Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

O Agostinho desapareceu no deserto? O dia começou cedo e cheio de emoção. Depois de nos levantarmos e de nos dirigirmos para a burra, começámos a organizar as coisas para sair e constatámos que o Agostinho estava desaparecido. Tinha-o visto pela última vez em frente ao curral a fazer festas no camelo macho. Depois disso, não o vimos mais. Inicialmente pensámos que seria brincadeira mas vários minutos depois começámos a ficar seriamente preocupados. Percorremos a aldeia de Garmeh a pé e de carro. Berrámos pelo nome do Agostinho desde o curral dos camelos, às ruínas de adobe da aldeia velha, passando pelas ruas empoeiradas e pelos oásis cheios de palmeiras. Não havia sinais do Agostinho. Durante mais de meia hora imaginámos mil e um cenários possíveis mas não sabíamos exactamente o que fazer. Tentámos telefonar-lhe mas ele não atendia. O telemóvel tocava mas não havia resposta. Enviámos mensagens. Nada. Começámos a achar super estranho. Os nossos corações palpitavam e tememos pela segurança do Agostinho.

O Zé resolveu percorrer a aldeia à pé, para cima e para baixo, duas vezes. Eu tentava telefonar-lhe, em vão. O Eduardo e o Rui batiam a aldeia de carro. Nada. Não havia sinais do Agostinho. Tinha desaparecido completamente.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Os raios do início da manhã iluminavam as paredes de abode das casas. Os primeiros aldeões saiam para trabalhar nos campos. Ninguém falava inglês. Agora sinto-me envergonhada, mas na altura ponderei que podesse ter sido raptado ou algo do género. Felizmente, quase uma hora depois aparecia. Estava na entrada da aldeia e tinha caminhado até lá, esperando-nos. Foi aí a nossa primeira discussão. O Rui não aguentou a pressão e “explodiu”. Os minutos seguintes foram de silêncio mas alguns minutos depois já estava tudo resolvido. Seguimos viagem.

A estrada entre Khur e Tabas é verdadeiramente fenomenal. Parámos nas planícies salgadas, uma espécie de deserto de sal, não tão impressionante como o Salar de Uyuni, na Bolívia, mas irrealmente impressionante ao ponto de nos fazer babar de contentamento. Magnífico!

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Parámos, corremos, brincámos, rimos, gritámos, atirámos pedras, dissemos asneiras, aliviámos as emoções contidas e as frustrações escondidas. Quinze minutos depois estávamos todos mais leves e com a alma lavada. Voltámos à estrada para parar pouco tempo depois, no deserto de areia, cheio de ergs e dunas de fazer encantar o mais descrente dos mortais.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

O calor era tal que a água nos escorria pelo corpo, tornando o nosso dia desconfortável desde o momento em que colocávamos o pé fora das paredes de casa. As máquinas fotográficas não embaciavam, mesmo quando tentávamos bufar-lhes para as limpar. O calor é intenso e a temperatura ao sol há muito que ultrapassou os 50ºC.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Seguimos em direcção a Tabas, onde almoçámos num boteco de beira de estrada, algo como kebab e frango. Mas a verdadeira surpresa veio do mausoléu da cidade. Um lugar verdadeiramente encantador, arquitectonicamente semelhante a Mazar-e Sharif, no Afeganistão. Vesti um chador emprestado por uma das zeladoras do mausoléu e entrei. Fiquei encantada com a devoção.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Era hora de seguir viagem. À hora de almoço redefinimos os nossos objectivos do dia: íamos tentar alcançar Mashhad nessa noite e assim conseguir um dia de avanço em relação ao planificado. Demos tudo por tudo e nesse dia fizemos quase 800 km. Os últimos quilómetros foram percorridos já de noite e o trânsito caótico de Mashhad contrastava com a quietude que tínhamos testemunhado no deserto.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Varis recebeu-nos na sua humilde Guesthouse coberta de tapetes persas. Um pouco mercantilista demais para os padrões iranianos, talvez fruto do facto de ter vivido vários anos na Europa, arranjou-nos um quarto para pernoitar e serviu-nos um belo chá iraniano aromatizado com canela. Uma delícia bem quente para nos aquecer depois de um dia completamente escaldante atravessando o deserto iraniano.

Dia 20 – Sobreviveremos ao DESERTO DO IRÃO 🇮🇷 tal como os mercadores na Rota da Seda? | Crónicas do Rally Mongol

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.