Visitar a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca

Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
Sopra um vento frio. O céu está tão negro. Parece que vai chover a qualquer momento. Mesmo assim resolvemos ver a estátua da Pequena Sereia e a Cidadela neste fim de tarde. Acabávamos de chegar a Copenhaga de comboio. O mesmo comboio que segue para Malmo, na Suécia. Vínhamos de visitar a exposição de Van Gogh fora da cidade. Estávamos um bocado cansados mas ao mesmo tempo ansiosos por conhecer mais esta área da cidade. Nem o frio, nem o vento, nem sequer a ameaça de chuva nos travou. O comboio parou na estação de Østerport e depois de nos agasalharmos com os cachecóis, gorros e luvas, dirigimo-nos para a Cidadela. Infelizmente não há perspectiva nenhuma que faça jus à vista aérea da Cidadela. Nós bem subimos e descemos os morros mas nada. Não há um plano perfeito para tirar a fotografia desta que é melhor e mais bem preservada fortificação do norte da Europa. O tempo esse, também não ajuda. A cada minuto que passa parece mais negro. As brasileiras que se cruzam connosco no recinto da cidadela parecem desanimadas com o frio e com a chuva, mas tal como nós, deslumbradas com a cidade.
Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
A cidadela tem uma planta em hexágono (só visível do céu) e integrava um sistema continuo de rampas e bastiões que cercava a Christianshavn. Todas essas estruturas acabaram por desaparecer, ora destruídas, ora integradas na malha urbana. A citadela ou Kastellet é o que resta dessa faixa defensiva composta por vários bastiões. Lá dentro existe um moinho, uma igreja e vários edíficios utilizados para fins militares. Mas, o que atraí os dinamarqueses a este local, especialmente num fim de tarde de inverno, não é o espaço histórico. É sim, o parque. Há dezenas de jovens a correr, a patinar e a passear os animais de estimação. Mesmo no frio do inverno, o parque é um lugar de eleição.  
 
Visitar e compreender a cidadela de Copenhaga (uma viagem no tempo) | Dinamarca
 

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

1 Comentário

  1. Sílvio Horta diz: Responder

    Já tive oportunidade de correr nesse forte e um excelente passeio!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.