VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente

VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
A religião islâmica assenta em cinco pilares básicos designados por: Shahada, Salat, Zakat, Sawm e Hajj. A Shahaba consiste na chamada profissão de fé cuja máxima e “Não há outro Deus senão Allah e Mohammed é o seu profeta”. Quem deambula pelas ruas dos países islâmicos compreende perfeitamente a importância do Shahaba no dia a dia dos muçulmanos já que frequentemente se despedem de nos com a saudação Inshallah.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
O Salat consiste nas chamadas orações diárias. Todos os muçulmanos devem orar 5 vezes por dia voltados para Meca. As orações são lembradas diariamente pelos Imãs que as anunciam nos auto-falantes colocados nos minaretes das mesquitas. Quem já viajou por um pais muçulmano recordara com certeza a chamada para a primeira oração da manha que ocorre por volta das 4.30 h da manha. Apesar de grande parte dos muçulmanos não cumprirem com as cinco orações diárias, eles fazem sempre uma ou duas por dia. No entanto, no período do Ramadão todos os muçulmanos tentam cumpri-las e podemos assistir as pessoas a orar no meio de lojas, nas ruas, nas estações de autocarro, no deserto, etc.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
Outro dos pilares do Islamismo e Zakat, uma espécie de obrigatoriedade em dar esmola as pessoas mais pobres e necessitadas.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
O Hajj, e outro dos pilares e constitui um momento alto na vida de qualquer muçulmano. O Hajj e a peregrinação a Meca e deve ser feita por todos os muçulmanos, pelo menos, uma vez na vida. E a chamada ultima profissão de fé por devoção ao Islão. Esta peregrinação devera ser feita durante o ultimo mês do calendário islâmico e depois de realizada os muçulmanos pintam nas paredes exteriores de sua casa a representação da mesquita de Meca para que se saiba que já cumpriram a Hajj.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
O ultimo pilar do Islão e a Sawm, vulgarmente conhecida como Ramadão, que consiste no jejum durante o nono mês do calendário islâmico. Este jejum comemora o mês em que o Corão foi revelado a Mohammed. O Ramadão representa a obrigatoriedade de privação de comida, bebida, tabaco e sexo durante o período em que nasce o sol ate que este se põe. Ate ao anoitecer os muçulmanos jejuam e apesar de se venderem comidas e bebidas nas ruas não vê ninguém a comer ou beber. Na Síria e inclusive proibido comer, beber e fumar em lugares públicos durante o Ramadão. Foi aqui que o sentimos mesmo na pele. Como nos dias em que saímos do hostel de manha cedo e só voltávamos ao final do dia. Tínhamos que passar o dia todo sem comer e beber! No dia em que fizemos a viagem de Amã para Damasco e depois de Damasco para Palmira foi tenebroso. Sempre em transportes públicos não pudemos levar nada a boca. Tomamos o pequeno-almoço as 7 h da manhã e só voltamos a beber ou comer as 19 h! Mas visitar um pais árabe durante o Ramadão e bem mais do que passar privações de bebida ou comida, e uma autentica aula de cultura e devoção islâmica. Durante o dia as pessoas agem com naturalidade mas por volta das 17 h as lojas, os monumentos e os serviços começam a fechar e os muçulmanos dirigem-se para as únicas lojas que estão abertas: as padarias, as lojas de sumos e os souqs de fruta e legumes. Estes lugares experimentam um autentico reboliço.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
Centenas de muçulmanos afluem para comprar comida e preparar-se para o final do dia e final do jejum. Em poucos minutos, e logo que nos aproximamos das 19 h, as ruas ficam completamente desertas e nas mesquitas começa a entoar as orações que determinam o final do jejum. Amã esta deserta, Damasco esta deserta, as estradas onde há poucos minutos não conseguíamos atravessar estão agora sem um único carro ou pessoa. Parecem cidades fantasmas. Alguns muçulmanos juntam-se nos parques para comemorar o dia com os familiares e fazem picnics.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente
Durante a noite as cidades não param. As 21 h começam a abrir as lojas e os restaurantes. Toda a gente volta para as ruas ate as 4.30 h da manha, altura da ultima refeição e designada pequeno-almoço. Por esta altura as ruas ficam caóticas de movimento. As mesquitas entoam orações e ninguém consegue dormir. O Ramadão e o período mais sagrado do ano. Cada esmola que se da vale 70 vezes mais do que noutro período. O jejum visa queimar os pecados do corpo ou da alma no resto do ano. As orações neste período ocorrem frequentemente em grupo e ecoam-se preces que visam substituir as que não foram feitas no resto do ano.
VIAJAR NO RAMADÃO, uma experiência de viagem no Médio Oriente

MARQUE AQUI OS SEUS TOURS E PASSEIOS

 

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

 Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.