CAP II: O passageiro enigmático – CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

Se não leu a Crónica nº1 desta aventura no Expresso do Oriente por ler aqui. O primeiro capítulo chama-se o desaparecimento. O capitulo 2 chama-se o Passageiro Enigmático.

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

CAPÍTULO 2 – O passageiro enigmático

A detetive Mota estava indignada. Era a terceira vez que se dirigia à estação de comboio de Belgrado para adquirir os bilhetes. Alguém estava realmente a tentar travá-los. Quando às 7h da manhã o guichet abriu, os dois detectives tentaram adquirir os bilhetes para Sófia. A empregada prontamente lhes informou que só às 10 h o poderiam fazer. Isso seria um contratempo. Os dois detectives tinham dedicado o seu dia de folga para conhecer Belgrado e agora viam-se envolvidos numa situação que poderia pôr em risco a sua chegada a Sófia e a Istambul. Pelas 10h regressaram à estação e nada. Os bilhetes são poderiam ser adquiridos às 13h!

– Estou a ficar intrigada. – afirmou a detective Mota.

– Isto parece-me muito suspeito. – Alguém está a impedir-nos de chegar a Sófia ou a Istambul. – Afirmou o detective Pinto. – A questão é porquê?!

Quando pela terceira vez os dois detectives voltaram à estação eram cerca das 14h. A empregada disse-lhes que teriam que entrar no comboio sem reserva e tirá-la com o revisor.

– Não. – Afirmou a detective Mota. – Necessitamos de reserva e de viajar em couchette. Já viemos aqui três vezes. O nosso dia para visitar Belgrado foi arruinado.

– Ok. Aguardem um momento. Vou tratar disso. – Disse a funcionária.

Passado alguns minutos, e entre conversas suspeitas em sérvio com outra funcionária, lá nos emitiu a reserva.

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

Eram 21 h e os dois detectives estavam na estação de Belgrado aguardando o embarque. Algo muito suspeito estava a acontecer. A carruagem 461 não aparecia no comboio. Só havia a carruagem 462. Abordaram o revisor da carruagem 461.

– Esta carruagem vai para Sófia? – Perguntou o detective Pinto.

– Sim, mostre-me o seu bilhete. – O bilhete é para a carruagem 461. – Referiu o detective Pinto.

– É esta. Não há problema. – Informou o revisor. – Pode entrar.

Quando entraram na carruagem, os dois detectives deram-se conta que não havia luz e o aquecimento estava desligado. Seria mais uma tentativa de homicídio, mas desta vez pelo frio?… Viajar com -5º C num comboio nocturno poderia ser mortal. Os detectives estavam conscientes do perigo que enfrentavam.

– O aquecimento não está a funcionar. Está muito frio aqui. – Informou a detective Mota ao revisor.

– Aguardem. A seu tempo será ligado. – Informou o revisor.

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

Ainda os dois detectives não estavam bem instalados e entrou um indivíduo altamente suspeito na sua carruagem. Um passageiro enigmático. Apresentou-se como australiano mas, rapidamente, o faro astuto da detective Mota percebeu que viajavam com um passageiro enigmático.

– Só pode ser ele. – Afirmou a detective Mota.

– Ele quem? – perguntou o detective Pinto.

– O diabo da Tasmânia. – Referiu a detective Mota.

– Percebeste quando ele disse que habitava numa ilha pequena a sul da Austrália? Só pode ser ele. Anda fugido há séculos. Há mesmo quem pense que é um ser mitológico.

– Teremos encontrado o diabo da Tasmânia no Expresso do Oriente? – Questionou-se o detective Pinto. – O que fará ele aqui? Para onde irá? Estará relacionado com o desaparecimento do casal belga?

– Tudo é possível. – Disse pensativamente a detective Mota.

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

As luzes acenderam-se e o aquecimento começou a funcionar. O comboio saía da estação de Belgrado a caminho de Sófia. Tudo indicava que o diabo da Tasmânia viajava no comboio. Seria seguro dividir o compartimento com tal ser?

– O que faz aqui? – Interrogou o detective Pinto.

– Vou a caminho de Sófia. Estava a estudar em Paris e aproveitei as férias de Natal para viajar.

O ar simpático do indivíduo não enganou a detective Mota. Podia parecer absurdo e improvável, mas não se pode fugir aos factos. Para a detective Mota havia a sensação de que isto era realmente muito mais simples do que parecia.

– Esta explicação parece-me plausível. – Disse o detective Pinto enquanto o australiano tinha ido à toilet. – No entanto, não podemos esquecer que estamos muito perto dos Cárpatos e por estes lados habitam seres vampirescos. Será que o suspeito se dirige para norte?

Quando chegou o australiano, o detective Pinto interrogou-o:

– Para onde vai depois de Sófia?

– Para nordeste, uma cidade chamada Varna, nas margens do mar Negro. – Respondeu o australiano.

Tudo parecia indicar que as suspeitas dos dois detectives eram fundadas. O ar começava aquecer dentro do compartimento e os dois detectives acabaram por adormecer. Devem ter sido drogados, porque só voltaram acordar em Sófia, com o comboio parado na estação e o revisor a gritar com eles.

– Sófia, têm que sair. – Disse o revisor.

– Precisamos de vestir-nos e arranjar-nos.

Vite, Vite.

O diabo da Tasmânia, o passageiro enigmático, tinha desaparecido no meio da multidão. O frio era insuportável e havia neve por todo o lado.

CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE - CAP II: O passageiro enigmático

Cansados, os dois detectives dirigiram-se a um hotel da cidade, depois de adquirir bilhetes para partirem nos dia seguinte, no Expresso do Oriente, em direcção a Istambul, a última paragem do mítico comboio. Conseguirão atingir o seu objectivo? 

CAPÍTULO III – Mistério resolvido

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão

Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui.

. Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

1 Comentário

  1. Claro que conseguem,mas têm que 1º apanhar o Australiano e apertar-lhe bem o "gargalete",não é deixá-lo ir, gabar-se de que escapou ileso aos Famosos Espiões do " Crime no Expresso-do-Oriente!!!!…

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.