VISITAR BOSTON – Roteiro para 3 dias de viagem BOSTON (lugares a visitar e dicas) | EUA

Roteiro para 3 dias de viagem Boston (lugares a visitar e dicas) | EUA

Vai de viagem Boston ? Boston é uma cidade bastante próxima de Nova Iorque. O seu papel central na história da Revolução Americana e na criação dos EUA, e o facto de lá se encontrarem algumas das melhores universidades americanas justificam largamente uma visita.

VISITAR BOSTON - Roteiro para 3 dias de viagem BOSTON (lugares a visitar e dicas) | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Se estiver a pensar viajar nos EUA veja estes nossos artigos

  • VISITAR NOVA IORQUE – Tudo mas tudo o que precisa de saber para visitar Nova Iorque, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • VISITAR AS CATARATAS DE NIAGARA – Tudo o que precisa de saber para visitar as Cataratas de Niagara do lado dos EUA e do Canadá.
  • VISITAR FILADÉLFIA – Tudo o que precisa de saber para visitar Filadélfia, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • MUSEUS DOS EUA PARA VER VAN GOHG – Os melhores museus dos EUA para ver as obras de Van Gogh.
  • VISITAR BOSTON – Tudo o que precisa de saber para visitar a cidade de Boston nos EUA, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • VISITAR CHICAGO – Dicas e tudo o que precisa de saber para visitar Chicago nos EUA, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.

Boston é uma cidade bastante próxima de Nova Iorque e pode muito bem ser apreciada numa visita combinada. A cidade merece algum tempo, mas dois ou três dias são suficientes (para quem tem pouco tempo). Se tem mais tempo, dedique-lhe 3 dias e guarde um quarto dia para visitar as universidades de Harvard e MIT.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Dicas gerais para Boston

– Visita o Museu de Belas Artes à quarta-feira depois das 16 h porque a entrada é “suggested donation”, o que significa que se pode dar 1$ (foi o que nós fizemos). – Marcar o hostel atempadamente pela internet porque permite escolher um hostel bem no centro da cidade; – Se tens cartão de estudante, cartão Jovem ou cartão de professor leva-o. Dá descontos nos museus e nos monumentos. – Use o City Pass de Boston.

  
Transportes em Boston

Como ir: De Nova Iorque para Boston há voos internos (algo que nós não usamos porque não gostamos), autocarros (bus) e comboio.   Há várias empresas de autocarro que fazem a ligação de Boston a Nova Iorque. Nós usamos a Megabus, uma companhia de bus Low Cost. Marcamos a viagem com algumas semanas de antecedência e conseguimos bilhetes a 3$/pessoa. O bus sai às 8 am de Nova Iorque. No entanto, não sai de um terminal de bus, sai de uma paragem na estrada – 34th street (entre a 11th e a 12th avenue) – onde existem umas tabuletas com o nome do destino e o símbolo da Megabus. Há muitas filas, porque é possível viajar com esta companhia para Washington, Niagara, Toronto, Filadélfia, etc. Basta procurar a tabuleta com o seu destino e aguardar a chegada do bus. Não convém chegar muito tempo antes quando está muito frio (erro que nós cometemos) porque a zona é completamente desabrigada e muito fria. Os autocarros são bons, confortáveis e seguros. A viagem demora cerca de 4 horas e o percurso é bonito. É uma excelente opção para viajar on a budget.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

  Há outras empresas que também fazem este trajecto, nomeadamente a Peter Pan Bus, a GoTo bus, Greyhound, Bolt Bus,Yo Bus (este sai de Chinatown), Wanderu ou Lucky Star (normalmente com bilhetes que rondam os 15$ – 30$).  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

  Outra das opções é o comboio. Os comboios são bons, rápidos mas bastante mais caros. Para se adquirir bilhetes com preço acessível é recomendável ir ao site da Amtrak e comprar com bastante antecedência. O bilhete entre Nova Iorque e Boston custam desde 49$ (para viagens de 4 a 5 horas de duração) e 109$ (para viagens com 3 horas e meia de duração). Os comboios saem da Penn Station, em Nova Iorque, e chegam a South Station, em Boston.  Há comboios a várias horas do dia. Pode-se fazer a pesquisa no site e inclusive comprar aí os bilhetes.   Dentro da cidade: Não há muitas opções para te deslocares dentro da cidade de Boston mas a cidade também não é muito grande e a rede de metro e de bus levam-te até aos principais locais.   Metro: Pode-se adquirir os passes diários (11USD) ou passes semanais (18USD). Os bilhetes individuais custam 2.5USD. No entanto, existe também a opção de comprar o Charlie Card (10.50USD – cartão de papel pré-pago para múltiplos usos com tarifa promocional) sendo que com esse cartão cada viagem fica por 2USD. As máquinas aceitam cartões de crédito.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

  O metro de Boston é o mais antigo dos EUA e foi construído em 1897. O metro funciona diariamente desde as 5 h 30 min da manhã até meia-noite e meia. Localmente é conhecido por T e é composto por quatro linhas: vermelha, azul , verde e laranja. Há quatro estações principais que fazem o cruzamento das várias linhas: Downtown Crossing, Government Center, Park St, e State. Orientar-se no metro é relativamente fácil já que sempre que nos dirigimos para o centro da cidade devemos seguir no sentido Inbound, sempre que nos dirigimos para fora da cidade seguimos o sentido Outbound.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Bus: A empresa que opera o metro de Boston é a mesma que opera o bus – MBTA, no entanto, a rede de bus é mais confusa. Há paragens de autocarro assinaladas nas ruas e os bilhetes são adquiridos da mesma forma que os do metro, embora com preços mais baratos (1.50USD). Para quem está em trânsito a partir do metro e usa o Charlie Card,o bilhete de bus é gratuito.   Barco: Boston localiza-se no estuário do rio Charles e nas margens da Boston Bay, onde se inicia o oceano atlântico. O barco é uma excelente opção de transporte para as povoações à volta da baía. Existem várias empresas que prestam o serviço de ferry na Baía de Boston, mas também para outras áreas na costa de Massachusetts.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Bay State Cruise Company: Opera serviço entre Boston e Provincetown a partir do Commonwealth Pier. O bilhete do Fast Ferry custa 56 USD e sai de Boston 8h30, 13h e 17h30m e de Provincetown 10h30, 15h e 19h30 (diariamente de Maio a Setembro). A viagem demora uma hora e meia. O ferry tradicional custa 23 USD mas só opera ao sábado e sai às 9 h de Boston e às 3h30 de Provincetown (demora 3 horas).   Boston Harbor Cruises: Opera serviço entre Boston e Provincetown a partir do Long Wharf Pier. O bilhete custa 56 USD e sai de Boston às 9h e 14h (diariamente) e 18h30 (Quinta a Domingo de Junho-Agosto). Sai de Provincetown às 11h e 16h (diariamente) e 20h30m (Quinta a Domingo de Junho-Setembro).   MBTA (serviço de transportes urbanos que gere o metro e o bus de Boston) tem também sistema de ferries. É possível apanhar o ferry em Charlestown Navy Yard (no final do Freedom Trail) e Long Wharf (próximo do aquário). O bilhete custa 3 USD e funciona das 6h30 às 20h, de Segunda a Sexta, e das 10h às 18h aos finais de semana.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

 

Alojamento em Boston

Há várias opções de hostels em Boston. Nós optamos pelo mais barato, embora suspeite que não seja o melhor. Ficamos no 40 Berkeley Hostel, próximo da estação de metro de Black Bay (linha laranja). O hostel ocupa um edifício antigo que já terá sido um hotel. O hostel é bastante espartano (até parece que estamos na Rússia) mas tem um mega pequeno-almoço, boa localização e quartos confortáveis. O quarto duplo custa 100 USD. Para além disso, receberam-nos com umas bolachinhas caseiras maravilhosas!  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Onde Comer?

Comer bem em Boston não é difícil e não há que dar grandes dicas, basta aventurar-se em Chinatown ou experimentar os vários restaurantes típicos especialmente na zona The North End, o bairro italiano da cidade. Nós em Chinatown resolvemos experimentar um restaurante vietnamita. Já algum tempo que andávamos com saudades de comer Pho e resolvemos aproveitar que Boston tem um dos restaurantes vietnamitas mais conceituados dos EUA – Pho Pasteur. Já era bem tarde quando aqui fomos comer (22h) e o jovem que nos atendeu estava com pouca vontade de nos dar de comer mas lá fez esse esforço. A comida não é má mas não nos preencheu as medidas. Estávamos com saudades do verdadeiro Pho de Ho Chi Minh e não o encontramos aqui. Serviu, no entanto, para comer bem.  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

  Um clássico em Boston é Quincy Market, um lugar incontornável e uma óptima opção para almoçar na cidade. O Rui lá experimentou mais uma pizza, mas a Carla resolveu experimentar chowda, uma sopa típica de Boston. Haviam opções muito mais interessantes disponíveis mas só descobrimos depois de comer!  

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA
DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

Numa das refeições de rua encontramos uma cadeia de sandwiches de queijo fantásticas – Cheeseboy. As sandes fazem-nos lembrar as maravilhosas tostas mistas portuguesas. Fomos aqui duas vezes, uma no Freedom Trail, outra na South Station. 

DICAS de viagem para visitar BOSTON e aproveitar tudo na cidade | EUA

O que visitar?

Freendom TrailNew England Aquariun e observação de baleiasHarvard e MITMuseu de Belas Artes (Museum of Fine Arts)Prudencial Tower (observatório) 


Primeiro dia de viagem Boston

Dedique o dia à história da cidade na revolução contra os ingleses, e percorra o Freedom Trail, sinalizado por uma linha vermelha nos passeios, que vai passando por locais e edifícios emblemáticos do período revolucionário. Passe pela Old State House, de cuja varanda foi lida publicamente pela primeira vez a Declaração da Independência, almoce no Quincy Market, visite a Old North Church, embarque no USS Constitution, o mais famoso navio da época gloriosa da revolução, e termine na Bunker Hill, local da famosa batalha e hoje sinalizado pelo Bunker Hill Monument, um obelisco com vistas para a cidade.

FREEDOM TRAIL – Descobrir a Boston revolucionária

Boston é a cidade onde a Revolução Americana deu os seus primeiros e hesitantes passos. O que não é de estranhar, uma vez que era a maior cidade das 13 colónias, e onde se sentiam mais os efeitos da imposição de pesados impostos pelos ingleses sobre as colónias. Entre meados da década de 60 do século XVIII, e início da década de 70, a potência colonial que acabara uma guerra e estava sedenta de novos capitais, via os impostos sobre as trocas comerciais nas colónias como a via de salvação.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

O Stamp Act e os Townshend Acts faziam crescer o descontentamento geral e a hostilidade para com os oficiais e administrativos ingleses, sendo o grito de revolta “No taxation without representation“. Em 1770, a violência irrompeu numa manifestação, registando-se as primeiras vítimas, num evento mais tarde chamado (de uma forma caracteristicamente americana e exagerada) The Boston Massacre. Três anos mais tarde, foi a vez da Boston Tea Party (um título mais imaginativo), quando um grupo de patriotas (ou terroristas, conforme o lado que analisava) invadiu 3 barcos da British East India Company, a única companhia com permissão para vender chá nas colónias, e deitou a sua carga ao mar no porto de Boston. Este acto de desafio e insurreição levou os ingleses a fechar o porto de Boston e a declarar a lei marcial, mas os ânimos não só não sossegaram como se inflamaram mais.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

Em Junho de 1775, depois de algumas escaramuças, deu-se a primeira batalha da Revolução, a batalha de Bunker Hill, hoje nos arredores de Boston. Apesar dos resultados terem sido catastróficos para os rebeldes, era o início de um caminho que levaria a uma tomada de decisão unificada, expressa na Declaração da Independência, cerca de 1 ano depois.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA
Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

Em Boston, é possível fazer um percurso pedestre, denominado Freedom Trail e sinalizado por uma linha vermelha nos passeios, que vai percorrendo a cidade e passando por locais e edifícios emblemáticos do período revolucionário. Compre o City Pass e lance-se à aventura. Começando perto da Massachusetts State House, a nova sede do poder após a revolução, passa pela Old State House, a sede do poder inglês, de cuja varanda foi lida publicamente pela primeira vez a Declaração da Independência, e cuja praça em frente foi o local do The Boston Massacre.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA
Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

    Dali podemos visitar Faneuil Hall, um local de encontro público, onde se faziam discursos patrióticos  inflamados, e também mercado da cidade. Hoje é vizinho do Quincy Market, uma óptima escolha para uma pausa para almoço.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA
Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

    Para a frente, podemos ainda visitar a Old North Church, de onde os rebeldes foram avisados que os ingleses marchavam sobre as cidades de Lexington e Concord. Na Copp’s Hill, podemos encontrar um cemitério onde se encontram enterrados heróis da revolução.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA
Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

Atravessando o rio, já em Charlestown, podemos  entrar a bordo do USS Constitution, o mais famoso navio da época gloriosa da revolução, tendo participado vitoriosamente na guerra de 1812 com a Inglaterra, e sendo ainda hoje oficialmente um navio de guerra da marinha norte-americana.

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA
Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

O percurso acaba com uma visita à Bunker Hill, local da famosa batalha e hoje sinalizado pelo Bunker Hill Monument, um obelisco com vistas para a cidade. Os rebeldes foram derrotados, mas as perdas do lado inglês foram tais que esta batalha inspirou confiança e foi tomada como um prenúncio de triunfos futuros. E, como em muitas outras ocasiões, o tradicional optimismo norte-americano tinha boas razões de o ser! Mas a lenta e progressiva construção da actual maior potência mundial tinha apenas começado…

Descobrir Boston ao longo do FREEDOM TRAIL - Boston revolucionária | EUA

SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston

Acabe o dia subindo à Prudential Tower e desfrute de uma vista de 360 graus sobre Boston, Cambridge e arredores no Skywalk Observatory. Ali, aproveite para também visitar o Dreams of Freedom Museum que retrata a importância dos emigrantes no passado e presente de Boston.

Roteiro para 3 dias de viagem Boston (lugares a visitar e dicas) | EUA

A Prudential Tower é um arranha-céus em Boston, com 229 m de altura, e 52 andares. Concluído em 1964, não é hoje o edifício mais alto de Boston, mas é aquele que atrai mais visitantes, principalmente porque no seu topo podemos apreciar uma vista de 360 graus sobre Boston, Cambridge e arredores. Skywalk Observatory é o lugar em Boston.

Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA

Do topo podemos admirar o centro financeiro da cidade, com os seus característicos arranha-céus, mas também a zona do porto, a zona ribeirinha, e Cambridge, com a sua atraente arquitectura e disposição. Aliás, a própria cidade de Boston denuncia claramente as suas raízes coloniais no que toca ao estilo das construções e ao seu ordenamento.

Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA
Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA

A propósito, no mesmo local pode também visitar-se o Dreams of Freedom Museum que retrata a importância dos emigrantes nesta cidade, em que um em cada três habitantes nasceu fora do país e onde se falam mais de 140 línguas!

Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA
Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA
Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA

Além disso, no próprio observatório, funciona também o restaurante Top of the Hub. Aqui poderão apreciar uma refeição “with a view”, se tiverem uma carteira preparada para voos altos!

Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA
Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA

Dados práticos para o Skywalk Observatory:Horário: está aberto 365 dias por ano, desde as 10.00 am até às 8.00 pm (4 de Novembro a 10 de Março); desde as 10.00 am até às 10.00 pm (11 de março a 3 de Novembro); a última entrada é meia hora antes do fecho. Preço: $16/adulto, $9/jovem (até 12 anos),
Como comprar: É possível comprar os bilhetes no quiosque do observatório na Prudential Arcade ou na entrada, localizada no 50º andar na Prudential Tower. Existem outras opções de ingresso, tais como adquirindo o Boston CityPASS..  

Subir ao SKYWALK OBSERVATORY, uma vista 52 andares acima das ruas de Boston | EUA

Segundo dia de viagem Boston

Visite o Museum of Fine Arts de Boston, um dos 5 maiores museus dos EUA, com diversas e extensas colecções, mas tendo como maior atracção a colecção de pintura e escultura europeia.

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON

O Museum of Fine Arts (Museu de Belas Artes) de Boston é um dos 5 maiores museus dos EUA. O seu acervo contém mais de 450.000 objectos, sendo a segunda maior colecção permanente de obras de arte do país (a seguir ao Metropolitan de Nova Iorque).

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

O Museum of Fine Arts foi criado em 1870 mas está alojado num edifício de estilo clássico que data de 1909. A maior atracção para os visitantes é a colecção de pintura e escultura europeia, começando nos pintores holandeses, entre os quais se destaca Rembrandt, e culminando nas obras impressionista, que foram talvez primeiro realmente apreciadas por compradores americanos.

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA
Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

Pintores como Millet, Manet, Renoir, Monet e Van Gogh encontram-se bem representados numa colecção invejável, cujos pontos fortes serão exibidos numa nova galeria do museu a inaugurar hoje (4 Junho 2014).

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA
Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

A colecção do Extremo Oriente é outro dos pontos altos de qualquer visita, sendo uma das maiores do mundo, e salientando-se a arte japonesa, evidenciada por exemplo no Japanese Temple Room. Outra atracção é a colecção egípcia, resultante de escavações feitas no início do século XX, com a colaboração da Universidade de Harvard, assim como as colecções relativas ao Médio Oriente, cobrindo as civilizações assíria, babilónica e suméria.

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA
Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA
Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

Na arte clássica, destacam-se a cerâmica grega e o frescos romanos, alguns dos quais desenterrados em Pompeia. O Museum of Fine Arts é também conhecido pela sua extensa colecção de artes decorativas, nomeadamente mobiliário, cerâmica e vidraria, a maior parte de origem americana, instalada agora numa nova secção do museu.

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

Mas foi na colecção de arte nativa americana do Museum of Fine Arts que encontramos um “tesouro escondido”… Nada mais, nada menos, do que um vaso dos Sete Deuses, do qual tínhamos falado aquando da nossa Rota dos Maias!

Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA
Visitar o MUSEU DE BELAS ARTES DE BOSTON | EUA

Dados práticos:Horário: Segunda e Terça-Feira, Sábado e Domingo, 10.00-16.45h
Quarta a Sexta-Feira, 10.00-21.45h
Preço: 25 USD (adulto); 23 USD (estudante); 10 USD (jovens 7 a 17 anos de idade, grátis nos dias de semana a partir das 15.00h); donativo sugerido, Quarta-Feira, a partir das 16.00h. Pode comprar o CityPass Boston.

DICA: Aproveite, se possível, o período de donativo sugerido, Quartas-Feiras, a partir das 16.00h.

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON – Nature vs History em Boston

Visite o New England Aquarium, no porto de Boston, e maravilhe-se com a beleza e diversidade da vida marinha aí exposta, em particular no tanque gigante, com espaço até para mergulhadores.

Roteiro para 3 dias de viagem Boston (lugares a visitar e dicas) | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

Quando chegamos a Boston, eu e o Rui tínhamos objectivos claramente distintos. O Rui estava entusiasmado por pisar e conhecer os lugares da Revolução Americana. Eu confesso que achava que ia ser “uma seca”. Estava mais interessada em explorar as baleias e o aquário, já que Boston fica junto ao oceano Atlântico e é influenciado pela corrente fria do Labrador.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Foi difícil chegar a um consenso já que só tínhamos dois dias para conhecer a cidade. Mas, tudo se resolve, e dividimos os dias: cada um seria responsável por programar um dos dias em Boston. Seria então um Nature vs History.   Eu tinha feito alguma pesquisa na internet e sabia que em Abril era possível fazer passeios de barco para ver várias espécies de baleias na costa, nomeadamente baleia-jubarta, baleia-anã (minke), baleia-piloto e baleia-comum. Sendo assim, tratei de preparar a visita, acedendo ao site do New England Aquarium (aquário de Boston), já que são eles que operam estes passeios. Até o preço de 47$/pessoa agradou-me, assim como o horário. Os barcos saíam às 10 h da manhã do porto em frente ao New England Aquarium. Mas, nesta planificação eu cometi um erro. Sim, eu cometi um erro (tenho que o admitir por muito que me custe). Deixamos ficar o “nature day” para o segundo dia.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  De manhã, quando chegamos ao New England Aquarium  para comprar os bilhetes (que não é necessário comprar antecipadamente) haviam várias pessoas na fila mas todas saiam com as mãos a abanar. Não desistimos e lá continuamos. Quando chegou à nossa vez, descobrimos que as viagens de barco desta manhã tinham sido canceladas devido ao vento forte em alto mar. Fiquei desolada. A menina ainda me disse que podíamos ir amanhã, mas a verdade é que não podíamos. Não podíamos porque íamos nessa noite apanhar o comboio para Filadélfia (bilhetes comprados com bastante antecedência para conseguirmos bons preços).   Face a este desânimo, havia que “chuchar” o osso de compensação, íamos ter tempo para apreciar o New England Aquarium  de forma descontraída e apreciar o ritmo de vida em Boston sem pressas, sentando-nos no café da esquina, contemplando o ritmo de vida da população local ou mesmo entrar numa lojinha (algo que nós normalmente não fazemos. Sim, eu sei, não é normal).  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  O New England Aquarium  localiza-se no porto de Boston e não passa despercebido a ninguém. A entrada custa 24.95$/pessoa e é um dos lugares que merece uma visita tranquila. Logo na entrada fomos recebidos por várias focas que posaram para mim. Acho que sentiram que eu estava cabisbaixa e pouco entusiasmada por causa da observação das baleias. Fizeram algumas macacadas e até me fizeram rir. Quando chegaram outros turistas esconderam-se e eu achei imensa piada.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Dentro do aquário existem vários edíficios. No edifício principal existe um tanque circular gigante com várias espécies tropicais, nomeadamente tartarugas, peixes, corais, etc. Este tanque – Giant Ocean Tank – faz as delícias dos miúdos e dos graúdos.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Colei-me aos vidros para ver passar as tartarugas gigantes e, juntamente com os miúdos de 3 ou 4 anos, ri e vibrei de cada vez que elas passavam pela minha frente. Um dos pontos altos é quando os mergulhadores entram no tanque de 58 mil litros de água para o limpar. Como o tanque é circular e mede cerca de 8 metros de altura, à medida que vamos subindo vamos acompanhando a vida marinha a diferentes profundidades.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  À volta do tanque central existem vários tanques menores com diferentes espécies marinhas e até fluviais como uma enorme anaconda ou dragões marinhos.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Na base do tanque gigante existe uma área que alberga mais de 80 pinguins, sendo a maioria pinguins-africanos, uma espécie bastante ameaçada. Há também pequenos pinguins-azuis, a espécie mais pequena do mundo e originária da Oceânia. Mas, as verdadeiras estrelas da companhia são os pinguins rockhoppers  (pinguins com cristas) com uma ar gozão e descontraído. Até pareciam que estavam com vontade de se sentarem numa esplanada e beber um copo. Achei-os o máximo.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Numa das áreas laterais existe um tanque com raias e tubarões. As crianças ficam deliciadas com este tanque porque é possível colocar a mão dentro de água e tocar-lhes. Há raias gigantes do hemisfério sul (Uge-americana), gaviões-do-mar, raias amarelas e tubarão-peixe do mar do Coral.  

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  Por baixo das raias há vários tanques com medusas fantásticas. Umas são coloridas, outras florescentes; umas grandes, outras pequenas, mas todas são surpreendentemente belas. Fiquei maravilhada.    

Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA
Visitar o AQUÁRIO DE BOSTON - Nature vs History em Boston | EUA

  No exterior há uma piscina com vários leões marinhos. Quando lá estivemos eles estavam bastante preguiçosos.   No final da visita ao aquário vínhamos satisfeitos, mas a sensação de “derrota” não passou. O ambiente “artificial” nunca poderá substituir o habitat natural, nem para os animais, nem no grau de satisfação para quem os visita.       Dados práticosHorário: 9 h – 18 h (verão) 1 h – 17 h (resto do ano) – Aos sábados e domingos encerra uma hora mais tarde. Preço: 24.95$ Site do museu:https://www.neaq.org/index.php

DICA: Se for a época, aproveite os passeios de barco para observação de baleias


Terceiro dia de viagem Boston

Para finalizar o dia, e a visita a Boston, mergulhe na atmosfera académica da cidade, visitando a Universidade de Harvard, a mais antiga dos EUA (1636), e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), fundado em 1861, e hoje a mais famosa escola de engenharia do mundo. Para além de desfrutar da atmosfera universitária, pode visitar os museus da universidade de Harvard, por exemplo, o Fogg Art Museum e o Museu de História Natural, e admirar a bela arquitectura moderna dos edifícios do MIT.

DICA: Da baixa de Boston apanhe o metro para Harvard Square, do outro lado do rio, já na cidade de Cambridge.

Visitar HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston

A área metropolitana de Boston é provavelmente a região do mundo com propriedade intelectual mais valiosa do mundo. Aqui se concentram dezenas de instituições de ensino superior, entre as quais se distinguem a Universidade de Harvard, a mais antiga dos EUA (1636), e o Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.), fundado em 1861 e hoje a mais famosa escola de engenharia do mundo. Na realidade, nem uma nem outra, se encontram em Boston, mas sim do outro lado do rio Charles, numa cidade com o mesmo nome de uma congénere britânica, também famosa pela sua universidade, Cambridge.  

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

Da baixa de Boston apanhamos o metro para Harvard Square, o centro da universidade. A área ocupada pela universidade é enorme, mas o seu centro é a chamada Harvard Yard, onde podemos encontrar alguns dos locais mais emblemáticos. Entre os mais de 400 edifícios, sucedem-se os Halls (centros de ensino e investigação), igrejas, museus, bibliotecas e edifícios residenciais de alunos, cobrindo diversos períodos arquitectónicos, e alternando com espaços verdes e atraentes pátios.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA
Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA
Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

Começando pelo Massachusetts Hall (o edifício mais antigo), entra-se na Old Harvard Yard, um centro nevrálgico, de frente para o University Hall, com a estátua de John Harvard, o clérigo que doou a sua biblioteca pessoal à universidade e que lhe dá o nome.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

  No grande pátio que se abre em frente, podemos admirar a Widener Library (a terceira maior biblioteca dos EUA), a Memorial Church e o Sever Hall. Para além de admirar a bela arquitectura dos edifícios, e desfrutar da atmosfera universitária, os turistas têm nesta área outra grande atracção, os museus da universidade, por exemplo, o Fogg Art Museum e o Museu de História Natural.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

Atravessamos a Cambridge Street e entramos numa zona mais moderna, junto a Oxford Street, onde se encontra o Departamento de Física, onde figuras famosas da Física Teórica, como Julian Schwinger, Sidney Coleman e Steven Weinberg, fizeram investigação e deram aulas. Ainda visitamos o Jefferson Physical Laboratory, centro de investigação em Física de Partículas, onde provavelmente estudam as futuras “estrelas” da Física Teórica.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

Mas estava na altura de seguir em frente, ou melhor, de voltar para trás, apanhar o metro no sentido contrário e sair na estação antes do rio, para dar uma volta pelo M.I.T. Não tínhamos tempo para visitar edifícios por dentro, mas pudemos apreciar a bela arquitectura moderna da zona, da qual o exemplo mais famoso talvez seja o Stat Center, desenhado por Frank Gehry, e dedicado às ciências informáticas e cognitivas.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA
Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

E numa cidade como Boston onde o passado, presente e futuro se entrecruzam, é bem notória a aposta contínua ao longo dos séculos, por parte dos EUA, em permanecerem na vanguarda da investigação científica, atraindo as mentes mais brilhantes de todos os cantos do mundo, aposta essa que tem dado, e continuará a dar, valiosos frutos.

Visitar a Universidade de HARVARD e Massachusetts Institute of Technology (M.I.T.) em Boston | EUA

Transportes em Boston

A melhor opção é utilizar a rede de metro, a mais antiga dos EUA. Pode adquirir os passes, chamados CharlieCard, diários (12 USD) ou semanais (21.25 USD). Os bilhetes individuais custam 2.75 USD. A empresa que opera o metro de Boston, MBTA, é a mesma que opera os autocarros. Para quem está em trânsito a partir do metro e usa o Charlie Card, o acesso aos autocarros é gratuito.


Hotéis em Boston

Há muitas opções para se alojar em Boston. Convém ficar alojado perto do centro, na baixa, onde há boas opções de alojamento e não muito caros. Se procura alojamento económico, o HI – Boston Hostel é uma excelente opção. Se procura um hotel, os melhores (relação qualidade/preço) passarão necessariamente pelo Harborside Inn, o The Bostonian Boston, o Bricco Suites, e o Boston Harbor Hotel.

 

Se estiver a pensar viajar nos EUA veja estes nossos artigos

  • VISITAR NOVA IORQUE – Tudo mas tudo o que precisa de saber para visitar Nova Iorque, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • VISITAR AS CATARATAS DE NIAGARA – Tudo o que precisa de saber para visitar as Cataratas de Niagara do lado dos EUA e do Canadá.
  • VISITAR FILADÉLFIA – Tudo o que precisa de saber para visitar Filadélfia, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • MUSEUS DOS EUA PARA VER VAN GOHG – Os melhores museus dos EUA para ver as obras de Van Gogh.
  • VISITAR BOSTON – Tudo o que precisa de saber para visitar a cidade de Boston nos EUA, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.
  • VISITAR CHICAGO – Dicas e tudo o que precisa de saber para visitar Chicago nos EUA, com roteiro dia à dia, lugares a visitar, dicas, onde comer, onde dormir, como se deslocar, etc.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão

Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui.

. Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

4 Comentários

  1. Fernanda Freitas diz: Responder

    Oi!! Adorei a dica, justamente por ficar pertinho de Nova York eu pensava em conhecer mas não sabia que tinham tantas atrações. O Museum of Fine Arts parece ser um máximo (melhor ainda sabendo dessa dica de ir nas quartas, rs).

    1. Carla Mota diz: Responder

      Sim, visitar Boston e aproveitar as quartas feiras é bem melhor. Sempre poupamos algum dinheiro, o que é óptimo.

  2. Mariana Menezes diz: Responder

    Adorei conhecer Boston. Também fui no Skywalk Observatory, pois adoro ver as cidades do alto, mas não fui no Museum of Fine Arts. Espero voltar e visitar os lugares que não tive oportunidade. 🙂

    1. Carla Mota diz: Responder

      Eu também gostei muito de visitar Boston. Foi uma agradável surpresa mesmo.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.