Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILE

Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILE

Galardoado com o Prémio Nobel da literatura em 1971, Pablo Neruda é reconhecido mundialmente pela sua eloquência e sábias palavras poéticas. Viajou pelos quatro cantos do mundo enquanto cônsul e senador do Chile, mas foi em La Isla Negra, junto com a sua amada Mathilde, que viveu os melhores anos da sua vida.

.

Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILECasado duas vezes, só viria a encontrar o amor quando conheceu Mathilde e a reencontrou anos mais tarde em Capri (Itália). Manteve uma relação extra-conjugal durante alguns anos na chamada La Chascona, a sua casa de Santiago. Uma vez divorciado e casado com o amor da sua vida, Neruda muda-se para La Sebastiana, a casa em Valparaíso, e mais tarde para La Isla Negra, a que foi o seu verdadeiro lar.Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILE  

La Sebastiana
Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILELa Isla Negra
Foi em La Isla Negra que escreveu grande parte dos seus livros, inspirado pelas ondas, cheiros e barulho do Pacífico. Pablo tinha medo de navegar mas tinha uma paixão pelo mar. A sua casa assemelha-se a um barco e o “marinheiro” nunca abandonou o seu posto e se lançou ao mar alto. Preferiu contemplar o mar da janela do seu quarto, onde viria a falecer de cancro poucos dias depois do golpe de estado de 11 Setembro de 1973, perpetuando a ditadura de Pinochet.Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILEFervoroso marxista, Pablo Neruda foi candidato às eleições presidenciais do Chile nos anos 70 mas desistiu da sua candidatura para que Salvador Allende vencesse. Os seus restos mortais descansam ao lado dos de Mathilde no jardim da sua casa em La Isla Negra.Morre lentamente quem não viaja | Uma lição de PABLO NERUDA NO CHILE

Morre lentamente quem não viaja

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo. 
Morre lentamente quem destrói o seu amor próprio, quem não se deixa ajudar. 
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajecto, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor, ou não conversa com quem não conhece. 
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru. 
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco, e os pontos sobre os i’s em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho nos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos. 
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos. 
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva que cai incessante.
Morre lentamente quem abandona um projecto antes de iniciá-lo , não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe. 
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade.
Pablo Neruda
 
Fundação Pablo Neruda – https://www.fundacionneruda.org/index.php

Marque aqui as suas tours e passeios

Se vai viajar no Chile, estes são os nossos artigos que lhe podem interessar

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

1 Comentário

  1. Carla,

    Depois de ler este texto, até eu fiquei cheio de vontade de dar um grande abraço a Pablo Neruda. Porque embora nenhum desses pensamentos me seja estranho, é sempre bom quando nos lembram que a essência da vida é muito mais do que o simples acto de respirar.

    Beijo,

    Alexandre

    PS – Eu próprio, preciso de "respirar" frequentemente outros ares. Já estou em contagem decrescente para ir a São Tomé e Príncipe. Será a sexta visita. Se a Carla ainda não conhece, não perca tempo. Garanto-lhe que é um dos últimos paraísos na Terra!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.