Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão

Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão

Depois de uma noite passada no autocarro, vindos de Shiraz, o cansaço fazia-se já sentir quando chegámos a Teerão, por volta das seis da manhã. A noite era ainda cerrada e resolvemos ir para a sala de espera do terminal de autocarros até que o sol nascesse.

Saímos por volta das oito da manhã e apanhámos um táxi até à estação de metro. De lá seguimos para o centro da cidade e resolvemos procurar por um sítio onde pudéssemos deixar as mochilas grandes durante o dia. Depois de algumas tentativas falhadas, o recepcionista do hotel Mashad acedeu ao nosso pedido, em troca de uma pequena quantia.

Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão

Depois de termos comprado pão, e tomado o pequeno almoço na rua, seguimos a pé para visitarmos a Madrassa va Masjed-e Sepahsalar mas só depois de lá chegarmos, e sermos escorraçados por um porteiro mal encarado, é que reparamos no guia que só está aberta à 6ª feira (e só para homens). De lá, fomos para o bazar, onde andamos mais ou menos perdidos no labirinto de ruas e vielas que constituem este “centro comercial”. O contraste com o bazar que tínhamos visto durante o Nowruz era, claro, evidente. O movimento de pessoas é constante, assim como a vontade da Carla em tirar fotos!

Bazar de Teerão no Nowruz
Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão
Bazar de Teerão habitualmente.

Estava já na hora de almoço, por isso resolvemos voltar ao agradável parque Shahr, onde comemos o que trazíamos na mochila e onde aproveitámos para descansar um pouco à sombra das árvores. Se não fosse um guarda vir dizer-nos que não era permitido deitar-se na relva, tínhamos dormido a sesta mesmo ali!

Resolvemos ir visitar a torre Azadi, uma das imagens icónicas de Teerão. Para chegar lá, apanhámos o metro e depois uma pequena viagem de táxi, no final da qual o taxista fez questão de não receber dinheiro pela viagem. Claro que nós sabíamos que é um costume do país chamado Ta’arof (embora agora pouco comum entre taxistas…) por isso tive de insistir até que ele aceitasse! O monumento, erigido para comemorar os 2500 anos da civilização persa, é realmente impressionante, com uma bela arquitectura, combinando a modernidade com elementos clássicos. Queríamos subir, para ter uma visão panorâmica da cidade, mas à entrada tivemos uma pequena surpresa. No guia, o preço por pessoa era de 6 000IR, mas quando o porteiro nos disse o preço até tive de pedir para ele repetir: 120 000IR, equivalente a aproximadamente 6 euros, e correspondendo a um aumento de 1000%! A inflação no Irão anda assim… Principalmente para os turistas (mas não só…). Como estávamos em contenção orçamental, resolvemos ver só por fora.

Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão

Regressamos da mesma forma, e fomos de metro até à praça Ferdosi, descendo a rua Ferdosi em busca de um “coffee-net”, onde poderíamos relaxar um pouco e, quem sabe, actualizar o “Viajar entre Viagens”. Encontrámos um estabelecimento, mas, como já esperávamos, nada de blogs ou facebook. Sendo assim, demoramos lá pouco tempo e regressamos ao bazar, pois a Carla ainda não estava completamente satisfeita e ainda tinha algumas compras por fazer.

Como o aeroporto fica bastante longe da cidade, e o trânsito por aqui é famoso pela sua intensidade, resolvemos que iríamos buscar as mochilas ao fim da tarde e apanharíamos um táxi para o aeroporto na zona da praça Imam. Mais vale prevenir do que remediar… O senhor do hotel Mashad foi super simpático e até nos ajudou a arranjar um táxi e regateou o preço por nós! Conseguimos assim um desconto que não estávamos à espera, e confirmamos mais uma vez que o principal “highlight” deste país é mesmo a hospitalidade dos seus habitantes!
Após cerca de uma hora de viagem, chegámos ao aeroporto internacional Imam Khomeini. Estava na hora de regressar a casa…
Explorando TEERÃO e o adeus a um país magnífico | Irão

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

5 Comentários

  1. Nós temos uma página no facebook. Chama-se Viajar entre Viagens. Se quiseres podemos falar por mensagem por lá.

  2. ando a preparar uma viagem ao irão e este blog apareceu-me que nem ginjas 😛
    vou precisar de vos fazer um montão de perguntas, de certeza.
    (como vos posso contactar?)
    🙂

  3. Foi uma viagem de descoberta. A descoberta de um mundo novo… 😉

  4. Foi, sem dúvida, uma grande viagem!
    INESQUECÍVEL!!!
    Parabéns pela "aventura" e pela partilha aqui no blogue!

  5. Anónimo diz: Responder

    eheh, o regresso dos guerreiros. grande viagem! vocês são muito peculiares 🙂
    bjs

    ana sofia

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.