VISITAR MALTA – Viagem, lugares, praias, roteiro e o que ver e fazer

VISITAR MALTA - Viagem, lugares, praias, roteiro e o que ver e fazer

Visitar Malta? Está com ideias para viajar em Malta e precisa de dicas? Está a preparar uma viagem para Malta ? Então este artigo é para si. Foi feito com base nas nossas experiências pessoais, o que conhecemos e recomendamos, pode encontrar aqui tudo o que precisa para visitar Malta.

DICAS PRÁTICAS PARA VISITAR MALTA

Regime de entrada para visitar Malta

Os cidadãos portugueses apenas precisam de Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade para entrar no país e visitar Malta. Não é preciso visto nem passaporte para viajar para Malta.

Quando visitar Malta

Malta é um país do sul da Europa, uma ilha no mar Mediterrâneo entre a Europa Continental e a África. Como tal apresenta um clima mediterrâneo típico, com Verões quentes e secos, geralmente com seis meses, de Maio a Outubro, e Invernos suaves. Estas características climáticas fazem de Malta um belo destino de viagem durante todo o ano, mesmo na Primavera e no Outono para quem procura férias com praia. Sendo assim, há imensos meses bons para visitar Malta. O ideal para quem procura praia é entre Maio e Setembro.

Como chegar a Malta

Visitar Malta é cada vez mais fácil e económico. A Air Malta tem voos directos entre Lisboa e Malta, com taxas bem agradáveis. Consegue comprar voos por cerca de 29€/trajecto. Nós voámos com a Air Malta e o voo directo demorou cerca de 3 horas. Foi ali que começou a nossa viagem a visitar Malta.

Dinheiro para visitar Malta

A moeda de Malta é o Euro, pelo que se viajar de Portugal para Malta pode levantar algum dinheiro antes de sair, evitando assim nos primeiros dias levantar e pagar taxas bancárias. Os cartões de débito e crédito portugueses funcionam bem quando visitar Malta.

Custo de vida em Malta

O custo de vida em Malta é muito semelhante ao português. A comida nos supermercado tem preços semelhantes, assim como nos restaurantes e transportes. Tal como em Portugal, há restaurantes e hotéis para todas as carteiras quando visitar Malta. Se andar nos lugares mais turísticos vai gastar cerca de 20€/pessoa para jantar, mas se abdicar das esplanadas em frente ao mar e procurar restaurantes mais tradicionais e locais, poderá comer por cerca de 6€ – 8€/pessoa. Aproveite bem a sua viagem a visitar Malta.

Transportes para visitar Malta

Os transportes públicos em Malta são eficazes e económicos para visitar Malta. O site oficial dos Transporte Públicos de Malta permite-lhe ter toda a informação necessária para percorrer o país quando visitar Malta, tais como rotas dos autocarros, preços e horários. Para ter acesso ao mapa detalhado dos itinerários dos autocarros para visitar Malta e pode fazer o download do mapa aqui.  Para saber mais sobre os transportes em Malta veja este nosso artigo sobre os transportes públicos em Malta, com tudo explicado detalhadamente para quando visitar Malta.

Táxis e Ecabs em Malta

Em Malta há um sistema de táxis muito eficaz e que não é caro, especialmente se não viajar sozinho. Chama-se Ecabs. O Ecabs é um sistema de táxis moderno útil para visitar Malta, que pode ser marcado através da internet, telefone ou nas lojas da companhia. À hora marcada, receberá uma mensagem no seu telemóvel com a identificação do motorista e do carro que o irá recolher. Funciona super bem, e  para ter uma noção, a viagem do aeroporto para Sliema ou Valeta custa 20€.

Alugar carro para visitar Malta

Apesar dos transportes públicos de Malta serem eficientes e irem a quase todos os lados, para quem quer explorar Malta a fundo e tem pouco tempo, a verdade é que vai ficar muito condicionado pelos horários, não permitindo visitar mais do dois ou três lugares por dia. Sendo assim, nós optámos por alugar carro em Malta, dando-nos mais liberdade e permitindo-nos fazer um roteiro muito mais eficiente e aproveitar melhor o tempo. Pode ver aqui um roteiro de 7 dias para uma viagem em Malta.

Comida em Malta

Em Malta há muitas e boas opções de lugares para comer bem. A comida maltesa é muito boa, com influência italiana e mediterrânica e vai adorar quando visitar Malta. Os pratos ricos em ervas aromáticas e as pizzas fazem parte de quase todas as ementas, mas há muito mais. O coelho à caçador é um prato nacional muito apreciado. Para saber mais sobre os melhores restaurantes para comer em Malta veja este nosso artigo. Aproveite a viagem a visitar Malta para conhecer também a gastronomia do país.

Higiene em Malta

Malta é um país da União Europeia e como tal obedece às exigências europeias a nível de higiene. Sendo assim, há recolha de lixo, sistema de esgotos, etc. e não terá qualquer problema de maior quando visitar Malta. Convém apenas ter atenção quando visitar a Ilha de Comino e a Lagoa Azul, assim como a Piscina de São Pedro, e trazer o seu lixo. Evitando assim poluir o local e deixar uma pegada ecológica pequena durante a sua viagem a visitar Malta.

Escolher alojamento quando visitar Malta

Mais do que o hotel a escolher, o que aflige os visitantes é saber onde se alojar em Malta. Dependendo do que procura há muitas opções.

  • Para quem gosta de cultura e história, o ideal é alojar-se em Valeta ou Rabat e Mdina. São óptimas opções e lugares fabulosos para relaxar à noite.
  • Para quem procura praia, sem querer sair muito do local onde está alojado, o ideal é ficar alojado na parte norte da ilha, nomeadamente perto de Paradise Bay e de Ramla Bay, ou então de Golden Bay.
  • Para quem pretende explorar a ilha e conciliar um pouco de tudo, estando num local bem servido de transportes públicos para optimizar a sua viagem para Malta, o ideal é alojar-se em Sliema ou St. Julians Bay, já que estará mais ou menos no centro da ilha e tem autocarros públicos e ferries para quase todos os locais que precisará de visitar.
  • Se procura saber qual o melhor alojamento para cada uma das praias de Malta, veja este nosso artigo.
  • Numa das noites, alojámo-nos também em St. Julians Bay, uma zona muito mais turisticas, no St. Julians Hotel, bem de frente para o mar e para a baía e, como era bastante mais económico foi também uma excelente opção. Nós dois hotéis ficamos em quartos duplos.

Segurança em Malta

Malta é um dos países do mundo com melhores níveis de segurança pelo que pode andar à vontade, de dia e de noite, sem qualquer problema, inclusive mulheres que viajam sozinhas. Sendo assim, na sua viagem a visitar Malta não vai precisar preocupar-se com questões de segurança, basta ter cuidados normais.

Telefone e internet em Malta

Desde que terminou o roaming na UE pode telefonar em Malta utilizando o SIM Card português com a mesma tarifa que tem em Portugal. Isto significa que se tiver chamadas grátis para determinadas redes, vai telefonar gratuitamente também na sua viagem em Malta. Para quem tem telemóveis com tarifas de internet incluído pode estar descansado. Se usar o roaming de dados, paga o mesmo em Malta do que em Portugal. Se não for este o seu caso, pode usar o wifi livre que existe em quase todos os hotéis e restaurantes durante a sua viagem a visitar Malta, incluído em alguns barcos e transportes. O acesso à internet em Malta é fácil e rápido.

SEGURO DE VIAGEM PARA VISITAR MALTA (cobre Covid-19 e teste positivo)

A IATI tem um seguro que é especial para viagens na Europa e excelente para visitar Malta. Este novo seguro cobre actividades como cicloturismo, trilhos, roadtrips, autocaravana, campers, etc. O cancelamento da viagem por conta do Covid-19 não está coberto (se fizer apenas o seguro simples) por se tratar de uma pandemia, mas todos os seguros da IATI cobrem tratamento por contágio por coronavírus e essa informação consta no certificado da apólice, já que alguns países pedem um seguro obrigatório com esta cobertura. Porém, se fizer o seguro do pack de seguro de viagem + seguro de cancelamento opcional, este cobre o cancelamento da viagem caso o segurado, seus pais ou filhos testem positivo para COVID-19. E além disso, o seguro IATI Cancelamento também tem esta causa coberta. Sendo assim, este é claramente, o melhor seguro do mercado neste momento.  Pode fazer o teu seguro IATI ESCAPADINHAS aqui com 5% de desconto.

O QUE VER E FAZER QUANDO VISITAR MALTA

Que lugares visitar em Malta? Eis uma das dúvidas que assola quem decide viajar para Malta. Malta é um país maravilhoso, pequeno o suficiente para explorar numa viagem curta, mas cheio de lugares maravilhosos que merecem ser explorados e descobertos quando visitar Malta. Para facilitar a sua viagem, deixamos-lhe aqui a lista dos melhores lugares para visitar em Malta.

Veja aqui quais as melhores praias de Malta

Os melhores lugares para visitar em Malta | Malta

1. Visitar Valeta, a capital de Malta

A magnífica capital de Malta é uma cidade deslumbrante para quando visitar Malta. Suba no elevador Barrakka até aos bonitos jardins criados para tempos de relaxe dos Cavaleiros da Ordem de Malta. As colunas dão-lhe um ar clássico, e a vista sobre a baía é simplesmente espectacular. Não perca a deslumbrante fabulosa catedral de São João e o forte de Santelmo. Deslumbre-se com a arquitectura das ruas estreitas e dos varandins coloridos da cidade. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta. 

2. Visitar Birgu ou Vittoriosa, as jóias da ilha de Malta

Vittoriosa (ou Birgu) é o local onde os Cavaleiros Hospitalários, ou da Ordem de Malta, atracaram em 1530. Fruto da sua história conturbada, nomeadamente a luta contra o império otomano, Valeta e as cidades vizinhas são fortemente fortificadas, sendo que hoje, mesmo com a destruição provocada por intensos bombardeamentos na II Guerra Mundial, mas fruto de um esforço de preservação, as muralhas continuam a ser um elemento fundamental na malha urbana. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta. 

3. Visitar Mdina, um lugar incrível para quando visitar Malta

Mdina é uma das cidades mais belas de Malta e um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta. Dificilmente se tem noção da grandeza e imponência desta cidade se não a virmos numa imagem aérea. Rodeada por uma muralha e completamente preservada, Mdina é um centro histórico da época romana, islâmica e medieval. Capital de Malta até ao século XVI, está incrivelmente preservada graças a ter acolhido a nobreza maltesa durante os períodos mais conturbados da ilha.

4. Visitar Rabat

Rabat é uma cidade junto a Mdina, com ruelas maravilhosas, cheias de história e de bonitos edifícios. No centro da cidade, encontram-se as principais atracções turísticas, em torno da Igreja de São Paulo. A tradição cristã é antiga em Malta, uma das primeiras regiões a aderir ao cristianismo nos seus primórdios. Para isso, foi fundamental a acção de São Paulo, ali naufragado em 60 d.C., e que desenvolveu as primeiras comunidades cristãs na ilha. Não perca a gruta e as catacumbas de Rabat quando visitar Malta. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta.

5. Visitar a Ilha Comino e Lagoa Azul

A Lagoa Azul em Comino é o mais próximo do paraíso que vai encontrar quando visitar Malta. Pode ter pouco areal mas é de longe a melhor praia de Malta. Se chegar cedo à praia pode arranjar espaço na areia, já que o areal é muito pequeno. Dá para dar uns mergulhos fantásticos e é um paraíso para snorkel e mergulho A água azul celeste parece das caraíbas. Se decidir fazer praia aqui, temos algumas dicas preciosas para marcar a sua viagem de férias. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

6. Visitar a Ilha de Gozo, em Malta

A ilha de Gozo é belíssima e não deixe de incluir Gozo no seu  roteiro de viagem em Malta. Em Gozo não perca o Porto de Mdzhar (onde atraca o ferry), o Templo monolítico de Tal-Ġgantija, a Citadela e Catedral de Victoria, Dwejra, o Inland Sea e o Buraco Azul (cenário do Game of Thrones), a Praia de Ramla Bay e a gruta de Calipso, as Salinas de pedra de Marsalforn e o Canhão de Wied il-Għasri. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta.

7. Visitar Marsaxlokk

Marsaxlokk é uma vila piscatória no sul de Malta e um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta. Ao domingo Marsaxlokk é o destino predilecto de malteses e turistas. O mercado de peixe de domingo atraí imensa gente e quase não se consegue passear pelo recinto do mercado. O porto está cheio de barcos coloridos, dando um aspecto encantador à magnífica baía.

8. Visitar a piscina de São Pedro

A Piscina de São Pedro é um dos recantos mais bonitos de Malta. Não é propriamente uma praia, já que não tem areia, mas é um dos lugares mais interessantes para se “fazer praia” em Malta. A Piscina de São Pedro tem um dos melhores lugares e mais bonitos para nadar e aproveitar o mar em Malta. É uma piscina natural que resulta do abatimento de uma falésia de calcário e arenito na costa de Malta. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta.

9. Visitar as Falésias Dingli 

Na parte ocidental da ilha, onde as falésias de Dingli se estendem até ao mar, há miradouros e pequenas igrejas para explorar e descobrir quando visitar Malta. Aldeias com belas perceptivas para apreciar o pôr-do-sol. Deambule pelas falésias, pare em locais imprevistos e explore a costa maltesa. Não se vai arrepender. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

10. Visitar a Popeye Village

Cenário do filme Popeye, a Aldeia do Popeye foi contruída de propósito para o filme. É um dos mais belos locais para assistir a um pôr-do-sol fantástico quando visitar Malta. A aldeia do Popeye, construída de propósito para o filme que celebrizou Rob Williams no papel do marinheiro, é também um parque temático, especial para crianças. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

11. Visitar St. Julians Bay

St. Julians Bay, ao lado de Sliema, é mais pequeno do que a sua vizinha, mais intimista e, embora também muito turística, conserva um ambiente mais autentico e mais descontraído. Ainda tem a vantagem de em menos de 10 minutos a caminhar chegar à marginal de Sliema. Foi por esta razão que durante os dias que ali passámos optámos por nos alojar em St. Julians Bay. Hoje, faríamos o mesmo. É um dos lugares obrigatórios quando visitar Malta.

12. Visitar Sliema

Sliema é o local ideal para quem gosta de praias agitadas, com restaurantes glamorosos, cafés chiques, bons locais para comer e petiscar, magníficas esplanadas, mas também restaurantes típicos e cafés populares. Sliema tem de tudo e para todos os gostos quando visitar Malta.  É um belo local para se alojar na ilha. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

13. Visitar a Golden Bay

A Baía Dourada, a Golden Bay, é uma bela praia na costa ocidental da ilha de Malta e uma das poucas com areia na ilha principal. Tem um belo areal, com areias douradas, tal como a cor que enche a baía aquando do pôr-do-sol, daí o seu nome Golden Bay. O mar é muito bom e com excelentes locais para dar um mergulho quando visitar Malta. Situa-se numa baía abrigada do vento e da ondulação pelo que as suas águas são geralmente calmas. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

14. Visitar a Baía Paraíso

A praia da Baía Paraíso é o mais azul turquesa que vai encontrar fora da Lagoa Azul, na ilha de Comino. Fica logo ali ao lado, na parte norte da ilha de Malta. A praia é maravilhosa e tem um belo resort mesmo ao lado para a aproveitar quando visitar Malta. Esta praia é maravilhosa e um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

15. Visitar a Blue Grotto

Blue Grotto é uma formação rochosa calcária onde uma sucessão de cavernas junto à água formam um cenário magnífico. Pare no miradouro para desfrutar das magníficas perspectivas sobre a formação. Quase uma vista aérea. Apanhe o barco, mais abaixo, e entre num cenário fabuloso, navegando por entre grutas e arcos da costa maltesa quando visitar Malta.  O passeio é magnífico. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

16. Visitar a It-Torri L-Ahmar, a Torre Vermelha

A Torre Vermelha é uma das torres de defesa da ilha e que é imagem de marca da península. Infelizmente já estava fechada e só a visitámos por fora, mas as vistas sobre as baías e costa maltesa é magnífica. Não perca também logo à frente o mirador do radar quando visitar Malta. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

17. Visitar Mellieha

Mellieha é uma bela cidade no norte de Malta. Vale a pena visitar a Igreja de São Paulo e o Santuário de Nossa Senhora de Mellieha, uma gruta visitada pelos evangelistas Paulo e Lucas. O local exibe um icon pintado supostamente por Lucas durante a sua visita no ano 60 d.C. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

18. Visitar os Templos de Hagar Qim e Mnajdra

Os templos de Hagar Qim e Mnajdra são templos megalíticos, cuja origem e função ainda hoje permanecem desconhecidas. Localizados na parte oeste da ilha, distam 500 metros um do outro e para os visitar há que pagar uma entrada (10€/pessoa) que dá direito a uma entrada no recinto e à visualização de um documentário para contextualizar os templos no tempo. Na realidade, pouco mais se sabe à cerca deste templos, para além do facto de datarem da idade do Bronze e terem cerca de 5 mil anos. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

19. Visitar Clapham Junction

Se pretende descobrir as evidências de um dos maiores mistérios de Malta, procure as linhas que parecem sinais de carroças talhadas nas rochas e que os amantes da paranormalidade atribuem à existência de extraterrestres quando visitar Malta. As mais acessíveis estão em Clapham Junction, perto do palácio Verdala e dos jardins Buskett. No entanto, ao que consta, estas linhas estão espalhadas um pouco por toda a ilha e em alguns locais vão dar directamente ao mar. Mistérios à parte, a geomorfologia ajuda a explicar este fenómeno, já que estas resultam da maior facilidade de dissolução dos minerais que compõem o calcário da ilha. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta.

20. Visitar Paceville

Se procura a noite quando visitar Malta então deve rumar a Paceville, o centro da movida e nightlife da ilha. Cheio de bares, restaurantes e clubes nocturnos, Paceville é o lugar para sair à noite. É um dos lugares obrigatórios a visitar em Malta, especialmente se gosta de passar a noite de copo na mão.

Se vai viajar para Malta estes são alguns artigos do nosso blogue que lhe podem interessar

Se pretende ler as crónicas da nossa viagem em Malta pode encontrá-las aqui

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

QUE EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO USAMOS

Esta é provavelmente uma das perguntas que mais recebemos. A resposta é simples e está aqui. Desde drone, câmaras fotográficas, computadores, etc. Tudo o que vai na nossa bagagem está aqui.

  DSLR Camera free icon Máquinas fotográficas e drones sinal de símbolo de ícone de computador - Download Vetores Gratis ...Computador e gadgets

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão. . Este blogue contém links de programas de afiliados.

5 Comentários

  1. Rodolfo Santos Águeda de Sousa e Silva diz: Responder

    Artigo muito porreiro já está nos favoritos para ser o meu companheiro na viagem.
    Tenho uma dúvida relacionada com o assunto do momento (COVID).
    Em relação aos testes para chegar a Malta e regresso, tiveram de apresentar teste PCR na voo para Malta e regresso certo? Como procederam para fazer o teste para o regresso?
    Agradeço desde já ajuda

  2. Joao Paulo Monteiro diz: Responder

    Excelente, a cerca da língua falada , consegues se desenrascar bem com inglês ou é preciso o Italiano? Orbigado

    1. Carla Mota diz: Responder

      O inglês é a língua mais falada mesmo. Não há qualquer stress. E há imensa gente que fala espanhol. É fácil viajar.

  3. Teresa Oliveira diz: Responder

    Obrigada pelas dicas e se poder ajudar agradeço imenso, somos um grupo de 4 adultos (55 – 70 anos) a viagem já está marcada a minha dúvida é onde ficar alojada, não queremos pagar muito mas queríamos um ponto que desse para visitar o máximo em 3 dias. a língua também é um obstáculo, mas o voo está marcado agora para a frente é que o caminho, toda a ajuda é bem vinda.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Os artigos que temos aqui ajudam bastante, basta ver os links que tem os preços.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.