Diga-nos quanto DINHEIRO tem, nós dizemos-lhe para onde pode VIAJAR

Zanzibar

A maioria dos viajantes tem que escolher os seus destinos de viagem em função do orçamento disponível. Nós também temos de o fazer e normalmente organizamos o nosso ano dessa maneira. Já lhe contámos como conseguimos viajar tanto, gerindo tempo e dinheiro. Também já lhe mostrámos para onde deve viajar nos diferentes meses do ano. Agora, é altura de lhe dar ideias para onde deve viajar em função do seu orçamento.

A verdade é que qualquer destino pode ser mais económico ou mais dispendioso em função do tipo de alojamento que escolher e também dos lugares onde decide fazer as refeições. No entanto, há países onde passar uma semana de férias arrasa qualquer orçamento, e há lugares onde, com esse mesmo dinheiro, consegue ficar um mês (mantendo o mesmo padrão de escolhas em viagem).  O que tentámos fazer foi pegar numa viagem, tendo em conta:

  • o preço do alojamento de qualidade média (chamado midrange),
  • o preço das refeições em restaurantes locais com condições de higiene e qualidade adequada a estrangeiros,
  • o preço das deslocações internas,
  • o preço das actividades e visitas.

Com base nestes custos médios, criámos uma lista de sugestões para quem pretende viajar e, em função do dinheiro que tem disponível, não sabe para onde ir. Nesta lista, excluem-se os preços dos voos, já que podem variar muito, de acordo com a época do ano, e com as promoções que pode arranjar. Já agora, espreite o nosso post para descobrir alguns truques para comprar voos baratos na internet.


DESTINOS BARATOS PARA VIAJAR


De acordo com a nossa experiência, já lhe mostrámos, de forma pormenorizada, quais eram os 10 países mais baratos para viajar. No entanto, há muitos outros que podiam figurar nesta lista. Sendo assim, aqui fica um conjunto de países onde é económico viajar, já que consegue dormir, comer e visitar monumentos com cerca de 20€-30€/dia (ou menos).

viajar

viajar

América

Bolívia, Paraguai, Equador, Uruguai, Guatemala, Honduras, Colômbia, Nicarágua, El Salvador.

Europa

Albânia, Roménia, Bulgária, Hungria, República Checa, Polónia, Bósnia Herzegóvina.

África

Marrocos, Egipto, Senegal, Malawi, Cabo Verde, Mali, Chade, Burkina Faso, Gana, Moçambique.

Médio Oriente

Palestina, Jordânia, Turquia, Irão, Líbano.

Ásia

Índia, Bangladesh, Nepal, Tailândia, Cambodja, Laos, Vietname, China, Myanmar, Mongólia, Cazaquistão, Quirguistão, Sri Lanka, Paquistão.

Oceânia

Indonésia.


DESTINOS DE CUSTO MÉDIO PARA VIAJAR


A maioria dos países do mundo cabe no “separador” dos destinos a custo médio. Mesmo neste “separador” há diferenças grandes entre os países. Esta lista é um exercício que serve apenas para nivelar custos médios de viagem. Aqui fica um conjunto de países onde é possível viajar, dormir, comer e visitar monumentos com cerca de 40€ a 80€/dia.

viajar

América

Peru, Chile, Argentina, Venezuela, Brasil, México, Belize, Costa Rica, Panamá, EUA, Cuba, República Dominicana, Barbados, Jamaica, Dominica, Porto Rico, Trindade e Tobago.

Europa

Portugal, Espanha, França, Alemanha, Grécia, Itália, Estónia, Letónia, Lituânia, Reino Unido, Irlanda, Chipre, Malta, Croácia, Eslovénia, Andorra.

África 

Namíbia, Botswana, África do Sul, Gâmbia, Zimbábue, Madagáscar, Etiópia.

Médio Oriente

Israel, Arábia Saudita, Afeganistão.

Ásia

Uzbequistão, Turquemenistão, Rússia, Coreia do Sul, Singapura, Malásia, Azerbeijão.

Oceânia

Austrália, Nova Zelândia, Fiji.


DESTINOS CAROS E QUE ARRASAM O ORÇAMENTO


Há destinos que arrasam qualquer orçamento. O caso mais grave é mesmo a Antárctida, provavelmente o destino mais caro para se viajar no mundo. Mas não faltam destinos de topo, onde muitos sonham ir, mas só alguns lá conseguem chegar (pelo menos num padrão de viagem de nível médio). Sendo assim, aqui fica um conjunto de países onde não é económico viajar, já que para dormir, comer e visitar monumentos vai precisar de mais (às vezes muito mais) de 120€/dia.

viajar

viajar

viajar

América

Canadá, Gronelândia.

Europa

Noruega, Suécia, Finlândia, Islândia, Suiça, Mónaco, Áustria.

África

Tanzânia, Quénia, Zâmbia, Angola,  Seychelles.

Médio Oriente

Omã, Qatar, Emirados Árabes Unidos, Dubai.

Ásia

Japão, Maldivas, Butão.

Oceânia

Polinésia Francesa e a maioria das ilhas independentes no Pacífico.

Antárctida


Quase todos os destinos podem ser visitados de forma mais económica, com excepção da Antárctida, basta para tal tentar cortar custos no alojamento e na alimentação. Algumas das dicas são:

  • acampar
  • cozinhar as próprias refeições
  • comer sandes e em cadeias de comida rápida
  • viajar à boleia
  • alojar-se em couchsurfing

Se quiser saber que truques usamos para poupar em viagem, pode ver este nosso artigo. Se pretende mesmo viajar para um destino caro e tem um orçamento limitado, pode sempre tentar poupar o máximo possível alguns meses antes da viagem. Isso pode ajudar a equilibrar o seu orçamento. Para tal, pode ver o artigo em que partilhámos os nossos truques para poupar dinheiro para conseguir viajar.

BOAS VIAGENS

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida, culminando num doutoramento nos Andes, investigando ambientes glaciares. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

25 Comment

  1. miguel paulo says: Responder

    olá carla,estou a pensar ir de férias na 1ª quinzena de julho com minha esposa,estamos divididos entre o MEXICO e CABO VERDE,eu prefiro ir á RIVIERA MAYA,TULUM,ela PREFERE CABO VERDE,ilha de SAL,somos amantes de um bom hotel e boa praia,e pelo meio conhecer um pouco da cultura do país.com base nos teus conhecimentos,poderias dar umas dicas,para nos ajudar a escolher!!!

    1. Carla Mota says: Responder

      Se gostam mesmo de praia, eu acho que as do México são superiores. Para além disso, culturalmente é mais rico e há muito mais coisas para fazer.

  2. É um tema interessante este, e que convém ter em atenção antes de partir. Obrigado pelas dicas.

    Há uns anos, quando as preocupações eram outras e numa viagem que não fui eu que planeei, fui surpreendido à séria pelo elevado nível de vida no destino. Hoje em dia é uma das coisas para ter em atenção logo à cabeça.

    Vou planear uma dessas sugestões de destinos baratos na Europa, e que tenha voos low-cost para lá, de preferência :)

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada pelo feedback, Manuel.

  3. Excelente! Dicas ótimas para quem está se planejando para viajar. Tem para todos os gostos. Obrigada!

    =*
    Keul

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada

  4. oi Carla, excelente sua lista. Dá pra direcionar super bem o planejamento de uma viagem com base no orçamento. Muito obrigada por compartilhar e nos ajudar a visualizar essas informações.

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada 😀

  5. Carla, achei seu post muito interessante. Estou me preparando para uma viagem e por aqui posso ter uma boa noção de quanto gastarei pelos próximos meses.

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada 😀

  6. Ótimas dicas e ótimo guia para programar uma viagem. Mas fiquei surpresa em ver a Austrália em destinos de custo médio. Moro em Sydney e achei o Japão os mesmos preços que aqui. :)

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada pela opinião, Giulia. Realmente Sidney é caro mas a Austrália não é só Sydney. 😉

  7. Ótima lista, Carla!
    Voces visitaram todos esses locais?
    Que delìcia!
    Sei que tudo isso foi uma média, e que seria um super trampo nivelar mais do que isso, mas achei Portugal mais barato que a Alemanha, assim como essa ùltima bem mais barata que a Itàlia!
    Assim como o Brasil pode ser mais caro que a Argentina e o Peru, por exemplo!
    😉

    1. Carla Mota says: Responder

      Todos ainda não, mas a maioria sim. 😀 Em Lisboa um hostel custa 20€/pessoa num dormitório. Se quiser um quarto duplo, que é o que está no post, fica sempre mais caro. Os preços não são iguais aos de Itália ou da Alemanha, mas muitas vezes caem no mesmo “budget”. O Peru pode ser económico sim, mas a Argentina não é nada. A inflação é fera. Morei lá um ano e achei um dos países mais caros para se viajar na América do Sul. Está mais caro do que o Chile. Obviamente que iso são médias nacionais, ir para o Rio de Janeiro é mais caro do que Puno, no Peru, mas não podemos comparar o incomparável. Só, como disse no post, fazer um pequeno exercício para tentar nivelar os destinos.

  8. Eu sonho há anos com os países nórdicos, mas o preço sempre foi impedimento de realizar esse sonho. Infelizmente.

    1. Carla Mota says: Responder

      O sonho comanda a vida 😉

    2. Estive na Islândia há uns anos, e como diz a Carla, apesar de ser caro, optámos por uma versão mais económica de visita. Alugámos um carro, ficámos em pousadas de juventude, onde a dormida é mais económica e se podia cozinhar o jantar, e ao almoço comíamos sandes e outras coisas que comprávamos em mini-mercados por onde íamos passando. Hoje com filhos, como também é o seu caso, reconheço que seria bem mais difícil. Mas com imaginação :)

  9. Bem legal essa forma de escolher destinos. Deve ter sido trabalhoso fazer esse levantamento, parabéns.

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada, Márcia.

  10. Que legal essa lista! Serve como um bom guia para quem está em dúvida na hora de escolher um destino de viagem, principalmente quando se tem um orçamento curto.

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada, Mariana.

  11. Nossa, que post mais legal! Adorei as dicas, até porque também somos do tipo viajantes econômicos. Grande abraço!

    1. Carla Mota says: Responder

      Obrigada, Michela.

  12. Noemi pereira says: Responder

    Obrigada pelas dicas :)
    Ficou um esquecido na lista dos baratos: Filipinas :) E lindo de morrer!! :)

    1. Carla Mota says: Responder

      Não tínhamos bem a certeza se era “barato” ou “custo médio”. Obrigada pela sugestão. 😀

Deixar uma resposta