Poothan e Thira, um ritual típico de Querala | Índia

Poothan e Thira

Poothan e Thira é um ritual típico da região sul da Costa de Malabar, em Querala. Encontrar estes rituais, que são feitos nas aldeias, é uma sorte. Eu tive a sorte de conseguir testemunhar um, e inclusive assistir à maquilhagem dos homens. Este ritual representa dois deuses, Poothan, o tenente de Shiva, e Thira, a deusa Kali, acompanhados por músicos com tambores. Uma ou duas vezes por ano, as aldeias (e até algumas cidades) fazem estes rituais e destinam-se a limpar os espíritos malignos. Podem ainda ser vistos nos templos, nomeadamente na época do Festival de Pooram (entre Dezembro e Maio). Os trajes são ricos e exuberantes, com máscaras gigantescas de madeira, verdadeiramente imponentes, com chifres, línguas esticadas e olhos esbugalhados.  Os artistas dançam, gritam e fazem gestos selvagens, fazendo barulho com os chocalhos espalhados pelo traje. Os trajes são bastante coloridos, dando primazia às cores vermelha e dourada com símbolos dos deuses representados. Originalmente, estas actuações eram desempenhadas por indivíduos da sub-casta Hindu Mannan. São tradicionais das áreas rurais de Palakkad, Malappuram e aldeias norte de Thrissur. Foi numa aldeia da parte norte de Thrissur que tive oportunidade de ver uma actuação. Foi verdadeiramente mágica e, definitivamente, uma das melhores experiências culturais que tive. Consegui ver esta actuação na aldeia de Kumbidi, no templo Alamkode, graças ao serviço da agência The Blue Yonder, que consegue descobrir os locais onde estas actuações vão ocorrer e levar lá os visitantes. É uma experiência imperdível.

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Poothan e Thira

Carla Mota

Geógrafa com uma enorme paixão pelas viagens e pelo mundo. Desde muito cedo que as viagens de exploração fazem parte da sua vida, culminando num doutoramento nos Andes, investigando ambientes glaciares. A busca do conhecimento do mundo leva-a em direcção a culturas perdidas e ameaçadas, tentando percebe-las. Hoje é também líder de viagens de aventura na Nomad.

More Posts - Facebook - Google Plus - Flickr - YouTube

Deixar uma resposta