VISITAR XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda na China

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Xian, a capital da província de Shaanxi, foi a capital de 11 dinastias ao longo de mais de 4000 anos. A cidade marca o extremo oriental da mítica Rota da Seda e foi nesta altura que atingiu o seu apogeu (dinastia Tang). Face à sua posição, converteu-se numa metrópole atraindo mercadores de diversas religiões e transformando-se num “melting pot” de cristãos, muçulmanos, zoroastrianos e budistas.

Mesmo depois do declínio político da cidade, ela tornou-se um importante destino turístico na China e, depois de Pequim, é o principal local visitado. Isto deve-se a diversos factores, mas principalmente ao facto de ser a partir daqui que se visita o Exército de Terracota.

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China

As muralhas de Xian, ao contrário da maioria das cidades chinesas, continuam intactas e cercam, ao longo de 14 km, o centro da cidade.

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China

A Torre do Tambor e a Torre do Sino, no centro de Xian, são edifícios de madeira e assentam em plataformas de tijolo. A primeira marca o limite do Bairro Muçulmano, a alma actual da cidade. Este bairro foi durante séculos a morada da étnia Hui, um grupo minoritário chinês, que conta hoje com 30 000 indivíduos. No coração do bairro muçulmano situa-se a Grande Mesquita, uma das maiores da China. Esta, em estilo chinês, nada se assemelha às mesquitas árabes e, não fosse o facto de estar repleta de muçulmanos em período de Ramadão, poderíamos facilmente esquecermo-nos que era um local de oração do Islamismo. Todo o Bairro Muçulmano é um local “delicioso”. Num emaranhado de ruelas, ruas sinuosas, becos sem saída, casas baixas e vielas exibe-se uma cozinha étnica dominada pelas frutas secas e cristalizadas. Uma dádiva para o olfacto e para a vista (e um presente para a minha máquina fotográfica).

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China

Um dos atractivos turísticos da cidade é o Grande Pagode do Ganso, um pagode da dinastia Tang. Os pagodes são considerados, por muitos, um dos elementos típicos da arquitectura chinesa, no entanto, a sua origem é indiana. Os monges que viajaram para a Índia terão trazido este conceito de forma derivado da Stupa budista. Ao longo dos séculos, o estilo foi-se adaptando e tornaram-se exclusivamente chineses com vários andares, normalmente de forma ortogonal, construídos de pedra, tijolo ou madeira.

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China

ONDE DORMIR EM XIAN

Xian foi uma paragem bastante agradável na nossa viagem pelo centro da China. Tivemos a sorte de ficar alojados num hostel fenomenal, ao lado da porta sul da muralha, e por a módica quantia de 1,5€ por pessoa no dormitório! O ambiente era muito agradável com muitos mochileiros e viajantes de todo o mundo. Um lugar que marcou a nossa estadia.

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China
Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda | China

Visitar XIAN, a cidade legado milenar da Rota da Seda na China

Eram nove horas da noite quando chegamos a Xian. Tínhamos imaginado uma entrada triunfante na cidade, com foguetes e banda de música (estou a brincar) e um sentimento de dever cumprido como se tivéssemos conquistado o mundo. Os foguetes foram substituídos pelas centenas de neons e a banda de música pelo barulho das urbes chinesas carregadas de pessoas. É verdade que sentimos que o dever estava cumprido, que tínhamos alcançado o nosso objectivo e que tínhamos conquistado algo. No entanto, não sentimos que conquistamos o mundo. Pelo contrário, sentíamo-nos vazios e tristes. A viagem, esta magnífica travessia de várias semanas ao longo da Rota da Seda, chegara ao fim…

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Chegar a Xian foi uma satisfação mas ao mesmo tempo uma tristeza. Significava que a viagem tinha acabado. É certo que estávamos cansados, é impossível negá-lo, mas é igualmente verdadeiro que queríamos continuar. Queríamos ver mais, conhecer mais, aprender mais…

Se tivéssemos tempo (e meios) teríamos feito as várias rotas da seda, com todos os seus desvios e ramificações. Mas não tínhamos. Fizemos uma opção e resolvemos seguir a rota que consideramos ser a mais emblemática e que mais nos poderia ensinar. Agora, tanto tempo volvido, sentíamos que tínhamos seguido o caminho certo. Conhecemos tanto, mas ao mesmo tempo tão pouco. Vivemos e vivencíamos tanto, mas ao mesmo tempo tão pouco. Este era o sentimento que nos assolava.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Por estranho que pareça quando chegamos a Xian não comemoramos, nenhum de nós fez questão de falar ou dizer algo. Ficamos em silêncio.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

O Rui estava mal disposto e com diarreia. Tinha dores no estômago e nem sequer jantou. Eu, estava cabisbaixa. No hotel, depois de começar a gravar as fotografias descubro que perdi o cartão de memória com as fotografias dos últimos dois dias. Fiquei devastada. Chorei, chorei sem parar. O Rui estava doente mas tentava consolar-me. Estava inconsolável, eram as fotografias de alguns mosteiros budistas tibetanos e de Masji Shan, a montanha de esculturas budistas. O que deveria ter sido uma noite de alegria e festa, foi uma noite triste e dominada por sentimentos de frustração.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

No dia seguinte, resolvemos parar para pensar. Sentamo-nos com calma, depois de um mega pequeno-almoço, e vasculhamos as mochilas. Dizem que de estômago cheio se pensa muito melhor. O cartão das fotografias apareceu e com ele a boa disposição e a alegria. Festejamos aí. Aí, só aí, sentimos que o dever estava cumprido e que a viagem acabara aqui.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Era a nossa segunda vez na cidade de Xian. Já aqui tínhamos estado em 2009 quando cruzamos a Europa e a Ásia a bordo do Transmongol, entre São Petersburgo e Hong Kong, no entanto ainda haviam muitas coisas para ver e rever. Xian foi capital da China durante 4000 anos por isso há imensas coisas para ver e sempre razões para voltar.  Queríamos muito ver alguns túmulos que não conseguimos visitar da primeira viagem, nomeadamente o túmulo do Imperador Jingdi, onde 21 locais de escavação expõem figuras de terracota. Estas figuras não têm a imponência e tamanho das do túmulo do primeiro imperador chinês (o famoso Exército de Terracota), mas retractam cenas da vida rural dos chineses, com representações de homens e mulheres trabalhadores, animais e seus instrumentos agrícolas. É, provavelmente, depois do Exército de Terracota, o local mais interessante próximo de Xian.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China
Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Deambulamos pela cidade de Xian durante dois dias, explorando os seus mercados e bazares,templos, muralhas,  e assistindo ao maior espectáculo de todos: a vida urbana de uma cidade chinesa. Os chineses movimentam-se pelas ruas apinhadas da cidade agarrados aos telemóveis de última geração e parecem indiferentes ao mundo que os rodeia.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Aproveitamos ainda para ver um espectáculo de marionetas de sombras numa casa da nobreza imperial chinesa. Foi muito interessante, especialmente porque estas marionetas são exactamente iguais às que vimos em Bursa, na Turquia, no início da nossa viagem. Viríamos aqui a descobrir que as marionetas que compramos em Bursa eram, também elas, um legado da Rota da Seda. Afinal, a Rota ainda está viva.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Mas, estávamos no final da Rota da Seda e não há melhor lugar para terminar esta viagem do que o bazar nocturno do bairro muçulmano. Reencontrar aqui as especiarias e chás que vimos na Turquia, o açafrão e as tâmaras do Irão, os melões e frutas do Turquemenistão e Uzbequistão, juntamente com os inúmeros tecidos de seda e algodão, e os magníficos cavalos quirguizes, produziu em mim o sentimento de dever cumprido. Desta vez, olhei para Xian e vi, no bazar nocturno da cidade, o legado da Rota da Seda. Esta rota pode ter caído em desuso, os cavalos e camelos podem ter deixado de cruzar os desertos e as montanhas, mas a rota não morreu. A rota ainda está viva e fervilha; só é preciso estar atento e percorrê-la.

Visitar XIAN e conhecer os lugares lendários da Rota da Seda | China

Se vai viajar na China, estes são alguns artigos do nosso blogue que lhe podem interessar

  • VISITAR PEQUIM – Um artigo detalhado com tudo o que precisa de saber para visitar a cidade de Pequim, a capital da China.
  • VISITAR A MURALHA DA CHINA – Tudo o que precisa de saber para visitar a Muralha da China, em tour ou a pé, está neste artigo.
  • VISITAR XIAN – Tudo o que precisa de saber para visitar Xian e descobrir o legado da Rota da Seda na cidade. Um artigo cheio de dicas de viagem.
  • VISTO DA CHINA – Tudo o que precisa de saber para tirar o visto da China e poder viajar no país.
  • VISITAR DATONG – Um artigo com dicas para visitar a popvoação de Datong, o mosteiro suspenso da cidade e as grutas de Yungang.
  • VISITAR AS GRUTAS DE LONGMEN – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar aas grutas de Longmen a caminho de Xian.
  • VISITAR CHENGDE – Um artigo com toda a informação que precisa de ter para visitar a cidade de Chengde, a estância de verão dos imperadores da China.
  • VISITAR O EXÉRCITO DE TERRACOTA – Um artigo com o que precisa de saber para visitar o Exército de Terracota, a partir de Xian.
  • VISITAR MAIJI SHAN – Um artigo cheio de dicas para visitar Maji Shan, a montanha da Meda de Milho, na China.
  • VISITAR XINING – Um artigo com as dicas para visitar Xining e o mosteiro de Kumbum na China tibetana.
  • VISITAR AMDO – Tudo o que precisa de saber para visitar Amdo, o planalto tibetano na China.
  • VISITAR REPGONG OU TONGREN – Um artigo sobre uma das cidades de AMDO, no planalto tibetano chinês, onde existem vários mosteiros com produção artesanal de tangkas.
  • VISITAR LABRANG – Tudo o que precisa de saber sobre o mosteiro de Labrang, em Xiahé, no planalto tibetano chinês de Amdo.
  • O BUDISMO NA CHINA – Um artigo sobre os princípios e importância do Budismo na China.
  • VISITAR JIAYUGUAN – Tudo o que precisa de saber para visitar Jiayuguan está neste artigo, nomeadamente o que visitar nas imediações da cidade onde começa a Grande Muralha da China.
  • VISITAR DUNHUANG – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar Dunhuang e os arredores da cidade, nomeadamente o lago crescente, o deserto e as grutas de Mogao.
  • VISITAR TURPAN – Um artigo cheio de dicas para explorar a região do oásis de Turpan, no deserto de Taklamakan, na China, nomedamente as cidades de Jiahé, Gaochang e as grutas de Bezeklik.
  • ESTRADA DE CARACÓRUM – Tudo o que precisa de saber para explorar a estrada de Caracórum, entre a China e o Paquistão, desde Kashgar até à fronteira.
  • VISITAR KASHGAR – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar Kashgar em Xinjiang, na China, uma zona muito tradicional e o coração da Rota da Seda.
  • ROTA DA SEDA – Tudo o que precisa de saber sobre viajar na Rota da Seda está neste artigo.
  • VISITAR HONG KONG – Um artigo cheio de dicas para visitar a cidade de Hong Kong na China.
  • VISITAR YANGSHUO – Tudo o que precisa de saber para visitar Yangshuo na China e a zona dos arrozais na China Rural.
  • VIAJAR DE COMBOIO NA CHINA – Tudo o que precisa de saber para viajar de comboio na China está neste artigo.
  • BARRAGEM DAS TRÊS GARGANTAS – Um artigo com o que precisa de saber para visitar a Barragem da 3 Gargantas na China.
  • CRUZEIRO DO YANGTZÉ – Um artigo com tudo o que precisa de saber para fazer um cruzeiro de vários dias no rio Yangtzé e visitar a barragem das três gargantas.
  • TAOÍSMO – Tudo o que precisa de saber sobre uma das religiões mais importantes da China, o Taoísmo.
  • VISITAR HUA SHAN – Um artigo com tudo o que precisa de saber para visitar Hua Shan desde a cidade de Xian, na China.

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.