VISITAR POMPEIA – As ruínas da cidade romana

VISITAR POMPEIA - As ruínas da cidade romana

As ruínas de Pompeia, localizadas nas encostas do Monte Vesúvio, a poucos quilómetros da actual cidade italiana de Nápoles, são, muito simplesmente, um dos locais históricos mais fascinantes do mundo. As circunstâncias que rodearam a destruição de Pompeia pelo vulcão vizinho levaram a que a antiga cidade romana ficasse congelada no tempo, com um grau de preservação e uma extensão que dificilmente são igualados em qualquer outro sítio arqueológico no mundo. Visitar Pompeia é quase obrigatório.

Não deixe de consultar o nosso artigo sobre subir ao topo do Monte Vesúvio, o vulcão responsável pela destruição de Pompeia.

CONTEÚDOS DO ARTIGO

Se vai viajar para Itália, estes são alguns dos artigos do nosso blogue que lhe podem interessar

  • VISITAR ROMA – Tudo o que precisa de saber para visitar Roma está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Roma, o que ver e fazer, roteiro dia a dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade italiana.
  • VISITAR FLORENÇA – Tudo o que precisa de saber para visitar a cidade de Florença está neste artigo, com o que ver e fazer, roteiro, dicas de transporte, alojamento, tours e excursões na cidade.
  • VISITAR MILÃO – Tudo o que precisa de saber para visitar Milão está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Milão, o que ver e fazer, roteiro dia a dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade italiana.
  • VISITAR VENEZA – Tudo o que precisa de saber para visitar Veneza está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Veneza, o que ver e fazer, roteiro dia a dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade italiana.
  • ONDE DORMIR EM ROMA – Os melhores bairros e hotéis para dormir na cidade de Roma.
  • VIAJAR EM ITÁLIA – Um artigo com um conjunto de dicas importantes para começar a preparar a sua viagem a Itália.
  • VISITAR O CARNAVAL DE VENEZA – Tudo o que precisa de saber sobre o Carnaval de Veneza está neste artigo cheio de dicas práticas para aproveitar Veneza nesta altura do ano.
  • VISITAR MURANO – Um artigo cheio de dicas para preparar a sua viagem à ilha de Murano, a ilha do vidro, desde Veneza.
  • VISITAR BURANO – Um artigo cheio de dicas para preparar a sua viagem à ilha de Burano, a ilha do colorida, desde Veneza.
  • VISITAR TORCELLO – Um artigo cheio de dicas para preparar a sua viagem à ilha de Torcello, a ilha mais antiga da zona de Veneza.
  • VISITAR O VATICANO – Tudo o que precisa de saber para aproveitar ao máximo a sua visita ao Vaticano, quando visitar Roma, está neste artigo.
  • VISITAR BERNINI EM ROMA – Tudo o que precisa de saber para fazer um roteiro pelas obras de Bernini quando visitar Roma.
  • VISITAR A COSTA DE SORRENTO – Tudo o que precisa de saber para visitar a costa de Sorrento está neste artigo cheio de dicas práticas com o que ver e fazer, roteiro, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões.
  • VISITAR A ILHA DE CAPRI – Tudo o que precisa de saber para visitar a ilha de Capri está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Capri, o que ver e fazer, roteiro de um dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na ilha italiana.
  • VISITAR POMPEIA – Tudo o que precisa de saber para visitar Pompeia está neste artigo que é obrigatório para quem quer visitar os vulcões de Itália.
  • SUBIR O VESÚVIO – Tudo o que precisa de saber para subir o mais mediático dos vulcões de Itália, o vulcão Vesúvio, está neste artigo. Excelente para combinar com Pompeia.
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Pompeia, claro, continua a ser uma cidade em ruínas, mas visitar Pompeia, percorrer as suas ruas e visitar os seus locais emblemáticos é quase regressar ao passado, há dois mil anos, e sentir o pulsar vivo de uma cidade romana. Classificada como Património Mundial da UNESCO em 1997 (juntamente com Herculano e Torre Annunziata), Pompeia é hoje uma das atracções turísticas mais populares de Itália, com mais de 2 milhões de visitantes por ano.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

A glória e destruição de Pompeia

A cidade de Pompeia foi fundada por volta do século VII a.C, sendo ocupada posteriormente por diferentes povos, incluindo os gregos. Mas foi a partir de 89 a.C., após a anexação definitiva da cidade à República Romana, que Pompeia começou a desenvolver-se de forma mais estruturada. É dessa época que datam alguns dos edifícios mais emblemáticos e importantes de Pompeia, como o anfiteatro, os banhos públicos, o aqueduto, os templos e as casas de comércio e particulares. No início da nossa era, Pompeia teria aproximadamente 20.000 habitantes, sendo um local privilegiado para os cidadãos romanos abastados construírem as suas vilas de férias.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

A região onde Pompeia estava localizada era já então uma zona com elevado risco vulcânico. Os tremores de terra eram frequentes, mas as terras eram férteis e o dinamismo da cidade fazia com que os seus habitantes pesassem bem os prós e contras de viver em Pompeia. A 5 de Fevereiro de 62, um grande terramoto destruiu muitas das estruturas de Pompeia e cidades vizinhas, levando a um êxodo em massa de habitantes de Pompeia em direcção a outras regiões mais tranquilas. No entanto, uma parte da população manteve-se no local, reconstruindo e recuperando a cidade. No entanto, o destino de Pompeia iria ser definitivamente selado 17 anos depois.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Ainda hoje não se sabe a data exacta da erupção do Monte Vesúvio que sepultou Pompeia. Algures entre Agosto e Novembro de 79, o vulcão iniciou uma erupção explosiva, libertando grandes quantidades de lapíli (fragmentos sólidos de rocha basáltica, geralmente de tamanho entre 0,5 e 5 centímetros), que cobriram as ruas e telhados das casas de Pompeia. Os habitantes inicialmente pensaram que poderiam ultrapassar essa nova adversidade, mas a evolução da erupção iria provar-se fatal para Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Pompeia seria então atingida por uma nuvem piroclástica, um fluxo devastador composto por gás quente, cinza e pedra, que desceu as encostas do Monte Vesúvio a uma velocidade que pode ter atingido centenas de quilómetros por hora, deslocando-se rente ao solo, e entrando em Pompeia, preenchendo todos os espaços e destruindo tudo à sua frente. Estudos indicam que a temperatura da nuvem piroclástica em Pompeia terá atingido 250 °C, provocando a morte instantânea dos seus habitantes.

corpos de Pompeia e Vesúvio em Itália

Os habitantes e construções de Pompeia foram então cobertos por diferentes camadas de piroclastos (cinza e pedra), que soterraram por completo a cidade. Plínio, o Velho, um escritor, historiador e ofical romano deslocou-se à Baía de Nápoles para observar a erupção e ajudar os sobreviventes, mas ele próprio pereceria na cidade vizinha de Estábia, também atingida por uma nuvem piroclástica. O seu sobrinho-neto, Plínio, o Jovem, sobreviveu e o seu relato da erupção é o documento histórico mais importante sobre a erupção do Monte Vesúvio e a destruição de Pompeia. Aliás, é em sua honra, e reconhecendo a importância do seu relato, que a designação actual dada a um tipo de erupção vulcânica caracterizado por grande explosividade, como a que destruiu Pompeia, é “erupção pliniana”.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Pompeia como atracção turística

Soterrada em lama e cinzas, Pompeia teve de esperar séculos para ser novamente admirada. Depois de terem sido acidentalmente descobertas no final do século XVI, as ruínas de Pompeia seriam apenas escavadas em meados do século XVIII e, com um grau mais profissional, já no século XIX. Foi então que se descobriu que espaços vazios entre as camadas de cinzas continham restos humanos, e o arqueólogo italiano Giuseppe Fiorelli desenvolveu uma técnica de injectar gesso nesses espaços para recriar perfeitamente o formato das vítimas de Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

O resultado foi uma série de formas cujo impacto visual é difícil de exagerar, sendo que retratam os últimos momentos de vida dos habitantes de Pompeia, preservando nomeadamente a forma do corpo e os gestos finais dessas pessoas. No entanto, não são, ao contrário do que se poderia pensar, os corpos das pessoas de Pompeia transformados em cinzas. Hoje, algumas dessas formas podem ser admiradas no Antiquarium, no recinto de Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Mas o panorama geral da descoberta de Pompeia era muito mais amplo. O grau de preservação das estruturas era notável, tanto numa visão global da cidade, como em pormenores no interior das casas. A rede urbana de Pompeia permaneceu praticamente intacta, com o desenho de ruas e avenidas a dar-nos a sensação que estamos mesmo a percorrer uma cidade romana na actualidade. Por outro lado, pormenores como os mosaicos em algumas casas, estátuas e fontes de água públicas, adensam ainda mais a sensação de preservação do espírito do tempo em Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Outra grande atracção de Pompeia, que atraiu a atenção e o fascínio das pessoas desde a sua descoberta é a quantidade de frescos que foram encontrados e a sua natureza erótica e relacionada com a Natureza. Retirados de prostíbulos, mas também de casas particulares, a maior parte dos frescos mais explícitos de Pompeia foram transladados para o Museu Arqueológico Nacional em Nápoles, onde ainda hoje podem ser admirados numa “sala secreta”. Infelizmente, nós não tivemos tempo de visitar este museu, mas pudemos admirar alguns dos frescos que permanecem em Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

DICAS PRÁTICAS PARA VISITAR POMPEIA


Pompeia é um destinos turísticos mais populares no sul de Itália, e a ela concorrem milhares de pessoas por dia na época alta. Este facto leva a que seja conveniente planificar adequadamente a sua visita a Pompeia, de forma a optimizar o seu tempo, evitando contratempos, e permitindo-lhe concentrar-se naquela que é o objectivo da visita, as fabulosas ruínas de Pompeia.

1. Quando visitar Pompeia

Pompeia pode ser visitada todo o ano (estando só fechada no 1 de Maio, 25 de Dezembro e 1 de Janeiro), mas no Verão as temperaturas e Pompeia podem ser bastante elevadas e as sombras no interior do recinto são quase inexistentes (sendo o interior das casas os locais mais frescos). Se visitar Pompeia no Verão, prepare-se com bastante água e protector solar. No primeiro Domingo de cada mês, a entrada em Pompeia é grátis.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

2. Como comprar o bilhete de ingresso em Pompeia

O bilhete de ingresso em Pompeia pode ser adquirido nas entradas oficiais do complexo (Porta Marina, Piazza Esedra e Piazza Anfiteatro), mas nós recomendamos que adquira esse bilhete online antecipadamente, pois isso irá permitir-lhe escapar às filas que podem ser enormes. Para visitar Pompeia pode optar por um bilhete de ingresso simples, com guia de áudio, ou uma visita guiada.

2.1. Bilhete simples para Pompeia

O bilhete simples dá aceso às ruínas de Pompeia, mas sem nenhuma explicação. Terá de fazer a visita a Pompeia por conta própria, e consultando, por exemplo, este artigo, para ter mais informações.

Reserve aqui o seu ingresso em Pompeia e troque-o por um bilhete na entrada de Piazza Esedra (sem filas).

2.2. Bilhete com guia de áudio em Pompeia

Uma opção mais informativa para visitar Pompeia é escolher um bilhete com guia de áudio. Fará na mesma a visita a Pompeia por conta própria mas terá o auxílio do guia de áudio.

Reserve aqui o seu ingresso em Pompeia com guia de áudio, e levante-o na Porta Marina (guiché de guias de áudio).

2.3. Bilhete de visita guiada em Pompeia

Pompeia é um daqueles sítios arqueológicos onde compensa ter a explicação de uma pessoa especializada. Sendo assim, apesar de ser um pouco mais caro, a visita guiada a Pompeia é uma boa opção.

Reserve aqui a sua visita guiada a Pompeia, em grupo pequeno, com arqueólogo.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

3. Como chegar a Itália e Pompeia

3.1. Chegar a Itália

A melhor forma de chegar a Itália é voar, e a principal cidade perto de Pompeia é Nápoles.

Pode encontrar aqui voos para Nápoles aos melhores preços.

Associado a um voo e a uma viagem, normalmente um problema a resolver é onde deixar o seu carro. Uma opção super prática é deixar o carro estacionado no aeroporto de origem, onde estará à sua espera quando regressar. É isso que costumamos fazer, como quando visitámos Pompeia.

Reserve aqui o estacionamento no seu aeroporto de origem.

Quando visitámos Pompeia, voámos para a Sicília (para explorar o Vulcão Etna e as Ilhas Eólias), e depois apanhámos um ferry de Palermo para Nápoles.

Pesquise aqui os barcos que ligam a Sicília à parte continental da Itália.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

3.2. Chegar a Pompeia

Uma vez instalado no sul de Itália, para chegar a Pompeia há duas opções, ou em transporte próprio, ou em transporte público. Se tiver veículo próprio, isso irá dar-lhe autonomia para visitar outros locais e cidades nas redondezas.

Pesquise e reserve aqui o seu carro para a viagem a Itália e Pompeia.

Mas se o seu objectivo do dia for Pompeia (e possivelmente o Monte Vesúvio), então é possível chegar facilmente a Pompeia em transporte público, a partir de Nápoles ou Sorrento. A melhor forma é usar o comboio. A Circumvesuviana é uma rede urbana de 6 linhas ferroviárias que liga Nápoles a cidades nas suas redondezas, com início na Estação Napoli Porta Nolana e com centro logístico na Estação Napoli Garibaldi. A linha que serve Pompeia é que liga Nápoles à cidade de Sorrento. Deve sair na estação Pompei Scavi (escavações de Pompeia).

NOTA: Logo à saída da estação em Pompeia irá ser aliciado a subir ao primeiro andar da estação para comprar bilhetes para Pompeia (por uma agência local), mas não o deve fazer pois irá comprar bilhetes com preço inflacionado. No entanto, no primeiro andar, funciona também o armazenamento de bagagem, por isso se estiver a visitar Pompeia com bagagem, deve deixar ali (4 € por mala).

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

4. Visitar Pompeia em excursão guiada

Se não se quiser chatear com os detalhes de acesso aos locais e de organização da visita, visitar Pompeia em excursão guiada, a partir de Nápoles ou Sorrento, é uma óptima opção, pois pode combinar Pompeia e o Monte Vesúvio num só dia sem preocupações.

Reserve aqui o seu lugar numa excursão guiada a Pompeia e Monte Vesúvio de 1 dia, a partir de Nápoles ou Sorrento.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

5. Onde dormir quando visitar Pompeia

As melhores bases para se fixar quando visitar Pompeia e o Monte Vesúvio são as cidades de Nápoles e de Sorrento, para além de Pompeia.

5.1. Onde ficámos alojados quando visitámos Pompeia

Nós ficámos alojados em Sorrento quando visitámos Pompeia. Sorrento é uma pequena e belíssima cidade italiana localizada no extremo sul do Golfo de Nápoles, muito perto da ilha de Capri. Nós ficámos alojados na Sorrento Inn Guesthouse, uma excelente opção em pleno centro histórico de Sorrento, num quarto com mobília clássica e uma pequena varanda a dar para uma das ruas mais comerciais de Sorrento, a Via Fuoro.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Depois de visitarmos Pompeia, no fim do nosso pequeno périplo pela Sicília, ilhas Eólias e sul de Itália, ficámos alojados em Nápoles, pois foi dali que apanhámos o voo de regresso para Portugal. Em Nápoles, resolvemos ficar alojados na zona junto à Estação Garibaldi, na Pomodoro B&B. É uma opção bem prática, simples mas limpa, com quartos espaçosos no terceiro andar de um prédio residencial, bem perto da Estação Garibaldi.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

5.2. Onde se alojar em Pompeia

Em Pompeia, as opções de alojamento são variadas e nunca se encontram longe do sítio arqueológico.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

5.3. Outras opções de alojamento quando visitar Pompeia

Em Sorrento, as opções de alojamento são muitas e de excelente qualidade.

Nápoles é uma cidade grande, por isso tem muitas opções de alojamento, abrangendo todas as gamas de qualidade e preço.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

6. Seguro de viagem para visitar Itália

A IATI tem um seguro que é especial para viagens na Europa e ideal para viajar para Itália e Pompeia. Este novo seguro cobre actividades como cicloturismo, trilhos, roadtrips, autocaravana, campers, etc em Lanzarote. O cancelamento da viagem por conta do Covid-19 não está coberto (se fizer apenas o seguro simples) por se tratar de uma pandemia, mas todos os seguros da IATI cobrem tratamento por contágio por coronavírus e essa informação consta no certificado da apólice, já que alguns países pedem um seguro obrigatório com esta cobertura. Porém, se fizer o seguro do pack de seguro de viagem + seguro de cancelamento opcional, este cobre o cancelamento da viagem caso o segurado, seus pais ou filhos testem positivo para COVID-19 antes de ir para Itália. E além disso, o seguro IATI Cancelamento também tem esta causa coberta. Sendo assim, este é, claramente, o melhor seguro do mercado neste momento para viajar para Itália e Pompeia.  

Faça aqui o seu seguro IATI ESCAPADINHAS aqui com 5% de desconto.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

7. Procedimentos de entrada e segurança em Itália

A partir de 1 de Junho de 2022, deixou de ser necessário, para entrar em Itália, apresentar qualquer certificado de vacinação, teste negativo ou de recuperação da doença Covid-19. Desde 1 de Maio de 2022 que também não é necessário preencher um formulário digital de localização de passageiros. Neste momento (Julho 2022), continua a ser exigido o uso de uma máscara FFP2 no voo para entrar em Itália e para se deslocar em Itália em transporte público (comboio, barco ou autocarro), embora mesmo esta medida começa a ser relaxada em alguns casos.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

O QUE VER E FAZER QUANDO VISITAR POMPEIA


Para poder desfrutar do essencial de Pompeia, irá necessitar de, pelo menos, meio dia, ou seja, uma manhã ou uma tarde. Se quiser ir ao pormenor de todas as estruturas da cidade de Pompeia, será necessário um dia inteiro. No Verão é aconselhável visitar Pompeia de manhã, mas o número de pessoas no recinto será maior. Nós visitamos Pompeia pela manhã, entrando pela Piazza Esedra, e o que apresentamos a seguir segue o nosso itinerário.

NOTA: Algumas das atracções de Pompeia, nomeadamente as casas, estão fechadas temporariamente para manutenção, ou então estão abertas em horário reduzido, por exemplo só de tarde. Assim, quando visitar Pompeia, poderá ter à disposição um conjunto diferente de casas abertas ao público. Há também uma casa em Pompeia que só abre em cada dia da semana. Pode encontrar aqui informações sobre Pompeia, incluindo o download do mapa dos lugares abertos ao público em Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

1. Visitar o Teatro Grande de Pompeia

O Teatro Grande de Pompeia foi o primeiro edifício da cidade a ser escavado das cinzas e é um dos edifícios mais emblemáticos da cidade. Ali aconteciam representações da comédia e tragédia na tradição greco-romana do teatro. Quando visitámos Pompeia estava inacessível, sendo apenas possível ver de fora e um pouco de longe.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

2. Visitar o Quadripórticos dos Teatros

Junto ao Teatro Grande de Pompeia, encontra-se uma área quadrangular, rodeada de 74 colunas, que serviu de salão de entrada onde os espectadores se reuniam entre espectáculos, ou seja, um “foyer” ou hall de entrada. Após o terramoto de 62, serviu de quartel dos gladiadores.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

3. Visitar o Teatro Pequeno de Pompeia

O Teatro Pequeno de Pompeia era dedicado a espectáculos de música e canto, e era tapado por um tecto para ter uma acústica melhor. Quando visitámos estava fechado, sendo apenas possível ver de fora.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

4. Visitar a Casa do Criptopórtico em Pompeia

Esta casa em Pompeia deve o seu nome a um corredor interno que é ricamente decorado com frescos representando Sátiros e Bacantes, assim como cenas da Guerra de Tróia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

5. Visitar a Casa dos Amantes em Pompeia

O nome desta casa de Pompeia deve-se a uma inscrição no seu interior “Como abelhas, os amantes levam uma vida tão doce como mel”, e ali poderá admirar alguns belos frescos.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

6. Visitar a Casa de Ephebe em Pompeia

Esta casa pertencia provavelmente a um comerciante de vinho, e contém uma pequena capela no jardim para adoração, com uma grande pintura de Marte e Vénus.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

7. Visitar o Thermopolium de Vetutius Placidus

Visível do exterior, esta casa de comércio servia comida quente e bebidas aos clientes, e pode ver-se os lugares onde as jarras com a comida eram mantidas. Por trás pode admirar uma pintura com os deuses que apadrinhavam a loja.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

8. Visitar a Casa de Paquius Proculus

Esta casa de Pompeia estava fechada quando visitámos mas podemos ainda assim admirar alguns dos seus mosaicos no chão, nomeadamente da figura de um cão.

NOTA: Nesta zona encontra-se a Casa de Menandro, uma das mais ricas e bem preservadas de Pompeia, mas estava fechada quando visitámos. Não deixe de visitar esta casa quando estiver em Pompeia.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

9. Visitar o Anfiteatro de Pompeia

O Anfiteatro de Pompeia é o exemplar mais antigo do mundo romano, datado de 70 a.C. Está localizado numa zona periférica de Pompeia para facilitar o movimento de milhares de espectadores, que ali acorriam para assistir à luta de gladiadores.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

10. Visitar Lupanar, um bordel em Pompeia

Esta casa de Pompeia era, na realidade, um prostíbulo (“Lupa” é latim para prostituta). Ali poderá admirar alguns frescos representando posições sexuais, algo como um “cardápio” dos serviços ali prestados.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

11. Visitar a Casa do Fauno em Pompeia

A Casa do Fauno, uma das mais ricas de Pompeia, e deve o seu nome a uma estátua encontrada no jardim. Ali poderá admirar uma cópia do famoso mosaico que representa a decisiva batalha entre Alexandre, o Grande, e o rei persa, Dário. Os originais do mosaico e estátua estão no Museu Arqueológico Nacional, em Nápoles.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

NOTA: Perto da Casa do Fauno, encontra-se a Casa dos Vetti, uma das mais famosas de Pompeia, com ricas pinturas. No entanto, quando visitámos, encontrava-se fechada.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

12. Visitar a Casa do Poeta Trágico

Na Casa do Poeta Trágico poderá admirar um mosaico com a inscrição mais antiga que se conhece de “CAVE CANEM” (“Cuidado com o cão”), e a representação do referido animal. O mosaico original está no Museu Arqueológico Nacional, em Nápoles.

NOTA: Nós não tivemos tempo, mas quando visitar Pompeia, não deve deixar entrar na Villa dei Misteri, no extremo norte da cidade.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

13. Visitar os Banhos Stabian (Terme Stabiane)

Os Banhos Stabian têm esse nome pois encontram-se no cruzamento de duas das principais vias de Pompeia, a via dell’Abbondanza e a Via Stabiana, e são dos exemplares mais antigos que se conhece do mundo romano. A prática dos banhos públicos era comum, sendo feita a separação de género. Em Pompeia ainda se pode observar o que restou do complexo dos homens, em torno de uma grande pátio, consistindo na piscina, e os edifícios do apodyterium (vestiário), frigidarium (banhos frios), tepidarium (banhos mornos) e calidarium (banhos quentes).

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

No recinto, ainda é possível ver em exposição um dos moldes de corpos humanos das vítimas de Pompeia, sendo este em particular muito sugestivo e impressionante, pois é o de uma mulher (escrava) que se terá tentado proteger deitando-se no solo e tapando a cara com o braço.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

13. Visitar o Fórum de Pompeia

Na parte mais importante e nobre de Pompeia, o seu Fórum Cívico, irá encontrar os templos mais importantes e outros edifícios emblemáticos, tais como o Templo de Júpiter, que protegeria o tesouro público de Pompeia, e o Santuário de Apolo, um dos locais de veneração mais antigos de Pompeia, e ainda o Macellum, o mercado de carne e peixe.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Dali, também terá a vista mais fotografada de Pompeia, com o Templo de Júpiter em primeiro plano e, em segundo plano, o causador da sua destruição, o Monte Vesúvio.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

14. Visitar a Basílica de Pompeia

A Basílica de Pompeia era o maior espaço em redor do Fórum e era dedicado à administração de justiça e trocas comerciais. Mais tarde, a arquitectura deste edifício influenciou o desenho das basílicas paleocristãs.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

15. Visitar o Santuário de Vénus

Vénus era a deusa padroeira de Pompeia e o seu santuário era um dos locais de veneração mais importantes da cidade, estando localizado num terraço artificial com vistas sobre a Baía de Nápoles. Resta muito pouco, uma vez que o santuário ainda estaria em reconstrução (por causa do terramoto de 62) aquando da erupção de 79.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

16. Visitar o Antiquarium de Pompeia

O Antiquarium em Pompeia foi construído no século XIX para ser um museu in loco, e actualmente, passados anos de remodelação, é isso mesmo. Ali poderá admirar frescos retirados de várias casa de Pompeia, como a Casa de Menandro.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Mas a principal atracção do Antiquarium é, sem dúvida, os moldes em gesso de vários habitantes de Pompeia, com a forma dos seus últimos instantes de vida, incluindo crianças.

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

NOTA: Nós não tivemos tempo (devido a um contratempo no Monte Vesúvio) de visitar Herculano e Oplontis, uma vila em Torre Anunziata, mas estes são belos testemunhos de outras cidades que sofreram o mesmo destino de Pompeia, por isso se tiver tempo quando visitar Pompeia, não deixe de passar por estes locais (mas não no mesmo dia para não ser demasiado cansativo).

VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Se vai viajar para a Sicília juntamente com Pompeia pode ver estes artigos no nosso blogue

  • VISITAR A SICÍLIA – Se pretende fazer um roteiro para visitar a ilha Sicília veja este artigo. Desde o Etna, Catânia, Taormina e Palermo, passando pelas ilhas Eólias. Um roteiro cheio de dicas de para conseguir viajar de forma totalmente independente na Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
  • ROTEIRO PELOS VULCÕES DE ITÁLIA – Se pretende fazer um roteiro para visitar os vulcões de Itália veja este artigo. Desde o Etna, Vulcano, Stromboli até ao Vesúvio e Capri, há muitos vulcões de Itália para descobrir na Sicília. Um roteiro pelos vulcões de Itália cheio de dicas de alojamento e transporte para conseguir viajar de forma totalmente independente. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR CATÂNIA – Tudo o que precisa de saber para visitar a Catânia está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar a Catânia, o que ver e fazer, roteiro de um dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade da Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR TAORMINA – Tudo o que precisa de saber para visitar Taormina está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Taormina, o que ver e fazer, roteiro de um dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade da Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR ETNA – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar o Monte Etna, um dos vulcões da Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR AS ILHAS EÓLIAS – Um artigo bastante completo com dicas práticas para visitar as diferentes ilhas do arquipélago das Eólias com vários vulcões da Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR LIPARI – Se está a pensar visitar a ilha de Lipari, nas ilhas Eólias, encontrará neste artigo tudo o que necessita, nomeadamente dicas de alojamento, transporte para chegar e para se deslocar na ilha, restaurantes e o que ver e fazer em Lipari. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR STROMBOLI – Se está a pensar visitar a ilha de Stromboli, nas ilhas Eólias, encontrará neste artigo tudo o que necessita, nomeadamente dicas de alojamento, transporte para chegar e para se deslocar na ilha, restaurantes e o que ver e fazer em Stromboli. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR A ILHA VULCANO – Se está a pensar visitar a ilha de Vulcano, nas ilhas Eólias, encontrará neste artigo tudo o que necessita, nomeadamente dicas de alojamento, transporte para chegar e para se deslocar na ilha, restaurantes e o que ver e fazer em Vulcano. Excelente para combinar com Pompeia.
  • VISITAR PALERMO – Tudo o que precisa de saber para visitar Palermo está neste artigo cheio de dicas práticas para visitar Palermo, o que ver e fazer, roteiro de um dia, dicas de transportes, alojamentos e tours e excursões na cidade da Sicília. Excelente para combinar com Pompeia.
VISITAR POMPEIA -  As ruínas da cidade romana

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.