A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

Quando percorro as ruas e becos da medina sinto o aroma das especiarias. Tentada a passar ao lado do património gastronómico deste país, quando entrei em Marrocos estava decidida a fazer dieta durante toda a minha estadia (para estar em forma para a ascensão ao Toubkal). Rapidamente percebi que não ia ser possível! Percebi LOGO na primeira refeição em Tanger, a primeira paragem neste país. Era hora de descobrir a gastronomia marroquina.

O baptismo gastronómico foi no restaurante Populaire Savoir du Poisson, em Tanger. Muito se podia escrever sobre este lugar, mas nada lhe faria o jus que merece. Resolvemos experimentar um menu fixo (15€) que tem o melhor da cozinha do norte de Marrocos. Foi uma excelente opção. Começamos com uma sopa de peixe – Harira, um prato de piri-piri (vai-se lá saber para quê?), um prato de deliciosas azeitonas e uma variedade de sete pães (cada um melhor do que o outro). O pão marroquino tem um estatuto quase sagrado neste país e é fácil de perceber porquê… Sempre que comia pão pensava “oh meu deus… que delícia”! De seguida, um tajine de peixe, lulas e gambas, acompanhado por linguado grelhado. Tudo isto, regado por um sumo de 15 frutos que fermenta nas traseiras da loja. Não sei o que leva o sumo, mas nem quero saber, a única coisa que sei é que era maravilhoso! Uma refeição como esta não podia terminar sem sobremesa, e nisso, os marroquinos são exímios… cuzcuz com mel e amêndoas e morangos com mel e pinhões! Bem, para quem estava de dieta! Não há humano que resista à gastronomia marroquina!A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

Comer em Marrocos é uma autêntica aventura. Podemos ser surpreendidos por um restaurante que mais parece um palácio, como o fomos em Fez, no Dar Saada (10€ por pessoa), onde almoçamos tajine de frango com azeitonas e limão (o prato nacional marroquino). De sobremesa, a típica laranja com canela e aromatizada com flor de laranjeira. A comida era óptima mas, nem eu nem o Rui nos preocupamos muito com isso. Estávamos num palácio! Os nossos olhos estavam cheios.
A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

Ainda em Fez, almoçamos na praça Bou-Jeloud, no Thami’s, um restaurante com vistas sobre a confusão de turistas que deambulam pela medina. Uma experiência cultural e gastronómica. Desta vez, Tajine de Kefta, almôndegas guisadas com um molho espesso de tomate, cebola e cominhos. Aqui, optamos por comer de sobremesa doces de rua, tais como os kaab ghazhl (pastéis recheados de amêndoa), os stery (doces fritos), as chebakyas (deliciosas cornucópias de massa frita com mel e cobertas de sementes de sésamo e canela) ou os briouats (espécie de chamuscas de amêndoa). Mais uma descoberta da gastronomia marroquina.
A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | MarrocosA GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | MarrocosA GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

Em Marrakech, fomos surpreendidos por pratos incrivelmente bem confeccionados no Ryad Jama, uma riad típica com um pátio interior. Aí, deliciamo-nos com um tajine de carne de vaca com ameixas e borrego com figos e amêndoas (só de escrever já estou a salivar!).A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos
Nenhuma viagem a Marrocos está completa sem uma experiência na Praça Jemaa El-Fna, onde à noite os comerciantes montam os seus estabelecimentos (autênticos restaurantes) e servem centenas de turistas. Aqui, experimentamos dois, o 117 e o 1 (já que os restaurantes têm números e não nomes). No primeiro experimentamos variedade de peixes e carnes. Pagamos preço de turista (20€ por pessoa) e não comemos nada bem. No segundo, realmente o número 1, pagamos 5€ por pessoa e comemos como locais: salsichas e espetadas de carneiro cobertas por cominhos. No entanto, nesta praça, nenhuma refeição deve começar sem a visita aos vendedores de caracóis (mais uma maravilha da gastronomia marroquina).
A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

A GASTRONOMIA MARROQUINA e a descoberta de um país pela comida e sabores | Marrocos

Um pouco por todo o lado fomos experimentando os pratos nacionais da gastronomia marroquina. O tajine (nosso preferido), o cuzcuz (que nem lhe sentimos o sabor devidamente quando jantamos na base do Erg Chebbi, no deserto do Sahara já que estávamos atónitos com a paisagem) ou as saladas marroquinas (com tomate, cebola, pepino e pimento) fizeram parte da nossa viagem. Uma cozinha bem temperada, onde as influências árabes, andaluzes e berberes se confundem, mas que não deixam ninguém indiferente… até quem pensa que vai fazer dieta!!!

MARQUE AQUI OS SEUS TOURS E PASSEIOS

 

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

3 Comentários

  1. Anónimo diz: Responder

    vou para lá dia 31,ainda fiquei mais curiosa com estes comentarios…obrigada

  2. Têm que me enviar a receita… tenho que experimentar! E o chá marroquino, sabem fazer?

  3. Nós gostámos tanto da comida marroquina que até aprendemos a fazer a tagine de frango com azeitonas e limão (o prato nacional) 🙂
    E os amigos que já provaram a nossa tagine, ficaram fãs!
    Beijinhos

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.