Viajar na Abecásia | Como entrar na região, visto, o que ver e onde se alojar

Viajar na Abecásia | Como entrar na região, visto, o que ver e onde se alojar

Viajar na Abecásia é fácil e maravilhoso, sendo um destino pouco conhecido e procurado. Tem locais fantásticos e uma população muito hospitaleira e simpática. No entanto, a maioria não fala inglês e tem feridas profundas da guerra. Porém, antes de viajar na Abecásia há que saber algumas coisas importantes, para permitir assim ter uma viagem bem sucedida.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


A SITUAÇÃO GEOPOLÍTICA DA ABECÁSIA

A Abecásia é uma região que formalmente pertence à Geórgia e que luta, desde 1991, pela independência. Declarou-se independente em 1992, altura em que travou uma guerra violenta com a Geórgia. As suas pretensões independentistas foram reconhecidas pela Rússia, Venezuela, Nicarágua, Tuvalu e Nauru. No entanto, a Abecásia não é reconhecida pela comunidade internacional e nem pela ONU como país independente.

A Guerra entre a Abecásia e a Geórgia em 1992-1993 matou milhares de pessoas e a tensão entre os dois é muito grande. A Abecásia, apesar de não ser um país independente aos olhos internacionais, controla o seu território e tem um governo próprio, serviços consulares, emite passaportes e vistos. Os Abecases não gostam da Geórgia e, nesta disputa, contam com o apoio da Rússia. A Rússia controla militarmente as fronteiras entre a Geórgia e a Abecásia e emite, inclusive, passaportes russos aos habitantes da Abecásia. Esta situação faz da Abecásia um território muito instável e, apesar de ser seguro Viajar na Abecásia na actualidade, a sua situação é muito volátil. Esta é uma escultura na ponte que divide a Geórgia e a Abecásia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


COMO ENTRAR NA ABECÁSIA

É possivel entrar na Abecásia pela fronteira da Rússia, em Pouc, ou pela fronteira com a Geórgia, próximo de Zugdidi. Nós entrámos pela fronteira da Geórgia e, embora algo trabalhoso, não tivemos problemas. Para entrar na Abecásia há que seguir alguns passos:

1º Passo: Pedir autorização de entrada

  • Preencha o formulário pedindo autorização de entrada ao Governo Abecáse através deste site.
  • Envie o formulário preenchido + cópia do passaporte (com seis meses de validade) + reserva de hotel do booking.com para o email: visa@mfaapsny.org
  • O pedido deve ser feito com pelo menos 7 dias antes da data de entrada.
  • A resposta demora geralmente 7 dias.
  • Receberá uma carta em russo, que terá que imprimir e levar consigo para entrar na Abecásia.
  • A autorização é gratuita.

2º Passo: Travessia da fronteira do lado da Geórgia

  • Atravessar a fronteira entre a Geórgia e a Abecásia envolve passar pelas autoridades georgianas e pelas autoridades abecases. Do lado da Geórgia basta apresentar o passaporte e a carta, em russo, com a auorização de entrada na Abecásia. A carta é-lhe devolvida. No nosso caso, chegámos à froonteira às 7h, hora teoricamente a que abre, mas a polícia não os deixou passar até às 10h. Tivemos que esperar 3 horas para ter autorização para cruzar a fronteira.
  • Uma vez na Abecásia não pode usar dinheiro georgiano. Terá que pagar tudo com rublos russos. Nós trocamos dinheiro antes de cruzar para a Abecásia com uns homens em frente a um café. Mas o ideal é trocar em Tbilisi. Por acaso o cambio foi bom, mas foi um risco.
  • Ali os guardas quase não falam inglês.
  • Lembre-se que a Abecácia não é um país independente, pelo que não deve referir-se a ela como um país.
  • Os guardas da fronteira não carimbam o passaporte.
  • Depois de autorização de passagem, há que caminhar cerca de 1 km, por uma ponte sobre o rio Enguri, até alcançar o controle Abecase. Pode fazer também o percurso de carroça puxada a cavalo ou de marshrutka. Nós caminhámos.

3º Passo: Travessia da fronteira do lado da Abecásia

  • No lado abecase, há três controles. Um primeiro, num pequeno casebre de madeira, logo depois da ponte. Aí mostra os documentos e aguarda alguns minutos. Penso que ligam para o Ministério para confirmar a autorização. De seguida, avançámos alguns metros por um corredor de vedação metálica e parámos num militar. Ele volta a recolher os passaportes e autorização, levou-os para um gabinete e voltámos a aguardar. Depois de autorização de entrada, avançámos para um casebre de madeira, onde lá dentro, o oficial registou todos os nossos dados num computador. Ali os guardas que apanhámos falavam bem inglês. Neste último posto, ficaram-nos com a carta de autorização.
  • A Abecácia não é um país independente mas para a Abecásia é, pelo que no que não deve referir-se a ela como parte da Geórgia.
  • Os guardas da fronteira não carimbam o passaporte.
  • Deliberados, tivemos autorização para entrar na Abecásia. Era hora de começar a viajar na Abecásia.
  • Na Abecácia é menos uma hora do que na Geórgia.

4º Passo: Tirar o visto em Sukhumi

  • Ainda que já esteja formalmente em território abecase, há que tirar o visto nos Serviços Consulares de Sukhumi no prazo máximo de 3 dias. Na realidade, sem este visto está ilegalmente no território. Os serviços consulares ficam na Sakharova ulitsa, 33, em Sukhumi, bem próximo da marginal. Nós fomos lá na tarde do mesmo dia.
  • O visto é um papel impresso que não é colado no passaporte. É apenas lá colocado dentro. Não o deve colar já que pode ser problemático depois na Geórgia.
  • O visto custa 400 rublos/pessoa.

NOTA: Não é possível entrar na Abecásia pela Geórgia e depois sair pela Rússia. Tem que entrar e sair da Abecásia pela mesma fronteira. Tenha isto em consideração quando decidir viajar na Abecásia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


COMO IR DE TBILISI ATÉ À FRONTEIRA COM A ABECÁSIA

  • A forma mais eficaz de chegar à fronteira da Abecácia com a Geórgia é apanhando um comboio nocturno em Tbilisi com destino a Zugdidi. O comboio diário sai de Tbilisi às 21h45 e chega a Zugdidi às 6h05 da manhã. Nós viajámos em primeira classe, numa carruagem de duas camas. Pagámos 30 GEL/pessoa (cerca de 10 euros). O comboio tem roupa de cama, almofada, lençóis e cobertor. Tem aquecimento. A viagem é muito cómoda.
  • Uma vez em Zugdidi é necessário apanhar uma marshrutka para a fronteira. Há bastantes marshrutkas e custam 3 GEL/pessoa. Um táxi até à fronteira custa 10 GEL.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


COMO IR DA FRONTEIRA ATÉ SUKHUMI

A forma mais fácil e barata de ir da fronteira até Sukhumi é apanhar duas marshrutkas, uma até Gali, que custa 50 rublos/pessoa. A viagem demora cerca de meia hora. Aí, peça ao motorista para o deixar nas marshrutkas para Sukhumi. Custam 250 rublos/pessoa e demora cerca de 1h30. No total, entre a fronteira e Sukhumi demorámos aproximadamente duas horas. Está formalmente a viajar na Abecásia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


O QUE VISITAR QUANDO VIAJAR NA ABECÁSIA

Na Abecásia há imensas coisas para visitar e, embora só lá tivéssemos ficados dois dias, arrependemo-nos, devíamos ter ficado uns quatro dias. Para tentar optimizar o tempo a viajar na Abecásia, arranjámos um táxi com o dono do hostel onde ficámos e ele levou-nos a conhecer o melhor da Abecácia. Assim, conhecemos:

Sukhumi

Capital da Abecásia, Sukhumi tem uma bela marginal, com cafés e restaurantes, embora todos com menus em russo. Há um belo jardim botânico e parques, com memoriais às vitimas da guerra com a Geórgia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Mosteiro de Novy Afon

Novy Afon é o ex-libris da Abbecásia, com um belo mosteiro. O maravilhoso mosteiro de Novy Afon, com as suas cúpulas douradas a brilhar ao sol tem um interior impressionante.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Datchas de Estaline

As datchas eram as casas de campo do governo soviético e Estaline, natural da Geórgia, tinha uma bem perto do mosteiro de Novy Afon. Hoje está convertida em museu e pode ser visitada.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Igreja de São Simão

Esta é a igreja que testemunha a história e importância do cristianismo nesta região, já que a Geórgia e Arménia foram os dois primeiros reinos a converterem-se ao cristianismo no mundo. Ali, na costa do Mar Negro, foi morto o Apóstolo Simão e é possível visitar a igreja ali construída, bem como fazer um percurso para visitar as grutas onde este orava (para entrar no percurso é necessário pagar 150 rublos/pessoa).

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Entre a igreja e o percurso para as grutas, há uma bela estação de comboio do tempo soviético, que ainda funciona e que pode ser uma excelente forma de viajar na Abecásia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Grutas de Novy Afon

Infelizmente as grutas de Novy Afon estavam fechadas aquando da nossa viagem pela Abecásia mas este é um dos ex-libris do território e um lugar de visita obrigatória.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Caúcaso

O Cáucaso serve de pano de fundo durante toda a sua viagem pela Abecásia e é completamente imemorável.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Termas de Kyndyg

As fontes termais de Kyndyz atraem especialmente abecases e russos, que aqui rumam para recuperar energias e tomar banhos nas águas terapêuticas. Mas é também possível tomar banho de lamas e aproveitar o calor do interior da terra para fazer sauna.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Catedral de Pitsunda

A Catedral de Pitsunda data do século X mas foi recuperada no século XIX e o seu exterior, embora em estilo contemporâneo esconde um interior bastante antigo.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


ONDE SE ALOJAR NA ABECÁSIA

Quando viajar na Abecásia o melhor local para se alojar é em Sukhumi, a capital, já que é onde existem mais infraestruturas de apoio e onde é mais fácil gerir a questão dos transportes. Nós decidimos alojar-nos na marginal de Sukhumi e foi uma óptima escolha. Ficámos no Sukhumi City Hostel, bem de frente para o mar Negro, onde conhecemos o Ushada, o sírio que é dono do hostel e que foi uma ajuda preciosa para conhecer a Abecásia. Foi aqui que arranjámos um tour com ele para Novy Afon, por 600 rublos/pessoa. Foi também ele que nos levou de táxi de volta à fronteira, parando pelo caminho para ver algumas igrejas e as fontes termais. Por essa viagem, pagámos 2000 rublos.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行


SAIR DA ABECÁSIA E VOLTAR À GEORGIA

  • Depois de viajar na Abecásia, regressámos à mesma fronteira. Aí a travessia foi mais rápida, parando apenas num posto do lado Abecase e noutro do lado da Geórgia.
  • No posto fronteiriço da Abecácia o guarda ficou-nos com o papel do visto. Não sabemos se era suposto, já que tínhamos pago o visto, mas a verdade é que não estivemos para discutir.
  • Depois apanhámos um táxi (10 GEL) até Zugdidi e aí uma marshrutka para Kutaisi, onde continuamos viagem na Geórgia.

Viajar para a Abecásia | Reise nach Abchasien | 前往阿布哈兹 | Путешествие в Абхазию | Viajar a Abjasia | Travel to Abkhazia | Voyage en Abkhazie | アブハジアへの旅行

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

PROGRAME A SUA VIAGEM

  Faça as suas reservas através das parcerias do nosso blogue. Você NÃO PAGA MAIS, nós ganhamos uma pequena comissão. Assim conseguimos manter o blogue com opiniões isentas.

      Reserve o hotel no Booking.com e encontre as melhores promoções. Reserve e cancele sempre que necessitar.

Alugue carro usando o Rent a Car, comparando e escolhendo o melhor preço antes de viajar. Tudo na comodidade de sua casa.

      Faça seguro de viagem na World Nomads ao menor preço do mercado.

     Usamos os guias de viagem da Lonely Planet para preparar as nossas viagens. Se faz o mesmo, pode comprá-los online. Sai mais barato e os portes são grátis a partir dos 35€.

Deixe uma resposta