COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Nenhuma viagem ao Japão estará completa sem nos envolvermos numa verdadeira descoberta gastronómica. A comida, o que se come, onde se come e como se come, faz parte da cultura japonesa. O que comer no Japão? Os japoneses adoram comer e tiram imenso proveito das horas das refeições e, como tal, não será de estranhar que só na cidade de Tóquio existam mais de 80 mil restaurantes. Mesmo para quem não sabe japonês, os restaurantes são fáceis de identificar. Estão geralmente com meias-cortinas, as chamadas noren, na porta ou montes de sal na entrada.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Apesar das máquinas de venda automática proliferarem por todo o país (embora vendam essencialmente bebidas) e das milhares de lojas de conveniência abertas 24h por dia, os japoneses apreciam almoçar e jantar em lugares recatados, para todos os gostos e carteiras.

COMIDA JAPONESA | O que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Vale a pena conhecer os diferentes lugares onde se pode comer no Japão e, na medida do possível, experimentar. Veja o nosso guia de lugares para comer no Japão.

1. Nomiya

As verdadeiras tabernas japonesas são os chamados Nomiya ou Aka-Chochin. Estes restaurantes identificam-se pela lanterna vermelha no exterior, simbolizando que se trata de um lugar onde as comidas chinesas baratas fazem parte do menu. São estabelecimentos simples, quase sempre sem ementa. A maioria das vezes o menu está exposto em letreiros na entrada ou sobre a cozinha. Estes restaurantes foram criados para o proletariado japonês mas hoje em dia são frequentados por todo o tipo de população.

COMIDA JAPONESA | O que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Experimentamos um restaurante Nomiya na cidade de Nagano, bem perto da estação de comboio. Estava cheio de jovens e velhos, homens e mulheres, vestidos de forma formal e informal, que, no balcão ou nas mesas, comiam as deliciosas sopas de noodles. Escolhemos aquilo que queríamos através de um menu ilustrado afixado na parede. Por pouco mais de quatro euros por pessoa comemos massa udon e tendon, um prato à base de rebentos de soja, algas e arroz. Acompanhamos com dumplings japoneses. Estava tudo super delicioso e foi das melhores refeições que fizemos no Japão. O restaurante chamava-se Ichi-Ban-Kan.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

2. Restaurantes de sushi e sashimi

Os restaurantes de sushi são os locais mais famosos para comer no Japão. O sushi é arroz cozido é recheado de peixe cru variado. O sashimi são os filetes de peixe cru. Nestes restaurantes, o sashimi é geralmente servido em cima de dois dedos de arroz. Pode-se comer sushi e sashimi em diferentes tipos de restaurantes e para diferentes bolsos. Nós experimentamos o sushi e o sashimi logo na nossa primeira refeição no país, quando almoçamos em Kamakura. Escolhemos um Kaiten-Sushi, restaurantes de sushi baratos, onde os pratos de sushi e sashimi vão passando num tabuleiro rolante no balcão. Sentamo-nos ao balcão e fomos tirando o sushi que queríamos comer. O gengibre é servido gratuitamente à mesa. Os pratos têm diferentes cores e cada cor corresponde a um preço. No final do almoço, entregamos os pratos e pagamos. No centro de Kamakura, pagamos 1300 Y (os dois) e comemos muito bem. O peixe e marisco era fresco e experimentamos sushi e sashimi de ovas (kazunoko), gambas (ebi), atum (maguro), lulas (ika), salmão e outros peixes que não conseguimos identificar. Como cada prato traz dois pedaços, dividíamos todos os pratos e isso possibilitou-nos provar muita coisa. Perto do mercado de peixe, em Tóquio, há restaurantes de sushi e sashimi muito conceituados, são os chamados Zashiki. Não os experimentamos porque achamos demasiado caros.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

3. Sobayas

As Sobayas são restaurantes tradicionais japoneses que servem massas japonesas, geralmente feitas em massa udon de trigo branco. As Chuka-Ryoriya servem massa chinesas, as massas ramen, e são muito semelhantes aos japoneses. Ambos os restaurantes apresentam réplicas dos pratos na montra, tornando fácil a escolha do que comer no Japão.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Experimentamos um em Quioto, perto do Templo Prateado, o Gingaku-ji, do lado direito na rua de acesso ao templo. Era um lugar caseiro, quentinho, e com uma senhora extremamente simpática. A comida era igualmente deliciosa. Comemos massa ramen e udon, ambas divinais e bastante em conta. Um prato chamava-se nabe yaki udon, servido numa caçarola de barro, com caldo de tempura de camarão e cogumelos. O outro era uma massa ramen, massa chinesa em caldo de porco, coberta por pequenas fatias de porco assado e alhos. Pagamos 1500Y pelas duas refeições.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

4. Restaurantes especializados

Os restaurantes especializados foram uma das nossas melhores descobertas gastronómicas no Japão. Experimentamos dois distintos, especializados em pratos típicos:

  • Kyoto Style Beef – Bife de vaca panado com tempura, ovo escalfado e frito e várias verduras acompanhados por uma sopa e molho de soja, e é uma especialidade de Quioto. A refeição não foi especialmente barata (1600Y/pessoa) mas estava deliciosa. No entanto, a parte pior foi estar quase duas horas na fila para comer. A fila era lenta e estava cheia de jovens japoneses em noite de véspera de passagem de ano. Para além disso estava um frio de rachar. Nos três dias que passamos em Quioto as filas estavam sempre assim, pelo que acreditamos que as filas para comer naquele restaurante devem ser sempre enormes. Vá cedo. Mas, vá, vale mesmo a pena. A comida é deliciosa. O bife é suculento, tenro e muito saboroso.
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
  • Okonomiyaki – Visitamos um restaurante especializado em okonomiyaki, uma espécie de tortilha com legumes, couves e ovos, em Tóquio, no bairro de Shinjuku. Experimentamos okonomiyaki de camarão e de porco. O prato é preparado na mesa, numa chapa quente. A empregada traz os ingredientes para a mesa, mistura-os na nossa frente e depois começa a cozinhá-los na chapa. Os japoneses confeccionam os seus próprios pratos, mas nós até precisamos de ajuda para comer no Japão!
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

5. Ryotei

A comida mais característica do Japão é servida nos restaurantes Ryotei, frequentados por homens de negócios. É nestes lugares que as gueixas se apresentam. São lugares tradicionais geralmente muito aprazíveis, com belos jardins e espaços muito cuidados. A clientela é rigorosamente seleccionada e se não for apresentado por um cliente de longa data, não poderá comer aqui.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

6. Kaiseri

Na impossibilidade de conhecer um restaurante Ryotei, os espaços mais elegantes do Japão são os restaurantes Kaiseri. Estes restaurantes aceitam turistas e servem comida tradicional japonesa em ambiente requintado. Quioto é um excelente local para experimentar um restaurante deste tipo, que nesta cidade se designam por Kyo-Ryorya. As ruas do bairro de Gion,  nomeadamente Hanami-koji, a rua de Pontocho ou a zona do bairro de Higashiyama são os melhores locais da cidade para experimentar um Kaiseri. É uma das mais afamadas experiências de “comer no Japão”.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

7. Shojin Ryorya

Quioto tem ainda alguns restaurantes que resultam da tradição monástica da cidade. Esses restaurantes designam-se Shojin Ryorya e servem comida vegetariana tradicionalmente servida nos mosteiros zen.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

8. Restaurantes Koryoriya

Os restaurantes Koryoriya são espaços descontraídos, utilizados pelos japoneses para comer e para conviver, com amigos. São espaços sociais onde as pessoas se juntam para beber um copo acompanhado de comida leve e caseira. Será o equivalente às “tabernas gourmet“, já que tem um ambiente familiar mas praticam preços elevados. Podem também ser chamados de Kappo ou Ippin-Ryoriya ou Izakaya.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

9. Comida de rua

Comer no Japão envolve necessariamente comida de rua. Esta pode ser encontrada por todo o lado. As Yatai são bancas que vendem massa chinesa mas há comidas rápidas e baratas para todos os gostos e feitios, desde peixe frito, aves estufadas, bananas com pintarolas, etc.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Mas há muito mais do que isso. Em Tóquio, perto do mercado de peixe comemos na rua, vieiras e ostras, que estavam verdadeiramente deliciosas. As comidas por aqui podem ser bastante caras pelo que comer na rua é a opção mais em conta. Pagamos 1500Y por duas vieiras e duas ostras e estava delicioso. De babar…

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

10. Comida de fusão (inspirada na cozinha Edo)

A cozinha Edo é típica da região de Tóquio e desenvolveu-se ao longo do século XVI, constituindo uma comida de fusão de pratos diversos e provenientes de diferentes partes do território japonês. Num restaurante em Jigokudani Onsen, onde fomos ver os macacos da neve, experimentamos Yakiudon, um prato composto por massa grossa frita com mariscos, algas, cogumelos shiitake, pedaços de atum e rebentos de feijão.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

11. Cadeias norte-americanas

Não deixe de experimentar algumas das maiores cadeias norte americanas que já encontraram a capital japonesa. Uma delas são as pipocas Garrett (das quais a Carla é verdadeiramente fã desde que as conheceu em Chicago) ou o Shake and Shack, uma cadeia de hambúrgueres de carne de vaca suculentos. Ficamos fãs destes hambúrgueres durante a nossa visita aos EUA. Aqui em Tóquio estivemos duas horas na fila para poder comer. Valeu a pena.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão
COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Na nossa passagem de ano deixamo-nos levar pela comida de um bom supermercado e fizemos nós a nossa ceia de fim de ano japonesa. Compramos sushi, sashimi, ramen, dumplings e preparamos o nosso próprio jantar no hostel de Quioto. Ficou delicioso.

COMIDA JAPONESA | Onde e o que deve comer na sua viagem ao Japão

Seja qual for a sua escolha, experimente a gastronomia japonesa. Há pratos para todos os gostos e carteiras, basta estar atento nas ruas e arriscar a comer no Japão. Entregue-se à descoberta gastronómica deste país.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Use o cartão REVOLUT para levantar dinheiro em viagem. Se usar este link, não terá custo com o envio do cartão, poupando assim 5,99€.   Este blogue contém links de programas de afiliados.

2 Comentários

  1. Excelente artigo Carla, fiquei a babar-me só de ler e ver as imagens 🙂

    Uma pergunta: pelo teu relato dá a entender que havia quase sempre filas para tudo quanto era restaurante. Essa é a norma ou é porque foram a lugares “afamados”/económicos?

    Um reparo: O sashimi não é servido em cima de arroz, são apenas filetes de peixe (variado) muito fresco – há quem coma assim ou misture com molhos. Os filetes em cima de bolas de arroz chamam-se Nigiri.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Não há filas em todo o lado mas há filas em muitos sítios sim. Para tentar contornar isso, tentávamos comer “fora de horas”. Comíamos sempre algo a meio da manhã na rua e, depois, só almoçávamos por volta das 15h. O jantar era inevitável ser entre as 19h e as 22h porque depois eles fecham os restaurantes. Mas, mesmo no Shake and Shack, fomos almoçar às 16h e esperamos duas horas… O problema é que há muita escolha mas há também milhares de pessoas! Há que ter paciência. Faz parte da experiência. Obrigada, Paulo. Vou alterar a parte do sashimi.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.