Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia

Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Uma das diferenças do norte da Gronelândia em relação ao sul é que, regra geral, os glaciares são muito mais difíceis de serem abordados. Como o glaciar de Ilulissat só pode ser observado do ar, resolvemos aproximar-nos mais de outro glaciar, mais a norte, o glaciar Eqi. Este também liberta gelo e icebergues, embora numa escala muito menor do que o de Ilulissat.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
No entanto, é possível observá-lo de perto, a partir do barco, ou de terra. Assim, fomos de barco em direcção ao norte, viajando cerca de 60 km pela baía de Disko e depois pelo fiorde de Ikerasak, que separa o continente da península de Alluttoq. A viagem demora 5 horas pois o barco é lento, mas dá para admirar com mais pormenor a paisagem, embora o céu nublado e o frio não ajudam ao convite a ir ao exterior do barco.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
O mar nos fiordes é sereno e de vez em quando os olhos fecham-se, mas o rebuliço dos turistas a admirar a paisagem não deixa margens para dúvidas: esta não é altura para dormir!
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
No final do fiorde, encontramos finalmente a face do glaciar Eqi. Com uma frente de aproximadamente 3 km de comprimento e uma altura acima de água que atinge 80 m, é um gigante à escala humana, difícil de descrever. Um segundo barco que seguia à nossa frente, e que se posicionou um pouco mais perto da parede de gelo, permitiu ser a escala que era necessária nas fotos, de modo a ter-se uma ideia melhor das dimensões do Glaciar Eqi.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Ainda assim, é apenas uma pequena língua de gelo que desce do enorme manto de gelo que cobre 80 % da superfície da Gronelândia, ou seja, equivalente a 20 vezes a área de Portugal continental.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Estamos parados 2 horas em frente ao Glaciar Eqi. A beleza do local é hipnotizante mas, mais do que isso, o Glaciar Eqi revela-se como fenómeno dinâmico, interagindo com a água e a paisagem circundante. O verão, com o consequente aumento da temperatura do ar e da água, levam a um maior degelo e fractura do gelo.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Longe da linha de água, o gelo derrete e alimenta com água os fluxos que lubrificam o Glaciar Eqi e mais tarde desaguarão no fiorde. No contacto com a água, o gelo perde estabilidade, fractura, desmorona e cai sobre as águas. A pressão enorme a que o gelo está sujeito (assim como o ar que nele está aprisionado), decorrente de anos e anos de compactação e compressão, é finalmente libertada, e quando o gelo quebra é como se estivéssemos sob uma tempestade, com o som dos trovões a ribombar nos nossos ouvidos, a trepidação sentida nos nossos corpos, e as ondas que depois se formam balouçando o nosso barco. É uma sensação única estar ao lado de um fenómeno natural desta grandeza.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Por fim, o barco afasta-se e dirige-se à margem. Nós ficaremos aqui por uma noite, num acampamento designado por Eqi Ice Camp, alojados numa cabana de madeira, cuja frente envidraçada nos permite deitar na cama e olhar para o Glaciar Eqi. Maravilhoso!
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Nesse mesmo dia, e aproveitando que não chovia (que se previa para o dia seguinte), fizemos um trek à moreia lateral que agora se adianta à frente do Glaciar Eqi e separa (quase por completo) um lago do fiorde. Para lá, demos a volta ao lago e subimos à moreia. Mais uma vez, permanecemos em silêncio, ouvindo apenas os sons emitidos pelo Glaciar Eqi, e tentando absorver aquela beleza.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
No caminho de regresso, resolvemos vir pela moreia adiante, confiantes que o caminho podia ser feito, mas conscientes que a água da lagoa, alimentada por um ribeiro e uma queda de água, teria de sair para o mar de alguma forma… Caminhamos sobre pedras e mais pedras, testemunhas silenciosas de onde o glaciar já andou e do seu poder de transporte e deposição de material.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
No fim da moreia vimos o que temíamos: uma abertura deixava passar a água da lagoa para o mar. No entanto, as inúmeras pedras no local permitiram-nos saltar de pedra em pedra até chegar ao outro lado. Tivemos sorte que a maré estava baixa e o nível da água não cobria as pedras… Caso contrário, teríamos de fazer todo o caminho para trás e ou então nadar! Felizmente tudo correu bem, mas os níveis de adrenalina subiram!
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Regressados ao acampamento, cozinhamos o jantar e fomos descansar, iluminados pela noite sem escuridão que ainda se faz sentir por aqui. Afinal tínhamos chegado ao ponto mais setentrional da nossa viagem: 69°, 46ˈ N! Mas o desejo de ir mais para norte ficou…
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Durante a noite, o vento forte e a chuva fizeram-se sentir mas estávamos confortáveis na nossa cabana virada para o glaciar. Gostamos do contacto com a natureza ao acampar e dormir na nossa tenda, mas o conforto de uma cama e de um ambiente aquecido, num local tão inóspito, também não é má ideia… Que o diga a empresa que explora as cabanas!
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
De manhã, o tempo continuava mau. Sendo assim, pusemos de parte mais caminhadas, tomamos o pequeno-almoço e voltamos para a cama, aproveitando as vistas deste local fantástico enquanto podíamos. às 12.00h, fizemos o check-out e às 14.00h o barco atracou para nos levar de volta a Ilulissat.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia
Há muitas formas de apreciar as paisagens de gelo, glaciares e icebergues, e esta é definitivamente uma que nós recomendamos! Dormir com o glaciar Eqi aos nossos pés foi assim, não só o ponto mais a norte da nossa viagem, mas também um dos pontos altos da nossa aventura por terras gronelandesas.
Visitar o GLACIAR EQI e dormir aos pés do Glaciar | Gronelândia

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.