Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta)

Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
Não esqueço o som das cataratas do Iguaçu. O barulho é ensurdecedor e parece que ainda o sinto e ouço quando fecho os olhos. É uma sensação difícil de descrever.
Quando cheguei a Puerto Iguazú, na Argentina, estava determinada a visitar as cataratas vistas do lado brasileiro e do lado argentino. Tinha ouvido falar muito da sua beleza e inclusive um francês, que conheci, em Salta, no deserto argentino, dizia-me “desmarca tudo e vai para o Iguaçú”. Li que o lado argentino, onde na realidade se localizam as cataratas, era mais espectacular e que por isso seria melhor começar a minha visita pelo lado brasileiro. Foi isso que fiz.
Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
Apanhei mais um colectivo urbano, novos processos alfandegários para sair da Argentina e entrar no Brasil, e eis-me em frente à entrada do Parque Nacional Iguaçu. Esta beleza natural foi decretada Património Mundial da Humanidade (UNESCO) e inclui os dois parques nacionais, que no Brasil se chama Iguaçu e na Argentina Iguazú.

A palavra Iguaçú provém do guarani e significa “grande água”. Neste sector do rio existem 3 km de quedas e mais de 250 quedas de água individuais.
Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
Segundo a lenda guarani, as cataratas formaram-se quando um guerreiro índio, de nome Caroba, libertou a fúria de um deus da floresta. Caroba apaixonou-se pela jovem Naipur, pela qual o deus estava enfeitiçado. Os dois jovens decidiram fugir pelo rio abaixo em canoa. Enfurecido, o deus provocou o colapso do rio em frente aos dois amantes. Estes caíram pelas quedas que se precipitaram à sua frente e Naipur caiu na sua base e transformou-se numa rocha. Caroba sobreviveu na forma de árvore olhando eternamente a sua amada.
Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
No Iguaçu, do lado brasileiro, as vistas panorâmicas sobre as cataratas são impressionantes. Não consigo compreender como é que do lado argentino pode ser mais bonito. Percorro o trilho panorâmico e sinto-me atónita. Não consigo fechar a boca e a única coisa que me vem à cabeça é “como é que isto é possível?” A verdade é que já tinha visto as cataratas inúmeras vezes na TV ou em livros, mas ouvir o barulho e sentir a água a molhar-me, torna a realidade ainda mais possante.
Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
As cataratas desenvolvem-se sobre um planalto basáltico que termina abruptamente a montante da confluência do rio Iguaçu com o rio Paraná. As cataratas terão sido formadas há 150 milhões de anos quando no Cretácico se produziu a abertura do Atlântico sul. O movimento das placas tectónicas produziu uma forte erupção vulcânica próximo da área. No local onde as escoadas de lava terminaram, aparecem as fantásticas quedas de água com cerca de 80 m, até alcançarem os terrenos sedimentares que se encontram por baixo.
Visitar as CATARATAS DO IGUAÇU no BRASIL, desde a Argentina (ida e volta no mesmo dia) | Brasil
Obviamente, que tal beleza não pode ser contemplada numa experiência solitária mas sim com centenas de turistas que procuram o mesmo. No entanto, o Iguaçu é tão mágico que as borboletas pousam no meu corpo, os guaxinis caminham ao meu lado e as iguanas espreitam entre a densa floresta tropical. Tudo isto faz do Iguaçu um dos lugares mais belos do mundo.
Um belo passeio para fazer em Foz do Iguaçu é ver a Barragem de Itaipu, ou como os brasileiros dizem Uzina de Itaipu. Eu não tive tempo para o fazer, mas se decidir fazê-lo, veja o artigo do blogue Receitinhas de Viagem para preparar a sua viagem.

Marque aqui os seus tours e passeios nas cataratas do Iguaçu

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Resultado de imagem para tourism iconMarque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Resultado de imagem para dinheiro icon Use o cartão REVOLUT para levantar dinheiro em viagem. Se usar este link, não terá custo com o envio do cartão, poupando assim 5,99€.   Este blogue contém links de programas de afiliados.

9 Comentários

  1. Mariana Menezes diz: Responder

    Oi Carla, visitar as cataratas do Iguaçú é um sonho! Ainda não consegui visitar esse belíssimo lugar. Gostei muito de ver o seu passeio, as fotos são lindas!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada, Mariana. 😀

  2. Rodrigo Leite diz: Responder

    Gostei muito do seu blog. Só senti mais falta demais conteúdo no Brasil. Há coisas belíssimas por aqui que adoraria que fossem. O Sul da Bahia é imperdível. Porto Seguro, Arraial da Ajuda, Trancoso, Praia do Espelho, Caraíva, Corumbau, Prado são locais incríveis na costa do Descobrimento. Chapada da Diamantina, Fernando de Noronha, Serra Gaúcha e o Itaimbezinho, Lençóis Maranhenses, Bonito no Pantanal, Serra Dos Órgãos e tudo o que diz respeito ao Estado do Rio de Janeiro como A cidade do Rio, Arraial do Cabo e suas praias belíssimas e as cidades imperiais de Teresópolis e Petrópolis. As cidades Germânicas e as belíssimas cidades Portuguesas do Brasil. Ouro Preto é Mágica! Que mais Brasil no seu conteúdo que é maravilhoso! Concordo com o que falou. Os lados Brasileiro e Argentino, são complementares. O que um oferece o outro não pode dar. Vejo muitos estrangeiros falando que o lado Brasileiro se faz em 2h. Há muito o que se fazer no lado do Brasil, além de ser o lado com melhor infraestrutura da região há passeios imperdíveis. Os passeios de barco do lado Brasileiro e Argentino são experiências bem distintas tb. Do lado Brasileiro há safáris, trilhas e o parque das aves, Itaipu que é impressionante. O que me deixa triste é a região não ter mais as 7 quedas de Guaíra, que era um grupo de 19 cachoeiras comunmente chamadas de 7 quedas, que eram as maiores do mundo em volume dágua. O Volume de Água dela era 4 vezes o de Niágara que tem o maior volume de água atualmente. Eu já tive o prazer de ir a Iguaçú 2 vezes! É algo impressionante. Tamném adoro Niágara. Já fui 2x e não ha comparação. Apesar do Volume médio de água ser maior do que Iguaçu em média ( Iguaçu na cheia é o dobro de niagara, mas na seca diminui muito e perde vários saltos portanto na média anual fica menor em volume de água) Iguaçú é muito maior do que niágara pois ela não é só quase o dobro em extensão, mas ela tb possui 2 ou 3 andares dependendo do salto em questão. è impressionante. Agora me falta ir à Victoria, mas apesar de ser belíssima, duvido que vá causar o mesmo impacto do que Iguaçu, apesar de ser mais alta parece ser mais fechada.

    1. Carla Mota diz: Responder

      Tantas sugestões boas, Rodrigo. Muito obrigada. Infelizmente não conhecemos nada no Brasil, para além do Iguaçu. É uma pena porque acreditamos que é mesmo deslumbrante. Talvez um dia.

  3. Visitar o vosso blogue é pensar para onde me apetece viajar hoje. Porque escolhi o Brasil que adoro, vim parar às Cataratas do Niagara! Como sempre, a fantástica maneira de nos conseguir querer partir já. Ainda só conheço as do Niagara, mas pelo que vejo, estas parecem-me muito mais deslumbrantes!

    1. Carla Mota diz: Responder

      Cataratas do Iguaçu. 😉 eheheh Para mim são superiores às de Niagara e de Victória. Se calhar porque tinham mais água ou porque foram as primeiras. Dizem que não há amor como o primeiro. 😀

  4. As cataratas, tanto do lado brasileiro como argentino são imperdíveis 🙂 Também tenho a impressão de ainda escutar o som das quedas, é inspirador, não é?

    Aprendi que o nome dos fugitivos apaixonados são Tarobá e Naipi, mas pode ser que na Argentina eles se chamem Carona e Naipur, mesmo.

    Beijinhos

    1. Carla Mota diz: Responder

      Obrigada 😀

  5. Anónimo diz: Responder

    Muito lindo mesmo, imagino a cessação de estar nesse lugar onde a natureza vibra enquanto caminhamos!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.