VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto

VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Considerada a última cidade meridional do Egipto, o Assuão sempre teve uma situação geográfica privilegiada e desempenha hoje um papel importantíssimo a nível turístico, tal como no passado o desempenhou em todos os períodos da História do Antigo Egipto. Os mercadores e rotas de escravos de África entravam pelo Assuão e o próprio nome da cidade deriva da palavra “mercado”. A sua riqueza, no entanto, ficará sempre associada aos granitos vermelhos, quartzo e dioritos que embelezaram um pouco os templos e túmulos do todo o Egipto, para além das minas de ouro que permitiam a elaboração de vários artefactos que embelezavam os faraós e os nobres. Hoje, pouco resta do esplendor do passado pois a moderna cidade apresenta um lençol de água permanente depois da construção da polémica barragem do Assuão. A primeira barragem data de 1902 e a grande de 1971 e foram, e ainda são, responsáveis pelas más rela coes politicas entre o governo do Egipto e do Sudão devido a partilha das águas do Nilo.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Nas imediações do Assuão existem alguns locais de interesse (mesmo debaixo de temperaturas elevadíssimas). A nossa primeira escolha recaiu sobre a travessia de ferry local ate a ilha Elephantina.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Decidimos explorar esta ilha que alberga hoje uma das maiores comunidades de nubios do Egipto. Este povo, de origem africana, pele escura mas feições ocidentais distinguem-se claramente dos restantes egípcios. A ilha tem duas aldeias onde a vida se desenrola ao ritmo solar. A população é, na sua maioria, simpática, embora vejam com desconfiança as máquinas fotográficas.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Apesar do Assuão ser muito turístico, a verdade e que fora dos percursos efectuados pelas agências não se vê praticamente ninguém. Ai, visitamos o Museu do Assuão e os Templos de Khnum e Salet, nas ruínas de Yebu. Pudemos ainda desfrutar da vista sobre os Jardins botânicos numa outra ilha em frente. De destacar, neste complexo o interessantíssimo Nilometro que se destinava a medir as cheias do Nilo. Hoje, também em crise devido a barragem!
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Ainda neste dia, regressamos a marginal e apanhamos outro ferry para o Túmulo dos Nobres. Apesar destes lugares serem frequentemente negligenciados pelos circuitos turísticos são extremamente interessantes para conhecer o Império do Antigo Egipto. Neste último pudemos ver, inclusive os acessos criados nas rochas para içar as múmias bem como 5 túmulos que estão abertos ao público com inscrições e representações muito curiosas de cenas da vida quotidiana.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Porque o calor aperta por estas bandas terminamos o nosso primeiro dia, e depois de um passeio de Feluca, no telhado do nosso hostel a tomar banho numa mini-piscina fantástica. Luxos!!!
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
No segundo dia no Assuão, visitamos Abu Simbel (num tour que saiu as 3.15 h da manhã) e, depois de uma visita relâmpago (mas paga) à barragem, o Templo de Philae. Este templo magnifico, presta culto a Isis, e foi, inclusive importantíssimo nas peregrinações ainda na era cristã. Infelizmente, os cristãos picaram grande parte das representações egípcias e representaram cruzes de Cristo um pouco por todo o edifício. Tal como Abu Simbel, a construção da barragem colocou este templo em risco e estava praticamente submerso. Só uma intervenção da UNESCO, em 1980, permitiu a deslocação do templo para o local onde está hoje. O templo compreende vários edifícios sendo que o principal e o Templo de Isis. No entanto, outros como o Templo de Hator, o Pavilhão Trajano, o Templo de Augusto ou as Portas de Dioclesiano e de Adriano fazem as nossas delicias. O complexo é muito bonito e a sua localização numa ilha concede-lhe ainda mais particularidade.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Dai, visitamos o Obelisco Inacabado que, se tivesse sido terminado seria o maior do Egipto com cerca de 41 m e que poderá pesar cerca de 1.168 toneladas. Um defeito encontrado no granito ditou o seu abandono ainda fixo a rocha-mãe.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Terminamos o dia com uma visita de barco a margem oeste do Nilo para, num passeio de camelo conhecer o Mausoléu de Agha Khan (que tem estado fechado há uns anos), e o Mosteiro de São Simão, construído no século XII e que acolheu os monges missionários que converteram alguns dos núbios ao Cristianismo.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto
Para contemplar o por-do-sol sobre o Nilo nada melhor do que um jantar num restaurante na marginal.
VISITAR O ASSUÃO, e apanhara uma lufada de ar fresco depois do deserto | Egipto

MARQUE AQUI OS SEUS TOURS E PASSEIOS

 

Rui Pinto

Físico de formação mas interessado em todos os aspectos da cultura e história da humanidade. As viagens são o meio privilegiado para um aprofundamento do conhecimento do mundo, das suas gentes e do nosso papel na vida.

More Posts - Facebook - Google Plus

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.