Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina

Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina

Estou há duas noites a dormir em autocarros. Estou toda partida. Sento-me e os olhos fecham-se. A mochila parece que pesa toneladas, ou melhor, as mochilas! São 15.30 h quando chego a Sarmiento. É só transferir as mochilas do autocarro para um táxi e rumar ao Bosque Petrificado de Sarmiento, a razão que me trouxe aqui.   Como a povoação de Sarmiento é bastante pequena, não existem serviços organizados para visitar o Bosque Petrificado de Sarmiento, e muito menos transporte público, já que o local se situa no meio de uma área bastante árida e despovoada.Pago 100Ar pelo táxi. Não é nada mau, no posto de turismo falaram-me em 150Ar! O táxi leva-me e espera-me cerca de uma hora e meia para depois regressar a Sarmiento.   O vale de Sarmiento é a única região fértil numa área de estepe patagónica onde se vêem mais extrações petrolíferas do que pessoas ou veículos a passar na estrada. O rio Senguer e os lagos Musters e Colhué Huapis fertilizam o vale e permitiram o desenvolvimento da povoação que hoje não ultrapassa os 13 mil habitantes. O Bosque Petrificado de Sarmiento fica a cerca de 30 km da povoação, dos quais mais de 20 km são por estrada de terra e cascalho. Demoro cerca de uma hora a chegar ao meu destino. O sol já está a baixar e as cores são maravilhosas. Pago 20 Ar pela entrada no parque e o guarda-parques avisa-me que não posso trazer qualquer pedaço de madeira petrificada. É considerado um delito muito grave e eu serei revistada no final da visita. Esta paisagem árida corresponde a formações sedimentares com cerca de 65 milhões de anos. Aqui no Bosque Petrificado de Sarmiento ficaram acumuladas centenas de troncos de árvores que foram trazidas por torrentes das regiões montanhosas que se situam a oeste. Os troncos variam entre um metro e, os maiores, com cerca de 100 m de comprimento.As espécies dominantes são as coníferas mas também existem troncos de palmeiras. Na altura, entre os 75 e os 65 milhões de anos atrás, esta área fazia parte de um extenso delta tropical do rio Senguer.A madeira petrificada é vulgarmente designada por calcedônia, que corresponde a madeira silicificada. Sendo assim, trata-se de um processo de fossilização que transforma a matéria orgânica em rocha devido ao incremento de sílica (quartzo). É determinante haver um ambiente rico em água para que os poros existentes na madeira vão absorvendo a solução aquosa rica em sílica. A sílica penetra na estrutura do troco e vitrifica-o, impedindo o apodrecimento. O que acontece frequentemente é ver-se parte da árvore petrificada e uma parte que desapareceu. Isto significa que apenas parte do tronco foi petrificado. O resto dos troncos acabaram por petrificar em bocados muito pequenos que cobrem o solo.   Caminhar pelo meio deste Bosque Petrificado de Sarmiento é um sonho. Sempre ambicionei conhecer um local assim. Caminho sobre o que foi matéria orgânica há milhões de anos atrás. O chão está repleto de madeira petrificada. Volto a Sarmiento. Aguardo 6 horas no terminal pelo autocarro que me levará a Esquel, numa nova viagem de 7 horas. Mais uma noite a dormir no autocarro. No entanto, sinto-me completamente realizada. A minha visita à Patagónia esquecida pelo turismo tem sido altamente recompensadora.

Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina
Em busca do BOSQUE PETRIFICADO DE SARMIENTO | Argentina

 

Se vai viajar para a Argentina estes são os artigos do nosso blogue que lhe podem interessar

Marque aqui os seus tours e passeios

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube


SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Bem-vindos ao Viajar entre Viagens! Junte-se a esta comunidade e subscreva a nossa newsletter mensal. Uma vez por mês irá receber um email com todas as novidades do blogue e das redes sociais, tais como novos artigos, viagens, projectos e vídeos no youtube.

Irá receber um email com um link para confirmar a sua subscrição.

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. É uma forma de valorizar o nosso trabalho.

Resultado de imagem para hotel icon Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Local Tourism Svg Png Icon Free Download (#343998 ...  Marque os seus bilhetes nos monumentos e tours, evitando filas usando o Get Your Guide. Para tours use também o a Civitatis ou o Viator.

Imagem relacionada  Reserve os seus voos com a Skyscanner. Garanta os melhores preços.

Resultado de imagem para car icon  Alugue carro usando o AutoEurope  ou o RentalCars, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar.

Resultado de imagem para saúde icon  Faça seguro de viagem na Iati Seguros ao menor preço do mercado e com seguros especializados para viajantes. Se usar este link gozará de 5% de desconto.

Resultado de imagem para livro icon  Se procura viagens de mergulho, encontre as melhores opções no LiveAboard.

Resultado de imagem para dinheiro icon Usamos o cartão WISE para levantar dinheiro em viagem sem taxas. Se usar este link, poderá pedir o seu cartão Camera Icon - Free Icons  Veja todo o equipamento fotográfico e gadjets que usamos no nosso perfil no site da Amazon. A lista individual do equipamento que levamos em viagem pode consultar aqui. . Material de fotografia do Viajar entre Viagens.

Este blogue contém links de programas de afiliados.

1 Comentário

  1. A minha viagem de sonho! grande aventura, pelas fotos e relatos cada vez mais o bichinho aumenta, fantástico!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.