Os MAIAS – A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Os Maias são considerados por muitos a civilização mais avançada que povoou a Mesoamérica. Apesar de alguns autores fazerem referência aos Maias desde o ano 1200 a.C., é comummente aceite que a origem desta civilização terá ocorrido por volta do ano 200-250 d.C.. Como não foi uma das primeiras civilizações a povoar a área, ganhou com o legado deixado por civilizações anteriores e contemporâneas, legado esse que soube aproveitar e desenvolver, como é o caso da escrita ou do calendário.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Os Maias criaram povoados que se foram expandindo e transformando em grandes centros urbanos. Era o início das grandes cidades com áreas residenciais, acrópoles, praças e recintos sagrados. A administração da cidade era feita nos moldes das cidades-estado em que um governante detinha o poder absoluto, tendo poderes militares, religiosos e administrativos. Estes líderes eram divinos e viviam faustosamente com uma ou várias mulheres, crianças, criados, sacerdotes, intelectuais e artistas. A vida fora da urbe continuava em pequenos povoados, ocupados por camponeses que se dedicavam essencialmente à agricultura.

Numa sociedade fechada, onde os sacerdotes tinham um papel importante, os camponeses eram em maioria mas sem grandes direitos. A hierarquia social era muito rígida, com os mercadores e os artesões a juntarem-se aos agricultores e camponeses. Esta situação pode ter estado na base de alguns episódios de violência que se começaram a tornar comuns. De um momento para o outro, a violência cresceu nos seus territórios e as suas cidades foram muralhadas.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Os sacrifícios humanos eram comuns e ao que parece tornaram-se também comuns os raptos aos elevados membros da sociedade, especialmente de povos vencidos, para posteriores rituais de sacrifício. Executavam ritos xamânicos, recorrendo a estados de transe, jejuns e consumo de substâncias alucinogénicas.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Só uma civilização com enorme sabedoria poderia ter criado um império como o alcançado pelos Maias. As terras altas do sul (Chiapas e Guatemala), a Depressão Central e as planícies do norte (Península de Iucatão) eram os grandes domínios geográficos da civilização. A arte e a arquitectura marcavam o dia-a-dia deste povo.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Detentores de um saber matemático, físico e astronómico exemplar, criaram um calendário exímio para contarem o tempo (ver post sobre o Calendário Maia). Os seus elaborados cálculos matemáticos e astronómicos foram aplicados em diversas áreas do saber. A classe intelectual era vasta e tinha um papel determinante na sociedade e na vida do quotidiano.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

Os Maias desenvolveram um sistema de escrita exemplar e único no mundo pré-colombiano (pelo menos até 2006, quando se descobriu algo semelhante pertencente aos Olmecas). Desenvolveu uma língua falada e escrita que continua a ser utilizada nos dias de hoje. A sua escrita incluía gramática e sintaxe.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

A forma como lidavam com os recursos naturais e alimentares fizeram desta civilização excelentes comerciantes, transaccionando produtos com os Teutihuacanos e com os Toltecas. No Iucatão extraiam grandes quantidades de sal que depois distribuíam por outras civilizações.

O império Maia expandiu-se por cerca de 1000 km, ultrapassando as fronteiras do que é hoje o México e alcançando a Guatemala, o Belize, as Honduras e El Salvador.

O desaparecimento da civilização Maia está envolto em mistério. Para muitos foram os espanhóis os responsáveis pela sua desaparição. No entanto, tudo parece indicar que quando os espanhóis chegaram à Mesoamérica os Maias já estavam a definhar e tinham praticamente desaparecido.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

São apontadas inúmeras teorias para o seu desaparecimento. As guerras com tribos vizinhas, as doenças, as catástrofes naturais (inundações e secas), ou o esgotamento dos recursos hídricos e consequente falta de alimento e fomes, estão entre as causas possíveis. Provavelmente, o seu declínio ficar-se-á a dever não só a um mas à combinação de vários factores que se conjugaram ao longo dos tempos.

Os MAIAS - A civilização lendária da Mesoamérica e do México

A civilização Maia terminou mas os maias, grupo étnico, nunca despareceram. Durante a agressiva colonização espanhola, os maias fugiram e refugiaram-se nas florestas, preservando as tradições e crenças, muitas delas adulteradas devido aos processos de aculturação. A maioria dos maias que sobreviveu aos séculos seguintes e chegaram até aos dias de hoje trocou o xamanismo pelo catolicismo. Para além do povo, os Maias deixaram um enorme e vasto legado espalhado pela América Central. Esculturas fabulosas, valiosos tesouros fúnebres, estelas e altares em relevo e faustosamente decorados, pirâmides monumentais e uma arquitectura única no mundo. É por isso que os Maias são uma das civilizações mais legendárias que já pisou o planeta.

PRINCIPAIS LOCAIS MAIAS:

Nas terras altas do sul:

Copan (Honduras)

– Quirigua (Guatemala)

– Comacalco (México)

– Kaminal Juyu (Guatemala)

– Toniná (México)

– Zaculeu (Guatemala)

Na depressão central:

Yaxchilán (México)

Bonampak (México)

Calakmul (México)

– El Mirador (Guatemala)

– Cerros (Belize)

– Uaxactún (Guatemala)

Tikal (Guatemala)

Caracol (Belize)

Palenque (México)

– Piedras Negras (Guatemala)

– Altún Ha (Belize)

– Dos Pilas (Guatemala)

Rio Bec (México)

– El Ceibal (Guatemala)

Xunantunich (Belize)

Nas planícies do norte:

Chichen Itzá (México)

Coba (México)

Tulum (México)

Uxmal (México)

Cozumel (México)

– Lábna (México)

– Mayapan (México)

– Sayil (México)

.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.