PARQUE NACIONAL DO TERELJ e conhecer a tradição nómada | Mongólia

Visitar o PARQUE NACIONAL DO TERELJ e conhecer a tradição nómada | Mongólia

Chegados a Mongólia, o nosso primeiro destino foi o Parque Nacional do Terelj, a cerca de 70 km de Ulan Battar. Pegamos numa mochila pequena e num saco-cama e fomos para o Parque Nacional do Terelj com uma sul-coreana, a Pac, e uma inglesa, a Sally.

Visitar o PARQUE NACIONAL DO TERELJ e conhecer a tradição nómada | Mongólia

O Parque Nacional do Terelj é uma área de granitos dominada por imponentes formações rochosas graníticas de rara beleza. As vertentes verdejantes lembram as paisagens alpinas, no entanto, por terras mongóis as gers, habitações tradicionais, ponteiam o cenário. As gers são habitações típicas da Mongólia. São tendas circulares construídas com uma estrutura em madeira e cobertas por peles e tecido. Depois são atados fios negros à volta. Por cima existe uma janela que ilumina o espaço. É aqui que vive o povo mongol quando habita as estepes no verão. Foi numa ger que nós ficamos alojados. A nossa ger tem seis camas que circulam uma mesa e um fogão de lenha. O fogão é ligado à noite porque as noites, mesmo no verão, são geladas.

O Parque Nacional do Terelj é magnífico e uma das melhores formas para o conhecer foi o passeio de cavalo que fizemos. O primeiro cavalo não gostou do Rui e mandou-lhe um coice mas depois correu tudo bem. Foi um show!!!

Visitar o PARQUE NACIONAL DO TERELJ e conhecer a tradição nómada | Mongólia

No segundo dia aproveitamos para fazer um pequeno trek pela área e visitamos algumas populações nómadas e um templo.

Visitar o PARQUE NACIONAL DO TERELJ e conhecer a tradição nómada | Mongólia

O melhor da Mongólia é, no entanto, a sua população. As pessoas são muito hospitaleiras, simpáticas e sorridentes. As crianças são o ex-libris! Lindas.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

2 Comentários

  1. Olá! Estou a planear uma viagem à Mongólia para este verão e tenho estado a ler as vossas mensagem sobre esse país (que parece maravilhoso), mas fiquei com algumas dúvidas. Será que me podiam esclarecer? Aqui vão elas:
    1) Como se deslocaram? O carro foi alugado com/sem motorista?
    2) Fizeram tudo de forma independente ou utilizaram uma agência local?
    3) Tiveram sempre Ulan Bator como base ou ficaram noutras cidades?

    Obrigada antes de mais, e parabéns pelo vosso trabalho 🙂 Leio sempre o que vão escrevendo por aqui.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Olá Catarina,
      1)deslocamo-nos numa carrinha alugada com motorista. Arranjamos num hostel em Ulan Batar.
      2)Usamos a agência do hostel para ir ao Terelj e para ir para o Gobi. Só andamos sozinhos em Ulan Batar.
      3)Fizemos Ulan Batar de base. Depois fomos 2 dias para o Terelj, 1 para o parque dos cavalos e 9 dias para o Gobi.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.