes, mas a viagem decorreu sempre a um bom ritmo, sendo que o tráfego não é muito intenso, mas o condutor do nosso PMV era sempre lesto a ultrapassar qualquer camião que nos aparecia pela frente.

Finalmente, após cerca de oito horas de viagem, chegámos a Goroka. Estávamos nas Terras Altas da PNG e os próximos dias iam ser repletos de fascínio cultural.

Dias 145 e 146 - Do Sepik para as Terras Altas, passando por MADANG | Papua Nova Guiné

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Use o cartão REVOLUT para levantar dinheiro em viagem. Se usar este link, não terá custo com o envio do cartão, poupando assim 5,99€.   Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.