EL SALVADOR – Dicas para viajar no país mais perigoso América Central

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Visitar El Salvador é um desafio, mas um que será certamente recompensador. El Salvador é o país mais pequeno, e mais densamente povoado da América Central, e tem a sua quota parte de problemas a resolver, mas El Salvador parece querer um futuro melhor. Os salvadorenhos são a terceira comunidade mais numerosa nos EUA, mas o povo de El Salvador é resiliente e a prioridade daqueles que partem, e daqueles que ficam, é construir uma vida e um país melhor para os seus filhos. E o turismo em El Salvador pode ter uma palavra a dizer na recuperação deste país.

Com uma população sedenta de visitantes, e uma geografia curiosa, sendo o único país da América Central sem costa no Atlântico, El Salvador tem para mostrar as suas florestas (apesar da desflorestação ocorrida no século XX), montanhas, vulcões, lagos e, claro, praias no Pacífico com ondas feitas para serem surfadas. Junte-se a isso uma cultura popular muito ligada às tradições, à família, e à religião, e tem-se um destino que agarrará o visitante e o premiará com uma viagem que nunca mais esquecerá em El Salvador.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

A história de El Salvador

O território que é hoje El Salvador sempre se encontrou numa encruzilhada de influências, de leste e de oeste. Embora a presença humana em El Salvador recue pelo menos a 10.000 a.C., foram as culturas olmeca, azteca e maia que deixaram maior legado. Quando os espanhóis chegaram a este território de El Salvador, em 1524, a população indígena era descendente desses povos mais antigos, mas preservavam ainda muitos dos seus costumes e modo de vida. A conquista espanhola foi um desastre completo para estas populações. Derrotadas militarmente por uma potência imensamente superior em termos de poder de fogo, essas pessoas viram as suas terras serem-lhe retiradas, e os seus ente queridos serem mantidos numa sociedade baseada em trabalhos forçados, ou capturados e transportados para terras longínquas, como a América do Sul, para trabalho escravo. A economia baseada no cultivo do milho deu lugar a uma economia de depredação dos recursos naturais em El Salvador, e no cultivo de algodão e indigo.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

No início do século XIX, a revolta contra os espanhóis deu fruto, sendo que El Salvador se tornou independente a 15 de Setembro de 1821, fazendo então parte da Federação da América Central. Mas isso não alterou em muito o equilíbrio do poder no país de El Salvador, e as rebeliões indígenas continuavam a ocorrer e a ser esmagadas com violência.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

O século XX começou por trazer poucas mudanças para El Salvador. O indigo perdeu o seu lugar cimeiro nas exportações, dando lugar ao café, e os sindicatos da indústria eram brutalmente combatidos em El Salvador. Começou então a desenhar-se em El Salvador uma rivalidade política e militar entre guerrilhas de esquerda e governos de direita, levando a uma grande instabilidade, que culminou no início dos anos 80 numa guerra civil declarada. A Revolução, em 1979, na vizinha Nicarágua, viria a ter também consequências em El Salvador. A administração Reagan, receosa do avanço socialista na Nicarágua, despejou fundos na máquina militar de El Salvador, fazendo com que o conflito interno se prolongasse muito mais no tempo, destruindo as poucas infraestruturas do país e levando à morte de dezenas de milhares de pessoas em El Salvador.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

El salvador hoje

Finalmente, as conversações de paz no início dos anos 90 deram fruto, permitindo uma estabilização política de El Salvador, tendo havido desde então uma alternância entre o partido de direita ARENA e a antiga organização guerrilheira FLMN. No entanto, este ciclo político em El Salvador parece ter chegado ao fim quando, em 2019, foi eleito como presidente de El Salvador um líder de um novo partido (GANA–Nuevas Ideas), que parece querer levar El Salvador para o rumo certo, tendo já conseguido uma diminuição considerável na violência de gangues e no crime organizado.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Hoje, El Salvador continua a ser um destino turístico “fora da caixa”, mas as suas gentes querem pôr o passado sangrento e doloroso para trás, e estão receptivos aos visitantes e ao estímulo que o turismo pode dar a uma economia salvadorenha sempre débil. El Salvador parece hoje querer abrir-se mais aos visitantes, e é um dos destinos preferidos na América Central para os amantes de surf, assim como para os que gostam de paisagens naturais caracterizadas por florestas tropicais e vulcões fumegantes. Visitar El Salvador é conhecer uma América Central mais profunda, mais genuína e culturalmente ainda quase intocada pela influência dos visitantes estrangeiros.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

DICAS PRÁTICAS PARA VISITAR EL SALVADOR


Antes de viajar para El Salvador, deverá planificar com cuidado a sua viagem, especialmente no que toca ao regime de entrada no país. Deixamos aqui as nossas dicas práticas para viajar para El Salvador.

Quando visitar El Salvador

O clima de El Salvador é um clima tropical, com temperaturas altas ao longo de todo o ano, com médias que podem ultrapassar os 30ºC nos meses mais quentes. O ano divide-se em duas estações bem marcadas em El Salvador, a estação seca (entre Novembro e Abril, também designada por Verão), com pouca precipitação e temperaturas mais altas (sendo os meses mais quentes Março e Abril), e a estação das chuvas (entre Maio e Outubro, também designada por Inverno), com muita precipitação e temperaturas não tão altas (sendo os meses mais chuvosos entre Julho e Setembro). A melhor altura para visitar El Salvador será então entre Dezembro e Março, mas é possível visitar El Salvador durante todo o ano (nós viajámos em El Salvador em Julho e Agosto, ocorrendo precipitação normalmente ao fim da tarde). As Fiestas patronales de San Salvador são as maiores festas da capital de El Salvador, em honra do “Salvador do Mundo”, e decorrem a 5 e 6 de Agosto.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Como chegar a El Salvador

A forma mais usual de chegar a El Salvador é voar. Nós voámos do Porto para Madrid e depois daí para San Salvador, a capital de El Salvador, com escala curta na Cidade da Guatemala.

Pode encontrar aqui voos para El Salvador aos melhores preços.

Entrar em El Salvador por terra

El Salvador faz fronteira com a Guatemala e com as Honduras. Há autocarros que fazem ligações entre estes países, com a possibilidade de seguir para o México, e para a Nicarágua, Costa Rica e Panamá. Duas companhias que prestam estes serviços são:

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Procedimentos de entrada em El Salvador

Actualmente (Setembro 2021), para entrar em El Salvador é necessária prova de vacinação, ou seja, certificado de vacinação (com duas doses tomadas há mais de 14 dias), ou de teste RT-PCT negativo (feito, no máximo, 72 horas antes da hora de chegada a El Salvador).

  • Pode tirar o seu Certificado Digital Covid-19 aqui. O certificado é gratuito e terá de o levar impresso para entregar à chegada ao aeroporto em El Salvador (ou noutras entradas no país por terra ou mar). Não precisa de preencher qualquer inquérito online nem de código QR.

Não é necessário visto prévio para entrar em El Salvador, mas o seu passaporte deve ter validade não inferior a 6 meses. Quando entrar num dos seguintes quatro países, El Salvador, Guatemala, Honduras ou Nicarágua, terá direito, à entrada, a um visto único de 90 dias de estadia total.

Se precisar de fazer um teste PCR em El Salvador para viajar para outro país, terá que fazer na capital, San Salvador. Só se conseguem fazer testes aí. Há vários laboratórios que fazem mas nós lemos que depois nem todos os países aceitam todos os laboratórios porque os preços variam entre 30 e 140 dólares por pessoa. Nós optámos por fazer nos laboratórios Max Bloch e pagámos 120 dólares por pessoa.

NOTA: Não existe representação diplomática portuguesa permanente em El Salvador. Os assuntos relacionados com El Salvador são acompanhados pela Embaixada de Portugal na Cidade do México. Existe, no entanto, um Consulado Honorário de Portugal em São Salvador:
Cônsul Honorário: Kerim Eduardo Salume Babun
Chancelaria: Kilometro 10 Carretera a La Libertad, Santa Tecla, San Salvador
Telefone: +(503) 22 44 23 23
Fax: +(503) 22 78 25 10
Email: esalume@yahoo.com

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Seguro de viagem para El Salvador

A IATI tem seguros com cobertura mundial e ideais para viajar em países como El Salvador. Os seguros da IATI cobrem tratamento por contágio por coronavírus e essa informação consta no certificado da apólice, já que alguns países pedem um seguro obrigatório com esta cobertura. Quando viajámos para El Salvador, fizemos o seguro IATI Estrela, com cobertura em caso de contágio por COVID-19, exames médicos, transporte sanitário, assistência médica, hospitalização, quarentena obrigatória e repatriação (com cobertura opcional de cancelamento em caso de resultado positivo para COVID-19 em Portugal, do próprio segurado, pais ou filhos, se isto impede iniciar a viagem na data prevista).

Pode fazer o seu seguro IATI aqui com 5% de desconto.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Dinheiro em El Salvador

A moeda nacional em El Salvador é o dólar americano, sendo que em 2021 o governo de El Salvador decidiu começar a aceitar a criptomoeda bitcoin, sendo o primeiro país do mundo a fazê-lo. O sistema de caixas automáticas está bem implementado na região de San Salvador, por isso é fácil levantar dólares, mas convém levar algum dinheiro para facilitar. Circulam notas e moedas de dólares no país.

Encomende aqui o seu cartão Wise e deixe de pagar comissões em levantamentos no estrangeiro.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Como deslocar-se em El Salvador

A melhor forma de se deslocar em El Salvador é usar o sistema de transportes públicos, como os autocarros, ou, para deslocações mais curtas, os táxis, partilhados ou privados. Também há Uber. Os táxis são uma boa forma de se deslocar dentro da cidade de San Salvador, capital de El Salvador, sendo o preço de uma viagem entre 5 e 10 USD. No entanto, não funcionam com taxímetro, por isso deve perguntar o preço da deslocação antes de entrar no táxi (e eventualmente negociar um melhor preço).

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Segurança em El Salvador

O crime em El Salvador não é diferente de outros países da América Central. A violência de gangues não afecta, regra geral, os turistas, mas deve ter-se algumas precauções quando viajar em El Salvador e visitar San Salvador:

  • Não viaje em El Salvador entre cidades durante a noite;
  • Durante o dia, ande com o mínimo de dinheiro, não exiba acessórios caros, e tenha sempre cuidado com os seus pertences, principalmente nos autocarros em El Salvador;
  • Nas cidades grandes, à noite, desloque-se sempre de táxi.
EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Onde dormir em San Salvador

Nós ficámos alojados no Hotel Villa Florencia Centro Histórico, uma opção de alojamento perto do centro histórico de San Salvador e a poucos passos da estação de autocarros de Puerto Bus. No entanto, e uma vez que o centro histórico de San Salvador não é muito seguro após o anoitecer, e as opções de restauração são quase nulas, não recomendamos que se aloje naquela zona da cidade. Existem outras zonas de San Salvador mais turísticas, mais seguras e com mais opções, tanto de alojamento como de restauração.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

A zona mais popular para dormir em San Salvador é a chamada Zona Rosa, no distrito da Colonia San Benito, uma zona moderna da cidade, com opções excelentes de alojamento, com muito movimento, quer de dia, quer de noite e perto dos dois principais museus da cidade de San Salvador. Algumas excelentes opções de alojamento na Zona Rosa são:

Outra zona também popular e com excelentes opções de alojamento em San Salvador é Colonia Escalón, um pouco a norte de Colonia San Benito. Algumas excelentes opções de alojamento na Colonia Escalón são:

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

O QUE VER E FAZER EM SAN SALVADOR, CAPITAL DE EL SALVADOR


A nossa viagem por El Salvador foi infelizmente curta, pois estava incluída num itinerário que tínhamos construído englobando também a Nicarágua e a Costa Rica. Sendo assim, tínhamos apenas alguns dias dedicados a El salvador, por isso só tivemos tempo de explorar a capital, San Salvador, e alguns pontos de interesse que podem ser visitados a partir da cidade. Ficam então aqui as nossas sugestões para o que ver e fazer quando visitar El Salvador.

1. Visitar San Salvador

Mesmo que vá dedicar mais tempo a outros destinos, como praias ou montanha, é quase inevitável passar por San Salvador, uma vez que é o centro logístico do país. No entanto, vale a pena ficar alojado na grande cidade, sentir o seu ritmo e os seus habitantes e, a partir dali, explorar as redondezas.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

2. Explorar o centro histórico de San Salvador

San Salvador é uma grande cidade e, como todas as capitais centro-americanas, cheia de trânsito caótico, muito barulho e movimento de pessoas. O centro histórico de San Salvador é relativamente pequeno, centrando-se à volta da Plaza Barrios. É uma zona que não pode deixar de explorar a pé, mas à noite não é muito segura, por isso deve usar táxis após o anoitecer.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

3. Deambular pela Plaza Barrios em San Salvador

A Plaza Gerardo Barrios (assim designada em honra do antigo presidente), em San Salvador, é o epicentro de todo o movimento e locais de interesse no centro histórico de San Salvador. É o ponto de referência da cidade monumental e está rodeada de edifícios emblemáticos.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

4. Visitar a Catedral Metropolitana de San Salvador

A Catedral Metropolitana del Divino Salvador del Mundo é a igreja mais importante de San Salvador, não pela sua antiguidade, mas sim pela sua história recente. É um símbolo da fé salvadorenha, na Igreja Católica, mas também num futuro melhor. Foi construída já na segunda metade do século XX, no mesmo local onde as suas duas predecessoras foram destruídas por um sismo e um incêndio. Foi visitada pelo Papa João Paulo II, era palco das homilias do bispo Óscar Romero em defesa dos direitos humanos, e foi em frente dela que se deram os grandes festejos dos Acordos de Paz que puseram fim à Guerra Civil, em 1992.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

5. Admirar o Palácio Nacional em San Salvador

O Palácio Nacional, em San Salvador, é um edifício do século XIX, construído em estilo neoclássico e inicialmente pensado para albergar os três ramos do poder salvadorenho, mas cedo se tornou pequeno para isso. Depois da saída da Assembleia Legislativa, na década de 70, foi declarado Monumento Nacional, e hoje é um dos edifícios mais emblemáticos da capital de El Salvador.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

6. Juntar-se aos locais na Plaza Libertad em San Salvador

A Plaza Libertad é a única praça do centro histórico de San Salvador que conserva a sua localização desde a sua criação, em 1545. Hoje, é um ponto de encontro da população, que ali descansa à sombra das árvores e põem a conversa em dia. Esta praça deve o seu nome à comemoração do primeiro centenário da independência, e no seu centro encontra-se uma estátua representando o “anjo da liberdade”, uma homenagem aqueles que combateram e lutaram pela independência de El Salvador.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

6. Deslumbrar-se com a Igreja del Rosário em San Salvador

A Igreja del Rosário é uma obra-prima da arquitectura moderna que não deve perder quando visitar a capital de El Salvador. Construída no início dos anos 70, em pleno centro histórico, de face para a Plaza Libertad, tem um desenho arquitectónico invulgar, sem pilares, e com um tecto em arco, onde se podem admirar magníficos vitrais. É um belo lugar para descansar, reflectir e fugir ao caos de trânsito e barulho do exterior. No seu interior, pode também admirar um conjunto de esculturas modernas que representam os passos da Via Dolorosa.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central
EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

7. Admirar o Vulcão de San Salvador

Quando visitar a capital de El Salvador, é inevitável que dê de caras com o Vulcão de San Salvador, um complexo vulcânico que resulta do abatimento de um muito maior vulcão, crê-se há cerca de 60.000 anos. A cidade de San Salvador foi construída no seu sopé e ele domina o horizonte dos arredores da cidade. Hoje sobressaem dois picos, o Pichacho (1960 m) e o Boquerón (1839 m), integrando o Parque Nacional El Boquerón, que pode ser visitado.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

8. Experimentar o prato nacional de El Salvador, a PUPUSA!

“Enquanto não comerem pupusas, não podem dizer que estiveram em El Salvador!”, disseram-nos várias pessoas que fomos encontrando na nossa viagem. Quando visitar San Salvador, não pode deixar passar a oportunidade de experimentar aquela que é o prato nacional salvadorenho, e motivo de orgulho para os seus habitantes (há até um dia nacional desta iguaria!). A pupusa é uma tortilha grossa, de milho, recheada com queijo, feijão, ou carne, conforme a variedade e, para além de barata, é realmente muito saborosa.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

9. Deliciar-se com um refrescante licuado em El Salvador

Nos países tropicais, é certo que haverá muita fruta e os sumos de fruta natural (com água ou leite) são uma óptima forma de saborear frutas tropicais como a banana, papaia, maracujá ou jaca. Em El Salvador, estes sumos chamam-se “licuados”. São deliciosos!

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

10. Admirar os murais de rua em San Salvador

San Salvador é uma grande cidade, cheia de disparidades sociais, e com muita convulsão social na sua história. Não é alheio a isto o facto de essa instabilidade se exprimir na forma de arte urbana, onde os seus autores retratam os problemas e desafios que a sociedade salvadorenha enfrentou ao longo dos tempos. Por isso, quando percorrer a pé algumas das ruas de San Salvador, não se esqueça de ver e reflectir sobre os muitos murais que irá encontrar.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

11. Explorar a Zona Rosa de San Salvador

A Zona Rosa de San Salvador é a zona moderna da cidade, onde encontrará os centros comerciais, as lojas internacionais e os melhores restaurantes e bares. De dia, ou de noite, esta é a zona a explorar para fazer umas compras ou para sentir o pulso nocturno à cidade de San Salvador.

12. Visitar o Museu Nacional de Antropologia Dr. David J. Guzmán

Nós não tivemos tempo de visitar o Museo Nacional de Antropología Dr. David J. Guzmán, em San Salvador, mas esta é uma das referências culturais do país, com um acervo considerável e uma paragem obrigatória na capital de El Salvador para aqueles apaixonados pela história e antropologia.


O QUE VER E FAZER A PARTIR DE SAN SALVADOR


Para além das suas próprias atracções, San Salvador também serve como óptima base para explorar a região à volta da capital de El Salvador. Ficam aqui as nossas sugestões para o que ver e fazer a partir de San Salvador.

1. Explorar o Parque Nacional Los Volcanes (Cerro Verde), em El Salvador

O Parque Nacional Los Volcanes, também conhecido como Parque Nacional Cerro Verde, é uma das grandes atracções turísticas de El Salvador, e é algo que não pode perder quando visitar El Salvador. Este parque nacional é constituído por três vulcões, o Santa Ana, o Cerro Verde e o Izalco. Fica a cerca de 60 km de San Salvador e pode ser feito em um ou dois dias (sem pernoita no parque), dependendo do que quer fazer.

NOTA: Se quiser subir a um ou dois vulcões, terá de chegar ao parque de manhã e começar o mais cedo possível. Uma vez que a subida aos vulcões só pode ser feita com um guia do parque e com início a determinadas horas, não é possível subir aos dois vulcões no mesmo dia. Nós atrasámo-nos em San Salvador, pois o carro que tínhamos contratado para o dia não apareceu, e por isso chegámos demasiado tarde para subir a qualquer um dos cumes.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

2. Subir ao Vulcão Santa Ana (2381 m) em El Salvador

O vulcão Santa Ana, também conhecido por Ilamatepec, é o principal vulcão do Parque Nacional Los Volcanes, em El Salvador, e o mais alto do país. O seu cume é achatado e contém algumas caldeiras e crateras, sendo que numa delas existe uma pequena lagoa. Este vulcão serviu de inspiração a Saint-Exupéry na sua obra “O Principezinho”, sendo que o autor era casado com uma salvadorenha. As últimas erupções do vulcão Santa Ana foram em cones secundários, e ocorreram em 1904 e 2005.

NOTA: O vulcão Santa Ana pode ser subido com um guia do parque, sendo que a partida só pode ser feita entre as 7.30h e as 10.30h. Se chegar atrasado, não poderá subir. Note que a subida é fisicamente exigente, e pode demorar até quatro horas.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

3. Subir ao Vulcão Izalco (1950 m) em El Salvador

O vulcão Izalco é o vulcão mais jovem de El Salvador, e uma das imagens de marca do país, figurando inclusive numa das notas da antiga moeda nacional, com um cone perfeito negro que impressiona todos aqueles que o vislumbram pela primeira vez. Surgiu em 1770, no flanco sul do vulcão Santa Ana, em terras férteis onde se produzia café, cacau e cana-de-açúcar. Manteve-se em erupção, quase ininterruptamente desde então até 1958, de tal forma que ficou conhecido pela alcunha de “Farol do Pacífico”, uma vez que as suas erupções nocturnas eram visíveis a partir do oceano. A sua última erupção foi em 1966 e desde então o vulcão Izalco mantém-se adormecido, apenas com actividade fumarólica devido à infiltração da água da chuva e a sua consequente evaporação em contacto com rochas quentes.

NOTA: O vulcão Izalco pode ser subido com um guia do parque, sendo que a partida só pode ser feita às 11.00h. Se chegar atrasado, não poderá subir. Note que a subida é extenuante, uma vez que o declive é muito acentuado e não há qualquer tipo de protecção contra o sol, e pode demorar até cinco horas.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

4. Fazer trilhos no Vulcão Cerro Verde (2030 m) em El Salvador

O vulcão Cerro Verde deu nome ao parque nacional onde se encontra e é um vulcão extinto, sendo que se estima que a última erupção tenha ocorrido há cerca de 2500 anos. Em complemento da subida aos vulcões, ou para quem não quer actividades físicas extenuantes, existe um percurso circular no vulcão Cerro Verde, com boas vistas do vulcão Santa Ana e espectaculares vistas do lago Coatepeque. De um miradouro perto da entrada do parque também se tem vistas fabulosas do vulcão Izalco. O percurso é curto, durando cerca de 45 minutos, também acompanhado de um guia do parque, e é feito na floresta tropical que cobre a cratera do vulcão, permitindo ver de perto árvores com centenas de anos.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

5. Desfrutar do Lago de Coatepeque, em El Salvador

O Lago de Coatepeque, em El Salvador, é uma enorme caldeira vulcânica criado por erupções vulcânicas que terão ocorrido entre 70.000 e 60.000 a.C. Com cerca de 26 quilómetros quadrados, é um dos maiores lagos de El Salvador, e uma das paisagens mais bonitas do país. À distância, por exemplo do cimo do Cerro Verde, ou de perto, por exemplo banhando-se nas suas águas, este lago não deixa ninguém indiferente.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

6. Visitar as ruínas maias de Tazumal, em El Salvador

Na localidade de Chalchuapa, a cerca de 80 km de San Salvador, encontram-se as ruínas maias de Tazumal, o sítio arqueológico mais importante de El Salvador. Tazumal foi uma cidade maia com ocupação desde 100 d.C., florescendo entre 250 e 900 d.C., e tendo sido abandonada por volta de 1200 d.C.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

O sítio arqueológico de Tazumal tem várias estruturas, salientando-se a base de uma pirâmide, que será a estrutura mais antiga do local. É um sítio muito calmo e bonito, e consegue-se quase imaginar o que teria sido nos seus tempos áureos, apesar de parte da pirâmide ter sido coberta com cimento, em “restauros” feitos nos anos 40.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

No local, existe um pequeno mas interessante museu e, no exterior, encontra-se um bloco de pedra com uma figura tolteca gravada na sua superfície.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

7. Explorar a riqueza arqueológica à volta de San Salvador

Para além das ruínas de Tazumal, á região à volta da capital tem uma riqueza arqueológica que não deve perder. Outros sítios arqueológicos que pode visitar a partir de San Salvador são:

  • Joya de Cerén, património da UNESCO e conhecida (um pouco exageradamente) como a “Pompeia da América Central”

NOTA: Pode também visitar os sítios arqueológicos de Tazumal e de San Andrés em excursão organizada.

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso América Central

8. Tours que pode fazer em El salvador

A capital do país é ótima para poder organizar várias tours para conhecer um pouco o país. Que tours pode fazer a partir de San Salvador:

EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso da América Central

Se vai viajar para El Salvador e quer conhecer outros países da América Central, estes são os artigos que temos no nosso blogue que o podem ajudar ou inspirar:

  • VIAJAR EM CUBA, Um artigo cheio de dicas práticas para viajar em Cuba, nomeadamente regime de entrada no país, como chegar, como se deslocar, roteiro, onde dormir, o que visitar, onde comer, condições de segurança, etc.
  • PRAIAS DE CUBA, um artigo ideal se quiser escolher a melhor praia e hotel de Cuba para si.
  • VIAJAR NA NICARÁGUA – Um artigo cheio de dicas práticas para viajar na Nicarágua, nomeadamente regime de entrada no país, como chegar, como se deslocar, roteiro, onde dormir, o que visitar, onde comer, condições de segurança, etc.
  • VIAJAR NA COSTA RICA– Um artigo cheio de dicas práticas para viajar na Costa Rica, nomeadamente regime de entrada no país, como chegar, como se deslocar, roteiro, onde dormir, o que visitar, onde comer, condições de segurança, etc.
  • Na ROTA DOS MAIAS, uma descrição do roteiro da nossa viagem pela América Central em 2012, emque percorremos o México, Belize, guatemala e Honduras.
  • Lugares obrigatório e maravilhosos a VISITAR NA GUATEMALA, um resumo daquilo que pode encontrar no nosso blogue sobre a Guatemala.
  • VIAJAR NO MÉXICO, o artigo ideal se quer saber quais as ruínas maias que não pode perder no México.
  • VIAJAR NO BELIZE, um artigo sobre o Belize, país pouco conhecido na América Central, mas cheio de magníficas surpresas para quem o visita.
EL SALVADOR - Dicas para viajar no país mais perigoso América Central

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

DSLR Camera free icon  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão TRANSFERWISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão. . Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.