Visitar o MAR MORTO – Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia

Visitar o MAR MORTO - Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia
Um dos ícones do Médio Oriente, situado na região interior da antiga Palestina, o Mar Morto banha a Jordânia, Israel e Cisjordânia (territórios palestinianos ocupados). Também conhecido como lago Asfaltite é alimentado pelo rio Jordão, e de dia para dia, vê o seu caudal diminuir. Apesar da designação, o Mar Morto não passa de um lago extremamente salgado com 82 km de comprimento, 18 km de largura e uma área de 1020 km 2.
Este local, ímpar no planeta Terra, detém dois recordes extraordinários. O primeiro consiste no facto de ser o local com maior altitude negativa do planeta. Em termos médios o mar está 417 m abaixo do nível médio das águas do mar. Esta situação associada às características climáticas locais, clima sub-tropical seco e desértico, faz com que o calor sentido nas suas margens durante o verão seja praticamente impossível de aguentar. A água escorre pelo corpo, o ar é pesado e difícil de respirar.
Visitar o MAR MORTO - Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia
O segundo record que o Mar Morto detém está associado à salinidade das suas águas. A alta concentração de sal na água e incomparável com qualquer outro lugar na Terra. Cerca de 300 gramas de sais para cada litro de água é um valor extremamente elevado já que o normal na água do oceano é de 30 gramas para cada litro de água (10 vezes inferior). Sendo assim, estas águas tem o mais alto grau de salinidade e densidade do mundo e são ricas em potássio, magnésio e bromo, assim como em sal de cozinha e sais industriais. Como resultado o desenvolvimento de vida é impossível e o mar é desprovido de qualquer tipo de peixe ou algas. Como o mar é alimentado pelo rio Jordão, que tem inúmeras espécies de peixe, estes ao chegarem ao mar morrem instantaneamente. Esta característica levou a população local a baptizar este local com o nome que tem hoje: Mar Morto.
Hoje, a concentração de sal nas águas atrai muitos banhistas já que aumenta a flutuabilidade dos corpos. Mal se entra nas águas deixamo-nos levantar, o nosso corpo bóia e é difícil voltar a colocar os pés e pernas no chão. Nos locais onde não temos pé é possível caminhar dentro de água sem tocar no fundo. É uma sensação extraordinária e indescritível. É diferente de tudo o que já experimentamos até hoje.
Visitar o MAR MORTO - Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia
Para compreender a elevada salinidade das águas do Mar Morto é necessário perceber um pouco da sua origem geológica. Nos períodos Jurássico e Cretácico (de 208 a 66 milhões de anos), o Mar Morto fazia parte do extenso Mar Mediterrâneo que cobria a Síria e a Palestina (hoje Israel, Territórios Palestinianos Ocupados e Jordânia). Na época Miocénico (de 23 a 5 milhões de anos) formou-se uma depressão onde se situa o mar Morto através do soerguimento por acção da tectónica das terras altas da actual Jordânia e Palestina. Esta situação criou a morfologia local que hoje podemos observar: o mar encaixado numa depressão tectónica com altitude negativa rodeado por montanhas e com elevada concentração de sais.
Os spas estão um pouco por todo o lado já que as lamas do Mar Morto são tidas como terapêuticas e com resultados muito positivos para o tratamento de pele. Não poderíamos deixar de experimentar também esta opção! Claro que não num spa mas nas margens da praia pública mais popular do Mar Morto, Amman Beach.
Visitar o MAR MORTO - Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia
Nos últimos anos, o Mar Morto perdeu uma parte significativa da sua superfície essencialmente devido a exploração excessiva da água do rio Jordão, única fonte de água doce da região, para além da natural evaporação das suas águas. No entanto, ao contrário do que acontece por exemplo no Mar Aral, aqui a água é utilizada para irrigar os campos e produzir alimento para a população dos países que o rodeiam. O resultado é uma diminuição de cerca de 1,6 m de água por ano.
Numa região desértica a água faz a diferença entre a vida e a morte, e o Jordão é um recurso importantíssimo, quer para Israel, quer para a Jordânia (daí que seja também mais uma fonte de conflito).
Visitar o MAR MORTO - Uma aventura no ponto mais baixo da Terra | Jordânia

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.