Visitar Chak Chak… pinga, pinga… | Irão

Visitar Chak Chak... pinga, pinga... | Irão
No deserto rochoso de Dasht-e Kavir, praticamente suspenso na vertente rochosa está Chak Chak, o maior centro de peregrinações dos zoroastrianos. A religião zoroástrica é uma das mais antigas do mundo, tendo praticamente desaparecido da face da Terra, com excepção de alguns lugares na Índia e no Irão.
Visitar Chak Chak... pinga, pinga... | Irão
Esta religião foi uma das primeiras a desenvolver o ideal do monoteísmo e o ideal da luta do bem contra o mal, sendo o culto da luz e do fogo uma metáfora da luta entre o conhecimento e a ignorância. O símbolo da religião é o Fravahar, que representa o espírito que consegue atingir Deus após a morte. Diz-se que os 3 reis magos que adoraram e presentearam o nascimento de Cristo eram zoroastrianos. Os zoroastrianos seguem Zoroastro (ou Zaratrusta) que terá nascido entre 1000 a 1500 anos antes de Cristo.
Os fiéis acreditam que a Terra não deve ser conspurcada com restos mortais humanos, daí que não os enterrem (evitando assim a contaminação dos solos) e não os cremem (evitando a contaminação do ar). Para se desfazerem dos cadáveres, os zoroastrianos colocam os corpos nas designadas Torres do Silêncio, que são edifícios circulares, a céu aberto, onde os corpos ficam expostos e são comidos por aves necrófagas. Hoje, nas proximidades de Yazd, as Torres do Silêncio já não são utilizadas, ao contrário daquelas que vimos em Mumbai, na Índia. Os poucos zoroastrianos que ainda existem nas comunidades iranianas colocam os seus mortos em sepulturas cimentadas tentando evitar assim a conspurcação da Terra.
Visitar Chak Chak... pinga, pinga... | Irão
Entre 14 e 18 de Junho é a Chak Chak que rumam os peregrinos zoroastrianos para o festival anual. Fora dessa data, o local está mais ou menos deserto. Foi assim que nós o encontramos. Os edifícios que albergam os peregrinos estão vazios e apenas vimos algumas pessoas no Templo do Fogo de Pir-e-Sabz.
Vale a pena subir a montanha para desfrutar de uma vista fantástica sobre o vale. Chak Chak significa pinga, pinga. Diz a lenda que a princesa sassânida Nikbanuk refugiou-se neste local aquando da invasão árabe e, como não havia água, sacrificou os seus homens atirando-os pela ravina abaixo, começando a água a pingar. Hoje cai uma pinga dentro do templo mas não é suficiente para esquecer o calor abrasador que está lá fora. O uso do lenço no Irão é, para mim, um sacrifício, mas ainda mais nestes dias de calor em que me sinto como se estivesse de cachecol. Imaginar que estou numa queda de água e imaginar o som da água a pingar faz-me relaxar. Pinga, pinga, ou Chak Chak, está longe de ser um paraíso mas é definitivamente um lugar a visitar.
Visitar Chak Chak... pinga, pinga... | Irão

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

1 Comentário

  1. Obrigada pela partilha.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.